domingo, 22 de maio de 2016

MOMENTOS DA VIDA

Existem momentos
cruciais em nossas
vidas onde deve ser
tomada uma decisão,
difícil mesmo é
quando queremos
escolher as duas.

São dois extremos
tão “apetitosos”
aos olhos,
porem distintos
e impossíveis de
serem escolhidos
os dois.

Pensamos,
pensamos e não
chegamos a tão
deseja escolha,
pensamos nas
consequências
futuras que cada
escolha nos
proporcionará,
aparece o medo,
a ansiedade de
fazer a escolha errada;
perdemos o sono,
nos pegamos constantemente
buscando um meio
de tomar a decisão.

Sempre tem uma
que nós desejamos mais,
 mas essa nos
parece perigosa,
já parou pra pensar
que sempre a que
queremos mais nos
parece a mais insensata?

Todos passamos por
isso em aspectos e
situações variadas.
Então pensei bastante
de cheguei a “minha”
conclusão:
“Melhor ser um
velho arrependido
pelo que fez,
do que um velho
frustrado pelo
que não fez.”

Quando vivemos uma
experiência seja ela
boa ou ruim,
sempre dar para
ser tirada alguma
lição dela,
vendo por esse lado,
podemos chegar
a esse pensamento:
Devemos viver,
viver é sentir,
é ouvir, é saborear,
é ver!

Se não fizermos
essas coisas não
estamos vivendo,
não por que deixar
de fazer algo que
desejamos por
medo do futuro?

Se mesmo errando
aprenderemos algo?

Já no caso de não
escolhermos a que
mais nos atrai,
ficamos nos momento
com a sensação de alivio,
de que fizemos a
escolha certa,
que agora estamos
com a “consciência”
tranquila.

Em curto prazo
ficamos felizes,
porem depois
de algum tempo
nos pegamos com
o pensamento:
Será que se eu
tivesse escolhido
a outra opção não
teria dado certo?
E hoje eu estaria
bem melhor?

Oh duvida amarga essa,
conheço pessoas
amargas de espírito
por terem feito a
outra escolha e não
deixar o coração falar,
por agirem “racionalmente”.
Mas desde quando
agir sem racionalidade
é seguir o
intuito do coração?
Frustração!

Essa é a palavra
que maltrata e corroem
pessoas tão
belas interiormente,
mas que em algum
momento da vida
agiram “racionalmente”.

A dor da duvida é
pior que a dor
do arrependimento.

Por isso
“Melhor ser um
velho arrependido
pelo que fez,
do que um velho
frustrado pelo que
não fez.”

TEXTO DE: Erisvaldo Bezerra
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 25 de Maio de 2.016.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos
há 22 anos.

sábado, 21 de maio de 2016

TUDO PASSA...

Tem coisas que a
gente só entende
depois de muito tempo,
e então olhamos pro
céu e agradecemos
a Deus por não ter
dado certo,
e nos desculpamos
pelas inúmeras
vezes que o culpamos
por acontecimentos
que não saíram de
acordo com o
que havíamos
desejado ou planejado.

O tempo é um amigo
verdadeiro e imperfeito,
as vezes ele traz
dores mas sempre
as recompensa
com felicidades,
basta termos
paciência.

É estranho olhar
pra trás e ver que
algo que você jurou
que um dia te faria
feliz hoje te causa
um sentimento
sem nome,
é uma sensação
que varia entre
os extremos do alivio
e da indiferença.

De vez em quando
faz bem dar uma
remexida no passado
pra ter a certeza
que hoje vivemos
apenas o presente,
embora tudo tenha
valido a pena.

Tudo passa,
mas o aprendizado
fica."

TEXTO DE: OBS.:
Não encontramos
autoria do texto acima.
Fineza nos informar
através do e-mail:
mensagem@toninholima.com.br
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 24 de Maio de 2.016.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos
há 22 anos.

quinta-feira, 19 de maio de 2016

Metade

Não passe sua vida
sendo metade do que
deveria ser.
Sonhos podem sim
se realizar.
Nunca se subestime.
Lute pelo que
é correto.

Guardar sentimentos
dentro de nós só
nos deixa doentes.
O amor bate em nossas
portas de maneiras
e formas diferentes.
Amar demais
nunca é demais,
amar de menos é demais.

É necessário ouvir
a voz do coração.
Honestidade é tudo.
O caráter é essencial.
Abra os olhos para
as coisas que
realmente importam,
descarte o restante.

São poucos os que
você pode depositar
sua confiança,
mas esses poucos
estarão sempre com
você e de uma forma
ou outra devem
sempre ser lembrados.

Não faça da rotina
um estilo de vida.
Busque novos horizontes.
Faça novas descobertas.
Ás vezes é preciso mudar.

E o mais importante:
seja sempre você,
e não passe sua vida
sendo metade do
que deveria ser.

TEXTO DE: OBS.:
Não encontramos
autoria do texto acima.
Fineza nos informar
através do e-mail:
mensagem@toninholima.com.br
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 23 de Maio de 2.016.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos
há 22 anos.

Desilusões

As vezes sofremos
desilusões por conta
das mentiras que as
pessoas contam.

É preciso ter
preparo para isto.
As pessoas mentem,
e isto é um fato.

Mas é preciso,
também,
saber separar
o joio do trigo.

Há pessoas que mentem,
deliberadamente,
porque querem o teu mal.
E há aquelas que
mentem por que
gostariam de te
ver melhor,
ou de serem melhores
para você.

Algumas pessoas
podem achar que a
realidade pode ser
apresentada melhor
se fantasiada um pouco,
e aí a mentira é
quase inocente,
mas assemelha-se a
um desejo ou a um sonho,
e não se deve subjugar
o valor destas
pessoas por isso.

Em alguns casos,
podemos dizer que
a mentira é como
uma casca,
que uma vez descoberta,
deve apenas ser
jogada fora.

Nas pessoas,
assim como
entenderia um
bom boticário,
o que vale não
é o frasco,
mas a essência.

TEXTO DE: OBS.:
Não encontramos
autoria do
texto acima.
Fineza nos informar
através do e-mail:
mensagem@toninholima.com.br
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 21 de Maio de 2.016.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos
há 22 anos.

Noite escura da alma

Todos temos aqueles dias
em que nos sentimos solitários,
triste, meio perdidos.
São aqueles dias onde a alma
se perde na própria solidão,
encontrando o eco do vazio que
ressoa intenso em sua intimidade.

São esses dias em que a alma
parece querer fazer um
recesso das coisas da vida,
das preocupações,
responsabilidades e compromissos,
para simplesmente ficar vazia.

Não há quem não tenha esses
dias de escuridão dentro de si.
Fruto algumas vezes de
experiências emocionais frustrantes,
onde a amargura e o dissabor
nos relacionamentos substituem
as alegrias de
bem-aventuranças anteriores.

Outras vezes são os problemas
econômicos ou as circunstâncias
sociais que nos provocam
dissabores e colocam
sombras na alma.

A incompreensão no seio familiar,
a inveja no círculo de amizades,
a competição e rivalidade
desmedida entre companheiros
de trabalho provocam distonias
de grande porte em algumas pessoas.

Nada mais natural esses dissabores.
Jesus, sabiamente,
nos advertiu dizendo que no
mundo só encontraríamos aflições.

Tendo em vista a condição
moral de nosso planeta,
as aflições e dificuldades
são questões naturais e ainda
necessárias para a experiência
evolutiva de cada um de nós.

Dessa forma,
é ilusório imaginarmos que
estaríamos isentos desses
embates ou acreditarmo-nos
inatacáveis pela perversidade,
despeito ou inferioridade alheia.

Assim, nesses momentos faz-se
necessário enfrentar a realidade,
sem deixar-se levar pelo
desânimo ou infelicidade.

Se são dias difíceis os
que estejamos passando,
que sejam retos nosso
proceder e nossas ações.
Permanecer fiel aos
compromissos e aos valores
nobres é nosso dever
perante a vida.

Os embates que surjam
não devem ser justificativas
para o desânimo,
a queixa e o abandono
da correta conduta ou ainda,
o atalho para dias de
depressão e infelicidade.

Aquele que não consegue
vencer a noite escura da alma,
dificilmente conseguirá
saudar a madrugada de luz
que chega após a sombra,
que parece momentaneamente vencedora.

Somente ao insistirmos,
ao enfrentarmos,
ao nos propormos a bem
agir frente a esses momentos,
teremos as recompensas conferidas
àquele que se propõe
enfrentar-se para crescer.

Para refletir

Se os dias que lhe
surgem são desafiadores,
lembre-se de que mesmo
Jesus enfrentou a noite
escura da alma,
em alguns momentos,
porém,
sempre em perfeita
identificação com Deus,
a fim de espalhar a claridade
sublime do Seu amor entre
aqueles que não O entendiam.

TEXTO DE: OBS.:
Não encontramos autoria
do texto acima.
Fineza nos informar
através do e-mail:
mensagem@toninholima.com.br
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 20 de Maio de 2.016.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos
há 22 anos.

terça-feira, 17 de maio de 2016

Reclamar além das medidas

As dores da alma são
reflexos das nossas
frustrações.
Reclamar de tudo
é consequência direta
da falta da nossa
vigilância com
nossos sonhos.
Reflexos das nossas
projeções que andam
"soltas".

Tem gente amando
pessoas que não existem,
inventadas pela sua
própria carência afetiva.
Tem gente jurando
que é vítima do mundo,
acreditam que tudo
de ruim só acontece
com elas.

Esquecem que
nesse exato momento,
o planeta está girando,
e o que estava embaixo,
já está por cima,
e o que estava em cima,
está por baixo.
Num ciclo de ir e vir,
como a onda do mar,
que quando você nem espera,
vem molhar os seus pés.

A vida espera que você
pelo menos acredite em você,
e faça a sua parte
abrindo a boca para elogiar,
vibrar, orar, louvar,
beijar, declamar uma poesia,
fazer tudo, menos reclamar.

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 19 de Maio de 2.016.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos
há 22 anos.

domingo, 15 de maio de 2016

Meu primeiro caderno

Eu não sei se você
se recorda do seu
primeiro caderno.
Eu me recordo
do meu. Com ele
eu aprendi muita
coisa.

Foi nele que eu
descobri que a
experiência dos erros
ela é tão importante
quanto a experiência
dos acertos.
Porque visto de
um jeito certo,
os erros,
eles nos preparam
para nossas vitórias
e conquistas futuras,
porque não há
aprendizado na
vida que não passe
pela experiência
dos erros.

Caderno é uma
metáfora da vida.
Quando os erros
cometidos eram
demais,
eu me recordo que
a nossa professora
nos sugeria que a
gente virasse a página,
era um jeito interessante
de descobrir a graça
que há nos recomeços,
ao virar a página
os erros cometidos
deixavam de nos incomodar
e a partir
deles a gente seguia
um pouco mais
crescido.

O caderno nos ensina
que erros não precisam
ser fontes de castigos.
Erros podem ser fontes
de virtudes.
Na vida é a mesma coisa,
o erro tem que estar
a serviço do aprendizado,
ele não tem que ser
fonte de culpas,
de vergonhas,
nenhum ser humano
pode ser
verdadeiramente
grande,
sem que seja capaz
de reconhecer os erros
que cometeu na vida.

Uma coisa é a gente
se arrepender do
que fez,
outra coisa é a gente
se sentir culpado.
Culpas nos paralisam,
arrependimentos não,
eles nos lançam pra
frente e nos ajudam
a corrigir os erros cometidos.

Deus é semelhante
ao caderno,
ele nos permite os
erros para que a
gente aprenda a fazer
do jeito certo.

Você tem errado muito?

Não importa,
aceite de Deus esta
nova página de vida,
que tem o nome de "hoje",
recorde-se das lições
do seu primeiro
caderno.

Quando os erros
são demais,
vire a página.

TEXTO DE: Padre Fábio de Melo
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 18 de Maio de 2.016.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos
há 22 anos.