segunda-feira, 20 de outubro de 2014

SUAS MOTIVAÇÕES

Habilidade é aquilo que
você é capaz de fazer.
Motivação é o que
determina o que você faz.
Atitude é o que determina
a maneira como você faz.
* Lou Holtz *

Quando a sua
motivação é ferir,
você é que será ferido.
Quando a sua motivação
é enganar,
você é que será enganado.

Se a sua motivação
é criar empecilhos ao
labor alheio,
você é que terminará por
se encontrar frente a
imensas dificuldades.

Se você resolver tirar
o que por direito
pertence a outros,
você é que de alguma
maneira no fim de tudo
será lesado.

Se o seu motivo é dar,
você é que irá receber
em retorno.
Se o seu motivo é ensinar,
você é quem irá aprender.

Quando a sua motivação
é apreciar,
você é que será apreciado
e admirado.
Quando a sua motivação
é ajudar,
você é que será ajudado.

Se a sua motivação
é alimentar e fortalecer
alguém,
você é quem será alimentado
e quem irá experimentar
genuíno crescimento.

Você não pode fugir
às suas próprias motivações,
simplesmente porque
 – à semelhança de um bumerangue –
elas fatalmente voltam a você.

É uma lei da vida.

O retorno de tudo
que você faz depende
da sua motivação.
A razão para isso
é que existe um Deus que
conhece e sonda o nosso
coração.

Para Ele,
mais importante que a
própria ação é a motivação
que existe por trás.
É isso que realmente importa.

Seu olhar passeia sobre
a Terra e sonda todas as
intenções e realidades,
por mais ocultas que sejam.

Quero portanto encorajá-lo
a com sinceridade
checar as suas motivações,
porque são elas que irão
determinar a qualidade e
a direção da sua vida.

Para Meditação:
Dêem, e lhes será dado:
uma boa medida, calcada,
sacudida e transbordante
será dada a vocês.
Pois a medida que usarem
também será usada
para vocês.
*Lucas 6:38 (NIV)*

AUTORIA: Nélio DaSilva
 * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 22 de Outubro de 2.014.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos ha 20 anos.

Pensamento, visão e ação para a felicidade

É a sua visão do mundo
que constrói as pontes
entre os sonhos e a
realidade.
Não há grandes
montanhas ou obstáculos
entre eles,
apenas o pensamento.
Pensamento que pode te
levar até a conquista
ou ficar parado diante
do medo.

Por isso,
na dúvida,
consulte você.
Isso mesmo!
Ninguém conhece
seus desejos,
sua força,
seus medos e anseios
 tão bem
quanto você mesmo.

Não se deixe levar
pelas opiniões dos outros.
No máximo use algumas
ideias para seguir o seu
próprio caminho.

O ser humano
tem uma capacidade
tão grande de adaptação
que podemos ver,
nômades no deserto que
andam com quase 50
graus na cabeça sem
desanimar.

Pessoas que moram
em lugares tão remotos
com temperaturas negativas
acima dos 50 graus.
Gente que passa com
pouca água,
pouca comida,
pouca luz e até pouco
oxigênio.
E vivem, sonham,
constroem,
realizam e conquistam.

Há esperança enquanto
você tem a melhor visão
da sua capacidade.
Ainda que tudo pareça
ter desabado a sua volta,
sempre resta um tijolo
para salvar dos escombros
e recomeçar a sua
construção.

Por isso,
se precisa mudar algo,
mude a sua maneira
de ver o mundo.
Deixe ele mais azul,
mais alegre,
menos material,
mais espiritual.
Existem mil portas para
serem abertas,
mil amores para serem
conquistados,
mil trabalhos para serem
realizados,
mil ouvidos para
te ouvir.
Mas apenas um
pensamento para te levar
a realização:
o pensamento em você
vencedor.
Pense nisso e seja feliz!

AUTORIA: Paulo Roberto Gaefke
 * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 21 de Outubro de 2.014.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos ha 20 anos.

sábado, 18 de outubro de 2014

A inutilidade e o amor

Ter que ser útil
pra alguém é uma coisa
muito cansativa.

É interessante você saber
fazer as coisas,
mas acredito que a utilidade
é um território muito
perigoso porque,
muitas vezes,
a gente acha que o outro
gosta da gente,
mas não.
Ele está interessado
naquilo que a gente
faz por ele.

E é por isso que
a velhice é esse tempo
em que passa a utilidade
e aí fica só o seu
significado como pessoa.
Eu acho que é um momento
que a gente purifica,
né?

É o momento em que
a gente vai ter
a oportunidade de saber
quem nos ama de
verdade.

Porque só nos ama,
só vai ficar até o fim,
aquele que,
depois da nossa utilidade,
 descobrir o nosso significado.

Por isso eu sempre peço
a Deus para poder envelhecer
ao lado das pessoas que
me amem.
Aquelas pessoas
que possam me proporcionar
a tranqüilidade de ser inútil,
mas ao mesmo tempo,
sem perder o valor.

Quero ter ao meu lado
alguém que saiba acolher
a minha inutilidade.
Alguém que olhe pra mim assim,
que possa saber que eu
não servirei pra muita coisa,
mas que continuarei
tendo meu valor.

Porque a vida é assim,
fique esperto,
viu?

Se você quiser saber
se o outro te ama de verdade
é só identificar se ele seria
capaz de tolerar a sua
inutilidade.

Quer saber se você
ama alguém?

Pergunte a si mesmo:
quem nessa vida já pode
 ficar inútil pra você sem
que você sinta o desejo
de jogá-lo fora?

É assim que descobrimos
o significado do amor.

Só o amor nos dá condições
de cuidar do outro
até o fim.

Por isso eu digo:
feliz aquele que tem ao
final da vida,
a graça de ser olhado
nos olhos e ouvir do outro:
"você não serve pra nada,
 mas eu não sei viver
sem você".

AUTORIA: Padre Fábio de Mello
 * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 19 de Outubro de 2.014.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos ha 20 anos.

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Duas escolhas

Assim é a sua vida,
cheia de motivos
para comemorar,
a saúde que não ligamos,
até cairmos doentes,
a paz que temos,
até que alguém nos rouba,
o amor que nos une,
até que nos separamos,
a família que nos liga,
até que nos distanciamos,
a humildade que queremos ter,
até que o orgulho nos cegue,
o emprego que nos sustenta,
até que o demissão nos atinge.

Mesmo diante
da noite mais escura,
podemos acender um mísero
fósforo e iluminar a rua.
Diante da dor mais profunda,
podemos confortar com um gesto,
uma palavra.
Perto do fim,
podemos encontrar o
nosso começo,
e onde tudo parecer impossível,
nos resta o encontro
divino com a fé,
onde Deus,
que habita em nós,
responde,
Filho, Eu estou aqui,
Eu sou o Amor.

Duas escolhas,
sempre,
que o amor seja sempre
a sua primeira escolha.

AUTORIA: Paulo Roberto Gaefke
 * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 18 de Outubro de 2.014.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos ha 20 anos.

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Senhor,

Se um dia eu estiver
" cheio da vida" ,
com vontade de sumir,
de morrer,
insatisfeito comigo e com o
mundo em torno de mim...

- Pergunta-me apenas se eu quero
trocar a luz pelas trevas...

- Pergunta-me se eu quero
trocar a fartura
da mesa posta,
pelos restos que tantos
buscam no lixo...

- Pergunta-me se eu quero
trocar meus pés
por uma cadeira de
rodas...

- Pergunta-me se eu quero
trocar minha voz
pelos gestos...

- Pergunta-me se eu quero
trocar o mundo
maravilhoso dos sons
pelo silêncio dos
que nada ouvem...

- Pergunta-me,
se eu quero trocar o
jornal que
leio e depois jogo no lixo,
pela miséria dos
que vão buscá-lo para fazer
dele seu cobertor...

- Pergunta-me se eu quero
trocar minha saúde,
pelas doenças incuráveis
de tanta gente...

- Pergunta-me também,
até quando
não reconhecerei as
Tuas bençãos,
a fim de fazer de
minha vida um hino de
 louvor e gratidão
e dizer, todos os dias,
do fundo de mim:
- Obrigado, Senhor...

Deus nos abençoe...

A gota não cava a pedra pela
força mas por quedas
freqüentes.

AUTORIA: Procura-se
Fineza nos informar através do e-mail:
mensagem@toninholima.com.br
 * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 17 de Outubro de 2.014.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos ha 20 anos.

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Viver Melhor

Hoje é o dia mais
importante da tua vida.
Não o sobrecarregues com
lembranças dolorosas do ontem,
nem com temores covardes
do amanhã.

Vive-o com entusiasmo
e intensidade.
Constrói tu mesmo tua vida.
Não permitas que
opiniões e erros alheios
te conduzam ao fracasso.
Irradia amor,
cordialidade e simpatia.

Nada guardes de teus
tesouros espirituais,
pois quanto mais deres,
mais enriquecerás.

Nada esperes
receber dos outros.
Sê pontual,
honesto e exigente
contigo mesmo.
Quem não se disciplina,
desperdiça tesouros
de energia física e mental
e acaba por destruir-se.

Cuida de teu corpo
e de tua mente,
conservando ambos sadios.
Como os males de um
se refletirão infalivelmente
no outro,
os dois merecem,
por igual, teu cuidado.
Tem paciência.

Jamais duvide que
a vitória pertence aos que
sabem esperar
o momento certo de agir.
Foge da extravagância
e do desperdício.
Os dois são próprios
dos desequilibrados e o
equilíbrio na vida é um
bem estimável.

Fazes diariamente uma
avaliação de tua vida.
Vê o que realmente
importa e quais fardos
inúteis te pesam.

Livra-te deles para
que não embaracem tua
caminhada para um
futuro pleno de
realizações.

Tomada uma decisão
consciente e livre,
jamais te afastes dela.
Saber querer é a base
para vencer.

AUTORIA: Procura-se
Fineza nos informar através do e-mail:
mensagem@toninholima.com.br
 * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 16 de Outubro de 2.014.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos ha 20 anos.

terça-feira, 14 de outubro de 2014

O melhor

Estamos obcecados
com o melhor.
Não sei quando foi que
começou esta mania,
mas hoje só queremos
saber do melhor.
Tem que ser
o melhor computador,
o melhor carro,
o melhor emprego,
a melhor dieta,
a melhor
operadora de celular,
o melhor tênis,
o melhor vinho.
Bom não basta.

O Ideal é ter o top da linha,
aquele que deixa os outros
para trás e que nos distingue,
nos faz sentir importantes,
porque, afinal,
estamos com o melhor.

Isso até que outro
melhor apareça.
E é uma questão de dias
ou de horas até isso acontecer.
Novas marcas surgem
a todo instante.
E o que era melhor,
de repente,
nos parece superado,
modesto,
aquém do que podemos ter.

O que acontece, quando só
queremos o melhor,
é que passamos a viver inquietos,
numa espécie de
insatisfação permanente,
num eterno desassossego.
Não desfrutamos do que
temos ou conquistamos,
porque estamos de olho no
que nos falta conquistar.

Cada comercial na TV nos
convence de que merecemos
ter mais do que temos.
Cada artigo que lemos nos
faz imaginar que os outros
(ah, os outros...)
estão vivendo melhor,
amando melhor,
ganhando melhores salários.
Aí a gente não relaxa,
porque tem que correr atrás,
de preferência,
com o melhor tênis.

Não que a gente deva se acomodar,
ou se contentar sempre com menos.
Mas o menos, às vezes,
é mais do que suficiente.

Se não dirijo a 140,
preciso de um carro com
tanta potência?
Se gosto do que faço
no meu trabalho,
tenho que subir na empresa
e assumir o cargo de chefia
que vai me matar de estresse,
porque é o melhor cargo
da empresa?

E aquela TV de não sei
quantas polegadas que
acabou com o espaço
do meu quarto?
O restaurante,
onde sinto saudades da
comida de casa,
e vou, porque tem o
melhor chef?
Aquele xampu que usei
durante anos tem que
ser aposentado,
porque agora existe um
melhor e dez vezes
mais caro?

O cabeleireiro do meu bairro
tem mesmo que ser
mesmo trocado pelo
melhor cabeleireiro?

Tenho pensado no quanto
essa busca permanente do melhor
tem nos deixado ansiosos
e nos impedido de desfrutar
o bom que já temos.

A casa que é pequena,
mas nos acolhe.
O emprego que não paga tão bem,
mas nos enche de alegria.
O homem que tem defeitos
(como nós),
mas nos faz mais felizes do
que os homens perfeitos.

As férias que não
vão ser na Europa,
porque o dinheiro não deu,
mas vão me dar a chance
de estar perto de quem amo.
O rosto que já não é jovem,
mas carrega as marcas das
histórias que me constituem.
O corpo que já não é mais jovem,
mas está vivo e sente prazer.
Será que a gente precisa
mais do que isso?
Ou será que isso já é o melhor e,
na busca do melhor,
a gente nem percebeu?

AUTORIA: Leila Ferreira
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 15 de Outubro de 2.014.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos ha 20 anos.