sábado, 30 de novembro de 2013

E DEZEMBRO RÁPIDO CHEGOU

O tempo correu veloz. 
Dezembro chegou. 
É um mês muito especial.

Como o último mês do ano 
as pessoas o recebem 
com uma sensação 
de saudade e alegria; 
saudade de momentos vividos 
no passado e alegria 
pela ânsia de viver instantes 
de felicidade que se 
aproximam.

É um mês em que fazemos 
um balanço econômico, 
financeiro e espiritual 
de nossa vida.
O que fiz de bom neste ano? 
O que deixei de fazer? 
Quais os atos errados que pratiquei, 
prejudicando a alguém ou a 
muitas pessoas? 
Meus lucros foram honestos? 
Cometi pecados conscientes?

É a atualização do 
comportamento de cada um, 
buscando dentro da lógica 
um sentido de vida, 
a busca da felicidade.
Dezembro – mês para reflexões.
Cada ser humano nasceu para viver. 
A vida é um dom de Deus. 
O homem é que joga fora 
esse presente.

Viver é caminhar para frente, 
é progredir, 
é buscar objetivos.
Viver é ser útil, 
enfim, 
é ser feliz.
Todos têm, 
como objetivo supremo, 
a conquista da felicidade. 
O que seja essa felicidade, 
como conseguí-la, 
varia de pessoa para pessoa.

No entanto, 
de uma forma ou de 
outra todos querem 
ser felizes.
Mas, 
como explicar que 
exista tanta gente infeliz 
no mundo?
Múltiplos motivos, 
desde a falta de temor a 
Deus até o esquecimento de 
que a vida é uma passagem, 
cometendo atitudes que c
omprometem a vida em sua 
normalidade.

Viver é lutar.
Espero que no balanço 
de sua vida neste final 
de ano você, 
caro leitor, 
conte um saldo bem 
positivo sob todos os 
aspectos.
Nada de tristeza, 
por favor.

“De todos os males, 
nenhum é mais pernicioso 
que o desgosto”, 
dizia Plutarco.
A felicidade é um 
estado de espírito, 
um estado da mente. 
Devemos busca-la dentro 
de nós e não fora.

Depende do que somos 
e não do que temos.
Balanço de vida, 
mais um ano que termina. 
Muita gente esquece que 
a vida está passando 
e se perde no caminho por 
atalhos complicados.
Já disse alguém: 
“A vida é mais importante 
que os meios de conquista-la”, 
e há muita gente que pensa 
estar ganhando a 
vida ganhando a morte.

É verdade. 
Muita gente não sabe 
que é melhor ser do que ter. 
Há os que têm e os que são.
A vida vai caminhando 
e agente com ela.
Dezembro chegou 
trazendo o Natal e 
o Ano Novo.

O tempo passou. 
Há tempo pela frente. 
Viva o presente. 
Deixe de lado a solidão. 
“Nem um homem é uma ilha” 
não se encolha dentro 
do seu casco como as tartarugas.

Viva assim os dias de dezembro 
com alegria no coração e 
seja sempre feliz.

TEXTO DE: Dr. Milton Hênio
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 01 de Dezembro de 2.013.

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

A POLÍTICA DA FELICIDADE

Uma das origens do 
conflito com 
relação à felicidade é o 
ambiente social e político.

Como podemos ser felizes 
com tantas guerras, 
fome, pessoas desabrigadas, 
miséria, doenças, 
injustiça, ignorância, 
crueldade e sofrimento 
no mundo?

Como podemos ficar 
atentos ao que acontece, 
interessados em conseguir 
fazer mudanças 
positivas e ser felizes ao 
mesmo tempo?

É fácil se 
sentir desestimulado 
ou deprimido 
diante de todos os 
problemas do mundo.

Mas o desestímulo 
e a depressão nunca 
provocaram nenhuma 
mudança positiva.

A provocação, a raiva, 
o medo e a tristeza fazem 
com que nos sintamos justos, 
conscientes, 
preocupados e bem informados, 
mas tais sentimentos 
em nada contribuem para 
diminuir ou sanar 
os problemas.

Tomar qualquer atitude 
a partir de um 
ponto de vista negativo 
é autodestrutivo e improdutivo.

Porém, 
a atitude positiva que 
surge dos bons 
pensamentos pode gerar 
uma grande mudança.

Se optarmos pela 
verdadeira felicidade interior 
poderemos espalhar 
essa energia positiva 
pelo mundo todo.

Acho que as pessoas 
mais felizes do mundo são 
aquelas que estão 
realmente dando uma 
contribuição positiva 
para a humanidade.

A Madre Teresa de Calcutá, 
por acaso se sentia desanimada, 
achando que o trabalho 
que fazia junto aos pobres era 
só UMA GOTA no 
enorme mar de sofrimento 
humano?

Se tivesse optado 
por esse ponto 
de vista negativo, 
ela não teria conseguido 
levantar todas as manhãs 
e realizar o maravilhoso 
trabalho que fez.

Sem um enorme e profundo 
sentimento de fé, 
esperança e paz,
 que são os elementos 
básicos da verdadeira felicidade.

Como ela poderia dar tanto 
amor às pessoas?

A nossa infelicidade 
não ajuda ninguém 
e nem transforma o mundo 
num lugar melhor.

TEXTO DE: Veronica Ray
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 30 de Novembro de 2.013.

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Lutar

Na complexidade
de nossa existência temos
dias fastidiosos,
frente os quais nossas
forças parecem ceder.

Estas decaídas nos fazem
lembrar que a batalha
principal a vencer é a do
nosso interior,
para a qual buscaremos
força na mente
e na sabedoria infinita.

Não podemos nos deixar
levar pela insatisfação como
muitos fazem,
eles suportam seus dias,
limitando suas tarefas,
para obtenção do mínimo,
que precisam
para ir levando a vida.

Para o nosso êxito,
temos de enfrentar a vida
com o firme propósito
de vencer.
Todo o poder possível aos outros,
é possível a nós também.
Admiramos , muitas vezes,
a superioridade das
outras pessoas sem perceber
que ela também
pode ser adquirida por nós.

Basta acreditarmos na nossa
capacidade de realização.
Temos de aprender a lutar
contra as dificuldades,
com muita confiança,
não nos deixamos vencer
pela apatia.

Não estou querendo
passar aqui a ideia de um
mundo só de maravilhas.
Todos nós sabemos da
realidade que nos cerca,
mas é a partir
deste conhecimento que
ganhamos vigor para combater,
é nas adversidades
que encontramos forças para reagir.
“ Todos os grandes homens
tiveram que
passar pela aprendizagem
das dificuldades,
ou seja,
sem luta não pode
haver vitória”.

TEXTO DE: Procura-se
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 29 de Novembro de 2.013.

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Objetivo

Quando tempos uma 
aspiração tudo se organiza 
em torno dela, 
pois é um desejo veemente 
que torna o pensamento supremo, 
isto é, 
um asneio intenso 
e constante de atingir o fim, 
ao qual nos propomos.

Um ideal passa a ser 
com um farol 
a iluminar uma estrada 
que por certo nos levará 
ao lugar desejado.

Os nossos simples 
conhecimentos e a imagem 
que formamos sobre o mundo 
em que vivemos, 
não impedem, todavia, 
de construiremos um ideal.

Encontraremos a felicidade 
no momento desta realização. 
Partindo para esta viagem, 
onde se resume a satisfação da vida, 
usaremos toda a nossa 
força mental para alcançar 
o objetivo por nós traçado, 
agindo deliberadamente e com esperança, 
na busca de tudo que idealizamos.
Procure fazer de seus 
sonhos um ideal com a finalidade 
de avançar no caminho 
da realização.

A pessoa que forma 
dentro de si esta capacidade 
de lutar pelos seus ideais, 
com certeza vai passar 
este exemplo, 
tanto para a família como 
para a sociedade.

Isto vai torná-la útil, 
importante fazendo um 
bem incrível para si mesmo.

“Uma pessoa sem objetivo 
é um ser sem esperança, 
isto é,
 caminhando indecisa 
tal qual uma folha 
seca levada ao sabor 
dos ventos.

Ela não vive, 
ela se deixa viver”.

TEXTO DE: Procura-se
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 28 de Novembro de 2.013.

terça-feira, 26 de novembro de 2013

Coragem para Mudar

Muitos dos conflitos
que afligem o ser
humano decorrem dos
padrões de comportamento
que ele próprio adota em sua
jornada terrestre.

É comum que se
copiem modelos do mundo,
que entusiasmam por pouco tempo,
sem que se analisem
as conseqüências que esses
modos comportamentais
podem acarretar.

Não se tem dado a devida
importância ao
crescimento e ao progresso
individual dos seres.

Alguns crêem que
os próprios
equívocos são menores
do que os erros dos outros.

Outros supõem que,
embora o tempo passe
para todos,
não passará do mesmo
modo para eles.

Iludem-se no sentido
de que a severidade das leis
da consciência atingirá
somente os outros.

Embriagados pelo
orgulho e pelo
egoísmo deixam-se levar
pelos desvarios da multidão
sem refletir a respeito do
que é necessário realmente
buscar-se.

É chegado o momento
em que nós,
 espíritos em estágio de
progresso na Terra,
devemos procurar superar,
de forma verdadeira,
o disfarçado egoísmo,
em busca da inadiável
renovação.

Provocados pela
perversidade que campeia,
ajamos em silêncio,
por meio da oração que nos
resguarda a tranqüilidade.

Gastemos nossas energias
excedentes na atividade
fraternal e voltada à
verdadeira caridade.

Cultivemos a paciência
e aguardemos a benção do tempo
que tudo vence.

Prossigamos no
compromisso abraçado,
sem desânimo,
sem vãs ilusões,
confiando sempre no
valor do Bem.

É muito fácil desistir do
esforço nobre,
comprazer-se por um momento,
tornar-se igual aos demais,
nas suas manifestações
inferiores.

Todavia,
os estímulos e gozos de hoje,
no campo das
paixões desgovernadas,
caracterizam-se pelo sabor
dos temperos que se convertem
em ácido e fel,
passados os primeiros
momentos.

Aprendamos a controlar
nossas más inclinações
e lograremos vencer se
perseverarmos no bom combate.

Convertamos sombras
em luz.

Modifiquemos hábitos danosos,
em qualquer área da existência,
começando por aqueles que
pareçam mais fáceis de serem
derrotados.

Sempre que
surgir a oportunidade,
façamos o bem,
por mais insignificante que
nosso ato possa parecer.

Geremos o momento
útil e aproveitemo-lo.

Não nos cabe aguardar
pelas realizações grandiosas,
e tampouco podemos esperar
glorificação pelos nossos acertos.

O maior reconhecimento
que se pode ter por fazer
o que é certo é a consciência
tranqüila.

Toda ascensão exige esforço,
adaptação e sacrifício,
enquanto toda queda resulta
em prejuízo,
desencanto e recomeço.

Trabalhemos nossa
própria intimidade,
vencendo limites
e obstáculos impostos,
muitas vezes,
por nó mesmos.

Valorizemos nossas conquistas,
sem nos deixarmos embevecer
e iludir por essas vitórias.

Há muitas paisagens,
ainda,
a percorrer e muitos
caminhos a trilhar.

Somente a reforma
íntima nos concederá
a paz e a felicidade
que almejamos.

A mudança para melhor
é urgente,
mas compete a cada
um de nós,
corajosa e individualmente,
decidir a partir de quando
e como ela se dará.

TEXTO DE: Joanna de Ângelis
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 27 de Novembro de 2.013.

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

A vida feliz

As pessoas de menores 
recursos financeiros tem 
uma qualidade que às vezes, 
aquele o qual 
tem posses desconhece, 
que é o contentamento.

Muitas vezes os homens 
se enfraquecem, 
perseguindo a riqueza, 
e essa idéia acaba prejudicando 
ou manchando muitas carreiras.

Possuir cada vez mais, 
eis o desespero da nossa época. 
Através desta busca intensa, 
as pessoas chegam, 
muitas vezes a fama, 
surpreendidas ao concluir 
que o dinheiro 
não é tudo na vida.

É verdade, 
pois quantos mitos 
foram vencidos pela overdose, 
perdendo suas vidas 
por não se sentirem felizes, 
nem realizados.

A vida feliz pode ser 
uma contradição para muitos, 
mas ela não está 
relacionada as ambições e 
as posses de bens.

O dinheiro faz falta para os 
cuidados da vida material, 
com ele buscamos o 
nosso sustento e se possível 
um grande benefício, 
que é a nossa independência.

Não quero dizer com 
isso que não existem 
ricos felizes. 
Existe sim, 
aqueles que souberam 
direcionar suas vidas, 
não perdendo a simplicidade.

Se o dinheiro vier ao 
nosso encontro com abundância, 
vamos com inteligência reparti-lo, 
ajudando aos que mais necessitam.

“Só a sabedoria pode dar 
aos homens uma resposta 
de paz”.

TEXTO DE: Procura-se autor
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 26 de Novembro de 2.013.

sábado, 23 de novembro de 2013

Quando tudo faltar

Não use o tempo 
que é tão raro para 
reclamar do vazio,
ou das injustiças que você 
acredita estar sofrendo.

Antes, 
ocupe-se com o Bem Maior, 
e renove a 
determinação no amor.

O Amor, 
aquele que ultrapassa 
as mesquinharias da posse,
é a maior arma que 
podemos usar para ultrapassar 
qualquer crise.

Nada resiste o amor, 
nem mesmo a falta dele.
Quanto mais você insiste em amar, 
em fazer o bem acontecer,
mais o amor vai se 
enraizando na sua vida,
e assim, 
desaparecem os medos, 
os melindres,
a insegurança e a incerteza.

O amor é um caminho reto, n
em sempre florido,
por vezes com alguns espinhos,
mas sempre perfumado, 
como as rosas 
que insistem em florir,
mesmo quando esquecemos 
de adubar o chão.
O amor é assim,
 força divina 
que enraizada no coração,
abre trincheiras 
em meio as 
guerras provocando 
a paz.

É Deus que se 
manifesta com emoção,
mesmo quando tudo 
o que nos resta é pouca ou 
nenhuma de razão.

Se tudo faltar, 
ainda assim, 
encha-se de amor,
essa é a sua melhor opção, 
presente de 
incalculável valor.

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 24 de Novembro de 2.013.

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Criando a própria vida

Criamos continuamente 
possibilidades em 
torno de nós, 
mas nos surpreendemos 
quando elas acontecem.

Vigie bem suas idéias 
e observe como 
elas criam sua vida.

Se alguém 
pensa que é um fracasso, 
que não vai fazer nada 
na vida...

Realmente, 
essa pessoa não irá 
fazer nada porque sua 
idéia está criando 
essa realidade!

Quanto mais ela 
achar que não, 
Cria-se um círculo vicioso! 
Quem pensa 
que vai ter sucesso,
 é bem-sucedido.

Experimente 
e você ficará admirado; 
algumas vezes, 
nem vai acreditar.

Se um homem pensa 
que jamais 
encontrará um amigo, 
ele não encontrará.

Ergueu em torno 
de si a muralha 
da China.

Não está 
disponível e pronto! 
Ele precisa provar que 
sua idéia está certa e... 
Mesmo que 
alguém se aproxime 
com grande cordialidade, 
será rejeitado porque ele 
precisa provar sua idéia; 
está muito comprometido 
com ela! 
E pouco a pouco todos 
se tornarão seus inimigos.

Por isso, 
observe bem o que 
pensa e o que deseja... 
Observe a sua mente. 
Você está constantemente 
criando o que vai colher 
da sua vida...

Quer chova ou faça sol. 
Se é assim, 
melhor que faça sol, 
não é mesmo?

TEXTO DE: Retirado do livro: 
Vá com Calma, de Osho
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 23 de Novembro de 2.013.

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Viva a Vida!

A vida nos foi dada gratuitamente,
cabe a nós a decisão de como queremos vivê-la.
O poder de reação está dentro de cada um de nós.
Da mesma forma que despencamos
para o fundo de um poço
temos que ser suficientemente fortes
para sairmos dele.
Os amigos, nessas horas,
nos amparam e nos mostram a saída
mas o resto do caminho a percorrer
depende de nós.

Para ser feliz não existe poção mágica.
É preciso somente que se tenha a alma limpa
e desprovida de mágoas e rancores.
Quanto mais tempo ficarmos remoendo as dores
mais tempo levaremos para cicatrizar as feridas.
Não há mal que dure para sempre.
Por maior que um problema possa parecer
jamais poderá ser
maior que a nossa vontade de viver.
Estamos aqui de passagem.
Nada trouxemos e nada levaremos.
Cada um é livre
para cumprir a sua missão
da maneira que desejar.

Nada colheremos além do que plantarmos.
Quem nunca passou por um momento difícil na vida?
Somente nessas horas podemos medir
o tamanho da nossa força interior.
Viver é enfrentar os obstáculos de frente.
Fugir ou adiar será apenas prorrogar o sofrimento.
Sempre teremos almas iluminadas
nos estendendo a mão
mas, para que isso aconteça,
precisamos deixar aberto o nosso coração.
A Felicidade está sempre batendo a nossa porta,
basta abri-la e convidá-la a entrar.

E Viva a Vida!

TEXTO DE: Ana Amélia Donádio
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 22 de Novembro de 2.013.

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Felicidade

O que precisamos 
ter é a compreensão de 
que as coisas na 
nossa vida são 
dinâmicas e fluídas.

Quando o ser humano 
está feliz bloqueia a felicidade, 
pois deseja a eternidade 
para esse momento. 
Torna-se rígido, 
com medo de 
que o prazer acabe.

Quando está infeliz, 
julga que o sofrimento 
não terá fim, 
mergulha na sobra, 
e assim amplia sua dor.

Como as ondas do mar,
 a vida é dinâmica, 
é tão certa a 
subida quanto a descida.

Cada momento tem 
a sua beleza. 
No prazer nós nos 
expandimos e na dor 
contraímos.

Um movimento constitui 
a base da felicidade. 
Você não pode ser 
feliz somente quando 
tem prazer, 
pois perderá o maior 
aprendizado da existência.

Você deve descobrir um 
jeito de ser feliz 
na experiência dolorida, 
porque ela 
carrega a oportunidade 
de desenvolvimento.

Não desfrute somente o sol, 
aprecie também a lua. 
Não desfrute 
somente a calmaria, 
aproveite a tempestade. 
Tudo isso enriquece 
a existência.

A vida não acontece somente 
dentro de uma casa, 
de uma cidade, 
de um País,
 ela tem de ser experimentada 
dentro do Universo.

A felicidade é um jeito de viver, 
é uma conduta,
 é uma maneira de estar 
agradecido ao sol, 
a lua, 
a quem lhe estenda 
a mão e também a quem 
o abandona, 
pois certamente nesse 
abandono está 
a possibilidade de você 
descobrir a força que 
existe em seu interior.

A felicidade não é o 
que as pessoas tem, 
mas o que elas fazem 
com isso.

Por esse motivo há 
pessoas que, 
apesar de ter bens materiais, 
de ser bem relacionadas, 
com filhos saudáveis, 
ainda se sentem 
angustiadas e deprimidas.

TEXTO DE: Roberto Shinyashiki 
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 21 de Novembro de 2.013.

terça-feira, 19 de novembro de 2013

Persistência é tudo

Muita gente acha
que é difícil começar uma
caminhada.
Pessoalmente penso
diferente.

Para mim,
mas difícil que iniciar
é continuar...

De começos o mundo está cheio:
os que começam um casamento,
os que começam a abandonar um vício,
os que iniciam o aprendizado de
uma língua e por ai vai.

Ir em frente é mais complicado.
Exige persistência e muita
força de vontade.

Requer que nós olhemos
para trás com
sentimento de satisfação
pela experiência adquirida
e não com remorso
ou sensação de arrependimento.

Que nós tenhamos sonhos,
mas que não vivamos de sonhos.
Que choremos,
mas não deixemos as lágrimas
turvarem nossa visão.

Que escutemos os outros,
mas que não desistamos
de fazer o que julguemos certo,
por causa deles.

Tudo isso de tão simples
parece coisa de criança.
E é mesmo!

Antes de aprendermos
a andar precisamos:
cair muitas vezes,
nos machucar,
chorar,
ser motivo de riso,
e nem por isso tudo
desistimos ou deixamos
de levantar.

Nisso temos muito que
aprender com as crianças.
Elas "sabem"
que antes de dar
os primeiros passos,
é preciso ficar de pé,
e antes disso é preciso
engatinhar.

Que precisamos
das pessoas para
servir de apoio,
mas,
que elas não são
bengalas e nós não
somos aleijados.

Se todas as pessoas
soubessem disso teríamos
bem menos fracassados
no mundo.

Gente que poderia
atingir grandes coisas,
mas que desiste no
meio do caminho.

Diante disso só temos
a agradecer a predisposição
para certos aprendizados
na infância.

Se fosse o contrário,
muita gente hoje estaria
numa cadeira de rodas.

TEXTO DE: Marcos Lima e Ronaldo Oliveira
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 20 de Novembro de 2.013.

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

ACREDITE EM VOCÊ

O que realmente 
importa é o que você 
vai fazer agora. 
O que você escolhe agora. 
Você pode manter o foco 
nas coisas ruins que 
já lhe aconteceram ou 
mudar o foco.

Quando as pessoas 
mantêm o foco no que 
elas querem, 
o que elas não querem 
perde a força, 
o que você quer se expande 
e o que você não quer 
desaparece.

Você é o criador da sua 
própria experiência.
Você gerencia seus próprios 
pensamentos que criam 
a sua realidade. 
Você pode começar 
onde você está.

Você pode começar 
a pensar e gerar 
dentro de si mesmo um 
sentimento de harmonia, 
de felicidade e a 
resposta virá como 
você espera.

A partir de agora você 
passará a acreditar 
em outras coisas.

Acredite que há mais 
do que o suficiente 
para todos no universo.

Acredite que tudo dá 
certo para você 
e até mesmo que você 
rejuvenesce.

E você pode se libertar 
de padrões hereditários, 
códigos culturais, 
crenças sociais e provar 
que o poder dentro de você 
é maior que o poder que 
está no mundo.

Há algum limite para isso? 
Absolutamente não.

Nós somos seres ilimitados. 
Nós não temos limites. 
As capacidades, 
os talentos, 
os dons e o poder que 
está dentro de cada indivíduo 
nesse planeta é ilimitado.

Você viverá em uma 
realidade diferente, 
e as pessoas olharão 
para você e dirão: 
“O que você faz de diferente de mim?”

A única coisa que é diferente 
é que você tem a certeza 
do sucesso!

TEXTO DE: Edgar Andrade
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 19 de Novembro de 2.013.

sábado, 16 de novembro de 2013

A Alma quer viver!

O espírito entristecido 
não se contenta com 
nada material.

O dinheiro pode 
até trazer um alento, 
uma preocupação a menos,
mas não consegue contentar 
a alma.

Os bens podem até 
fazer com que você sinta 
conforto ou prazer,
mas não conseguem 
acomodar a alma aflita, 
nem preencher.

O sucesso pode 
te tornar super conhecido, 
badalado, cortejado,
mas nem sempre 
verdadeiramente amado.

Por isso dizemos 
que estamos com o 
"espírito da tristeza",
quando nada nos alegra 
ou contenta.

Fingimos um sorriso, 
mostramos a cara alegre, 
mas não convencemos.
O Espírito precisa de 
coisas do Espírito.

Por isso a oração, 
a meditação e o tempo 
de silêncio,
são tão importantes para 
o espírito se libertar.

Nesse momento em 
que você silencia 
os pensamentos,
abandona os desejos 
da carne, 
os sonhos inúteis de 
conquistas,
e se concentra em você, 
há uma libertação 
da alma.

Que mostra, 
como se fosse um Raio-X, 
tudo o que lhe aflige.

Assim, 
você pode parar 
de buscar o Vazio das 
coisas perecíveis,
e se preencher das maravilhas 
do que nunca acaba, 
do que é eterno.

O amor por exemplo, 
é uma dessas maravilhas.
A caridade, a bondade, 
a gentileza, a perseverança, 
fazem parte 
desse círculo amoroso.

Ouça a sua alma!
Pare de correr atrás das 
borboletas do desejo,
e abra o seu coração para 
recebê-las em cortejo.
Deixe o amor te visitar, 
deixe a alma sonhar.

Acredite na certeza
 de que a vida é um 
presente,
e a alma anseia por viver.
Por que você é a porta, 
a vida o caminho,
e a alma, 
a própria estrada.

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 17 de Novembro de 2.013.

sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Vida

Há momentos em 
nossas vidas em que nuvens 
escuras parecem nos envolver.

Sentimo-nos perdidos e 
não conseguimos encontrar 
a saída para nossos 
problemas e dificuldades.

Sentimo-nos 
sós e desamparados, 
sem ninguém que nos 
compreenda e olhe por nós.

Saibamos especialmente 
nessas horas, 
que “Deus” nunca nos 
abandona.

Por mais difícil 
sejam nossos problemas, 
por mais penoso sejam 
os momentos 
pelos quais passamos, 
acredite-nos que nada nos 
acontece por acaso. 
“Deus” em sua infinita bondade, 
nos cerca com seu 
amor e carinho.

Muitas vezes porém, 
esse carinho nos chega 
em forma de correção. 
Como um pai corrige 
e orienta ao filho que ama, 
nosso Pai maior permite a 
dor em nossas vidas, 
para nos auxiliar e crescer e 
compreender sua vontade, 
suas leis eterna, 
para que aprenda-mos 
a fazer melhores escolhas.

O processo de aprendizagem, 
frequentemente é doloroso 
porque insistimos em nos 
apegar ao orgulho e ao egoísmo, 
resistindo as lições que 
precisamos aprender.

Tudo na vida passa, 
dor, alegria, tudo passa; 
mas a paz, 
a força e a serenidade 
que a fé em “Jesus” 
despertam em nossos corações, 
nos acompanharão para sempre.

TEXTO DE: Sandra Carneiro
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 16 de Novembro de 2.013.

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Vida breve

Essa nossa vida 
é tão curta. 
O tempo em que 
ficamos neste mundo 
é tão breve.

Existem tantas coisas boas, 
úteis, concretas e que, 
principalmente, 
estão ao nosso alcance e 
as deixamos de lado. 
Não lhes damos 
a atenção necessária.

Talvez por não 
acreditarmos que os 
momentos e os detalhes 
são únicos.

Ou talvez por 
esquecermos que as 
oportunidades podem 
ser descartadas, 
mas dificilmente 
repetidas.

Vivemos nos queixando 
pelas grandes 
obras que não podemos 
realizar e deixamos 
de lado aquelas pequenas 
que nos são possíveis.

Vivemos desejando asas, 
enquanto nossos pés 
nos convidam à pisar 
firmes no chão.

Acreditamos 
que a nossa felicidade 
está naquilo que desejamos 
e deixamos de amar o 
que possuímos.

Nossa vida é breve 
e temos muita coisa 
útil à realizar.

De modo algum 
justifica-se nossa busca 
por satisfações efêmeras, 
enquanto nossa realização 
está justamente naquilo 
que já é nosso.

Devemos nos lembrar 
que passaremos por 
este caminho, 
este mundo, 
uma só vez.

Precisamos, portanto, 
aproveitar esta 
oportunidade única, 
breve.

TEXTO DE: Procura-se
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 15 de Novembro de 2.013.

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Cor da Sua Vida

A vida é um acontecimento 
que merece ser comemorado. 
A cada dia,
 a cada instante, 
ela se renova generosa 
nos pequenos espaços.

A vida é miúda, 
feita de pequenas partes. 

Viver é construir um mosaico, 
parte por parte, 
dia após dia. 
A beleza de um momento 
unida à tristeza 
de outras horas passa a 
ocupar o mesmo espaço 
no quadro.

As cores se misturam 
e se arquitetam em busca 
da harmonia tão desejada.

Há dias em que as cores são frias... 
a vida pede calma, silêncio, pausas...
Há dias em que as cores são quentes... 
a vida rompe com toda forma de calma...

Não suportaríamos permanecer 
em um só lado dessas 
possibilidades. 
O que nos torna felizes é 
justamente a dinâmica que 
nos envolve com suas 
eternas variações.

A vida é semelhante 
à trama dos teares. 
Fios se entrelaçam para 
construirem juntos o 
mesmo tecido. 
A diferença das cores é 
que garante a beleza 
final do tecido...

Hoje eu não sei qual é a 
cor da sua vida. 
A minha é marinho. 
Não é alegre, 
nem triste. 
Espero pelo dia em que 
será vermelho. 
Espero que seja breve. 
O marinho, 
lado a lado com o vermelho 
torna-se capaz de expressar 
uma profundidade que 
sozinho ele não é capaz 
de demonstrar.

Ninguém pode saber o 
que é a felicidade, 
se ainda não tiver passado 
pela decepção.

Só pode saborear 
bem a vitória aquele 
que já sentiu o 
amargo da derrota.
O avesso é repleto de 
ensinamentos, 
a vida também..."

TEXTO DE: Pe. Fábio de Melo
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 14 de Novembro de 2.013.

terça-feira, 12 de novembro de 2013

Ser mais Você

O desejo pede sempre uma 
atenção especial.
Imagine você realizando aquele 
velho sonho sem prestar atenção?
Comer abacaxi e sentir 
gosto de limão.
Beijar uma boca ardente como 
se estivesse com dor de dente.
Não dá!
O desejo pede atenção...

E sabe que muita gente anda 
por ai desligada de tudo?
Perdida em seu mundinho de 
reclamações inúteis.
E quando você pergunta: 
como vai?
Lá vem a resposta: 
problemas e mais problemas.
Parece que a vida da pessoa é 
um novelão mexicano.
E você fica pensando: 
- pra que que eu fui perguntar...

Mas, não se preocupe, 
a vida pode e deve seguir.
A não ser que a pessoa que vive 
reclamando de tudo seja você!
É porque alguém tem que 
ser essa pessoa não é?
Se for você, 
eu lhe conselho a parar.
Olhar um pouco para a 
realidade de outras pessoas.
Deixe de lado o próprio umbigo r
epare na dor dos outros.
para notar que tudo está 
no seu devido lugar.
Ainda que agora não esteja.

Talvez você esteja sem andar 
travado na cadeira de rodas,
sem um braço ou faltando uma perna.
Quem sabe uma doença paralisante,
daquelas que não permitem andar, 
falar, se mexer...
Talvez você perdeu a visão e 
não pode mais enxergar.
Acredite, 
tem gente que não tem nada 
disso e só sabe reclamar!

Gente que perdeu a 
confiança em si mesma.
Deixou de lado a vontade de 
lutar para apenas reclamar.
E reclamam tanto que se acostumam 
com a ausência da alegria.
Por isso, 
reclamação é tormento 
noite e dia.

É falta de respeito e atenção 
com o próprio ser.
É tempo de fazer alguma coisa, 
de deixar o querer,
para simplesmente ser!

Confie nas suas possibilidades.
Trave a língua solta que 
insiste em reclamar.
Deixe o amor próprio falar mais alto. 
Deixe de ser vítima e volte a ser capaz.
A vida te espera todos os 
dias com amor e paz.
E ainda que tudo lhe falte, 
não perca a força de amar.
Pois sempre é possível, 
recomeçar.

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 13 de Novembro de 2.013.

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Virando a página

Virar a página significa 
mudar de atitude 
com a convicção de um 
bom pensamento.

Tudo começa com 
a certeza de que você 
fez o melhor pela situação.

Seja pelo romance que 
não deu certo, 
pelo emprego que perdeu, 
pela briga familiar.

Em todos os casos, 
era o que você poderia 
oferecer naquele momento.

Hoje é claro, 
você sabe muito mais da vida, 
porque quem erra leva lições,
quem sofre, 
aprende nas entrelinhas 
da dor dicas preciosas.

Vire a página para viver 
novas experiências com a 
certeza de que o passado
ficou na esquina 
do tempo observando 
o seu futuro.

Esse mesmo futuro que 
você pode construir agora 
com novas cores.
Um novo amor, 
um novo emprego, 
uma nova amizade, 
uma família dos sonhos.

Tudo é permitido quando 
você se permite acordar 
do pesadelo e caminhar.

O caminho é esse, 
mas pode ter vários atalhos, 
várias avenidas.
Escolha uma delas, 
sem medo de errar. 
Recomece!

Virar a página é dizer 
com todas as letras 
para você:
- Eu me amo e mereço ser feliz!
Vire a página agora...

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 12 de Novembro de 2.013.

sábado, 9 de novembro de 2013

Reclamação vazia dá azia...

Tem gente que 
viveu tanto tempo 
só reclamando da vida,
que não consegue sair desse 
círculo vicioso 
que a reclamação traz.

Primeiro, 
a reclamação é "prima-irmã" 
da frustração,
e quem reclama vive uma frustração, 
seja por não ter algo,
ou por não saber o que 
quer na verdade.

Pode ver que quem reclama, 
reclama quase sempre das 
mesmas coisas.
Pode melhorar o dia, 
e ela vai reclamar do sol, 
da chuva, do vento...
A reclamação é parente 
direta da desilusão.

A desilusão é aquela vontade 
frustrada de alguém
que esperava algo de 
outro alguém...
E esperar coisas que 
sonhamos de outras pessoas, 
é dureza!

Por isso, 
policie-se!
Se você anda 
reclamando demais das 
coisas ou das pessoas,
pode reparar que 
o problema não está nem 
nas coisas e nem nas 
pessoas.
Está em você!

Pode procurar 
que você vai achar, 
sonhos frustrados,
desejos mal resolvidos 
e principalmente:
criação de expectativas 
em cima de outras pessoas.
Confie em você, 
na sua capacidade de ser, 
fazer e criar.

Espere em Deus, 
não nos outros.
Assim, 
reclamar será verbo do
passado que você vai 
deixar de conjugar.

Seja feliz! 
Motivos não faltam.

Eu acredito em você

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 10 de Novembro de 2.013.

sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Passageiros

“Todos estamos de visita 
neste momento e lugar. 
Só estamos de passagem. 
Viemos observar, 
aprender, crescer, 
amar e voltar para casa.”
- Dito aborígene australiano -

Somos visitantes 
na nossa própria casa,
estranhos que adquirem 
familiaridade.
Peregrinos em busca do saber,
famintos pelo conhecer,
sedentos pela informação 
que venha nos preencher.

Muitos se perdem no 
acúmulo de poder,
esquecendo que nada podem, 
além do mandar em um 
pequeno grupo.

Muitos se entregam ao 
luxo desmedido,
e não são saciados, 
tudo fica sem sentido.

Há os que desejam 
alguém a vida inteira,
e não conseguem 
ser felizes consigo mesmas,
não se amam, 
e transferem o amor 
que deveriam sentir,
vão se matando lentamente, 
desejando o que não foi,
não vivem o amor, 
deixam-se ferir.

Eu vi a mulher trocar 
o filho pela suposta segurança,
abortando cada um dos 
que a inconsequência trazia.
E quando quis ter um filho, 
a barriga não vinha.

Eu vejo gente sendo 
tratada como lixo,
e lixo sendo tratado como 
"tesouro".

Por isso, 
me entristeço, 
e as vezes, 
até me esqueço,
do recado que já foi dado, 
pelo Mestre da Luz,
o jovem que 
andava entre os miseráveis, 
Jesus:

- "Não ajunteis tesouros na terra, 
onde a traça e a ferrugem tudo consomem, 
e onde os ladrões minam e roubam;
Mas ajuntai tesouros no céu, 
onde nem a traça nem a 
ferrugem consomem, 
e onde os ladrões não minam 
nem roubam.
Porque onde estiver o 
vosso tesouro, 
aí estará também o 
vosso coração."

Onde está o seu coração?

Eu acredito em você

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 09 de Novembro de 2.013.

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Muito além da porta

Se você encontrar uma 
porta à sua frente, 
poderá abri-la ou não. 
Se você abrir a porta, 
poderá ou não entrar 
em uma nova sala.

Para entrar, 
você vai ter que vencer a dúvida, 
o titubeio ou o medo. 
Se você venceu, 
você deu um grande passo: 
nesta sala vive-se.

Mas também tem um preço: 
são inúmeras as outras 
portas que você descobre.

O grande segredo é saber 
quando e qual a porta 
deve ser aberta.

A vida não é rigorosa: 
ela propicia erros e acertos. 
Os erros podem ser 
transformados em acertos, 
quando, com eles, 
se aprende. 
Não existe a segurança 
do acerto eterno.

A vida é generosa: 
a cada sala em que se vive, 
descobre-se outras tantas portas. 
A vida enriquece a quem 
se arrisca a abrir novas portas. 
Ela privilegia quem descobre 
seus segredos, 
e generosamente oferece 
afortunadas portas.

Mas a vida também pode 
ser dura e severa: 
se você não ultrapassar a porta, 
terá sempre a mesma porta 
pela sua frente. 
É a repetição perante a criação.

É a monotonia cromática 
perante o arco-íris. 
É a estagnação da vida. 
Para a vida, 
as portas não são obstáculos, 
mas diferentes passagens.

TEXTO DE: Dr. Içami Tiba – Psicoterapeuta
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 08 de Novembro de 2.013.

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Reservado para você

Como é bom chegar em um lugar 
e encontrar uma 
vaga reservada para nós.
Como é bom sentir-se "aguardado",
chegar e provocar alegria, 
contentamento.

Como é bom trilhar o 
caminho do bem,
e fazer isso tão naturalmente, 
que nem se sente...

Sinta ainda hoje, 
que Deus reservou um 
lugar para você,
que Ele preparou uma 
mesa em um banquete,
que deixou uma vaga com o seu 
nome no estacionamento,
que na grande festa da vida, 
você é convidado especial,
e para tomar posse de tudo, 
só é preciso acreditar,
o convite é a sua determinação,
a chave que abre a porta é a fé,
e o que te espera é só o melhor.

Hoje, 
nem um dia a mais, 
nem a menos,
hoje é o dia perfeito para 
sorrir e acreditar,
ainda que a sua situação diga não,
ainda que as pessoas a sua 
volta digam não,
mesmo que tudo seja 
cinza ou nublado,
mesmo com a saúde debilitada,
o convite está feito,
a sua mesa reservada,
a sua festa programada:
você foi convidado 
para ser feliz.

Não desista dos seus sonhos,
do amor que deseja, 
da paz que busca,
da conquista mais gostosa,
Deus é contigo, 
escreveu seu nome no Livro da Vida,
e envia anjos para seguir com você,
aonde quer que vá.

Segue confiante,
hoje é o seu dia,
um dia reservado para você.
Acredite: você é especial!

Eu acredito em você

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke 
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 07 de Novembro de 2.013.

terça-feira, 5 de novembro de 2013

AMPARAR

Por que será que todos 
nós pensamos que 
amparar significa dar algo 
financeiramente?

Por que será que nunca 
nos passa pela cabeça 
que amparar significa 
doar o nosso coração, 
transmitir segurança, 
amor e doçura 
para a pessoa que precisa 
do nosso amparo?

Amparar é, 
antes de mais nada,
 doar, amar, 
respeitar o próximo, 
pois sempre que pensamos
 em amparar,
 pensamos em alguém, 
pensamos no outro.

Amparar é agasalhar com 
o calor do nosso coração, 
com a criatividade da nossa alma, 
para que o outro ser sinta-se à 
vontade para ser agasalhado, 
sem sentir-se diminuído. 
Sem sentir-se um coitado 
dentro desse mundo 
cão que late, 
late e, 
muitas vezes, 
morde mesmo. 
Sem dó e nem piedade. 
Chegando, até mesmo, 
a arrancar um 
pedacinho do nosso eu.

Amparar amigos, 
é enobrecer, 
é se elevar, 
é construir.

Amparar é luz interior, 
é coragem, 
é crescer e fazer crescer.

Amparem queridos, 
pois o nosso coração foi 
feito para bater forte 
por tudo e por todos.

Não deixem a vida passar, 
sem nada fazer pelo outro e, 
conseqüentemente, 
por si mesmos.

Um abraço.

TEXTO DE: Um amigo 
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 06 de Novembro de 2.013.

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

CAMINHOS DE TODOS NÓS

Quem nunca atravessou 
uma noite escura?
Quem nunca duvidou e teve 
medo de prosseguir?
Quem nunca chorou 
e acabou adormecendo?
Quem nunca teve 
um momento que achou 
que era o mais lindo de toda 
a sua vida?
E quem nunca pensou 
em desistir e prosseguir 
assim mesmo, 
se arrastando e 
chegando até o dia 
seguinte?

Os caminhos são tão 
parecidos a todos nós! 
As dores podem ser 
tanto iguais 
quanto as alegrias intensas. 
Mas, claro, 
cada um sabe, 
por si, o efeito que 
cada coisa produz no 
seu âmago. 
E das coisas mais comuns 
ao esquecimento está aquele 
da existência dos 
outros quando o mundo 
parece desmoronar na nossa 
cabeça e destruir todo o 
nosso eu, 
construído tão 
amorosamente pelo Pai 
e lapidado com as 
dificuldades da vida.

São nessas horas que 
todas as flores murcham, 
o sol deixa de aquecer e as 
noites parecem tão 
intermináveis quanto as 
voltas que o relógio dá.

Mas tudo 
isso é apenas uma idéia!

As bênçãos que 
recebemos não deixam 
de existir quando o sol 
desaparece.

Somos nós que nos cegamos. 
Mesmo quando o céu 
está encoberto e carregado, 
pesado, escuro, 
um vôo acima das nuvens 
nos mostra que o azul 
continua lá, 
sereno e pronto para 
reaparecer.

As bênçãos que 
recebemos nunca se 
apagam e as carregaremos 
em nós para toda 
a vida.

E nas nossas 
contabilidades não nos 
esqueçamos de contá-las, 
não somente para que 
continuem presentes, 
mas para que estejam 
prontas para 
acolher todas as outras 
que estão destinadas a nós.

Autoria: TEXTO DE: Letícia Thompson 
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 05 de Novembro de 2.013.

sábado, 2 de novembro de 2013

Um novo dia, é o seu dia!

Não se impressione com 
o seu primeiro 
pensamento do dia.
 
Principalmente se 
ele não for 
um bom pensamento.
Saiba que por direito, 
você ganhou de presente, 
um novo dia.
 
E pode fazer dele, 
o você melhor dia da sua 
vida até hoje.
Mesmo que 
lá fora o tempo anuncie 
tempestade;
eu já vi lindos romances 
começarem na chuva.
 
Mesmo que o tempo 
seco anuncie o fim 
da colheita,
ainda assim, 
dá tempo de começar 
uma nova horta.
 
Há tempo 
para tudo neste dia, 
inclusive para recomeçar.
Seja lá o que for, 
coloque um ingrediente 
especial: amor!
 
Amor é aquela energia 
maravilhosa que faz os 
cabelos crescerem,
as unhas brilharem, 
os rins trabalharem 
satisfeitos.
O intestino faz todo 
o seu trabalho 
sem dores...
 
Amor é isso, 
é o equilíbrio do corpo 
e da alma.
É um estado 
constante de paz, 
é calma.
É valorizar 
cada instante 
da vida.
 
Ter sempre uma 
palavra amiga.
Acreditar no seu sucesso, 
no poder de conquista.
Hoje é o seu dia!
O que você quer realizar?
 
Não tenha medo de mudar, 
nem de sonhar.
O que você desejar, 
você pode conquistar!
 
TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 03 de Novembro de 2.013.

sexta-feira, 1 de novembro de 2013

RENOVAÇÃO

A vida precisa ser renovada. 
A morte é a mudança 
que estabelece a renovação.

Quando alguém parte, 
muitas coisas se modificam na 
estrutura dos que ficam e, 
sendo uma lei natural, 
ela é sempre um bem, 
muito embora as pessoas não 
queiram aceitar isso.

Nada é mais inútil 
e machuca mais do 
que a revolta.

Lembre-se de que nós 
não temos nenhum poder 
sobre a vida ou a morte.

Ela é irremediável.

O inconformismo, 
a lamentação, 
a evocação reiterada de 
quem se foi, 
a tristeza e a dor podem 
alcançar a alma de quem 
partiu e dificultar-lhe 
a adaptação na nova vida.

Ele também 
sente a sensação da perda, 
a necessidade de seguir adiante, 
mas não consegue 
devido aos pensamentos 
dos que ficaram, 
a sua tristeza e a sua dor.

Se ele não consegue vencer 
esse momento difícil, 
volta ao lar que deixou e fica ali, 
misturando as lágrimas, 
sem forças para seguir adiante, 
numa simbiose que aumenta 
a infelicidade de todos.

Pense nisso. 
Por mais que esteja
sofrendo a separação, 
se alguém que você 
ama já partiu, 
libere-o agora.

Recolha-se a um lugar tranqüilo, 
visualize essa pessoa 
em sua frente, 
abrace-a, 
diga-lhe tudo que seu 
coração sente.

Fale do quanto a ama 
e do bem que lhe deseja.

Despeça-se dela com alegria, 
e quando recordá-la, 
veja-a feliz e refeita.

A morte não é o fim. 
A separação é temporária.

Deixe-a seguir adiante 
e permita-se viver em paz.

"A morte é só 
uma mudança de estado.
Depois dela, 
passamos a viver em 
outra dimensão."

TEXTO: Zíbia Gasparetto
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 02 de Novembro de 2.013.