sexta-feira, 3 de outubro de 2008

Para ser feliz

O que você precisa para ser feliz?

Responda... pegue papel,
caneta e faça uma lista,
olhando bem dentro do seu coração.

O sentimento de felicidade e, creia,
de infelicidade, é coisa individual.

que faz uma pessoa feliz pode não
fazer uma outra.
O grande problema de todo mundo é
que quanto mais temos,
mais nos tornamos exigentes.
Só que não sabemos isso com antecedência.

Nos dizemos:
se eu tivesse isso, seria feliz.
Mas depois de satisfeitos,
outro vazio se abre,
então queremos mais e assim por diante.

Nos sentimos felizes
no momento e depois da euforia passada,
tudo parece banal.

O amor faz feliz.
Mas o amor sem dinheiro pode não
ser o bastante.
Então queremos os dois.
Depois pedimos saúde,
casa, filhos, um bom trabalho...
e assim por diante.

Como um pedreiro,
vamos construindo nosso ideal de
felicidade tijolinho por tijolinho,
sem portanto jamais terminar de construir,
como se a vida fosse uma obra inacabada.

Quando tudo parece completo,
reclamamos do tempo que passou e nos
arrependemos do que não fizemos
ou nos dizemos que poderíamos
ter feito mais.

Digo tudo isso para dizer que o ser humano
parece sempre insatisfeito.

Penso que a verdadeira felicidade
devemos aprender é com as crianças:
beber dessa água e desses instantes
e não pensar em mais nada!

Ser feliz, simplesmente,
não colocando a felicidade como objetivo
para o próximo passo,
sem portanto, deixar de caminhar.

O mundo anda, andamos com ele.

Não podemos usufruir da felicidade
presente pensando sempre na outra que virá,
porque é isso que causa insatisfação nas pessoas.

Se sempre esperamos que será
melhor amanhã,
o hoje parece insignificante.

Portanto,
quanto proveito perdemos do presente
porque não sabemos apreciar e dar o justo
valor daquele momento.

Temos, hoje,
o que Deus permite que tenhamos e
que nos sustenta.
Ansiar por mais,
sempre mais nos torna seres infelizes.

Quero abraçar o hoje com o que ele me oferece
e amanhã será um outro dia onde poderei também
extrair meu pedaço de felicidade.

Porque felicidade é isso:
pedaços aqui e acolá que vão enchendo nosso coração.

Deus cuida de nós como cuida dos
pássaros e das crianças.
Os pássaros cantam em todas as ocasiões e
as crianças riem do nada.
Eles sabem, da maneira deles,
aproveitar do momento presente e extrair
de cada instante a felicidade.
São felizes com a simplicidade que Deus
pede ao nosso coração.

Para ser feliz, viva seu agora.
Torne-se criança no coração e na alma.
Cante como os pássaros e seu rosto terá aos olhos
de todos a beleza dos lírios dos campos.

TEXTO: Letícia Thompson
* * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 04 de Outubro de 2.008.

Nenhum comentário: