quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Arrume a casa

Já faz um tempinho que comecei colocar a minha casa interior em ordem, e isto me custou tempo, coragem e sentimentos.

Tudo estava bom demais pra ser verdade, as coisas estavam bonitas demais, coloridas demais, perfeitas demais e quando isto acontece, acreditem, debaixo do tapete há lixos escondidos que não foram removidos pela falsa beleza do "estar demais". 

As pessoas confundem muito um estar bem, com um estar perfeito, e eu prefiro estar de boa, em paz, com Deus e com todos, mas com os pés no chão, com a verdade exposta, com a realidade na cara.

Humildade(Simplicidade) não tem nada a ver com humilhação(submissão), e amar alguém, gostar, ter uma amizade sincera, querer por perto e do lado de dentro da gente, não tem nada a ver com migalhar atenção e afetos, e isto eu também tive que organizar em mim, para que todos aqueles que se aproximem possam entender que além de uma boa companhia, e uma boa amiga, mesmo abarrotada de defeitos, eu também tenho um coração, que merece sim, ser respeitado, amado e cuidado e jamais usado, maltratado ou manipulado. 

Hoje a minha visão de vida é diferente, e não aceito que me baguncem mais, não quero e não vou correr atrás de quem vive de "tanto faz", de quem pouco se importa, de quem se preocupa só com o seu umbigo. 

Problemas todos nós temos, e morre quem se acha o único na face da terra a sofrer, a se desiludir, a se decepcionar, a fracassar vez em quando. 

Para que as coisas deem certo na vida da gente, primeiro precisamos depositar a nossa confiança em Deus, depois nos permitir a certas mudanças, e rejeitarmos de vez, o que não nos faz bem, falo de coisas, falo de pessoas mal amadas também, que só que querem ser notadas, mas que não se preocupam com ninguém.

TEXTO DE: Cecilia Sfalsin
* * * * *
Texto lido no programa "Madrugada Viva Liberdade FM" no quadro "Momento de Reflexão" no dia 23 de Dezembro de 2.016.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links de propagandas deste blog você ajuda a Campanha Natal Solidário que promovemos há 22 anos.

Nenhum comentário: