quinta-feira, 30 de abril de 2015

Que decepção...

Certamente você já disse:

Caramba,
que decepção...
Jamais poderia esperar
isso desta pessoa...

Na realidade,
a pessoa em questão,
a que causou a decepção,
pode estar isenta de
qualquer maldade
pela sua atitude.
O problema maior está
em nossos valores
e na forma de como queremos
que as pessoas sejam
ou nos vejam.

Primeiro vamos analisar
a palavra decepção.
Para mim ela é formada
por decepa a ação.
Eu quero vê-la assim;
eu a sinto assim.

Cada um pode encontrar
a sua verdade na
comunicação que faz com
as pessoas.
As palavras
são verdadeiros torpedos
de energia potencializadas
pelo que estamos vivenciando e,
portanto,
sentindo naquele
momento.
Se a energia é boa a
palavra fica suave.
Se for ruim pode
funcionar até como uma
verdadeira pedrada.

Decepção, para mim,
conforme frisei acima,
determina o final de
uma etapa ou da maneira
de se ver
a mesma coisa.
Depois de muito estudar,
eu fico com a segunda hipótese.
Não é recomendável
sofrer pelo que causamos
a nós mesmos.
A dor é inevitável,
mas o sofrimento é
opcional.

Trata-se da quebra de
um conceito criado
pela nossa mente,
invariavelmente não verdadeira.
Fomos nós que

construímos os valores
e o rótulo que colocamos
na outra pessoa.
Foram nossos conceitos
que pautaram o carinho,
o amor e a amizade.
Ninguém é igual a nós.

O outro só fez a parte dele.
Na realidade a pessoa sempre
foi o que está demonstrando
naquele momento,
mas éramos nós que não fazíamos
a leitura correta de como ela
realmente é em seu interior.

As adversidades da vida
nos mostram outras
realidades com as quais
não tínhamos contato.

Muitas vezes me decepcionei.
Em algumas,
fiquei irritado,
mas não sabia ler a vida
como sei hoje.

TEXTO DE: Saul Brandalise Jr
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 02 de Maio de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 20 anos.

quarta-feira, 29 de abril de 2015

VOCÊ GUARDA RANCORES?

Guardar rancores adoece, 
amarga e apodrece.

Guardar rancores separa 
grandes amores, 
destrói grandes amizades, 
seja no interior ou em 
grandes cidades.

Guardar rancores deixa 
o seu entusiasmo no chão, 
estando você certo ou não, 
a única solução é o perdão 
que lava a alma e devolve 
a sua motivação e a alegria 
de estar bem pertinho 
novamente de seu 
companheiro, 
amigo ou irmão.

Guarda rancores quem 
já caiu na armadilha 
do orgulho, 
quem por descuido 
deixou coisas preciosas 
guardadas no meio 
do entulho, 
jogadas ao vento, 
sem pensar ao menos 
por um momento que 
mais tarde cairia no 
arrependimento, 
restando apenas para 
si o lamento.

Mas quem deixa 
o rancor de lado já está 
pensando fora do quadrado, 
numa sociedade de 
corações gelados, 
onde errado virou o 
certo e o certo virou 
o errado.

Por isso, 
não se deixe levar 
pelo pensamento alheio, 
seja forte 
independentemente 
do meio, 
assumindo a sua própria 
identidade de peito 
aberto e sem receio, 
em busca de reconstruir 
o que já parecia 
morto e perdido, 
trazendo pra perto 
até quem lhe fez 
sentir-se iludido, 
mesmo que tenha sido 
de propósito ou por um 
simples mal entendido. 
 
Deixe o rancor de lado. 
Deixe o orgulho de lado. 
Saia dessa teia. 
Volte a respirar fundo 
e a sentir a doçura 
de uma vida livre de 
culpas ou acusações.

Simplesmente perdoe. 
E faça isso o mais 
rápido possível.

TEXTO DE: Procura-se
Fineza nos informar através do e-mail: 
mensagem@toninholima.com.br
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 01 de Maio de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 20 anos.

segunda-feira, 27 de abril de 2015

O TEMPO E AS JABUTICABAS

Contei meus anos e descobri
que terei menos tempo para viver
 daqui para frente do que
já vivi até agora.

Sinto-me como aquela menina
que ganhou uma bacia
de jabuticabas.

As primeiras,
ela chupou displicente,
mas percebendo que faltam poucas,
rói o caroço.

Já não tenho tempo para
lidar com mediocridades.

Não quero estar em reuniões
onde desfilam egos inflados.

Não tolero gabolices.

Inquieto-me com invejosos
tentando destruir quem eles admiram,
cobiçando seus lugares,
talentos e sorte.

Já não tenho tempo para
projetos megalomaníacos.

Não participarei de conferências
que estabelecem prazos fixos para
reverter a miséria do mundo.

Não quero que me convidem para
eventos de um fim de semana com
a proposta de abalar o milênio.

Já não tenho tempo para reuniões
intermináveis para discutir estatutos,
normas, procedimentos
e regimentos internos.

Já não tenho tempo para
administrar melindres de pessoas,
que apesar da idade cronológica,
são imaturos.

Não quero ver os ponteiros
do relógio avançando em reuniões de
'confrontação',
onde 'tiramos fatos a limpo'.

Detesto fazer acareação
de desafetos que brigaram
pelo majestoso cargo de
secretário geral do coral.

Lembrei-me agora de Mário
de Andrade que afirmou:
'as pessoas não
debatem conteúdos,
apenas os rótulos'.

Meu tempo tornou-se escasso
para debater rótulos,
quero a essência,
 minha alma tem pressa...

Sem muitas jabuticabas
na bacia, quero viver ao
lado de gente humana,
muito humana; que sabe
rir de seus tropeços,
não se encanta com triunfos,
não se considera
eleita antes da hora,
não foge de sua mortalidade,
defende a dignidade
dos marginalizados,
e deseja tão somente
andar ao lado do que é justo.

Caminhar perto de coisas
e pessoas de verdade,
desfrutar desse amor
absolutamente sem fraudes,
nunca será perda de tempo.
O essencial faz a vida
valer a pena.

TEXTO DE: Rubem Alves
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 30 de Abril de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 20 anos.

SEJA DIFERENTE

Ninguém é melhor
que alguém,
Deus não usa régua
para medir seus filhos
entre maiores e
menores.

Ninguém é melhor
porque tem uma
casa mais bonita,
um carro do ano,
um emprego com alto
salário ou uma
classe social elevada.

Deus não olha o que
você tem em suas mãos,
mas o que tem em
seu coração,
o homem usa os olhos
para nos definir,
Deus usa o sentimento.
Para Ele
não importa condições,
mas caráter.

Quem acha que tem
tudo possuindo bens
ou status acaba
não tendo nada se
não tiver Deus.

Por isso,
não queira ter o
que os outros tem,
não queira ser o
que os outros são,
seja diferente,
queira ter Deus
e pronto,
com Ele nada nunca
 faltará.

Não existe maior
riqueza que a sabedoria,
não há melhor condição
que ser agradável
aos olhos de Deus.

Enquanto alguns
contam riquezas,
conte aprendizados.

TEXTO DE: Procura-se
Fineza nos informar
através do e-mail:
mensagem@toninholima.com.br
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 29 de Abril de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 20 anos.

quinta-feira, 23 de abril de 2015

Acredite no seu coração

Qual a diferença entre
fé e medo?
Nenhuma.

Ambos são acreditar
em algo que não
existe ainda.

Todas as vezes em
que você duvidar
de que é capaz de
viver seus sonhos
lembre-se de que
absolutamente nada
pode ser mais forte
do que um desejo
verdadeiramente
oriundo do seu coração.

Não vindo do medo,
ou da evitação,
ou do receio - da mente.
Eu disse,
do coração.

Acredite
no seu coração.
Acredite na sua
verdade.
E sempre que começar
a achar que seu
medo ou sofrimento
são grandes demais,
não se esqueça:
pelo menos uma
vez na história da
humanidade,
alguém mais já
viveu exatamente o que
você está vivendo.

Todas as dores da
humanidade são isso:
dores da humanidade,
combate entre mente
e coração,
eu e ego,
amor e medo.

Sintonize-se com o amor,
preocupe-se apenas
com isso.
Vá adiante.
Lembre-se:
você pode estar tão
perto de onde quer
chegar que,
talvez,
a felicidade seja
só seguir em frente.

TEXTO DE: Flávia Melissa
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 28 de Abril de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 20 anos.

Olhe Ao Redor

Olhe para todos a seu
redor e veja o que temos
feito de nós.
Não temos amado,
acima de todas as coisas.
Não temos aceito
o que não entendemos
porque não queremos
passar por tolos.

Temos amontoado
coisas,
coisas e coisas,
mas não temos um
ao outro.
Não temos nenhuma
alegria que já não
esteja catalogada.
Temos construído
catedrais,
e ficado do lado
de fora,
pois as catedrais
que nós mesmos
construímos,
tememos que sejam
armadilhas.

Não nos
temos entregue a
nós mesmos,
pois isso
seria o começo de
uma vida larga e
nós a tememos.

Temos evitado cair
de joelhos diante do
primeiro de nós que
por amor diga:
tens medo.

Temos organizado associações
e clubes sorridentes onde
se serve com ou
sem soda.

Temos procurado
nos salvar, mas sem usar
a palavra salvação para não
nos envergonharmos
de ser inocentes.
Não temos usado
a palavra amor para não
termos de reconhecer sua
contextura de ódio,
de ciúme e de tantos
outros contraditórios.

Temos mantido em segredo
a nossa morte para tornar
nossa vida possível.
Muitos de nós fazem arte por
não saber como é a outra coisa.
Temos disfarçado
com falso amor a
nossa indiferença,
sabendo que nossa
indiferença é angústia
disfarçada.

Temos disfarçado com o
pequeno medo o grande
medo maior e por isso
nunca falamos o que
realmente importa.
Falar no que realmente
importa é considerado
uma gafe.

Não temos adorado por termos
a sensata mesquinhez de nos
lembrarmos a tempo dos
falsos deuses.
Não temos sido puros
e ingênuos para não
rirmos de nós mesmos
e para que no fim do
dia possamos dizer
"pelo menos não fui tolo"
e assim não ficarmos
perplexos antes de
apagar a luz.

Temos sorrido em
público do que não sorriríamos
quando ficássemos sozinhos.
Temos chamado de
fraqueza a nossa
candura.

Temo-nos temido um
ao outro,
acima de tudo.
E a tudo isso consideramos
 a vitória nossa de
cada dia.

TEXTO DE: Clarice Lispector
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 26 de Abril de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 20 anos.

VOCÊ OBSERVA AS PEQUENAS COISAS DA VIDA?

Muitas vezes ficamos
preocupados em atingir
grandes metas,
alcançar grandes
realizações,
e nos esquecemos de
observar que
a vida é feita de pequenas
coisas que quase
sempre nos
passam despercebidas
e parecem não fazer
diferença.

Mas se começarmos pelas
pequenas coisas,
veremos que é a partir
delas que acontecem grandes
coisas em nossa vida.

Quando executamos
simples atos,
como fechar uma torneira
para evitar gasto desnecessário,
dar bom-dia ao vizinho,
escutar um amigo que
precisa desabafar,
dar um sorriso a alguém
desconhecido,
ceder lugar no ônibus para
outro sentar-se...
tornamos nossa vida mais alegre
e significativa.

E com certeza nosso dia
terá sido melhor.

Comece a partir de agora,
uma vida diferente.

Pratique atos de gentileza.

Você verá como
isso terá diferença
em sua vida e na do outro.

Não despreze as pequenas
coisas em sua vida,
pois é a partir delas que
você alcançará
grandes realizações.

TEXTO DE: Maria Salette e Wilma Ruggeri
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 25 de Abril de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 20 anos.

terça-feira, 21 de abril de 2015

Estação das Perdas

Há horas em nossas vidas que somos
tomados por uma enorme sensação
de inutilidade, de vazio...
Questionamos o porquê de nossa existência
e nada parece fazer sentido.
Concentramos nossa atenção no
lado mais cruel da vida,
aquele que é implacável e a todos
afeta indistintamente:
as perdas do ser humano.

Ao  nascer,
perdemos o aconchego,
a segurança e a proteção do útero.
Ao perdermos o aconchego do útero,
ganhamos os braços do mundo.
Ele nos acolhe:
nos encanta e nos assusta,
nos eleva e nos destrói.

E continuamos a perder..
E seguimos a ganhar.
Perdemos primeiro a inocência
da infância.
A confiança absoluta na
mão que segura nossa mão.
E ao perdê-la,
adquirimos a capacidade
de questionar.
Por que?

Perguntamos a todos
e de tudo.
Abrimos portas para um
novo mundo e fechamos janelas,
irremediavelmente deixadas para trás.
Estamos crescendo.
Nascer, crescer, adolescer,
amadurecer, envelhecer, morrer,
renascer(?)...
Vamos perdendo aos poucos alguns
direitos e conquistando outros.
Perdemos o direito de
poder chorar bem alto,
aos gritos mesmo,
quando algo nos é tomado
contra a vontade.
Perdemos o direito de dizer
absolutamente tudo que nos passa
pela cabeça sem medo de
causar melindres.

Estamos crescidos e nos
ensinam que não devemos
ser tão sinceros.
E aprendemos...
E vamos adolescendo...
 Ganhamos peso,
ganhamos pêlos,
ganhamos altura...
Ganhamos o mundo.

Neste ponto, vivemos em
grande conflito.
O mundo todo nos parece
inadequado aos nossos sonhos...
Ah!
E os sonhos!!!
Ganhamos muitos sonhos.
Sonhamos dormindo,
sonhamos acordados,
sonhamos o tempo todo.
Aí de repente, caímos na real!
Estamos amadurecendo...

E continuamos amadurecendo...
Ganhamos um carro novo,
uma companheira,
ganhamos um diploma.
E desgraçadamente perdemos
o direito de gargalhar,
de andar descalço,
tomar banho de chuva,
lamber os dedos...

Já não pulamos mais no
pescoço de quem amamos e tascamos
aquele beijo estalado...
Mas,
apertamos as mãos
de todos,
ganhamos novos amigos,
ganhamos um bom salário,
 ganhamos reconhecimento,
honrarias,
títulos honorários e a chave da cidade...
E assim,
vamos ganhando tempo...
Enquanto envelhecemos.

De repente percebemos que
ganhamos algumas rugas,
algumas dores nas costas (ou nas pernas),
ganhamos celulite,
estrias,
ganhamos peso...
E perdemos cabelos.
Nos damos conta que perdemos
também o brilho no olhar,
esquecemos os nossos sonhos,
deixamos de sorrir...
Perdemos a esperança.
Estamos envelhecendo.

Não podemos deixar pra fazer
algo quando estivermos morrendo...
Afinal,
quem  nos garante que
haverá mesmo um renascer?

Exceto aquele que
se faz em vida,
pelo perdão a si próprio,
pelo compreender que as perdas fazem parte.
Mas,
que apesar delas,
o sol continua brilhando
e felizmente  chove de vez em quando.
 Que a primavera sempre chega após o inverno,
 que necessita do outono que o antecede...

Que a gente cresça e não
envelheça simplesmente...
Que tenhamos dores nas costas
e alguém que as massageie...
Que tenhamos rugas e boas lembranças...
Que tenhamos juízo mas mantenhamos
o bom humor e um pouco de ousadia...
Que sejamos racionais.
Mas,
lutemos por nossos sonhos...
E, principalmente,
que não digamos apenas eu te amo.
Mas,
ajamos de modo que aqueles
a quem amamos,
sintam-se amados mais
do que saibam-se amados.
Afinal,  o que é o tempo

TEXTO DE: Aila Magalhães
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 24 de Abril de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 20 anos.

segunda-feira, 20 de abril de 2015

UM NOVO CAPÍTULO

A vida é como um
livro e é preciso
que se aprenda a
dividi-lo em seus
capítulos.

Uma boa história
em cada capítulo:
é assim que se escreve
um bom livro.
Vivo, intenso,
verdadeiro e bem
dividido.

Não tenha medo
do ponto final.

Os capítulos tem início
e fim e cabe a quem
o escreve perceber
o momento de cada
um terminar.

Permita-se
uma página em branco.
Dê a si mesmo a
oportunidade de
recomeçar.

Uma nova história
só tem início quando
você vira a página.
Por melhor ou pior
que tenha sido
determinada história,
ela precisa ter um
fim para que outra
possa começar.

Não existe hora
certa de se iniciar
um capítulo.
Não precisa ser pela
manhã,
no início do ano,
na segunda-feira.
Ele simplesmente
começa quando você
decidir escrevê-lo.

Só tenha
muito cuidado porque,
para essa escrita
não existe borracha.
Tudo que for escrito
será definitivo,
por isso pense muito
bem sobre o que vai escrever e quem
participará de cada momento.

Personagens entram
e saem da história.

Aceite:
alguns chegam
para ficar,
outros fazem o seu
papel e se vão.
Pode ser que algum
retorne em um
capítulo mais à frente,
nunca se sabe.

Não se prenda aos
personagens secundários.
O único personagem
vitalício nesse livro
é você.

Todos os outros
vão passar,
cedo ou tarde.
Você é o autor,
diretor,
roteirista e
protagonista dessa
história.

É a sua história.

Lápis e papel na mão.
Uma página em branco.

Que tal um novo capítulo?

TEXTO DE: Procura-se.
Fineza nos informar através do e-mail:
mensagem@toninholima.com.br
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 23 de Abril de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 20 anos.

domingo, 19 de abril de 2015

VOCÊ PODE VENCER

Há momentos em nossas
vidas que
nos sentimos pequenos,
fracos,
inseguros e incapazes
de reagir e vencer
algumas dificuldades
que vivemos.

Já aconteceu
isso com você?

Mas quando paramos
um pouco e olhamos para
“dentro de nós”,
percebemos quantos
obstáculos,
quantas barreiras,
quantos nãos,
quantos momentos
difíceis já vencemos.
Percebemos a força,
a capacidade,
o poder que
existe dentro
de nós.

Então,
percebemos que
escondido atrás deste
gigante chamado medo,
chamado dúvidas e
incapacidade que
acreditamos ter,
esta a nossa
capacidade de vencer.

Quando fazemos esse momento
de reflexão da nossa
capacidade,
das nossas conquistas,
dos momentos difíceis
que já vivemos e
vencemos,
fica muito mais
fácil enfrentar o
momento atual,
pois percebemos
que é apenas mais
um que será vencido.

Percebemos que os
gigantes somos nós
que já vencemos tantos
outros problemas e
não vai ser o problema
atual que
vai nos derrotar.

Portanto:
quando se sentir incapaz,
se sentir inferiorizado,
pare por um instante
e faça um momento
de reflexão.

Coloque em uma folha
de papel o maior numero
de situações difíceis
que você já venceu,
veja o que você fez
para vencer,
de quem você recebeu
ajuda e como se sentiu
após a vitória.

Você vai perceber que
será capaz de vencer
mais esse obstáculo.

Não perca tempo
pensando no problema,
quanto mais você
gasta seu tempo
pensando no problema,
maior ele fica.

Pense na solução,
gaste seu tempo com
a solução,
imagine o prazer,
a alegria que você
vai sentir e o orgulho
que vai causar
nas pessoas que te
amam ao ver você
vitorioso.

Lembre-se:
Você pode vencer
mais essa!

Quando conquistar
a vitória.
Convide as pessoas
que você ama para
comemorar mais
essa conquista.

Lembre-se:
VOCÊ PODE VENCER.

TEXTO DE: Nestor de Almeida
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 22 de Abril de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 20 anos.

PRINCÍPIO DO VÁCUO

Você tem o hábito de juntar
objetos inúteis no momento,
acreditando que um dia
(não sabe quando)
poderá precisar deles?

Você tem o hábito de juntar
dinheiro só para não gastá-lo,
pois no futuro poderá fazer falta?

Você tem o hábito de guardar roupas,
sapatos, móveis,
utensílios domésticos e outros
tipos de equipamentos
que já não usa há um bom tempo?

E dentro de você?

Você tem o hábito de guardar mágoas,
ressentimentos, raivas e medos?

Não faça isso.
É anti prosperidade.

É preciso criar um espaço,
um vazio,
para que as coisas
novas cheguem
em sua vida.

É preciso eliminar o que
é inútil em você e na sua vida,
para que a prosperidade venha.

É a força desse vazio
que absorverá e atrairá tudo
o que você almeja.

Enquanto você estiver
material ou emocionalmente
carregado de coisas velhas e inúteis,
não haverá espaço aberto
para novas oportunidades.

Os bens precisam circular.
Limpe as gavetas,
os guarda-roupas,
o quartinho lá do fundo,
a garagem.

Dê o que você não usa mais.

A atitude de guardar um
monte de coisas inúteis
amarra sua vida.

Não são os objetos guardados
que emperram sua vida,
mas o significado da
atitude de guardar.

Quando se guarda,
considera-se a
possibilidade da falta,
da carência.

É acreditar que
amanhã poderá faltar,
e você não terá meios de
prover suas necessidades.

Com essa postura,
você está enviando
duas mensagens para
o seu cérebro e para a vida:
* primeira,
você não confia no amanhã e,
* segunda,
você acredita que o novo e o melhor
não são para você,
já que se contenta em guardar
coisas velhas e inúteis.

Desfaça-se do que
perdeu a cor e o brilho
e deixe entrar o novo em sua casa
e dentro de você!

"As pessoas são solitárias
porque constroem
paredes ao invés de pontes."

TEXTO: Joseph Newton
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 21 de Abril de 2.015.

quarta-feira, 15 de abril de 2015

Tempo de reconhecer

Não ao desespero sem
fundamento,
aquele que vem da falta de
visão ou perspectiva.
Não ao desabamento dos
sonhos que ainda
nem cresceram;
não aos que não insistem
e desistem na primeira
barreira.

É preciso ter mais do que
um desejo para conquistar.
É preciso ter mais do que
olhos para enxergar
além dos outros.

É preciso amar além do
amor banal e carnal,
para perdoar e seguir.
É preciso ter fé que
move montanhas para
fazer sua oração.

Por isso,
diante da dor que
parece não ter fim,
não se deixe abater,
mas viva o luto da perda,
chore a angústia do
não ter, mas se erga,
e diante dos incrédulos
que insistem em
te menosprezar,
mostre o sorriso de
quem já sabe que
vai vencer,
porque a duras penas,
você aprendeu a
sobreviver.
A fazer de cada erro
um aprendizado,
e já sabe se valorizar.

Você já sabe,
que para se levantar,
é preciso RECOMEÇAR!

Acerte o passo e caminhe.
Olhe para o céu e
não desanime.
Não ha barreiras que
a sua determinação
não possa vencer.

Hoje é o dia certo,
feito pra você crescer.

Que assim seja!

TEXTO: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 19 de Abril de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 20 anos

O que é a sua vida?

Penso que a vida deve
ser degustada com
um bom vinho.

Apreciada em
todas as cores e matizes
como um quadro de
Matisse.

Sorvida em goles
como se provássemos do
mel dos deuses.

Vestida para festa,
seria a nossa companhia
no baile.
Desnuda,
a amante perfeita.
Pintada com as cores da
nossa esperança,
a felicidade.

Se fosse casa,
seria a mais confortável.
Se fosse joia,
o diamante sem preço,
lapidada pelo amor do ourives
mais famoso.

A vida é tudo isso
e muito mais.
E ainda assim,
insistimos em jogá-la em
qualquer canto,
viver de qualquer jeito
reclamando de tudo,
de modo imperfeito.

Nos arriscamos em
coisas inúteis,
nos embebedamos,
abusamos dos vícios.

Nos excedemos em
qualquer coisa,
mesmo sabendo que os
excessos são venenos,
ora rápidos,
ora lentos.

E tem gente que quer
abandonar a sua
própria vida!

Olhe para o dia que
começa e descubra o prazer
de estar aqui.
Não pelos outros
e nem por ninguém,
mas por você.

Alma querida,
que habita esta vida,
se soubesse o quanto a
vida é desejada!

Se soubesse quanto
poderia fazer se não
estivesse amargurado!

Quanto poderia realizar se
não se escondesse dela.
Se resolvesse
lutar e conquistar a montanha
de problemas,
como se fosse um pequeno
monte de areia na praia.

Pois assim são os problemas
diante dos vencedores:
- pequenos montes de areia
que o próprio tempo,
através da ação do vento
(sua persistência)
vai derrubando e dando
nova forma.

Transforme seus problemas
em alavancas para crescer.
Valorize a sua vida,
não se deixe abater.
Ame-se!

Seja maior do que
você pensa que é,
pois você se agiganta,
quando se olha no espelho
da vida e reflete no que
ainda não fez,
e descobre que se não
há portas,
você pode arrebentar
as paredes.

E a vida?
Ah! a vida é bonita,
é bonita e é bonita!

Aproveite cada minuto
para ser o que você
deseja ser.
Não morra sonhando,
viva lutando!

Eu acredito em você!

TEXTO: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 18 de Abril de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 20 anos.

terça-feira, 14 de abril de 2015

Pequenos detalhes, grandes mudanças

Preste atenção no que
“não está chamando”
a sua atenção.

Detalhes do relacionamento
que estão ausentes,
pequenos gestos que
sumiram da sua vida,
moedas que você não junta,
abraços que você não deu,
palavras que não falou.

Aprecie mais o por do sol,
o cair da tarde,
o anoitecer se tem ou
não estrelas no céu.
Descubra que a vida tem
tantos detalhes que são
imprescindíveis.

As vezes nos atemos
a conquistas de coisas
“grandes”
e nos perdermos,
na ausência dos pequenos
mimos que acalantam
a nossa alma.

Olhe em sua volta e perceba
o que está faltando,
Não em coisas materiais,
 mas coisas do espírito;
que preenchem para
a eternidade.
Isso chamamos
simplesmente de Felicidade.

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 17 de Abril de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 20 anos.

Só por hoje, seja pleno.

Você já viu passarinho
voar com ninho
nas costas?

A lei que rege o
Universo é da abundância,
e passarinho não voa com ninho
nas costas porque simplesmente
não precisa.

Não há porquê carregar
peso extra na ausência
de necessidade,
já que tudo de que
ele precisa para fazer
um novo ninho,
quando precisar,
está lá fora
em quantidade abundante
e à sua disposição.

Na natureza
os animais se apropriam
da abundância que
existe disponível
para eles e compartilham
entre si aquilo de
que não precisam mais.

Na natureza quase
não há medo ou
senso de ameaça.

Depois que um leão
caça um veado,
os demais do bando
ficam por ali à solta,
sem se preocupar,
porque sabem que
estarão a salvo,
só por hoje.

Só por hoje,
temos tudo de que
necessitamos.
Só por hoje,
a vida se faz plena.
Só por hoje,
temos o suficiente
para nós mesmos e
para os outros e,
ao dividirmos
nossas bênçãos,
injetamos mais e
mais energia de
abundância à nossa
volta.

Só por hoje,
mas quem vive
no hoje?

Agradeça, receba,
compartilhe, repita.
Alinhe-se com a
abundância que
rege o Universo.
Só por hoje,
seja pleno.

TEXTO DE: Flávia Melissa
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 16 de Abril de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 20 anos.

segunda-feira, 13 de abril de 2015

Sou dono das minhas emoções, sensações e sentimentos...

Aquilo que existe em mim,
e faz parte de mim,
pode ser transformado.
Se eu quiser.

Aquilo que é do outro,
e faz parte do outro,
só pode ser
transformado pelo outro;
e será compreendido e aceito
por mim dentro dos meus limites.
Se existir respeito.

Posso falar ao outro como
me sinto em relação ao
que ele faz ou diz.
Se houver liberdade.

Mas não tenho o poder de
controlar o que ele
faz ou diz.
Não posso afirmar:
“aquilo que você fez
ou disse me feriu”.
Eu é que me feri com aquilo
que o outro fez ou disse.
Tenho opções.

Sou dono das minhas emoções,
sensações e sentimentos.
Sou dono das minhas atitudes,
pensamentos e palavras.
Maravilha.

Não é coerente dizer
que fiz algo com alguém
só porque alguém fez
outra coisa comigo
primeiro.
Agindo assim sou
apenas resposta e eco.
Sem vida.

É mais valioso optar
por agir ao invés de
apenas reagir.
É mais sensato
perceber que sou senhor
das minhas ações,
e se faço ou fiz algo
sou o grande
responsável por isso.
Tenho escolhas.

Reconheço que as rédeas
do meu destino estão
em minhas mãos.
E me recuso a segurar
as rédeas do destino
do outro.
É meu direito.

Busco o amor em sua
mais bela expressão.
E por isso abro mão
de querer ter o
controle sobre a vida
do outro.

Quero amar com liberdade.
Quero amar com plenitude.
Quero amar antes de tudo
porque é bom amar.

Com respeito e liberdade.

TEXTO DE: Kau Marcarenhas
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 15 de Abril de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 20 anos.

domingo, 12 de abril de 2015

Nossa reação

Creio que o fato de sofrermos
ou não depende em grande
parte de como reagimos
a uma determinada situação.

Por exemplo,
digamos que tenhamos
descoberto que alguém
está falando mal de nós
pelas nossas costas.

Se reagirmos
a essa informação
de que alguém está
falando mal de nós,
a esse fato negativo,
com uma sensação de
 mágoa ou raiva,
somos nós mesmos
que estamos destruindo
nossa paz de espírito.

Nossa dor é nossa
própria criação pessoal.

Por outro lado,
se nos contivermos
para não reagir de
modo negativo,
se deixarmos que
a calúnia se dissipe
como um vento
silencioso que passa
por trás da nossa cabeça,
estaremos nos protegendo
daquela sensação de mágoa,
daquela sensação
de agonia.

Logo,
embora nem sempre
sejamos capazes
de evitar situações
difíceis,
podemos modificar a
intensidade do nosso
sofrimento pela escolha
de como reagiremos
à situação.

Também costumamos aumentar
nossa dor e sofrimento sendo
excessivamente sensíveis,
reagindo com exagero a fatos
insignificantes
e às vezes levando as
coisas para um lado
muito pessoal.

TEXTO DE: Trecho do livro
A Arte da Felicidade
de Dalai Lama
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 14 de Abril de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 20 anos.

sábado, 11 de abril de 2015

O trem parado

O olhar parado sobre
o passado que não volta,
é como um trem abandonado
nos trilhos de uma
antiga ferrovia.

O tempo passa e
o trem
não se mexe,
não se mexendo,
vai enferrujando,
enferrujando vai
sendo comido,
devorado pelos dias
que avançam.

Depois de algum tempo,
o trem já não serve nem
para sucata.
Assim somos nós quando
paramos em algum lugar
do passado.
Esperando o amor
que não volta,
o filho que partiu,
o ente querido
que morreu,
o amigo que
correu.

Vamos sendo carcomidos
por dentro e por fora,
as oportunidades vão
passando e a
gente morrendo lentamente.

Deveríamos ser
obrigados a arrastar
nosso trem,
ainda que alguns metros
por dia.
Como a Lei que
proíbe deixar carros
velhos nas ruas.

Não deveríamos jamais
viver nosso luto por
tanto tempo.
Saudade sempre,
luto eterno nunca!

Acordar para
a vida é mais do
que se oferecer uma
nova chance.
É valorizar o que
nos foi dado de mais
precioso: a nossa
existência.

Não se iluda,
nada é de graça.
Até o ficar parado
nos será cobrado.
Acorde e mova
o seu trem,

ainda que esteja um
pouco enferrujado.

Nada como a brisa
do dia para despertar
novas motivações,
e algo sopra no ar e
vem com o tempo e me diz:
você tem tudo para
ser FELIZ!

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 12 de Abril de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 20 anos.

sexta-feira, 10 de abril de 2015

Acredite que Você Pode

Muitas vezes perdemos
oportunidades por
não acreditarmos que
podemos ir mais longe,
como quando as coisas
não saem de acordo
com o esperado,
ou quando seu tempo
foge entre suas mãos
e nada dá certo.
E agora, o que fazer?

Agora é o
momento de agir.
Desafie a si mesma
e faça do tempo
o seu aliado,
coloque para fora
as suas qualidades
e use suas habilidades,
assim você pode
fazer a diferença
nesse exato momento.

Acredite que você
pode ser mais,
se dar mais.
Creia no seu sucesso
e não crie obstáculos
em sua mente,
mas comece a agir!
Você tem talento,
só precisa exercitá-los.

Não deixe que o medo
de errar te detenha e te
faça parar no tempo,
mas seja corajosa,
acredite no seu
potencial.

A melhor
hora para tomar
atitudes,
para mudar as coisas
e fazer tudo dar certo
é quando tudo está
indo contra você,
pois o melhor impulso
para falta
de coragem é a ação.
Não fique sentada
se lamentando,
levante-se e faça
algo!

Use esse tempo
difícil a seu favor,
faça tudo novo e
acredite que você
pode sair dessa e
seguir em frente
para uma vida de
grandes conquistas.

Tudo passará a
dar certo,
quando você começar
a entender que o
que você determinar
você poderá alcançar,
basta acreditar
em si mesma.

Saiba que suas ações
no seu tempo
determinam o seu futuro,
 pois as melhores
conquistas acontecem
quando agimos com atitudes
corajosas em situações
desencorajantes.

O que você pode fazer,
nesse exato momento,
para chegar mais longe?

Acredite em você e
comece a agir,
já.

TEXTO DE: Márcia Paula
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 11 de Abril de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 20 anos.

quinta-feira, 9 de abril de 2015

Dê um salto na vida

Como seria se você
acordasse hoje
e percebesse que a
sua vida se transformou
exatamente naquilo
que você gostaria?

Pare e feche os olhos.
Se você pensa que
é besteira ou que não
tem tempo para isso,
você está desatualizado
sobre como o cérebro funciona.

Portanto,
pare por um minuto
e faça esta projeção.
95% dos seus
pensamentos são
repetitivos e criam
essa sua realidade
tão sólida e se você
sair do seu DRAMA
diário e incluir repetidamente
uma informação de QUERER
sem nenhum
ingrediente de ansiedade,
apenas uma projeção
do melhor,
as oportunidades
tem espaço para entrar
no seu caminho.

Empreendedor é aquele
que se volta para uma
opção não pensada e
começa a desvendá-la,
abandonando formas
antigas de fazer
as coisas.

Não importa
as justificativas de
porque você vem vivendo,
como vem vivendo,
saia do seu drama
JÁ e crie segundos
de alívio para o seu
cérebro pensando
em uma nova realidade,
o estímulo essencial
para que tudo comece
a se mover
para outra direção.

O seu cérebro é a sua
máquina realizadora.

TEXTO DE: Rosalia Schwark
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 10 de Abril de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 20 anos.

quarta-feira, 8 de abril de 2015

SEMPRE MELHOR

Para coisas novas,
novas ideias,
novos comportamentos,
novas atitudes,
enfim,
um novo modo de ser.
Como afirmou o mestre,
numa síntese perfeita,
"vinho novo é posto em vasilhas novas".

Quase todos nós,
porém,
queremos vinho novo,
mas ainda utilizando
vasilhas velhas.

Pretendemos
uma vida nova,
mas não abandonamos as
coisas velhas que estão
empoeiradas dentro
de nós.

Quantos almejam
uma vida mais feliz,
contudo,
vivem se contaminando
pelas recordações
tristes do passado,
que teimam em não
deixar para trás,
e com isso impedem
a felicidade de se
aproximar!

Querem que Jesus
lhes traga felicidade,
mas não escutam
o Mestre,
que tanto exaltou
o perdão como condição
para ser feliz.

O Amor é a nova
coleção da nossa vida.
Vamos nos vestir de coragem,
alegria,
bom ânimo, perdão,
confiança e perseverança.

E, somente assim,
com novas roupas,
a vida se renovará
para nós.

TEXTO DE: José Carlos De Lucca
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 09 de Abril de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 20

terça-feira, 7 de abril de 2015

Sempre Melhor

Não sinta
vergonha de suas
quedas e dificuldades.

Todos nós tropeçamos
nas pedras da vida.
Importa levantar
e seguir adiante,
porque somente
caminhando é que
conseguiremos
deixar para trás
os problemas,
aparentemente
insolúveis.

Muitas vezes,
apenas o
tempo conseguirá
solucionar pendências
que estão além de
nossas possibilidades
de agora.

O relógio
somente tem
serventia se os
ponteiros continuarem
avançando na
linha do tempo.

Por isso,
vale a pena
refletir no conselho
do poeta Cornélio Pires:
tolera com paciência
qualquer problema
ou pesar,
não adianta morrer,
adianta é se melhorar.

TEXTO DE: Livro: Sempre Melhor
- Minutos com Chico Xavier -
José Carlos De Lucca
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 08 de Abril de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 20 anos.

sábado, 4 de abril de 2015

UM NOVO AMANHECER

Não entre nessa nuvem negra
da poeira negativa..
Não entre nessa jornada
de lembranças tristes
Não se amargue com
pessoas que querem
te ver caindo.

Não tenha medo de sorrir
e acreditar que as
coisas mudam...
para melhor..
e que dias
melhores virão,
que o Sol nasce brindando
com seus raios dourados
todos os dias,
apagando todas as
sombras que o pessimismo
deixou do dia anterior
(passado).

Então faça como o
sol ao entardecer...
se esconda...
"brilhando"
para que ninguém
perceba sua felicidade
e celebre com a lua
e as estrelas no seu
silêncio,
e aos quatro cantos
da tua vida de vitória
que está por vir.

TEXTO DE: Sônia Solange da Silveira
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 07 de Abril de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 20 anos.

sexta-feira, 3 de abril de 2015

Sábado de Aleluia

Tempo de descoberta do
caminho para uma certa
caminhada com sabedoria
através da introspecção
e da revisão dos valores
que nos conduzem.

O Tempo da Quaresma,
é um tempo de nos
aconchegarmos em Deus.
Tempo de reflexão
propício a tomarmos
consciência do nosso
pecado,
da nossa ignorância,
da pouca coisa que
somos.

Tempo de penitência,
de participação,
interiormente aceite,
no sofrimento do
Messias Redentor.

Tempo de descoberta
da verdade sobre
nós mesmos e da
verdade da nossa
relação com Deus.

Mas também tempo
do perdão.
Como posso eu obter
o perdão a que aspiro,
que desejo fortemente
e de que necessito,
se não perdoo ao
meu irmão,
se não me perdoo
a mim mesmo?

Tempo de
aprofundamento
do amor.

Posso eu amar Cristo,
que não vejo,
se não amo o meu
 irmão que vejo?
*1 Jo 4,20*

É tempo para exame
de consciência.
tempo para no aconchego
de Deus,
mergulhar na zona
mais silenciosa e
menos acessível
do nosso ser,
no fundo mais fundo
do nosso coração,
lá onde ELE nos escuta,
lá onde ELE habita.

É tempo de oração
e de conversão,
de fazer o bem
que queremos
e não fazermos
o mal que não
queremos.

TEXTO DE: Chica Ilhéu
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 04 de Abril de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 20 anos.

quinta-feira, 2 de abril de 2015

PORQUE JESUS MORREU POR NÓS?

Verdadeiramente ele tomou
sobre si as nossas enfermidades,
e as nossas dores levou sobre si;
e nós reputávamos por aflito,
ferido de Deus,
e oprimido.

Mas ele foi ferido por causa
das nossas transgressões,
e moído por causa
das nossas iniquidades,
o castigo que nos traz a paz
estava sobre ele,
e pelas suas pisaduras
fomos sarados.

Todos nós andávamos
desgarrados
como ovelhas;
cada um se desviava pelo
seu caminho;
mas o SENHOR fez cair sobre
ele a iniquidade de nós todos.

Ele foi oprimido e afligido,
mas não abriu a sua boca;
como um cordeiro foi levado
 ao matadouro,
e como a ovelha muda perante os
seus tosquiadores.
Assim ele não abriu a sua boca.
(Isaías 53:4-7).

O sofrimento de Jesus culminou
com sua morte.
Ele, em obediência ao Pai,
tomou o cálice amargo da ira
de Deus até a última gota,
suportou a cruz até que nossa
redenção estivesse assegurada.

Os sacerdotes e os escribas
zombaram de Jesus,
dizendo que ele havia salvado
tantas pessoas,
mas não podia salvar a si próprio.

Por que deveria Jesus,
o Deus-homem,
permitir que sua vida terminasse
de forma tão trágica?

Trágica se olharmos para
o sacrifício de Jesus somente
 sob o ponto de vista humano,
mas não.

Na verdade o plano de Deus
para o homem foi além da
compreensão de muitos,
mesmo para os que acompanharam
Cristo em sua trajetória.

Esse plano levou Jesus a crucificação,
cumprindo o propósito de
Deus para nos salvar.

Hoje todos podem se aproximar
de Deus Pai,
para isso é necessário reconhecer
a Jesus como Senhor e Salvador e,
desta forma, dar graças
e louvor a Ele que morreu
na cruz para nos redimir
dos nossos pecados,
com isso desfrutaremos das
bênçãos da salvação.

TEXTO DE: Paulo César Siqueira
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro "Momento de Reflexão"
no dia 03 de Abril de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 20 anos.

quarta-feira, 1 de abril de 2015

Escapismo...

A vida precisa ser
entendida como
uma oportunidade para
tornar-se mais consciente,
mais cristalizado,
mais centrado e enraizado.

Se você foge,
é como se uma semente
fugisse do solo e se
escondesse em uma
caverna segura,
onde não há solo,
apenas pedras.

A semente esta segura.
No solo,
a semente precisa morrer,
 desaparecer.
Quando a semente
desaparece,
a planta brota.
É então que
os perigos começam.

Para a semente não
havia perigo:
nenhum animal
a teria comido,
nenhuma criança
teria partido.

Agora há uma bela
haste verdejante,
e todo mundo parece
estar contra ela:
o vento vem e tenta
desenraizá-la,
as nuvens e os
trovoes surgem,
e a pequena semente
tem que lutar sozinha
contra todos.

Há crianças,
animais e jardineiros,
portanto milhões de problemas
a serem enfrentados.

A semente estava
vivendo confortavelmente,
em paz:
nenhum vento,
nenhum solo,
nenhum animal.

Essas coisas não
eram problemas.
Estava completamente
fechada em si mesma:
a semente estava protegida,
segura.

Se você for morar em uma
caverna no Himalaia,
você irá se tornar
a semente.
Não florescerá.

Os ventos não estão
contra você:
eles lhe dão uma
oportunidade,
apresentam um desafio,
permitem que você
aprofunde suas raízes.

Dizem a
você que defenda
o seu terreno e
brigue por ele.
Isso tornará você
mais forte.

TEXTO DE: Osho
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 02 de Abril de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 20 anos.