domingo, 2 de agosto de 2015

Deus permitiu

Eu estava aqui no
meu cantinho
e resolvi enviar
esta mensagem
só pra te agradecer.

Não nos conhecemos
pessoalmente,
nunca nos vimos,
mas estamos sempre
presentes um
na vida do outro
todos os dias,
não é verdade?

Dizem que todas
as coisas acontecem
por acaso.
Eu já penso diferente.
Penso que todas
as coisas
são permitidas
por Deus.

Não foi à toa que
um entrou
na telinha do
outro.

Deus permitiu
que isso acontecesse
para que pudéssemos
compartilhar
todos os momentos
possíveis de nossas
vidas,
sejam eles alegres
ou tristes.

É verdade!

Pense como todos
os dias nos alegramos,
damos boas
gargalhadas,
choramos com mensagens
emocionantes!

Lemos textos
como se eles tivessem
sido escritos
para nós naquele
momento.

Nada é por acaso.

Deus sabe porque te
colocou em meu
caminho.

Eu não te conheço,
isso não importa
nem um pouco,
e todos os dias
te coloco nas mãos
de Deus,
para que Ele te fortaleça,
te ajude a vencer
as dificuldades.

Te acompanhe no seu
dia-a-dia,
renovando as esperanças
em seu coração.

Enfim,
peço a Deus que
te abençoe e te
ilumine para que
possa superar
com tranquilidade
os desafios
que aparecerem
em sua vida.

Isso não foi um
desabafo!

Foi apenas o que senti
no meu coração
e achei que gostaria
de saber.

Quero que tenha
a certeza
que sou uma pessoa abençoada
com a sua bela
amizade!

É um PRESENTE DE DEUS
em minha vida.

TEXTO DE: Procura-se
Fineza nos informar através do e-mail:
mensagem@toninholima.com.br
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 03 de Agosto de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 21 anos.

quinta-feira, 30 de julho de 2015

XEQUE MATE

Sempre que alguém
me pergunta sobre Deus,
me vem uma única
imagem a cabeça.

Um senhor grisalho,
de olhar penetrante
e vestes largas,
expressão serena
e sorriso fácil.

Lá está Ele,
mexendo as peças do
seu grande tabuleiro
dourado.

É, dessa forma,
que vai orquestrando
a vida.
Manuseia as peças com
a sua sabedoria absoluta,
planejando os
movimentos futuros,
escolhendo aquelas
que devem se aproximar
e as que já não podem
mais andar tão
próximas.

Decide quem deve
avançar e os que
precisam retroceder.

É, também,
quem escolhe as peças
que devem sair do
tabuleiro ou as que
merecem uma nova
chance de jogar.

Com justiça,
seleciona os seus
reis e os seus cavalos,
os peões e a forma
de cada um se
movimentar.

É um jogo complexo que,
somente Ele,
que vê tudo lá de cima,
consegue entender toda
a lógica.

Nós, aqui embaixo,
muitas vezes,
não compreendemos
a jogada.

É que os bons
jogadores têm mesmo
essa capacidade,
de perceber tudo
muito antes dos
demais.

Algumas rodadas
depois acabamos por
entender o porquê
de todo o processo.

Tenho aprendido
a não mais questionar.
Aceito minha função
e posição no jogo,
pois sei que Ele sabe
o que é melhor
para mim.
Sou extremamente
grato por me dar
a chance de jogar.

É tanta bênção
recebida que não
ouso reclamar
de nada.

Que belo tabuleiro
o Senhor nos preparou.
Eis me aqui e confio
em ti,
ó Senhor.
O meu destino está
em suas mãos.

Sou o seu bispo
e confio na sua
jogada.

Com fé e coragem não
há inimigo que resista.

Xeque Mate.

TEXTO DE: Procura-se
Fineza nos informar através do e-mail:
mensagem@toninholima.com.br
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 02 de Agosto de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 21 anos.

quarta-feira, 29 de julho de 2015

Quem dobrou o seu paraquedas hoje?

Charles Plumb era piloto e,
certa vez,
seu avião foi derrubado,
durante uma missão
de combate.

Ele saltou de paraquedas,
salvando a vida.
Caiu em campo inimigo,
foi capturado e passou
seis anos como prisioneiro.

Sobreviveu e ao retornar
ao seu país,
começou a fazer palestras,
relatando a sua odisseia
e o que a prisão
lhe ensinara.

Certo dia,
em um restaurante,
foi saudado por um homem:
“Olá,
você é Charles Plumb,
o piloto que teve seu
avião derrubado,
não é mesmo?”

“Sim”,
respondeu.
“como você sabe?”

“Ora,
era eu quem dobrava
o seu paraquedas.
Parece que
funcionou bem,
não é verdade?”

O piloto ficou
boquiaberto.

Muito grato,
afirmou:
“Claro que funcionou,
caso contrário eu não
estaria aqui hoje.”

Naquela noite,
ele não conseguiu dormir,
pensando e pensando.

“Quantas vezes vi esse homem
no porta-aviões e
nunca lhe disse
‘bom dia?’

Eu era um piloto
arrogante e ele,
um simples marinheiro.”

Pensou nas horas que
o marinheiro passou
humildemente no barco,
em meio a tantos
outros pilotos,
tão senhores de si,
como ele próprio
se considerava.

Pensou que o marinheiro
teve em suas mãos habilidosas,
que enrolavam os fios
de seda dos paraquedas,
as vidas de tantos que
nem conhecia.
Mas a sua tarefa
bem realizada era a
responsável por vários
deles continuarem
a viver.

Todos os que haviam
precisado de um paraquedas,
um dia.

Hoje,
quando Plumb
inicia as suas palestras,
o faz perguntando
à platéia:
“Quem dobrou o seu
paraquedas hoje?”

TEXTO DE: Procura-se autor

Fineza nos informar através do e-mail:
mensagem@toninholima.com.br
******
Ninguém é uma ilha… e,
diariamente, necessitamos
de muitos paraquedas…

Se está lendo ou ouvindo
esta mensagem é porque por algum motivo,
é merecedor da minha gratidão…
e,
provavelmente,
com um simples sorriso,
um aperto de mão,
uma palavra amiga,
um modo de proceder,
um ouvido atento,
um ombro…
ou virtualmente,
com um comentário,
com um “curtir”,
ou simplesmente com
sua leitura vai incentivar
minha caminhada,
dobrando meu
paraquedas…

Obrigado!

Um forte abraço.

Toninho Lima
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 01 de Agosto de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 21 anos.

terça-feira, 28 de julho de 2015

Como anda a dieta… da alma?

Arroz, feijão, bife, ovo.
Isso nós temos no prato,
é a fonte de energia que
nos faz levantar de manhã
e sair para trabalhar.
Nossa primeira meta é
a sobrevivência do corpo.

Outro dia,
no meio da tarde,
senti uma fome me
revirando por dentro.
Uma fome que me
deixou melancólica.
Me dei conta de que
estava indo pouco
ao cinema,
conversando pouco
com as pessoas,
e senti uma abstinência
de viajar que me deixou
até meio tonta.
Minha geladeira,
afortunadamente,
está cheia,
mas me senti desnutrida.
Você já se sentiu
assim também,
precisando se alimentar?

Revista, jornal, internet,
isso tudo nos informa,
nos situa no mundo,
mas não sacia.
A informação entra
dentro da casa da gente
em doses cavalares
e nos encontra passivos,
a gente apenas seleciona
o que nos interessa
e despreza o resto,
e nem levantamos da
cadeira neste processo.

Para alimentar a alma,
é obrigatório sair de casa;
sair à caça; perseguir.

Se não há silêncio
a sua volta,
cace o silêncio onde
ele se esconde,
pegue uma estradinha
de terra batida,
visite um sítio,
uma cachoeira ou vá para
a beira da praia.

O litoral é bonito nesta época,
tem uma luz diferente,
o mar parece maior,
há menos gente.

Cace o afeto,
procure quem você
gosta de verdade,
tire férias de rancores
e mágoas,
abrace forte,
sorria,
permita que lhe
cacem também.

Cace a liberdade que
anda tão rara,
liberdade de pensamento,
de atitudes,
vá ao encontro de tudo
que não tem regras,
patrulha, horários.

Cace o amanhã, o novo,
o que ainda não foi
contaminado por críticas,
modismos, conceitos,
vá atrás do que
é surpreendente,
o que se expande na
sua frente,
o que lhe provoca prazer
de olhar, sentir, sorver.
Entre numa galeria
de arte.

Vá assistir a um filme
de um diretor que não conhece.

Olhe para sua cidade c
om olhos de estrangeiro,
como se você fosse um turista;
abra portas e páginas.

Arroz, feijão, bife, ovo.
Isso mantém a gente em pé,
mas não acaba com o cansaço
diante de uma vida que,
se a gente descuida,
torna-se repetitiva,
monótona, entediante.
Mas, nada de descuido.

Vou me entupir de
calorias na alma.

Há fartas sugestões no cardápio.
Quero engordar no lugar certo.

É que o ritmo dos dias é
tão intenso que, às vezes,
a gente esquece de se
alimentar direito.

TEXTO: Martha Medeiros
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 31 de Julho de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 21 anos.

segunda-feira, 27 de julho de 2015

Onde você está?

Nada acontece do dia
para a noite.
Tudo é processo.

Antes, durante,
depois.
Onde você está?

Na grande maioria
das vezes estabelecemos
para nós mesmos
a seguinte equação:
ser bem sucedido
ou ser um fracasso.

E, partindo deste
pressuposto,
não importa o quanto
estejamos no caminho:
se ainda não tivermos
atingido o posto de
bem sucedidos...

A alternativa que
resta é ser um
fracasso.
Nada é preto
ou branco.
Tudo são diferentes
tonalidades de cinza.

O sol está a pino ou
a lua está a pino
apenas por alguns
instantes ao dia/noite.

Todo o resto
é movimento.
Onde você está?

Seja mais carinhoso
consigo mesmo.
Seja mais paciente
e compassivo consigo
mesmo.

Nada é uma coisa
ou outra,
tudo é processo.
Não importa onde
você está,
e sim em qual direção
está caminhando.

A direção é
mais importante do
que a velocidade.
E cada
pequeno passo
conta.

Onde você está?

TEXTO: Flávia Melissa
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 30 de Julho de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 20 anos.

quinta-feira, 23 de julho de 2015

DE CORAÇÃO PARA CORAÇÃO

O que separa corações
não é a distância,
é a indiferença.

Há pessoas juntas estando
separadas por
milhares de quilômetros
e outras separadas
vivendo lado a lado.

Muitas vezes nos importamos
com o que acontece no mundo,
nos sensibilizamos e pensamos
até em fazer alguma coisa,
mas nos esquecemos do que
se passa ao nosso lado,
na nossa casa,
na nossa família
e mesmo na vizinhança.

Colocamos, sem querer,
barreiras entre os corações
que nos cercam.

A indiferença mata lentamente,
anula qualquer sentimento;
e assim criamos distâncias
quando estamos tão próximos.

As pessoas se habituam
tanto àquelas que convivem
com elas que elas passam
a não notá-las mais,
a não dar mais importância.
Mas,
se quisermos
transformar o mundo,
comecemos por transformar
a nós mesmos.

Se quisermos entrar
em combates para melhorar
algo para o futuro,
que esse combate comece
dentro da nossa própria casa.

Precisamos olhar os que
estão ao nosso lado sempre
com olhos novos.

Comunicar mais,
destruir mais barreiras
e construir mais pontes.

Precisamos nos dar
de coração a coração.
A melhor maneira de acabar
com a indiferença de uma pessoa
em relação a nós é amá-la.

O amor transforma tudo.

Não permita que pessoas
ao seu lado morram de solidão!
Não permita que elas sintam-se
melhor fora de casa que dentro dela!

Dê atenção,
dê do seu próprio tempo!
Comunique-se!
Assista menos televisão
e converse mais.
Riam juntos.
Há quanto tempo você
não diz para a pessoa que
vive ao seu lado que
gosta dela?

A gente não recupera
tempo perdido.

Mas podemos decidir
não perder mais.
Vamos amar os corações
que nos cercam e tentar
alcançar novamente aqueles
que se distanciaram.

Há sempre tempo para
se amar.

E se não houvesse,
o próprio amor seria
capaz de inventar.

TEXTO: Letícia Thompson
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 29 de Julho de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 20 anos.

Saia da posição de Vítima

A coisa mais importante 
que aprendi na minha 
vida foi isso!

Sair de uma posição 
de vítima e aprender 
e entender, 
que quem tinha todo 
o poder de mudar a 
minha vida era EU!

Quando a gente não 
tá feliz com o que 
vê fora, 
com as pessoas ao 
nosso redor, 
com as experiências 
ou a falta delas, 
isso é um presente! 

É uma oportunidade 
sabia? 

É o alarme Divino 
te mostrando onde 
ainda você está 
se fazendo pequeno. 
E se você se der 
essa oportunidade 
e encarar o delicioso 
desafio de mudar, 
a sua vida muda, 
e é sem volta... 

Você só vai ficando 
cada dia maior!

Então aceite: 
a gente tem poder 
de com a nossa mente, 
com a nossa vibração 
e energia, 
com a nossa presença 
mudar tudo 
ao nosso redor!

Não foi a vida que 
mudou para mim 
fui eu quem mudou 
para a vida. 

Eu permiti. 
Eu me permiti. 

Eu me tirei do estado 
de vítima. 
Eu fui me conhecer. 
Eu fui me empoderar, 
recuperar um poder 
que sempre foi meu.

Eu não encontrei 
a felicidade, 
eu tirei o que dentro 
de mim estava 
encobrindo ela. 
Ela sempre esteve 
aqui pois é o que 
eu sou! 

E é o que você é!

TEXTO DE: Giselia Duarte
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 27 de Julho de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 20 anos.