segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

F U G A S ...

Muita gente
anda vivendo por viver,
parece que andam fugindo
de si mesmas,
com medo de encararem
a realidade.

Que adianta o apartamento
enorme se a alma está vazia,
que adianta o carro luxuoso se
o medo te acompanha?

Que adianta o celular último
tipo se quem você quer
não te liga,
que adianta a promoção se
o emprego não te traz satisfação?

Que adianta o namoro
de anos se não existe
mais alegria,
pra que esse casamento
de fachada,
se você já sabe de todas
as traições?

Que adianta essa
oração na hora do desespero,
se Deus esteve sempre
presente e você nunca
o procurou?

De que adianta essa
cara fechada,
se nós não temos nada a
ver com seus problemas?
que adianta chutar o cachorro,
se ele nem te conhece e você
vai continuar doente?

Que adianta o remédio
para pressão,
se você continua fumando,
que adianta o conselho,
se você continua agindo
a sua maneira,
que adianta o guia,
se você está cego?

Que adianta o choro,
se o amor acabou,
que adianta a comida,
se a fome passou,
pra quê o calmante,
se ele não te acalma,
que adianta gastar tanto
no casamento que já nasce
cheio de dúvidas,
e o pior,
cheio de dívidas?

Melhor seria viver simplesmente
a vida e toda a sua beleza,
estudar por prazer,
trabalhar no que gosta,
mesmo ganhando menos,
ficar só e ter a melhor companhia,
porque antes só do que
mal acompanhado.

Viver em um casebre limpo
e arejado onde todos
se falam,
se beijam e se abraçam,
onde uma casa vira lar.

Melhor andar a pé que morrer
de nervoso ao volante
no trânsito,
e para ser mais feliz,
melhor é amar com simplicidade,
as pessoas, os animais,
a natureza,
tudo sem frescura,
não ter vergonha de abraçar
e demonstrar o seu amor,
como crianças que abraçam
às árvores com ingenuidade,
que conversam com as plantas,
com seus cachorrinhos,
e que ouvem as respostas que nós,
adultos tão esclarecidos,
não conseguimos ouvir,
e por isso estamos morrendo,
cada dia um pouco,
lentamente na tristeza
que nos consome,
no vazio de querer sempre
mais daquilo que nem
sabemos o que é.

Pare,
pense e mude.

Ainda dá tempo de ser
simplesmente feliz,
só depende da sua atitude,
só depende de você
e o dia é hoje.

Pense nisso.

* * * * *

TEXTO: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 27 de Fevereiro de 2.010.

A igreja verdadeira

Você já percebeu como se tem
falado de Deus por ai?
Percebeu a quantidade de
igrejas que existem?
Nunca se viu tantas denominações,
tantos "profetas",
nem tampouco se viu
tanta gente alardear que o
"fim está próximo".

As igrejas voltam com as velhas
ameaças de inferno,
de miséria absoluta,
de doenças incuráveis,
e o "deus da troca" está na moda,
e ainda usam palavras
de Jesus para confundir:
"é dando que se recebe".

Quanta hipocrisia.

Mas, perceba também,
que nunca se viu tanta violência,
tanta gente revoltada,
tanta gente se matando por nada,
tantos "religiosos" se afundando
em lama e podridão:
pedofilia, enriquecimento pessoal,
orgulho, traições,
um mundo de gente se perdendo nos caminhos,
se distanciando e levando o
"seu rebanho",
para cada vez mais longe de Deus.

"Por isso,
é preciso que você construa um
templo na sua casa.
Mais do que nunca,
é o seu lar que deve ser santificado.
Escolhendo o que e quem entra nele."

Abrace a sua família:
essa é a sagrada família,
abrace o seu irmão,
esse é o elo da corrente,
conheça seu vizinho,
esse é o próximo,
faça o bem sem olhar a quem,
esse é o mandamento,
divida o que pode,
e as vezes até o que não pode,
com aqueles que nada tem,
essa é a oração que chega a Deus.

Santifique-se com dízimos de amor,
distribua não 10, mas 100% de amor,
de solidariedade.

Entende de uma vez por todas,
que Jesus ensinava por atitudes,
era a sua conduta,
o seu falar,
o seu agir que mudava as pessoas,
por isso o seu recado permanece até hoje:
"Eu vim para que todos tenham vida,
e a tenham em abundância".

Quer levar Jesus até a vida de alguém?
Então não decore a Bíblia,
modifique-se!

Seja você o Evangelho vivo,
pois eu conheço ateus que são mais
crentes que muitos
"cristãos",
aqueles que se enchem de
moralidade no falar,
e são podres no agir.

Faça da sua casa a sua Igreja,
e assim, ao anoitecer,
não serão lâmpadas que irão
iluminar a sua casa,
mas o próprio Deus com
a sua aprovação,
acendendo estrelas para
a sua vida brilhar,
para ser mais do que palavras,
ser a própria salvação.

Eu acredito em você

TEXTO: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 24 de Fevereiro de 2.010.

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

DIREÇÃO DO SOL ...

Tome a tua vida
em tuas mãos,
e não entregue a direção
dela a ninguém.

Por mais que te amem,
por mais que desejem,
o teu bem,
só você é capaz de sentir
o que realmente sente,
e aquilo que você passa
de impressão para os outros,
nem sempre corresponde
ao que vai na sua alma.

Quantas vezes você já
sorriu para disfarçar uma
lágrima teimosa?

Quantas vezes quis gritar
e sufocou o pranto?

Quantas vezes quis sair
correndo de algum lugar
e ficou por educação,
respeito ou medo?

Quantas vezes desejou
apenas um beijo,
e ficou com a boca seca
esperando o que não veio?

Quantas vezes tudo
o que você desejou era
apenas um abraço.

Um consolo,
uma palavra amiga e só
recebeu ingratidão?

Quantos passos foram
necessários para chegar até
onde você chegou?

Quantos sabem dar o valor
que você realmente merece?

Criticar é fácil,
mas usar o seu sapato
ninguém quer,
vestir as suas dores
ninguém quer,
saber dos seus problemas,
só se for por curiosidade,
por isso,
não entregue a sua vida
nas mãos de ninguém,
nada de acreditar que sem essa
ou aquela pessoa,
você não vai viver…

Vá viver sim,
o mundo continua girando,
e se você deixar,
pode te trazer algo muito melhor.

Pegue a direção da sua vida
e aponte rumo ao Sul,
lá onde a placa diz
“caminho do sol”,
bem na curva da felicidade,
que te espera sem pressa,
para viver com
amor e intensidade,
a paz,
a harmonia e a felicidade.

Eu acredito em voce!

TEXTO: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 19 de Fevereiro de 2.010.

Simplifique sua vida! ...

Tudo o que é belo tende a ser simples.
Afirmação generalizante?
Não sei.
O que sei é que a beleza anda
de braços dados com a simplicidade.
Basta observar a lógica silenciosa
que prevalece nos jardins.
Vida que se ocupa de ser
só o que é.

Não há conflito nas bromélias,
não há angústia nas rosas,
nem ansiedades nos jasmins.
Cumprem o destino de florirem
ao seu tempo e de se despedirem
do viço quando é chegada a hora.
São simples.

Não querem outra coisa,
senão a necessidade
de cada instante.
Não há desperdício de forças,
não há dispersão de energias.

Tudo concorre para
a realização do instante.
Acolhem a chuva que chega
e dela extraem o essencial.
Recebem o sol e o vento,
e morrem ao seu tempo.

Simplicidade é um conceito
que nos remete ao estado
mais puro da realidade.

A semente é simples
porque não se perde na
tentativa de ser outra coisa.
É o que é.

Não desperdiça seu tempo
querendo ser flor antes da hora.
Cumpre o ritual de existir,
compreendendo-se em cada etapa.

Já dizia o poeta:
"Simplicidade é querer uma coisa só".
Eu concordo com ele.
O muito querer nos deixa
complexos demais.

Queremos muito ao mesmo tempo,
e então nos perdemos no
emaranhado dos desejos.

Há o risco de que não
fiquemos com nada,
de que percamos tudo.

Aquele que muito quer corre
o risco de nada ter,
porque o empenho e o cuidado
é que faz a realidade permanecer.

O simples anda leve.
Carrega menos bagagem
quando viaja,
e por isso reserva suas energias
para apreciar a paisagem.

O que viaja pesado corre
o risco de gastar suas
energias no transporte
das malas.
Fica preso,
não pode andar pelo aeroporto,
fica privado de atravessar
a rua e se transforma num constante
vigilante do que trouxe.

A simplicidade é uma
forma de leveza.
Nas relações humanas
ela faz a diferença.

O que cultiva a simplicidade
tem a facilidade de tornar leve
o ambiente em que vive.
Não cria confusão por pouca coisa;
não coloca sua atenção no
que é acidental,
mas prende os olhos naquilo
que verdadeiramente
vale à pena.

Pessoas simples são
aquelas que se encantam
com as coisas menores.

Sabem sorrir diante de
presentes simbólicos
e sem muito valor material.

A simplicidade lhe capacita
para perceber que nem tudo
precisa ter utilidade.
E por isso é fácil presentear
o simples.

Dar presentes aos complicados
é um desafio.

Não sabemos o que eles gostam,
porque só na simplicidade
é possível conhecer alguém.
Só depois que as máscaras
caem pelo chão e que os papéis
são abandonados a gente tem
a possibilidade de descobrir
o outro na sua verdade.

Eu gostaria de me livrar
de meus pesos.
Queria ser mais leve,
mais simples.
Querer uma coisa só de cada vez.
Abandonar os inúmeros projetos
futuros que me cegam para
a necessidade do momento.

Projetos futuros valem à pena,
desde que sejam simples,
concretos e aplicáveis.
Não gostaria que a morte me
surpreendesse sem que eu tivesse
alcançado a simplicidade.
Até para morrer os simples
têm mais facilidade.
Sentem que chegou a hora,
se entregam ao último
suspiro e se vão.

Tenho uma intuição de que quando
eu simplificar a minha vida,
a felicidade chegará
em minha casa,
quando eu menos esperar.

AUTOR: Padre Fábio de Melo
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 11 de Fevereiro de 2.010.

Espírito Valioso ...

Entre todos os espíritos que temos a
nossa disposição para viver,
existe um em especial
que é capaz de mudar,
ou melhor transformar vidas,
capaz de verdadeiros milagres,
até mesmo curar doenças,
salvar vidas,
fazer uma pessoa sair
do zero e chegar
ao milhão em questão de minutos,
transformar um "zé ninguém"
em personalidade eterna,
e até mudar o mundo.
Esse espírito é o
"espírito da certeza".

A certeza pode até
ser confundida com a fé,
com a determinação, com a esperança,
mas é totalmente diferente,
pois a certeza não
depende de uma crença,
ela é a própria crença,
não depende de uma atitude,
ela nos faz tomarmos as atitudes certas,
e também não é uma
coisa que pode acontecer,
uma hipótese, ela vai acontecer.

Entende esse espírito?

Quando você costuma
fazer um determinado bolo,
sabe,
mesmo sem usar nenhuma receita,
que misturando aqueles ingredientes,
você vai ter o bolo pronto
em 20 minutos,
e se colocou laranja,
ele será um bolo de laranja,
por mais que alguém
lhe diga que vai azedar
e se transformar em bolo de abacaxi,
ou que vai melar e se
transformar em bolo de mel,
não tem erro, você sabe,
você tem certeza que será um
"BOLO DE LARANJA",
e assim será.

Pois é,
se você tiver dentro
de você esse espírito,
para conquistar as coisas
que você mais deseja,
e que sejam lícitas,
que sejam do bem,
para o seu bem,
pode apostar que não
tem barreira que te segure,
não tem tempo que
seja demorado demais,
não tem macumba que te impeça,
nem olho grande,
muito menos inveja
que possa contra
você e seus objetivos.

Quando você tiver munido
desse espírito,
tiver a certeza de que pode e merece
realizar o que tanto sonha,
ai meu amigo e minha amiga, nada,
nem ninguém poderá
com seu poder de realização,
pois quem tem esse
espírito grudado na alma,
sabe que, mais dia ou menos dia,
o seu sonho se transformará em realidade
e alguém vai chamar de sorte,
de milagre, de fé, ou qualquer outro nome,
e isso não importa, importa sim,
a certeza de que você é imbatível
quando decide lutar.

Nada de desculpas,
apenas continue acreditando na sua
capacidade de realizar,
a certeza é a chave que abre a porta da
esperança que termina ali,
na rua felicidade,
onde você vai morar para sempre!

E eu,
eu acredito em você,
hoje e sempre.

TEXTO: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 18 de Fevereiro de 2.010.

Você nasceu para ser vencedor ...

Incessantemente,
busque a sua identidade real,
isto é, descubra-se, para
o seu próprio bem.
Em qualquer circunstância,
mantenha-se você mesmo.

Não se apresente superior ao que é,
nem se subestime,
a ponto de parecer o que não seja.
Ser autêntico é forma de adquirir dignidade.

Quem hoje triunfa, começou a batalha antes.

Quem está combatendo, alcançará a vitória logo mais.

Você nasceu para ser vencedor.

Um vencedor é sempre parte da resposta.

Um perdedor é sempre parte de um problema.

Um vencedor sempre tem um programa.

Um perdedor sempre tem uma desculpa.

Um vencedor diz: Deixe-me ajudá-lo.

Um perdedor diz: Não é minha obrigação!

Um vencedor enxerga uma reposta para cada problema.

Um perdedor enxerga um problema para cada resposta.

Um vencedor diz: Pode ser difícil, mas é possível.

Um perdedor diz: Pode ser possível, mas é difícil.

Rudyard Kipling,
também criador do personagem Tarzan,
escreveu com
grande lucidez,
o poema que denominou Se...,
e diz o seguinte:

Se és capaz de manter a tua calma quando
todo mundo ao redor já a perdeu
e te culpa;

De crer em ti quando
estão todos duvidando e para esses,
no entanto,
achares uma desculpa;

Se és capaz de esperar sem te desesperares,
ou, enganado,
não mentir ao mentiroso;

Ou, sendo odiado, sempre do ódio te esquivares;

E não parecer bom demais, nem pretencioso.

Se és capaz de pensar - sem que a isso só te atires;

De sonhar - sem fazer dos sonhos teus senhores;

Se encontrando a derrota e o triunfo,
conseguires tratar da mesma forma
a esses dois impostores;

Se és capaz de sofrer a dor de ver mudadas
em armadilhas as verdades que
dissestes, e as coisas,
por que deste a vida, estraçalhadas, e
refazê-las com o bem pouco que te reste;

Se és capaz de arriscar numa única
parada tudo quanto ganhaste em toda a
tua vida e perder, e, ao perder,
sem nunca dizer nada, resignado,
tornar ao ponto de partida;

De forçar coração, nervos,
músculos,
tudo e dar seja o que for que neles ainda existe,
e a persistir assim quando,
exausto,
contudo resta a vontade em ti,
que ainda te ordena: Persiste!

Se és capaz de,
entre a plebe não te corromperes.
Entre reis, não perder a naturalidade, e
de amigos, quer bons, quer maus,
te defenderes;

Se a todos podes ser de alguma utilidade;
e se és capaz de dar segundo por segundo,
ao minuto fatal todo teu valor e brilho;

Tua é a Terra com tudo que existe no mundo,
e - o que ainda é muito mais
- és um homem, meu filho!

* * *

Seja amigo da verdade,
sem a transformar numa arma de
destruição ou de ofensa.

O vencedor comete erros e diz:
Eu estava errado.
O perdedor diz: Não foi
minha culpa.

Guie-se sempre
pela decisão que produza menor
soma de prejuízos a você
mesmo e ao seu próximo.

O vencedor transpõe o problema.
O perdedor dá voltas ao redor do
problema.

Você não é um observador distante da vida.

Você está na condição de membro do organismo universal,
investido de tarefas e responsabilidades,
de cujo desempenho resultarão a ordem e o
sucesso de muitas coisas.

O vencedor trabalha mais arduamente que
o perdedor e tem mais tempo.

O perdedor está sempre muito ocupado,
talvez evitando o fracasso...

Considere-se pessoa valiosa no conjunto da Criação,
tornando-se cada dia
mais atuante na obra do Pai e fazendo-a
melhor conhecida e mais considerada.

Você é herdeiro de Deus, e o Universo,
de alguma forma, também lhe pertence.

Cada dia vencido são vinte e quatro horas que você ganhou.

Autor: Rudyard Kipling, tradução de Guilherme de Almeida, do livro Um presente
especial, de Roger Patrón Luján, ed. Aquariana.

* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão", pelo Radialista
Anderson Fonseca,
no dia 12 de Fevereiro de 2.010.

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

As Atitudes Tudo ou Nada ...

Percebo que as pessoas
que decidem
transformar sua vida
desenvolvem um tipo
especial de atitude.
Elas se empenham
em cada ação
como se a vida inteira
dependesse desse esforço.

Elas vêem a construção
do futuro como a única
forma de viver
como fazem os oficiais
com seus soldados
em situações desfavoráveis
de batalha.

Em outras palavras,
decidem queimar as pontes
que permitem retroceder.

Nessas decisões radicais,
é importante assumir,
também,
um comportamento radical.

Nos grupos de Alcoólicos
Anônimos fala-se muito
sobre o perigo de tomar
um único copo de bebida,
pois a decisão de parar de
beber tem que vir
acompanhada de uma atitude
do tipo tudo ou nada.

Uma pessoa que dependente
dos pais e resolve
morar sozinha
não pode mais chegar atrasada
ao emprego
porque perdeu a hora.

Terá, pelo menos,
de comprar um despertador
eficaz porque não haverá
ninguém para acordá-la
toda manhã.

Um empresário que está
à beira da falência
não pode continuar gastando
sem nenhum controle.

A decisão de partir para
o tudo ou nada
é somente o primeiro passo.

Depois da decisão,
precisa haver atitude.
Há pessoas que se casam,
mas querem levar a
vida de solteiras.

Resultado: o casamento fracassa.
Há pessoas que decidem ter filhos,
mas querem continuar a viver
como se os filhos não existissem.

Resultado:
teremos crianças órfãs
de pais vivos.

Lembre-se,
há dois tipos de atitudes:
as atitudes tudo ou nada
e as atitudes mais ou menos.

Uma atitude mais
ou menos sempre leva
a um resultado medíocre.

É importante entender
com toda clareza que,
durante um processo de
transformação radical,
a atitude de fazer um pouco
de cada vez
nos trará resultados muito
parecidos aos que teríamos
se não fizéssemos nada.

Quem quer fazer
uma revolução na vida
precisa tomar uma
atitude radical.

E,
quando se toma uma
decisão radical,
é preciso continuar caminhando
pela estrada que escolhemos
com comprometimento,
determinação e fé.

Nossas atitudes devem
ter a mesma intensidade
das decisões que tomamos.

Uma atitude tudo
ou nada é mergulhar em
um novo amor
como se sua respiração
dependesse da respiração do
seu companheiro.

É sair da casa dos pais
e cuidar de suas responsabilidades
como se houvesse apenas
você no mundo
para pagar suas contas.

É aprender uma nova
profissão como se sua vida
dependesse dessa empreitada.

É abraçar o novo
emprego como se essa fosse
a última oportunidade
de sua vida.

Porque é preciso correr atrás
de nossos objetivos
com a determinação de
um faminto que anseia por
um prato de comida.

Buscar a água como um
homem perdido no deserto.
Dançar a música da vida
como se seu corpo e sua alma fossem
os instrumentos dessa música!
Afinal,
se você romper as grades
da gaiola,
mas não bater as asas
para valer,
jamais poderá voar
de verdade!

AUTOR: Roberto Shinyashiki
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 10 de Fevereiro de 2.010.

Culpas e desculpas ...

Há os que viajam para os desertos
para encontrar a paz,
fogem das grandes cidades,
do barulho e cortam qualquer
tipo de comunicação;
outros fecham-se em si e a procuram
nas meditações e reflexões
do sentido da vida;
há ainda aqueles que negam
qualquer tipo de culpabilidade,
como se negação fosse sinônimo
de libertação.

Se tivéssemos a possibilidade
de correr o mundo inteiro,
viajar todos os mares e subir
as mais altas montanhas,
atravessar o espaço e ir
além das estrelas,
ainda assim não poderíamos
apagar quem somos,
nem o que vivemos,
não nos tornaríamos melhores
e nem maiores.

Somente um olhar para
dentro de si mesmo,
um reconhecimento de total
condição humana e dependência
do Pai pode nos libertar e colocar
nas nossas mãos a paz que
tanto almejamos.

Ser honesto consigo é ser
honesto com o mundo inteiro.

Quem se engana a si mesmo,
comete o maior dos enganos.

Nunca, aqui na terra,
seremos grandes,
bons e perfeitos o bastante para
dizer que não temos mais nada
para aprender.

Aprendemos a cada dia,
às vezes com lágrimas
e dor no coração.

Não nos livramos das culpas
quando fugimos delas
e as desculpas não agem
como sabão.

Se quisermos dar passos ao
encontro do caminho da paz
e de um mundo melhor,
devemos aprender a aceitar
certas coisas:

- Não sabemos tudo;

- O outro pode perfeitamente ter razão;

- Devemos assumir nossas culpas
sem nos refugiar nas desculpas e isso
não nos impedirá de olhar
para a frente;

- Os erros que cometemos não
devem nos amarrar definitivamente
ao passado;

- O direito que temos de errar,
outros também têm e fracassar uma
vez não é fracassar para
a vida toda;

- Os pais também se enganam
e mesmo quando isso acontece
é que desejam o melhor para
os seus filhos;

- Cortar os pontos com alguém
é cortar pontes onde nós e os outros
poderíamos atravessar e viver
isolado não é a melhor solução
para resolver problemas;

- A comunicação é importante
para evitar mal-entendidos;

- Franqueza e doçura não precisam
estar dissociados;

- Evitar uma briga vale mais
que ter razão;

- Os gestos valem tanto
quanto palavras;

- Não é só a intenção que conta,
mas ela conta muito;

- Brincar não é privilégio
das crianças;

- Devemos perdoar até
setenta vezes sete;

- Ninguém é melhor
que ninguém;

- Somos todos moldados do mesmo
barro e o mesmo Deus que
soprou nas minhas narinas,
soprou nas narinas do meu irmão;

- Todos temos pecados;

- Jesus também chorou,
Ele foi crucificado,
mas nunca crucificou.

- Podemos estar na mais
alta montanha,
no mais longíquo dos desertos
e ainda assim estar
longe de Deus.

- Aquele que busca a Verdade,
encontra a Paz.

- Se somos herdeiros
do pecado e herdeiros
do bem.

São as sementes desse
último que devemos deixar
ao longo da nossa passagem.


TEXTO: Letícia Thompson

* * * * *

Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 09 de Fevereiro de 2.010.

UM DIA VOCÊ APRENDE ...

Depois de algum tempo você aprende a diferença,
a sutil diferença, entre dar a mão e acorrentar uma alma.
E você aprende que amar não significa apoiar-se,
que companhia nem sempre significa segurança,
e começa a aprender que beijos não são contratos,
e que presentes não são promessas.

Começa a aceitar suas derrotas com a cabeça
erguida e olhos adiante,
com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança;
aprende a construir todas as suas estradas no hoje,
porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos,
e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão.

Depois de um tempo você aprende que
o sol queima se ficar exposto por muito tempo,
e aprende que não importa o quanto você se importe,
algumas pessoas simplesmente não se importam...
aceita que não importa quão boa seja uma pessoa,
ela vai ferí-lo de vez em quando e você
precisa perdoá-la por isso.

Aprende que
falar pode aliviar dores emocionais,
e descobre que se leva anos para se construir
confiança e apenas segundos para
destruí-la,
e que você pode fazer coisas em um instante,
das quais se arrependerá pelo resto da
vida;
aprende que verdadeiras amizades continuam
a crescer mesmo a longas distâncias,
e o que importa não é o que você tem na vida,
mas quem você tem na vida,
e que bons amigos são a família que
nos permitiram escolher.

Aprende que não temos que mudar de
amigos se compreendemos que eles mudam;
percebe que seu melhor amigo
e você podem fazer qualquer coisa,
ou nada, e terem bons momentos juntos.

Descobre que as pessoas com quem
você mais se importa na vida são tomadas
de você muito depressa,
por isso sempre devemos deixar as
pessoas que amamos com palavras amorosas;
pode ser a última vez que as vejamos.

Aprende que as circunstâncias
e os ambientes tem influência sobre nós,
mas nós somos responsáveis por nós mesmos.
Começa a aprender que não
se deve comparar-se com os outros,
mas com o melhor que pode ser.

Descobre que se leva muito tempo para
se tornar a pessoa que quer ser,
e que o tempo é curto.

Aprende que não importa onde já chegou,
mas onde se está indo,
mas se você não sabe para onde está
indo qualquer lugar serve.

Aprende que ou você controla seus
atos ou eles o controlarão,
e que ser flexível não significa ser fraco
ou não ter personalidade,
pois não importa quão delicada e frágil
seja uma situação,
sempre existem dois lados.

Aprende que heróis são pessoas que fizeram
o que era necessário fazer,
enfrentando as conseqüências.

Aprende que paciência requer muita prática.
Descobre que algumas vezes a pessoa
que você espera que o chute
quando você cai é uma das poucas
que o ajudam a levantar-se;
aprende que maturidade tem mais a ver com
os tipos de experiência que se teve e o
que você aprendeu com elas
do que com quantos aniversários você celebrou;
aprende que há mais dos seus pais em você
do que você supunha;
aprende que nunca se deve dizer a uma criança
que sonhos são bobagens;
poucas coisas são tão humilhantes...
e seria uma tragédia se ela acreditasse nisso.

Aprende que quando se está com raiva
se tem o direito de estar com raiva, mas isso
não te dá o direito de ser cruel.

Descobre que só porque alguém não
o ama do jeito que você quer que ame
não significa que esse alguém não
o ama com tudo o que pode,
pois existem pessoas que nos amam,
mas simplesmente não sabem como demonstrar
ou viver isso.

Aprende que nem sempre é suficiente
ser perdoado por alguém;
algumas vezes você tem que aprender
a perdoar-se a si mesmo.

Aprende que com a mesma severidade com que julga,
você será em algum momento condenado.
Aprende que não importa em quantos pedaços
seu coração foi partido,
o mundo não pára para que você o conserte.
Aprende que o tempo não é algo que
possa voltar para trás,
portanto,
plante seu jardim e decore sua alma ao invés
de esperar que alguém lhe traga flores,
e você aprende que realmente pode suportar...
que realmente é forte e que pode ir muito mais
longe depois de pensar que não se
pode mais.

Descobre que realmente a vida tem valor
e que você tem valor diante da vida!
Nossas dúvidas são traidoras
e nos fazem perder o bem que
poderíamos conquistar,
se não fosse o medo de tentar.

AUTOR: William Shakespeare

* * * * *

Texto narrado pelo Radialista
Anderson Fonseca
no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 08 de Fevereiro de 2.010.