quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Reflexão sobre a vida e o amor ...

Ás vezes as pessoas que 
amamos nos magoam, 
e nada podemos fazer senão continuar 
nossa jornada com nosso 
coração machucado. 

Às vezes nos falta esperança. 
Às vezes o amor nos 
machuca profundamente, 
e vamos nos recuperando muito 
lentamente dessa ferida dolorosa.

Às vezes perdemos nossa fé, 
então descobrimos que 
precisamos acreditar, 
tanto quanto precisamos respirar… 
é nossa razão de existir.

Às vezes estamos sem rumo, 
mas alguém entra em nossa vida, 
e se torna o nosso destino.

Às vezes estamos no meio de 
centenas de pessoas, 
e a solidão aperta nosso coração 
pela falta de uma única pessoa.

Às vezes a dor nos faz chorar, 
nos faz sofrer, 
nos faz querer parar de viver, 
até que algo toque nosso coração, 
algo simples como a beleza de 
um por do sol, 
a magnitude de uma noite estrelada, 
a simplicidade de uma brisa batendo 
em nosso rosto, 
é a força da natureza nos 
chamando para a vida.

Você descobre que as pessoas 
que pareciam ser sinceras 
e receberam sua confiança, 
te traíram sem qualquer piedade.

Você entende que o que para 
você era amizade, 
para outros era apenas 
conveniência, 
oportunismo.

Você descobre que 
“algumas” 
pessoas nunca disseram 
“eu te amo, 
e por isso nunca fizeram amor, 
apenas ”transaram “… 
descobre também que outras disseram 
“eu te amo” 
uma única vez e agora temem 
dizer novamente, 
e com razão, 
mas se o seu sentimento 
for sincero poderá ajudá-los a 
reconstruir um coração quebrado.

Assim ao conhecer alguém, 
preste atenção no caminho 
que essa pessoa percorreu, 
são fatores importantes…

Não deixe de acreditar no amor, 
mas certifique se de estar
 entregando seu coração para 
alguém que dê valor aos mesmos 
sentimentos que você dá, 
manifeste suas idéias e 
planos para saber se vocês combinam, 
e certifique-se de que quando estão juntos, 
aquele abraço vale mais que qualquer palavra… 

Esteja aberto a algumas alterações, 
mas jamais abra mão de tudo, 
pois se essa pessoa te deixar, 
então nada irá restar.

Aproveite sua família que é uma 
grande felicidade, 
quando menos esperamos 
iniciam-se períodos difíceis 
em nossas vidas. 

Tenha sempre em mente que 
às vezes tentar salvar um relacionamento, 
manter um grande amor, 
pode ter um preço muito alto se 
esse sentimento não for recíproco, 
pois em algum outro momento essa 
pessoa irá te deixar e seu sofrimento 
será ainda mais intenso, 
do que teria sido no passado.

Pode ser difícil fazer 
algumas escolhas, 
mas muitas vezes isso é necessário, 
existe uma diferença muito 
grande entre conhecer o caminho 
e percorrê-lo.

Não procure querer conhecer 
seu futuro antes da hora, 
nem exagere em seu sofrimento, 
esperar é dar uma chance a vida 
para que ela coloque a pessoa 
certa em seu caminho.

A tristeza pode ser intensa, 
mas jamais será eterna. 
A felicidade pode demorar a chegar, 
mas o importante é, 
que ela venha para ficar e não esteja
 apenas de passagem.

TEXTO: Luiz Fernando Veríssimo
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 01 de Março de 2.013.

domingo, 24 de fevereiro de 2013

A voz do coração

Tenho encontrado muitas pessoas,
porém não encontro gente....
Há um vazio dentro de cada um,
um processo de 
fechamento em sentimentos.

Encontro sorrisos,
porém daqueles em 
que se expõem 
apenas os dentes
mas não a alma.

Encontro 
verdadeiras tocaias
e não corações.
Reservas insistentes 
da solidão.

Tenho encontrado 
pessoas medrosas, 
indecisas,
escondendo-se de si mesmas.
Pessoas que dizem:
"Não sei...
Não sei se quero ...
Não sei se posso..."

Quando sabem exatamente 
o que querem o que buscam
e não se arriscam ao 
menor impulso.

Pessoas duras, 
escuras, 
impossibilitadas de amar.
Estas, 
cansei de encontrar...

Busco por gente 
que empreste o ombro,
que não tenha medo de dizer 
que levou um tombo.
Busco por gente que assuma 
que amar traz sofrer,
e com esta certeza não 
venha a se esconder.
Busco por gente que 
tenha a experiência de 
sobrevivente de guerra.
Busco por gente que de tanto 
caminhar não tenha 
receio de dizer
que seus pés ainda tem muito 
por machucar.

Quero gente de 
coragem para comigo 
conversar.

Gente que saiba 
que máscaras não dá 
mais pra usar,
e sendo seu perfil interno 
branco ou preto,
tenha a dignidade 
de revelar.

Busco por gente 
que chore livremente,
sem preconceitos pelas 
lágrimas derramadas.

Quero gente que saiba
exatamente para onde está 
indo e o que deseja encontrar,
mesmo que esta busca 
jamais venha a ser 
alcançada.

Busco por gente, 
"Seres Humanos" 
que saibam se doar,!!
Estes eu anseio por 
encontrar!!

Gente que saiba até ferir 
se precisar,
mas que não minta, 
que não trapaceie,
que seja valente em seu ato
para não mais enganar a 
quem quer que seja,
e nem a si próprio.

Gente de decisão, 
sem argumento para esconder 
escusas ações.

Quero gente que é gente, 
que mostra a cara,
que vai à luta e dorme contente.

É desta gente que eu preciso.

Gente liberta, 
que me dê um canto 
em seu colo
e saiba me cariciar, 
sem tempo,
sem hora e em qualquer 
lugar...

TEXTO: Cora Maria
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 26 de Fevereiro de 2.013.

sábado, 23 de fevereiro de 2013

Quem tudo sabe...

Sinta-se a vontade para 
criticar essa ou aquela 
situação.
 
Não fuja da 
responsabilidade de educar, 
ou de ensinar.
Mas, por favor, 
não faça da sua língua 
uma arma,
dessas que ferem mais do 
que armas de fogo,
cortam mais que facas afiadas, 
ou que queimam mais 
que o fogo.
 
Em tudo, 
use o bom-senso 
e a responsabilidade.
 
Muita gente adota a 
postura de conselheiro 
do mundo,
e quando vamos ver, 
a sua própria vida é um 
desarranjo só.

Elas adoram ensinar, 
mas não aprenderam.
Adoram falar, 
mas não aprenderam a ouvir.
Adoram comentar, 
mas não aceitam palpites.
Já sabem o que vão dizer 
dos outros, 
mas não aceitam que 
falem dela.
 
Gente assim você encontra 
aos milhares.
Gente que humilha só de olhar, 
e que no final das contas,
merece a nossa piedade total.

São pessoas mal-resolvidas, 
mal-amadas,
perdidas em suas próprias 
grosserias.

Usando a sua ignorância para 
sua própria defesa,
porque se pararem 
para ver a própria vida, 
caem.
 
Se deixar, 
elas compram um metro de 
corda e adeus.
 
Use a língua para estimular, 
elogiar, 
mostrar caminhos.

Se viu um erro, 
corrija-o carinhosamente.

Há mil maneiras de se
 falar um não, 
até de se dar uma bronca.

Escolha uma que seja firme. 
mas que não fira,
lembrando-se sempre que 
aquele que acredita que 
tudo sabe,
é o que mais precisa 
aprender.
 
TEXTO: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
e enviado aos amigos do 
"Grupo Mensagem de Domingo" 
no dia 24 de Fevereiro de 2.013.

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Máscaras

Existem diversos tipos de máscaras. 
As mais comuns não são aquelas de rosto. 
São aquelas que escondem o nosso interior. 
Apesar de, às vezes, 
não admitirmos, 
temos diversas máscaras interiores.

Elas podem ser: 
inveja, falsidade, egoísmo, 
indiferença, desconfiança...enfim, 
máscaras que escondem o nosso 
coração e que não permitem 
uma convivência sincera com aqueles 
que estão ao nosso redor.

Posso parecer-lhe amigo e te sorrir. 
Ao mesmo tempo mascarar algum 
sentimento por você. 
Você pode perceber ou não! 
Isso é a coisa mais comum que existe. 
Todos temos máscaras interiores!!!

Mas o que podemos fazer? 
Arrancá-las todas de vez? 
Isso não é fácil, porém, 
podemos admitir que as temos e tentar 
mostrar quem realmente somos. 
Isso faz bem.

Não se esconda dentro de você mesmo.
Tente invadir o seu interior. 
Descubra-se e mostre-se. 
E se isso não te fizer bem, 
provavelmente estará cada vez 
mais longe de viver à verdade. 
As máscaras são avessas a verdade. 
A verdade nos liberta.

Liberte-se!

TEXTO: Serginho Thompson
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 23 de Fevereiro de 2.013.

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

A BELEZA VIVE DENTRO DE VOCÊ

Sempre se lembre que 
a pele se enruga, 
o cabelo se torna branco, 
os dias se transformam em anos, 
mas o importante não muda, 
sua força e sua segurança 
não têm idade.

Seu espírito é o espanador 
de qualquer teia de aranha. 
Atrás de cada linha de chegada, 
há uma de partida, 
atrás de cada engano, 
há outro desafio.

Enquanto você estiver viva, 
sinta-se viva. 
Se fizer algo diferente, 
volte a fazê-lo. 
Não viva de fotos amareladas.

Segue em frente ainda 
que todos esperem que 
você desista.

Não deixe que se 
oxide o ferro que existe 
em você.

Faça que, 
em vez de pena, 
tenha lhe respeito.

Quando, 
devido à idade não puder correr, 
ande depressa.

Quando não puder andar depressa, 
caminhe.

Quando não puder 
caminhar use a  bengala, 
mas não pare nunca, 
pois nunca o Senhor deixou 
de zelar por você.

Sempre Suas bênçãos esteve
por sobre você e os seus. 
Nos mínimos detalhes, 
sempre
a Graça Divina estará
sobre você e o que é seu, 
proporcionando-lhe 
o melhor, 
porque ninguém merece 
mais que você!

OBS.: Não encontramos fonte
ou autoria deste texto em nossos arquivos
e na internet.
Caso saiba e queira nos ajudar,
fineza nos informar através do e-mail
mensagemdedomingo@toninholima.com.br,
para darmos os créditos merecidos a
quem o escreveu.
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 22 de Fevereiro de 2.013.

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Segure o tempo…

Às vezes vivemos situações 
em que queremos 
parar o tempo,
não deixar aquele momento 
terminar, 
brecar os minutos,
como se fosse possível 
perpetuar o instante mágico.

Aquele feriado especial 
onde tudo de bom aconteceu,
o dia do casamento, 
o nascimento do filho esperado,
a colação de grau, 
o primeiro pagamento no banco,
o primeiro amor e o 
primeiro beijo…

Fragmentos que vão sendo 
armazenados em nossa memória,
que guarda palavras, 
cores, 
nuances e até cheiros,
que podemos, felizmente,
recordar durante a 
nossa existência…

É esse prazer, 
que está em arquivos no seu 
“eu”,
que permite a magia de 
amarrar o tempo,
ao pé da árvore da saudade, 
e permite viajar,
mergulhar nas recordações, 
ganhar energias,
novas energias que nos 
fazem despertar,
quando estamos meio tristes,
acabrunhados pela situação, 
desanimados…

Vamos, 
resgate agora uma emoção 
que está guardada em seu interior,
aspire o perfume da infância, 
do travesseirinho, 
da chupeta,
o cheiro da pessoa amada,
o gosto daquele beijo 
roubado na inocência,
segure o tempo com as suas 
mãos poderosas,
e solte-o devagar…

Ganhando forças para viver o hoje,
construindo o amanhã,
com a certeza de que 
ontem foi apenas o começo,
o melhor está apenas para começar,
agora, 
neste momento,
em que o tempo diz
que é tempo de ser feliz.

Eu acredito em você

TEXTO: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 21 de Fevereiro de 2.013.

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

IMPOSSÍVEL?

Imaginação é o olho da alma.   
* Joseph Joubert *

Impossibilidade nada mais 
é do que um conceito 
que existe na mente 
das pessoas.

Impossibilidade pode 
ser apenas a opinião 
de alguém.

Muitas coisas que, 
no passado, 
foram consideradas 
impossíveis, 
hoje se tornaram lugar
 comum.

Pense em tantas coisas 
que você usa na sua vida diária, 
que não poderiam sequer 
ser imaginadas há apenas 
dois séculos.

A realidade é que, 
tendo o tempo suficiente, 
compromisso, esforço, 
disciplina e propósito, 
o impossível pode muito 
bem se tornar 
uma exuberante realidade.

Aquilo que era inatingível 
para qualquer pessoa, 
hoje se tornou disponível 
para qualquer um.

Existem coisas na sua 
vida com as quais você nem 
sequer ousa sonhar, 
simplesmente porque você 
imagina que é impossível?

Ouça: 
olhe para muito além 
da sua limitada perspectiva; 
vá para além das suas 
limitadas deduções 
e entenda que o impossível 
tem se tornado uma 
realidade comum numa 
base diária.

Portanto, 
sonhe os seus 
mais ardentes sonhos; 
confie-os a Deus e 
deixe o conceito da 
impossibilidade muito 
longe de você.

TEXTO DE: Nélio DaSilva

Para Meditação:
Para o homem é impossível, 
mas para Deus todas as coisas 
são possíveis.

* Mateus 19:26 *
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 20 de Fevereiro de 2.013.

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Procuração

Cobramos do "céu", 
mudanças na nossa vida,
dizemos que não aguentamos 
mais a situação.
Choramos e nos lamentamos 
diante da dor,
mas poucos mudam sequer um vício,
poucos estão dispostos a renúncia,
seja de um palito, 
seja de um bem maior.
 
Fazemos o impossível 
por quem acreditamos,
e que as vezes nem vale a pena!
Mas por vezes, 
pulamos o caído na calçada,
indiferentes a dor humana, 
nem reparamos,
seguimos pensando nos 
nossos problemas.
 
Arranjamos tempo para 
o salão de beleza,
conseguimos horas livres para o futebol,
criamos o "happy hour" 
para estar com os amigos,
mas desconhecemos o caminho 
da visita nos hospitais,
muitos parentes desconhecem 
o nosso paradeiro,
nos asilos pais abandonados, 
mães sonhadoras,
No banco de sangue a 
ausência da nossa cota.
"Queremos a parte boa da fruta, 
o doce,
e se bobear, 
jogamos o caroço no chão."
 
Assim, 
seguimos nossa marcha de lamentações,
chorando pela doença que 
nos atingiu "do nada",
do desemprego que nos pegou 
"desprevenido",
das dívidas que acumulamos sozinhos,
das cobranças das nossas atitudes 
erradas ou ausentes.
E nos revoltamos contra Deus.
 
Não é hora de repensar atitudes?
Mudar caminhos, alterar a rota?
Nem sempre voltar significa perder,
e nem sempre perder significa derrota.
Reveja seus passos, 
dê um tempo para o seu pensar,
descubra-se, 
encontre-se, 
revele-se de verdade,
as vezes, 
somos apenas cópia de nós mesmos 
agindo em nosso nome, 
derrubando nossos sonhos,
deixando de viver.
 
A vida é sua, 
não passe procuração para ninguém.
Ser feliz é mais do que meta, 
é obrigação.
 
Eu acredito em você
 
TEXTO: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 19 de Fevereiro de 2.013.

sábado, 16 de fevereiro de 2013

O tempo do tempo

Não atropele o tempo do tempo.
Se você já semeou, 
agora é esperar as sementes 
germinarem.
 
Se já teve o primeiro encontro, 
é aguardar as emoções 
aflorarem.
 
Se já saiu na chuva, 
se descobriu o calor e 
passou pelo frio,
é tempo de observar da janela da 
vida o tempo passar,
como ás águas do rio...
 
Não coma as palavras, 
respire.
Não fale o que vier na telha, 
pense.
Não se atrapalhe com mil pensamentos, 
medite.
Não se envolva com energias negativas, 
ore.
Não perturbe o seu coração, 
confie.
Não se orgulhe de nada, 
nem do bem e nem do mau.
Apenas dirija o seu barco, 
seja o capitão da sua nau.
 
Observe as pessoas correndo, 
vão apressadas para o nada.
 
Não entre nessa fila, 
tenha uma direção, 
não vá com a manada.
 
Saia mais 
cedo e contemple o dia.
A noite enluarada, 
cheia de estrelas, 
é a vida.
 
Vida que pede tempo 
para se apresentar e 
te mostrar.
Que você é o próprio 
tempo que se refaz a cada 
segundo em que se amar.
 
É tempo de deixar o tempo agir, 
ser, 
estar e prosseguir,
com a certeza 
de que o tempo não age 
contra ninguém,
é aliado amigo de quem sabe 
como seguir bem.
 
TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
e enviado aos amigos do 
"Grupo Mensagem de Domingo" 
no dia 17 de Fevereiro de 2.013.

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Compreensão

Onde será que esconderam 
a compreensão?
Como um sentimento tão nobre 
e importante para o
crescimento interno de cada um 
pode ser deixado de lado?

Infelizmente o que 
vemos hoje em dia são
as pessoas cada vez mais 
individualistas.

Os verbos são 
conjugados somente na primeira
pessoa do singular. 
“Eu quero”, “eu preciso”,
“eu penso assim” etc... 

O que aconteceu com 
“o nós?”.

A vida não é isso. 
Isso não é crescer..
Isso é retroceder.

A vida é união. 
É diálogo. 
É dividir.

Compreender é aceitar 
o outro sem julgar,
pré-julgar ou criticar. 

É ouvir o silêncio. 
É estar presente.

Talvez a compreensão 
esteja tão em falta porque
 o ato de compreender 
está ligado ao ato de renunciar.

Pois muitas vezes 
temos que renunciar 
a certas coisas
para acolher e estender a 
mão para aquele que 
precisa.

Essa é a mais nobre 
das compreensões.
Compreender 
o que 
supostamente é incompreensível
 é para poucos. 

Mas de extremo valor.
Compreender o sorriso é fácil, 
mas compreender
 as lágrimas requer amor 
no coração.

Compreender é oferecer 
solidariedade.

 É estender a mão. 
É dar “colo”.
É simplesmente dizer: 
‘estou aqui, não
se preocupe, 
não deixarei você sozinho’.

Compreender é ouvir.
É ajudar. 
E não cobrar nada em troca.
É olhar nos olhos do outro 
e passar a confiança necessária.
É a sinceridade e a lealdade 
em primeiro lugar.
A compreensão é um sentimento 
incondicional.

É preciso resgatar essa 
compreensão adormecida 
nos corações.

 Deixar o egoísmo 
e a individualidade 
no armário
e deixar aflorar o ato 
de compreender o outro. 
Aceitar.

Esse é o 
maior dos amores. 
O amor da solidariedade.
Não é tão difícil assim. 
Basta você olhar o outro 
e enxergar.

OBS.: 
Não encontramos fonte
ou autoria deste 
texto em nossos arquivos
e na internet.
Caso saiba e queira nos ajudar,
fineza nos informar através do e-mail
mensagemdedomingo@toninholima.com.br,
para darmos os créditos merecidos a
quem o escreveu.
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 16 de Fevereiro de 2.013.

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Reflita... Você quer ser feliz?

Acontece algumas vezes 
que não achamos bom o chá. 
Descobre-se a causa 
quando se chega ao 
fundo da xícara: 
era o açúcar. 
Não estava  faltando, 
mas estava no fundo.

Teria sido necessário mexer.

Talvez o que esteja 
faltando à nossa vida 
tenha ficado no fundo. 

Nossa vida talvez não 
tenha sabor 
porque não temos a 
coragem de ir ao 
fundo das coisas ou porque 
não queremos.

Você é dono das suas ações ... 
faça as coisas mudarem.

Hoje você pode tudo... 
amanhã só quase tudo, 
e no futuro nada mais pode...

Fazemos caretas como ao 
tomar chá sem açúcar.

Precisamos fazer o esforço 
de mexer a vida, 
de tocar nos segredos 
de Deus em nós." 

Deus gosta de nos dar 
oportunidades... 
Uma, 
duas ou três 
ou você agarra ou 
nunca mais...

Que tal hoje 
você começar a dar uma
mexida em sua vida?

Ligue para aquele seu amigo/a
sem medo de ser feliz...

Quem sabe essa febre de 
amor não acalma...

Pense nisso!

TEXTO DE: www.rivalcir.com
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 15 de Fevereiro de 2.013.

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

O som do amor

Sabe quando falta 
uma palavra para definir 
o que sentimos?

Sabe quando o que 
você sente é tão grande, 
tão inusitado,
que não há força em 
nenhuma poesia ou 
palavreado.

Tudo fica pequeno 
diante de tantos sentimentos,
a vida deixa de ser uma teoria, 
um pensamento,
ela passa a ser completa, 
preenchida.

E essa palavra que falta, 
que se cala na garganta,
só pode ser expressa 
pelos sentimentos, 
falar não adianta.

Quem sabe com o brilho 
desse olhar.
As palavras mentem, 
o olhar jamais…
O falar deve ser reservado 
para expressar alegria,
para aquele bate papo gostoso 
com as pessoas queridas,
para a entrevista de emprego, 
para expressar um desejo.

O falar é a expressão do 
que vai no seu intimo,
por isso, deve ser estudado, 
pois aquilo que é falado,
não pode ser deletado,
é email que já saiu, 
partiu…

Deixe-se embriagar 
pelos sentimentos,
deixe seus olhos falarem : 
– eu te amo!
deixe seus braços 
apertarem a felicidade,
deixe as tolices e as discussões 
vazias morrerem na ponta 
da língua,
e acima de tudo, 
deixe o amor ser o seu mensageiro,
ele fala, esclarece, perdoa, 
pede desculpas, reconcilia, 
reaproxima…

Quem faz do amor o seu 
interlocutor, 
carrega na alma a pedra 
de alquimia,
é mais do que inteligência, 
é pura sabedoria. 

Quando faltar palavras, 
seja onde for,
deixe falar mais alto, 
o som do amor.

Eu acredito em você

TEXTO: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 14 de Fevereiro de 2.013.

sábado, 9 de fevereiro de 2013

O instante mágico

É preciso correr riscos. 
Só entendemos direito 
o milagre da vida quando 
deixamos que o inesperado 
aconteça.

Todos os dias Deus nos dá 
– junto com o sol – 
um momento em que é possível 
mudar tudo que nos deixa infelizes. 

Todos os dias procuramos 
fingir que não percebemos 
este momento, 
que ele não existe, 
que hoje é igual à ontem 
– e será igual à amanhã.

Mas, 
quem presta atenção 
ao seu dia, 
descobre o instante 
mágico.

Ele pode estar escondido 
na hora em 
que enfiamos a chave 
na porta pela manhã, 
no instante de silêncio 
logo após o jantar, 
nas mil e uma coisas que 
nos parecem iguais. 

Este momento existe, 
um momento em que toda 
a força das estrelas passa por nós, 
e nos permite fazer milagres. 

A felicidade às vezes é uma bênção, 
mas geralmente é uma conquista.

O instante mágico do dia 
nos ajuda a mudar, 
nos faz ir em busca de 
nossos sonhos. 

Vamos sofrer, 
vamos ter momentos difíceis, 
vamos enfrentar muitas desilusões, 
mas tudo é passageiro, 
e não deixa marcas. 

E, no futuro, 
podemos olhar para trás 
com orgulho e fé.

Pobre de quem teve medo 
de correr os riscos. 
Porque este talvez não se 
decepcione nunca, 
nem tenha desilusões, 
nem sofra como aqueles que 
têm um sonho a seguir.

Mas quando olhar para trás,
 porque sempre olhamos para trás,
 vai escutar seu coração dizendo:
“O que fizeste com os milagres 
que Deus semeou por teus dias? 

O que fizeste com os talentos que 
teu Mestre te confiou? 

Enterraste fundo em uma cova, 
porque tinhas medo de perdê-los. 

Então, 
esta é a tua herança: 
a certeza de que 
desperdiçaste tua vida”.

Pobre de quem escuta estas palavras. 
Porque então acreditará em milagres, 
mas os instantes mágicos da vida 
já terão passado.

TEXTO: Paulo Coelho
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão"  
e enviado aos amigos do 
"Grupo Mensagem de Domingo" 
no dia 10 de Fevereiro de 2.013.

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Mais um Novo dia

Aqui estamos nós. 
Aí está você. 

O importante MESMO 
é você saber que você 
está aí e bem.

Seja como for, 
você acaba de ganhar mais 
um dia de presente para viver.
Por isso, 
comemore este novo dia. 
Agradeça. 

A partir de agora você retoma 
o contato com a magia de fazer 
parte da raça humana. 
Viva este evento como 
algo fantástico. 
Afinal, 
você também é um milagre 
da natureza.

Cada manhã traz a 
oportunidade de sintonia 
com o universo através de múltiplos 
canais de percepção.

Enquanto você ainda está no silêncio, 
na intimidade dos seus pensamentos, 
nos devaneios do espírito da rotina 
de mais um despertar, 
a vida se revela...

Emocione-se com 
os fenômenos da natureza, 
a chuva, o vento, 
as nuvens, os trovões, 
os primeiros raios de sol que estão 
começando a colorir o céu...

E principalmente, 
emocione-se porque você faz 
parte deste espetáculo...

Esperamos demais para 
fazer o que precisa ser feito, 
num mundo que só nos dá um 
dia de cada vez, 
sem nenhuma garantia do amanhã. 

Enquanto lamentamos que 
a vida é curta, 
agimos como se tivéssemos à 
nossa disposição um estoque 
inesgotável de tempo.

Esperamos demais para dizer 
as palavras de perdão que 
devem ser ditas, 
para pôr de lado os rancores que 
devem ser expulsos, 
para expressar gratidão, 
para dar ânimo, 
para oferecer consolo.

Esperamos demais para ser generosos, 
deixando que a demora 
diminua a alegria de dar 
espontaneamente.

Esperamos demais 
para ser pais dos nossos 
filhos pequenos, 
esquecendo quão curto é o tempo 
em que eles são pequenos, 
quão depressa a vida os faz 
crescer e ir embora.

Esperamos demais para dar 
carinho aos nossos pais, 
irmãos e amigos. 
Quem sabe quão logo será 
tarde demais???

Esperamos demais para 
enunciar as preces que estão 
esperando para atravessar 
nossos lábios, 
para executar as tarefas que 
estão esperando para serem cumpridas, 
para demonstrar o amor, 
que talvez não seja mais 
necessário amanhã.

Esperamos demais nos bastidores, 
quando a vida tem um papel para 
desempenharmos no palco.

Deus também está esperando... 
esperando nós pararmos de esperar.

Esperando nós começarmos 
a fazer agora tudo aquilo para o 
qual este dia e esta vida 
nos foram dados.

OBS.: Não encontramos fonte
ou autoria deste texto em nossos arquivos
e na internet.
Caso saiba e queira nos ajudar,
fineza nos informar através do e-mail
mensagemdedomingo@toninholima.com.br,
para darmos os créditos merecidos a
quem o escreveu.
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 09 de Fevereiro de 2.013.

AFINIDADES

Muitas vezes
perguntam o que vem a ser 
"Afinidades".

Afinidade é um sentimento 
de difícil explicação.
Vamos tentar chegar 
a algum lugar.

Coisas curiosas 
às vezes acontecem 
com a gente.

Vocês já notaram que, 
com muita frequência
encontramos ou só conhecemos, 
mesmo sem encontrar,
pessoas que nos 
despertam de imediato 
uma grande simpatia e,
por vezes 
uma grande antipatia?

Perguntamo-nos o porque disso? 
Não deixa de ser estranho tal fato.
O normal seria simplesmente 
aguardar os acontecimentos
para saber se essa pessoa por 
suas atitudes futuras
pode ou não merecer nossa amizade.

Mas...à primeira vista ?

A única explicação que encontro, 
por vezes não tem concordância 
de muita gente.

Trata-se pura e 
simplesmente de reencontro 
de vidas passadas,
com as cobranças e resgates naturais 
de embates anteriores.

E isso ocorre 
com muita frequência.

Puxem pela memória 
e vejam quantas vezes vocês já 
tiveram essa experiência.

Aquela sensação de, 
à primeira vista, 
pensar que determinada pessoa
pode ou não ser uma pessoa confiável, 
de quem nós iremos gostar, 
ou não.

Algumas vezes essa primeira 
impressão é errônea,
mas é a que prevalece até que 
tenhamos provas contrárias.
Vamos tentar definir o que vem 
a ser essa Afinidade.
Pode não ser o mais brilhante, 
mas é o mais sutil, 
delicado e penetrante dos 
sentimentos.

Não importa o tempo, 
a ausência, a distância, 
pois, em caso de afastamento,
qualquer reencontro retoma a relação, 
o diálogo, a conversa, 
o afeto,
no exato ponto onde foi 
interrompido.

Parece, na verdade, 
não ter o sentido do tempo.
É muito raro manifestar-se, 
mas quando ela existe,
não é necessária a criação de códigos 
verbais para se manifestar, 
pois, na verdade,
ela já existia antes mesmo 
do conhecimento, 
e permanece ainda que as 
pessoas se afastem.

É o caso daquelas "presenças ausentes", 
pois mesmo que os amigos estejam 
longe ou afastados,
sempre são lembrados.

Quem não tem aquela 
amizade inesquecível?
Aquela pessoa que mesmo longe, 
sempre é lembrada com saudades,
devido à grande 
semelhança de pensamentos, 
idéias, sentimentos.
Mesmo longe, 
sentimos a presença.

Sentimos simplesmente. 
Nem contra, nem a favor, 
muito pelo contrário.
Sentimos a presença, 
sem ter necessidade de explicar 
o que estamos sentindo.
É olhar e perceber.

Sem dúvida, 
é um sentimento singular, 
discreto e independente.
A presença pode ser detectada a 
quilômetros de distância,
mas é percebida pela maneira de falar, 
de escrever, de andar, de respirar... 
Enfim... Está sem estar.

Quando existe uma afinidade, 
a relação é retomada no tempo 
em que parou, 
pois ela é atemporal.
A amizade pode
 ser destruída por muitas coisas, 
muitas mágoas, mas a 
afinidade a tudo resiste.
As pessoas sentem esse sentimento, 
porque ele existe, 
e não buscam explicações.

Procuramos motivos para 
sermos amigos de alguém, 
e o primeiro dos quais é,
se existe alguma afinidade entre nós. 

Então, 
para haver Amizade, é preciso 
que haja Afinidade.
Para que possamos amar alguém, 
então ela é imprescindível...

Não podemos amar ninguém 
com que não tenhamos sentimentos 
"afínicos".

No caso de Amor, 
então, além da Afinidade, 
também há que existir a Amizade.

Em casos de separação prolongada, 
o amor pode desaparecer, 
amizades podem ser esquecidas,
mas se existir Afinidade, 
o esquecimento não existe, 
porque para sua subsistência, 
basta a vida.

A qualquer momento que se 
dê o reencontro, 
ele será gratificante, 
porque,
tanto o tempo quanto 
a separação, 
na verdade nunca existiram.
Foi apenas a 
oportunidade dada pelo tempo 
para que a maturação 
pudesse ocorrer
e que cada pessoa pudesse sentir 
cada vez mais que realmente são 
"afínicas".

Resumindo tudo, 
Afinidade vem a ser a presença 
do ausente.
Mesmo que não estejamos perto, 
assim nos sentimos,
pois nossos sentimentos comungam, 
nossas idéias "batem",
nossos pensamentos, enfim, 
são "Afínicos".
Reside aí o princípio, 
meio e fim de lindas amizades.

TEXTO DE: Marcial Salaverry
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 08 de Fevereiro de 2.013.

Jesus Chorou

Em Atos dos Apóstolos,
Paulo, 
antes de seguir para Jerusalém,
se depara com os seguidores 
em pranto e lamentação,
e pergunta:
"Que fazeis vós, 
chorando e magoando-me o coração" 
- Atos,21:13),
entristecido por ver aquelas pessoas 
de fé se entregando
às lamentações e ao medo antecipado
da situação que iriam enfrentar.

Assim, 
Paulo acabou deixando 
bem claro,
que é preciso determinação 
diante dos maiores
obstáculos e que o choro 
diante de uma pessoa que já está 
enfraquecida só piora 
a situação.

Muita gente caridosa,
cheias de vontade de ajudar 
um amigo,
um ente querido e acabam 
entrando
na mesma sintonia,
penalizando-se com a pessoa,
derramando lágrimas pela 
dor do próximo.

Outros, 
no local de trabalho ou 
na comunidade,
se lançam a reclamar de tudo, 
e em pouco tempo,
o ambiente que talvez não fosse 
assim tão bom,
piora de vez, 
motivado pela baixa sintonia 
de todos.

Olhe para Jesus,
Ele chorou no Horto, 
sozinho,
recolheu-se e deixou 
extravasar a sua dor,
levantou-se e dali em diante,
mesmo enfrentando as 
maiores aflições,
o sublime Mestre do Amor,
não derramou uma só lágrima,
uma só imprecação contra 
esse ou contra aquele.

A confiança no Pai e 
a certeza do que teria que
ser feito o motivaram.

Então, 
diante do maior problema, 
se preciso chorar,
recolha-se e em silêncio, ore ao Pai,
que tudo vê, 
e mesmo banhado em lágrimas,
entregue sua aflição para 
Quem pode te ajudar.
Depois, levante-se,
tome a sua cruz e leve-a 
com a certeza
de que o peso dela,
por maior que seja, 
já foi aliviado pelo Cordeiro de Deus,
que deixou a sua vida 
no madeiro,
para que haja vida na sua vida, 
e vida com abundância.

Eu acredito em você

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 07 de Fevereiro de 2.013.

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

A ARANHA

Uma vez um homem estava 
sendo perseguido por vários 
malfeitores que queriam 
matá-lo.

O homem, correndo, 
virou em um atalho que saía 
da estrada e entrava pelo
meio do mato e, no desespero, 
elevou uma oração a Deus 
da seguinte maneira:

- "Deus Todo Poderoso fazei com 
que dois anjos venham 
do céu e tapem a
entrada da trilha para que 
os bandidos não me matem!!!"

Nesse momento escutou que 
os homens se aproximavam 
da trilha onde ele se
escondia e viu que na entrada 
da trilha apareceu uma 
minúscula aranha.

A aranha começou 
a tecer uma teia na 
entrada da trilha.

O homem se pôs a fazer 
outra oração cada vez 
mais angustiado:

- "Senhor, 
eu vos pedi anjos, 
não uma aranha."

- "Senhor, por favor, 
com tua mão poderosa 
coloca um muro forte na
entrada desta trilha, 
para que os homens não 
possam entrar e 
me matar..."

Abriu os olhos esperando 
ver um muro tapando 
a entrada e viu apenas a
aranha tecendo a teia.

Estavam os malfeitores 
entrando na trilha, 
na qual ele se encontrava
esperando apenas a morte.

Quando passaram 
em frente da trilha o 
homem escutou:

- "Vamos, 
entremos nesta trilha!"

- "Não, 
não está vendo que tem 
até teia de aranha!? 
Nada entrou por aqui.
Continuemos procurando nas 
próximas trilhas."

Fé é crer no que não se vê, 
é perseverar diante 
do impossível.

Às vezes pedimos muros 
para estarmos seguros, 
mas Deus pede que 
tenhamos confiança n'Ele 
para deixar que sua glória se 
manifeste e faça algo
como uma teia, 
que nos dá a mesma proteção 
de uma muralha.

Tenha uma linda quarta-feira 
na presença do Pai.

OBS.: Não encontramos fonte
ou autoria deste texto em nossos arquivos
e na internet.
Caso saiba e queira nos ajudar,
fineza nos informar através do e-mail
mensagemdedomingo@toninholima.com.br,
para darmos os créditos merecidos a
quem o escreveu.
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 06 de Fevereiro de 2.013.

domingo, 3 de fevereiro de 2013

Seria tão diferente...

Se os sonhos que a gente gosta 
não terminassem tão de repente...

Seria tão diferente
se os bons momentos da vida,
durassem eternamente...

Seria tão diferente
se a gente que a gente gosta,
gostasse um pouco da gente...

Seria tão diferente
se quando a gente chorasse,
fosse só de contente...

Seria tão diferente,
se a gente que a gente ama,
Sentisse o que a gente sente...

Mas... é tudo tão diferente...!
Os sonhos  que a gente gosta
terminam tão de repente...
Os bons momentos da vida,
não duram eternamente...
A gente  que a gente gosta, nem
sempre gosta da gente...
Das vezes que a gente chora,
poucas vezes são de contente...
E a gente que a gente ama,
não sente o mesmo que a gente...

Mas... 
poderia ser tão diferente...!

Dê-se uma chance de ser diferente...!
Tente, ouse, 
opte pela Felicidade e aí sim
será diferente.

"Feliz aquele que acredita em seus Sonhos,
pois só assim poderá realizar seus
vôos plenamente..."

OBS.: Não encontramos fonte
ou autoria deste texto em nossos arquivos
e na internet.
Caso saiba e queira nos ajudar,
fineza nos informar através do e-mail
mensagemdedomingo@toninholima.com.br,
para darmos os créditos merecidos a
quem o escreveu.
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 05 de Fevereiro de 2.013.

sábado, 2 de fevereiro de 2013

Tudo contra

No dia em que tudo deu errado,
onde até o sapato ficou furado.
 
A paciência acabou na 
pergunta do colega pentelho,
e o humor morreu ao ver o extrato 
do banco todo em vermelho.
 
A esperança, 
que é a última que morre, 
faleceu semana passada,
ao receber a notícia de separação 
da pessoa amada.
 
Tudo que parecia tão certo 
de repente parece dar errado,
e que era céu e gozo, 
vira inferno e pecado.
 
Lá vem a 
pergunta que não quer calar:
- O que eu fiz de errado?
 
Mas a resposta é o silêncio 
comprometedor.
E ao analisar suas atitudes, 
encontra brechas deixadas 
sem nenhuma dor.
 
O gasto excessivo do cartão de 
crédito virou arapuca.
A casa com o jeito desleixado, 
parece uma muvuca.
 
A falta de atenção 
com a pessoa amada, 
era fato consumado.
Tudo era por pura obrigação, 
e os olhos não viam o coração.
 
Antes que seja 
tarde e a noite vire escuridão.
Encontre-se com os seus 
desejos reprimidos.
Procure saber mais de você, 
de ver o que realmente precisa,
e entre o amor 
impossível que se perdeu, 
que ficou no passado,
e as contas que 
não fecham no presente, 
o coitado!
 
Existe uma porta que se 
abre todos os dias,
chamando para mudança que 
a sua alma implora,
e o coração aflito fala e até chora:
- a vida é simples e pede muito 
pouco!
 
Talvez, 
o que mais pede agora, 
e é tão notório,
que você se ame, 
invista no amor próprio.
 
Para que a noite possa 
afastar as sombras e 
mostrar a lua,
e assim, 
romper de vez o medo 
da alma nua.
 
Quando o sol sair 
e terminar com o escuro,
você poderá finalmente, 
ver o seu próprio futuro!
 
TEXTO: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
e enviado aos amigos do 
"Grupo Mensagem de Domingo" 
no dia 03 de Fevereiro de 2.013.

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

O sentido da vida

A vida é estranha.
Geralmente ficamos obcecados
por grandes feitos
quando na
verdade é a combinação
de coisas pequenas
que tornam as coisas
grandes possíveis.

Invariavelmente tentamos
criar nossos próprios
mundinhos para termos a
ilusão de que controlamos
a nossa existência achando
que a individualidade é a
nossa essência,
mas nos afetam as
discordâncias sem
percebermos que são as
diferenças que tornam a
vida interessante.

Quando criamos o nosso mundo,
construímos nele
barreiras defensivas em
torno de nossos sentimentos
para justificar o medo que
sentimos de sermos
próximos de alguém.

Para descobrirmos o
verdadeiro sentido da vida,
temos que olhar com
mais clareza para dentro
de nós mesmos e nos
descobrirmos dentro
deste universo chamado
Vida.

E é importante demais
que consigamos ouvir
o eco da voz que se
chama consciência,
pois é ela quem nos fará
ouvir as verdades.

Muito se fala sobre
o tema Vida.
Dizem que vida é sabedoria,
é coisa profunda,
é ter família e perpetuar
a espécie.
Eu digo que vida é amor.

Amor em todas as
suas frágeis formas,
força poderosa e duradoura
que dá sentido real a
todas as vidas.

É o amor que nos
impulsiona a celebrar
a vida,
nos faz ser criativos,
é a força que nos diz que
se há coisas
pelas quais vale a
pena morrer,
há muito mais coisas
pelas quais vale
a pena viver.

Outro dia me deparei
ouvindo um relógio
dentro de mim.
Um relógio de vida que
todos temos e que faz a
contagem regressiva do
tempo que nos resta.

Um dia ele
para e ninguém contesta...
Foi então que entendi que
não dá para perder
um segundo.

Cada tic tac é precioso
demais e nos dá a certeza
de que temos que fazer
o que nos deixa feliz.

Pena é que muitos de nós,
preocupados com o que
os outros vão dizer
ou pensar,
deixamos de abrir as asas.

Os enganos são parte da vida,
os erros do passado
já não precisam ser
castigados.

A rejeição e a resistência
sempre serão inevitáveis
quando fazemos algo especial,
portanto não adianta nos
perguntarmos a todo o
momento se fizemos
certo ou errado.

Sempre teremos
a resposta em nosso
coração...

E quando nos virmos
cercados de pessoas
querendo nos ver fracassar
ou fazer menos,
é importante seguirmos
caminho mesmo sendo
ele difícil.

Sempre teremos um dia Não,
mas o importante é
sabermos que sempre haverá
o dia Sim...

Quando nos olharem
com estranheza,
achando que sabem onde
queremos chegar,
é exatamente quando
temos que lutar.

Nunca desistir é o lema,
pois é quando lutamos
que nossos sonhos
se realizam e então temos
a certeza de que lutar
valeu a pena,
pois é com a vitória que
saboreamos cada gota de
vida que nos resta.

TEXTO: Augusta Schimidt
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 02 de Fevereiro de 2.013.