segunda-feira, 25 de julho de 2011

A felicidade é leve

Segundo o “Dalai Lama”,
o sentido da vida
é a procura de felicidade,
não de prazer,
de felicidade.

E o que é felicidade
para você?

Longe daquelas idéias
pré concebidas ou carregadas de
“ideais religiosos”
que transferem a felicidade para
“depois”,
a definição de felicidade
deve levar em conta o
“contentamento do maior
número de pessoas”
que podemos atingir
com uma ação.

E são as pequenas ações,
como o “sorriso” por exemplo,
que tornam a felicidade
uma prática de convivência,
de integração entre as pessoas.

Ser feliz é libertar-se do
que lhe causa mal.

Parece tão simples,
tão fácil de fazer,
mas o que vemos na prática
é o âpego exagerado
ao que é material,
aos sentimentos do mundo,
aos compromissos sociais,
a valorização do ter em
desmerecimento ao
“ser”.

Quantas coisas que
você sabe que lhe fazem mal
e você insiste em manter?

O vício do cigarro,
da bebida,
da alimentação exagerada,
do falar demais,
do “não ouvir”,
a ansiedade exagerada,
estabanada até,
o medo excessivo,
aquela angústia do esperar demais
“nos outros”,
de querer por querer
quem não lhe quer…

Quanta coisa podemos
deixar de lado ainda hoje,
esvaziar as nossas
bagagens para seguirmos
mais leves,
livres de amarras que
só existem em nossa
mente presa ao que
não é essencial.

Essencial é ser feliz agora,
hoje, nesse momento,
e pode ser mais fácil do
que imaginamos,
basta uma atitude que acabe
gerando mais beneficiados
do que nós mesmos.

Cultive a alegria,
o otimismo,
a certeza de que o Universo
é perfeito,
assim como nós,
que somos frutos da perfeição,
feitos para a simplicidade,
feitos para a felicidade.

Um brinde de amor
pela sua vida!

Saúde, paz,
amor e harmonia.

Eu acredito em você

TEXTO: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 30 de Julho de 2.011.

Falar com o Pai

Vou te falar uma coisa,
se você levantar e começar a olhar
o tamanho dos seus problemas,
e ficar pensando em como vai fazer isso,
como vai ser aquilo,
fatalmente você não irá nem
querer sair da cama.

Não precisa nem ter muitos problemas,
e eles nem precisam ser aquele drama todo,
basta uma briga no relacionamento,
uma prestação em atraso,
uma fatura que não pode ser paga,
um amigo que virou a cara,
uma notícia que espalharam a seu
respeito e que é falsa,
uma nota que você não tirou na escola,
uma violência que você sofreu, ou até,
uma notícia que deu na TV,
se ficarmos pensando com medo,
com sentimento de culpa ou de fraqueza,
certamente vamos começar
a criar um verdadeiro monstro que irá,
dia menos dia, nos devorar.

Por isso,
o melhor em cada despertar
é a sintonia com Deus,
através da boa e velha oração.
Orar é colocar nos em posição de humildade
perante ao Criador,
seja qual for a sua crença,
e dizer mesmo sem palavras:
eu reservei esse tempo para o Senhor,
porque acho importante ter Deus na minha vida,
estou agradecendo até o que eu não vi,
mas sei que recebi,
pois muitos não chegaram em
casa a noite passada,
muitos não verão esse dia,
outros tantos estão desabrigados,
doentes, incomunicáveis,
sofrendo dores terríveis,
com medo até da própria sombra,
mas você ora porque confia,
porque se entrega para Deus e
porque você se entrega a Ele,
Ele toma a sua vida e zela por ela,
cuida com carinho,
porque muitos são os que dizem acreditar Nele,
mas poucos os que realmente se entregam,
se dedicam, ou,
pelo menos se lembram de pelo menos
por alguns minutos diariamente,
falar com Ele.

Parece que quando mantemos o
hábito de orar diariamente,
as nossas reservas de energia vão aumentando,
as forças vão sendo renovadas,
os problemas continuam existindo é claro,
mas, a nossa disposição é outra,
pois temos a certeza,
a convicção de que não estamos sozinhos.
Você acha que pode com a vida e
seus desafios sozinho?
Você falou com o seu Pai hoje?

Eu acredito em você

TEXTO: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 29 de Julho de 2.011.

Reinventar

"Então,
um instinto é uma abstração de inumeráveis
experiências internas."
(Kohut,Heinz)

Você já pensou em se reinventar?
Já pensou seriamente em começar tudo de novo,
ou sonha com algo que acredita que
não deveria ter feito e gostaria de voltar
no tempo para consertar?
Você anda mais motivado e feliz ou impaciente
com a sua situação e na verdade,
até sem vontade de lutar?
Onde você tem buscado a sua inspiração?

Muita gente está passando pela vida pelo
simples passar das horas,
contando os minutos que o separam do
trabalho ou da escola para a cama,
ou quer se afastar cada vez mais dos outros,
tudo por conta das decepções sofridas,
com essa ou aquela pessoa,
com essa ou aquela situação.
Entretanto, a "Vida, sábia Mestra",
nos ensina que precisamos tomar
decisões básicas para continuar
na nossa luta diária, e
que essas decisões influenciam
no que vamos ter de resultados amanhã,
e assim,
coloca em nossas próprias mãos,
o nosso DESTINO.

Se, por um lado isso é maravilhoso,
pois permite ao ser humano evoluir,
crescer e fazer maravilhas, por outro lado,
coloca em nossos ombros um
peso que em determinadas situações,
nos parece além das nossas capacidades,
e tentamos fugir da "Vida",
dessas "Responsabilidades".
Tudo por conta da nossa "fragilidade"
que adotamos nas frustrações.
Somos fortes sim,
mas odiamos ser contrariados,
traídos ou roubados em nossos sentimentos.
Passamos por um assalto a mão
armada com medo,
mas nos recuperamos,
mas quando nos assaltam a confiança,
o amor que depositamos em alguém,
pronto, perdemos o "chão"...

Vamos aproveitar o tempo que dispomos
para reinventar os nossos conceitos,
esvaziar "as gavetas do nosso cérebro"
de tudo quanto é tranqueira que armazenamos;
jogue fora lembranças dolorosas,
traições, rancores, raiva, ódio,
insegurança que te deixaram na mente,
medo de ser feliz,
descrédito na sua capacidade,
e use o seu RACIONAL para descobrir
em você "CAPACIDADES",
que todo mundo sabe que você tem.

A solução, pode até parecer longe,
difícil, mas está em você,
em um dos seus TALENTOS,
em um DOM maravilhoso que DEUS
lhe concedeu e você insiste em menosprezar.
A palavra de hoje não é RECOMEÇAR,
é VALORIZAR-SE!.
A professora Vida espera que nessa matéria,
você tire 10 e seja feliz!.

Eu acredito em você!

TEXTO: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 28 de Julho de 2.011.

A ÚLTIMA PEDRA

Existem pessoas que não prestam atenção
no que fazem e depois passam a vida
inteira arrependidas pelo que não fizeram,
mas poderiam ter feito,
e se martirizam por seus erros.

Gosto de uma música que Frank
Sinatra costumava cantar,
My way.
O curioso é que só fui prestar atenção
na letra dessa canção quando
escrevia este texto.

Ela diz mais ou menos assim:
"Se eu acertei ou se errei,
fiz isso da minha maneira".

Quando olho para trás,
percebo que fiz muitas bobagens.
Acertei bastante,
mas também errei bastante.
Quando olho para diante,
tenho certeza
de que vou acertar e errar
bastante também.

É impossível acertar sempre.
Mas o importante é que não gastemos
nosso tempo nem nossa
energia nos torturando.
A autocrítica pelo que não deu certo,
além de ser nociva para a saúde,
faz que a gente perca os passarinhos
que a vida nos oferece no presente.

Um dia destes, um dos meus
filhos me perguntou por que eu tomei
determinada decisão
estúpida tempos atrás.
Respondi que me arrependia
do que tinha feito,
mas expliquei que,
naquele momento,
minha atitude me parecia lógica.
Se eu tivesse o conhecimento
e a maturidade de hoje,
certamente a decisão seria diferente.

Por isso é que lhe digo:
não se torture por algo que
não deu certo no passado.
Talvez você tenha escolhido
a pessoa errada para casar.
Talvez tenha saído da melhor
empresa onde poderia trabalhar.
Talvez tenha mandado uma
filha grávida embora de casa.

Não importa o que você fez,
não se torture.
Apenas perceba o que é possível
fazer para consertar essa situação e faça.
Se você sente culpa,
perdoe-se.
E, principalmente,
compreenda que agiu assim porque,
na ocasião,
era o que achava melhor fazer.

Há uma história de que gosto muito:
um pescador chegou à praia
de madrugada
para o trabalho e encontrou
um saquinho cheio de pedras.
Ainda no escuro começou
a jogar as pedras no mar.
Enquanto fazia isso,
o dia foi clareando até que,
ao se preparar
para jogar a última pedra,
percebeu que era preciosa!
Ficou arrependido e comentou
o incidente com um amigo que lhe disse:
- Realmente, seria melhor
se você prestasse mais
atenção no que faz,
mas ainda bem que
sobrou a última pedra!

Existem pessoas que não
prestam atenção no que fazem e depois
passam a vida inteira
arrependidas pelo que não fizeram,
mas poderiam ter feito,
e se martirizam por seus erros.
Se você está agindo assim,
deixo-lhe uma mensagem especial:
não gaste seu tempo com
remorsos nem arrependimentos.
Reconheça o erro que cometeu,
peça desculpas e continue sua vida.

Você ainda tem muitas pedras
preciosas no coração:
muitos momentos lindos para
viver e muitos erros para cometer.
Aproveite as oportunidades
e curta plenamente a vida.

Que esta seja uma
quarta-feira muito especial.

TEXTO: Roberto Shinyashiki
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 27 de Julho de 2.011.

A Vida e os seus obstáculos

A vida coloca em nossos destinos
pessoas e obstáculos,
a cada obstáculo uma surpresa,
as vezes estas surpresas
sao desagradavéis.

Basta saber lidar com esta
situacao e daremos
a volta por cima.
As pessoas que passam
pelo nosso caminho
deixam marcas,
algumas deixam marcas inesquecivéis
e agradavéis de se lembrar,
e outras deixam marcas
de dor e sofrimento,
mas e só encará-las de frente.

Superar situações é sinal
de força e coragem,
mas as vezes começamos
a decepcionar-nos sem tentar
supera-las e damos-nos por vencidos,
mas levante a cabeaça e encare
todas elas com justiça e sabedoria.

As vezes pensamos em desistir
de tudo e de todos,
e entregarmo-nos de corpo
e alma a uma pessoa,
mas pense bem,
sera que esta pessoa merece
todo este sacrifício?
Nao haja por impulso,
pare,
pense e reflicta com calma,
justiça e sabedoria.

Não deixe de lutar pelos
seus ideais e por tudo aquilo
que voca acha que é o certo...
Nunca magoe uma pessoa,
pois depois voce pode ser magoado...
Nunca deixe a inveja,
mentira e ambiçao tomarem conta de si,
lute contra as coisas que
vão causar dor e sofrimento...

Lembre-se sempre a vida
e para ser vivida com
cuidado e sabedoria,
aproveite para fazer as pazes
com as pessoas que teve
algum desentendimento e nunca
esqueça que voce é a peça
fundamental para fazer um
mundo melhor para se viver...

Marco Mota
FONTE: http://marcomota.blogspot.com/2007/04/vida-e-os-seus-obstculos.html

E a vida também é construída por você,
então à construa da melhor maneira
possível e não deixando imperfeições.
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 26 de Julho de 2.011.

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Semente

Diante de todas as dificuldades
que o dia apresenta,
salta aos olhos as barreiras
formadas pela tempestade.

Nesses dias de batalha
muitos não conseguem
sequer levantar.
E se não existe luz no
escuro do dia,
ficamos perdidos,
desorientados com a própria
incapacidade de reagir.
Feridos...

Onde buscar ajuda?

Se os amigos já se afastaram,
se os parentes se isolaram,
se nós mesmos não
acreditamos em mais nada,
se os deuses que nos
apresentaram não se manifestam,
se até a justiça
parece tão injusta,
se estamos terrivelmente sós,
se o fundo do poço
parece um lugar tão seguro,
se as lágrimas já nem aparecem,
e a dor virou
companheira de viagem.
Se tudo parece
extremamente cruel,
e a esperança,
apenas uma miragem.

Eis que no meio do asfalto,
no vão entre as pedras,
uma flor insiste em brotar,
nasce desafiando tudo,
se faz forte e linda,
como a mostrar;
que no improvável,
existe uma força maior,
que nos capacita em
nossas lutas,
que em nossa semente,
já existe tudo o que precisamos,
para "brotar" no meio do deserto,
espremidos entre as
pedras da nossa ignorância,
e florescer entre
espinhos.

Não deixe de lutar!

Não deixe de apontar suas
"folhas" para o sol.
Os raios que banham os
mais afortunados,
é o mesmo que toca o
miserável caído,
que ao perceber a
grandiosidade do Universo,
pode se colocar de pé
cheio de dignidade,
e perceber que existe uma
oportunidade em cada canto,
para se libertar de todo
e qualquer pranto,
e recomeçar...

"Porque a noite vem,
a chuva passa,
o dia se estabelece,
e debaixo do céu,
tudo recomeça e convida:
-Vem vencer,
vem viver a sua vida!"

Se no meio da sua batalha,
entre as lágrimas do desespero,
você enxergar uma réstia de luz,
saiba que você não está sozinho,
quem te abraça, é o próprio Jesus.

Eu acredito em você

TEXTO: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 23 de Julho de 2.011.

Tente a experiência

Se é verdade que a cada dia
basta sua carga,
por que então teimamos em
carregar para o dia
seguinte nossas mágoas e dores?

Há ainda os que carregam para
a semana seguinte,
o mês seguinte e anos afora...
Nos apegamos ao sofrimento,
ao ressentimento,
como nos apegamos a essas coisinhas
que guardamos nas nossas gavetas,
sabendo inúteis,
mas sem coragem para jogar fora.

Vivemos com o lixo da existência,
quando tudo seria mais claro e límpido
com o coração renovado.
As marcas e cicatrizes ficam para
nos lembrar da vida,
do que fomos,
do que fizemos e do que
devemos evitar.

Não inventaram ainda uma cirurgia
plástica da alma,
onde podem tirar todas as nossas
vivências e nos deixar como novos.
Ainda bem...

Não devemos nos esquecer do
nosso passado,
de onde viemos, do que fizemos,
dos caminhos que percorremos.
Não podemos nos esquecer de
nossas vitórias,
nossas quedas e nossas lutas.
Menos ainda das pessoas que encontramos,
essas que direcionaram nossas vidas,
muitas vezes sem saber.

O que não podemos é carregar dia-a-dia,
com teimosia,
o ódio, o rancor, as mágoas,
o sentimento de derrota e o ressentimento.

Acredite ou não,
mas perdoar a quem nos feriu dói
mais na pessoa
do que o ódio que podemos sentir
durante toda uma vida.
As mágoas envelhecidas
transparecem no nosso
rosto e nos nossos atos e moldam
nossa existência.

Precisamos,
com muita coragem e ousadia,
abrir a gaveta do nosso coração e dizer:
eu não preciso mais disso,
isso aqui não me traz nenhum benefício.
E quando só ficarem a lembrança das alegrias,
do bem que nos fizeram,
das rosas secas,
mas carregadas de amor,
mais espaço haverá para novas experiências,
novos encontros.
Seremos mais leves,
mais fáceis de ser carregados,
mesmo por aqueles que já nos amam.

Não é a expressão do rosto que mostra
o que vai no coração?

De coração aberto e limpo nos
tornamos mais bonitos
e atraentes e as coisas boas
começam a acontecer.
Luz atrai,
beleza atrai.
Tente a experiência!!!

Sua vida é única e você é único.
Sua vida merece que,
a cada dia,
você dê uma chance para que
ela seja plena e feliz.

TEXTO: Letícia Thompson
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 22 de Julho de 2.011.

Em quem acreditar?

Uns acreditam que somente com
um carro mais potente estarão
seguros nas estradas,
porque assim poderão ultrapassar
com tranqüilidade e certeza.

Outros acreditam no poder dos
seus celulares,
que podem fazer ligações de
qualquer lugar,
até mesmo nos lugares mais
ermos do planeta.

Há os que acreditam no poder do
dinheiro que conquistaram,
e se acham
capazes de comprar qualquer coisa.

Muitos acreditam que a felicidade
está no amor correspondido,
e vivem sonhando com alguém
que os façam sentirem-se preenchidos,
menos solitários.

Existem os que acreditam na
sorte e arriscam seus suados
recursos em jogos de toda espécie,
mesmo sabendo que as suas chances
de ganhar são tão pequenas.

E há aqueles que acreditam na
libertação através das drogas,
comprando "sono" nas tarjas
pretas dos calmantes,
consumindo anfetaminas,
cheirando cocaína e usando
ervas diversas,
em busca de uma fuga de si mesmos,
bebendo para esquecer a
própria dignidade.

Mas não se iluda,
o mundo é muito belo e cheio de
contentamento para os olhos,
mas não consegue saciar a alma,
não existem jóias que adornem um
rosto molhado pela dor,
não existe dinheiro que aplaquem
o remorso de quem comete crimes,
dos que abusam do poder.

Não existem carros luxuosos que
possam nos levar até onde
o espírito deseja,
e não existe droga que nos dê a
paz eterna.

Por isso, creia:
o celular vai falhar quando você
menos esperar,
o carro vai quebrar onde não deveria,
o dinheiro vive mudando de mãos,
sujeito as oscilações do mercado,
o poder é trocado do nada,
a beleza acaba,
a saúde é um fio,
somente Deus é eterna salvação.

Somente em Deus podemos
esperar e confiar,
Ele nunca falhou, nem falhará.
Entregue seus problemas para Ele,
esvazie-se,
deixe fluir essa energia que hoje
você gasta em lamentações.

Experimente a certeza de que
você não está só,
existe Alguém que acredita em você,
que pede apenas:
"Tende bom ânimo".

Então é só
acreditar e seguir trabalhando,
orando,
vigiando e perseverando.
Conquistando o que Deus
preparou para você.

Eu acredito em você.

TEXTO: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 21 de Julho de 2.011.

Continuar Navegando ...

Nossa existência lembra o riacho...
buscando o mar.
Surgem pedras...
barreiras e obstáculos.
Riacho inteligente, contorna...
assimila... passa por cima...
passa por baixo...
sempre encontrando um jeito
de prosseguir...
porque o mar chama... convida.
Porque o mar é seu endereço final.
Riacho bobo fica rodeando a pedra...
o desafio... a barreira.
O rio atinge suas metas,
porque aprende a superar dificuldades.

Continuar navegando é...
Perseverar... quando a maioria desiste.
É sulcar as águas,
quando outros já ancoraram.
É chutar longe a tristeza,
fazendo um pacto sagrado
com a paz.

Continuar navegando é...
Embeber-se de infinitos,
na coragem de quem enfrenta
o impossível.
É o mergulho fundo de quem
atravessa a casca.
É insistir no válido e nobre,
quando outros desalentam.
É colher trigo bom,
num campo atapetado de joio.
É ser jovial face aos problemas,
indulgente com os menos prendados,
afável com os mais velhos
e irmãos de todos.

Continuar navegando é...
Construir templos de fraternidade,
com as pedras que jogam em nossos telhados.
É suar a camiseta,
quando a maioria já saiu de campo.
É recomeçar, cada dia,
mesmo que seja sobre ruínas e cinzas.
Fixando as flores,
esquecendo os espinhos.
Fazendo da vida uma prece.

Continuar navegando é...
Falar palavras mansas...
florir ternura... onde outros praguejam.
É dar voto de confiança,
onde a maioria descrê e se acovarda.
É divinizar
o humano e espiritualizar o terreno,
pendurando sorrisos de alegria
e gratidão até nos galhos secos
do cotidiano.
É retornar às fontes da simplicidade...
cultivando o silêncio como
se fosse um oratório.
Sempre e em tudo...
com a profunda vontade de SER....
CANTAR...
CRESCER...
SERVIR e AMAR.

A vida é sempre bela,
fecunda e cheia de paz
quando abraçamos
com simplicidade aquilo
que a gente sonha e faz.

TEXTO: Padre Roque Schneider
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 20 de Julho de 2.011.

Teus olhos

Somos exatamente aquilo que
os nossos olhos enxergam,
e temos quase sempre,
a estranha mania de olhar
com bons olhos aqueles
que nos agradam,
e com olhos de desconfiança diante
dos desconhecidos,
e até com olhos do preconceito,
pré-julgando pessoas.

Somos tolerantes até demais
com muitas pessoas,
e nos castigamos por nossas falhas,
pelos erros que cometemos
em nossas lutas,
olhando sempre com olhos críticos
para nós mesmos.

Por isso,
pensamos demais no que vai ser,
e examinamos o que fizemos com
"olhos de lupa",
esquecendo do que já
realizamos de bom,
esquecendo do quanto já caminhamos
em direção ao bem,
mas contando os passos que ainda
faltam para a Luz.

Por isso, o Mestre do Amor,
Jesus, afirmou:
- A candeia do corpo são os olhos;
de sorte que,
se os teus olhos forem bons,
todo o teu corpo terá luz"
(Mateus 6:22)

Olhe-se com carinho neste dia,
perdoe-se,
valorize tudo o que você já conquistou,
mesmo que não te pareças nada,
é muito sim,
pois é fruto do teu esforço em ser
melhor a cada dia.

"Que neste dia que se inicia,
e em todos os outros de hoje em diante,
a luz dos teus olhos sejam reflexos divinos,
do olhar amoroso do Cristo que habita
em cada um de nós."

Eu acredito em você

TEXTO: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 19 de Julho de 2.011.

segunda-feira, 11 de julho de 2011

Contentamento

Não ponha seus sonhos em lugares altos
demais onde suas mãos não poderão alcançá-los.
Mesmo se a vida parece ilimitada,
nós possuímos nossos limites e esperar por algo que está
muito além pode nos impedir de olhar à nossa volta.

Buscamos longe flores que poderíamos
encontrar em nosso jardim,
porque o que está distante sempre parece encoberto
por uma neblina que elimina toda imperfeição.

Não nos prepararam para aceitar as coisas ou as
pessoas como elas chegam,
com muita ou pouca bagagem,
com força ou sem muita vontade.

Então desenhamos na nossa mente e fotografamos
no nosso coração algo que só pode existir
atrás da linha da realidade.
E nos pomos a esperar...

Nos tornamos assim culpados de uma
solidão da qual culpamos a vida ou os demais.
Nos negamos a aceitar,
pedindo ainda que aceitem a nós,
e continuamos esperando pelo que o amanhã
vai nos trazer.

Envelhecemos sem sair do lugar,
sonhando ainda e além,
mas sem provar da vida nesses mínimos detalhes,
nem sempre coloridos e perfeitos tais raios de arco-íris,
mas reais o bastante para nos fazer sentir vivos.

Não... não ponha seus sonhos além do que
os seus braços alcançam.
Aprenda que ser feliz é buscar o contentamento
do prazer de cada instante.

Aprenda a ser flexível e menos exigente.
Ria de bom coração quando tiver que
rir e não permita que as mágoas te impeçam
de viver o minuto seguinte.

Preciosa é a vida e preciosos são os que amamos.
Preciosos ainda são aqueles que nos amam,
os que cativamos.
Precioso é o hoje,
é o que temos, é o que tocamos.

É essa realidade, nem todo o tempo bonita,
mas ainda assim a nossa contribuição
para a história do mundo.

TEXTO: Letícia Thompson
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro "Momento de Reflexão"
no dia 14 de Julho de 2.011.

Ninguém é indispensável

É certo que ninguém é
indispensável na vida.
Através da história vemos
quantos atravessaram,
partiram,
alguns deixaram grandes marcas,
outros apenas simples pisadas,
mas toda a humanidade sobreviveu
mesmo quando os grandes
nomes partiram.

O fato de não sermos indispensáveis,
porém,
não implica não sermos
necessários e importantes.
Uma gota de água é sempre
uma gota de água a mais,
uma pétala,
um meio a mais para aumentar
a beleza e formosura
de uma flor.

Cada um é, na sua simplicidade,
sua maneira grande ou pequena
de contribuir com a história,
um pedacinho de vida útil na
construção do mundo.
Nosso corpo é, da cabeça aos pés,
um todo formado de pequenas partes
necessárias umas às outras.

Quantos de nós não evolui
no trabalho simplesmente porque
pensa que o que faz não tem
importância ou é menos
importante que seu vizinho,
amigo ou chefe?
Ora,
a importância de um trabalho,
seja ele qual for,
está no valor que damos a ele.

O mundo precisa de toda contribuição
para continuar a caminhar.
Além disso,
nossa utilidade está não só
no trabalho que produzimos,
mas naquilo que podemos dar
de nós como seres humanos.

Jesus trabalhou como
carpinteiro e certamente
produziu coisas materiais,
mas a herança que deixou na
construção humana e espiritual
é incomparável a qualquer outra.

Toda profissão é bela,
que seja ela diplomada de
universidades ou da vida.
Toda função é importante para
que o mundo possua significado.
Toda pessoa é única e o espaço
que ela ocupa é só dela.
Toda pessoa tem de si a dar,
sem perder um milímetro nessa doação,
muito pelo contrário.

Não...
não somos em absoluto
indispensáveis à vida,
mas, definitivamente,
somos imprescindíveis na história
do mundo se sabemos dar de nós
de maneira generosa e ilimitada.

TEXTO DE: Letícia Thompson
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 13 de Julho de 2.011.

Sobreviventes

Talvez,
em meio a tantos problemas,
cercado por perdas e dores,
você não perceba,
não consiga enxergar o
seu real valor.

E,
ao olhar no espelho,
não enxergue,
o quanto você já conquistou,
e não estou falando de bens
materiais não!
Estou falando de maturidade,
estou falando de caráter,
de consciência...

Após cada batalha,
cada experiência vivida,
temos um novo escudo,
algo para contar.
O importante é não ficar
preso ao passado,
mas usar o aprendizado para
enxergar o futuro,
desenhando nas linhas do tempo,
um novo tempo,
tempo de ser mais livre,
leve e solto,
onde o que realmente importa,
é o que importa para você.

Largue a tristeza de lado
e olhe para frente,
uma nova estrada se desenha
no seu caminho,
caminho que pede passos firmes,
serenidade, boa vontade,
desejo de vencer,
é isso que eu lhe desejo neste dia,
força para surpreender quem
não acredita em você.

E de vitória em vitória,
faça uma nova história,
história com final feliz,
história de vencedor.
Você merece chegar onde
quer chegar!

Eu acredito em você

TEXTO: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 12 de Julho de 2.011.

segunda-feira, 4 de julho de 2011

Somente uma ilusão

Quão precisosa é a mão do amigo
que se dirige a nós quando
não sabemos o que fazer
ou como reagir!

Quão preciosas
são as palavras que não
sabíamos que existiam,
mas que nosso coração exigia
para continuar inteiro e
manter-se vivo!

Nunca poderemos
negar a importância daquilo
que chegou na hora exata em
que estávamos precisando e,
portanto,
o que é fundamental ao
nosso bem-estar e à nossa
felicidade encontra-se dentro
de nós e não vem de fora.

A voz que nos chama
é apenas a brisa que acende
uma brasa já existente.

Nossa força existe em nós,
escrita em cada célula
de um corpo que já
nasceu vitorioso.

A base,
o fundamento e princípio
das nossas vitórias
estão ancoradas no mais
profundo do nosso ser e
se assim não fosse,
nenhuma voz teria sentido
e nenhum resultado
alcançaríamos.

Temos a terra e a semente
e o poder de fazê-la
germinar ou deixá-la
morrer.

Amigo é aquele que
abre a porta,
traz o sol e a chuva e o
sereno das madrugadas
intermináveis.

São os instrumentos
que nos trabalham,
mas não inventam o que
não existe em nós.

Eles nos acordam,
sacodem,
abrem-nos os olhos e
nos empurram.

Mas são nossas pernas
que andam,
é nossa força que nos
leva adiante.

Amigo é aquele que nos diz:
-"Levanta-te e anda!"
porque sabe que somos capazes.

É o que não duvida e não
nos deixa duvidar.

A idéia de que nossa
felicidade e nossas
vitórias dependem de outras
pessoas ou fatores é apenas
uma ilusão.
Damos o que possuímos
e possuímos o que damos.

Se nada temos,
nada podemos oferecer.

Benditas são as pessoas
que ao nosso lado
ofertam um sorriso,
apontam,
mesmo sem saber,
um pedacinho do paraíso.

Benditos somos nós,
donos de uma força
que ignoramos e herdeiros
de um Pai que nos recebe
de braços abertos cada
vez que decidimos
voltar pra casa.

TEXTO: Letícia Thompson
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 09 de Julho de 2.011.

Continuidade…

Talvez você ainda
não entenda…
talvez a dor seja maior
que qualquer explicação,
e onde você estiver enxergando
aborrecimentos,
talvez uma forma de tortura
ou castigo,
o “tempo” senhor das vidas,
vai mostrar,
que são apenas sequências lógicas
de nossas escolhas.

A vida segue sua marcha,
independente das nossas dores…
Desfaça então qualquer
julgamento na hora da dor,
apenas reflita nas consequências de
se continuar entre lágrimas,
pense no que ficou e
nos que ficaram,
nos que dependem da
sua continuidade.

Continuidade…
essa é a palavra que deve
servir como leme,
que deve guiar nossas vidas
até o último suspiro.

Somos hoje,
o reflexo de ontem,
amanhã,
se houver um amanhã
seremos outras pessoas
em nós mesmos,
feitos de sonhos,
alegrias e decepções,
uma nova vida em uma
velha forma.

E quando partirmos,
serão às nossas lembranças,
os frutos que vão marcar
na grande árvore da vida,
a certeza da continuidade
de nós mesmos,
pois nossas sementes caídas
no chão do tempo,
brotarão flores ou frutos das
nossas escolhas.

Flores do amanhã,
da eternidade que habita
em nós mesmos,
pois tudo que é passageiro
também é eterno
simplesmente pelo valor que
damos a cada passagem.

Valorize a vida e a beleza
de ser o que você é,
a eterna magia de descobrir o
sentido do que é mais sagrado,
a beleza de ser hoje,
melhor do que fomos ontem,
e a cada dia,
dizer com certeza:
“eu vou cada vez melhor”!

Acredite em você

TEXTO: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 07 de Julho de 2.011.

Como dizer as coisas certas

Há alguns meses eu
estava almoçando no México,
e uma amiga
– Cristina Belloni
– fez um comentário:

- “Acho que Deus não me escuta mais,
porque vivo enchendo a paciência dele”.

Todos os que estavam na mesa,
riram.
De minha parte,
acho que Deus escuta sempre,
não importa quantas vezes
pedimos alguma coisa.
Entretanto,
o comentário de Cristina
me fez lembrar uma história,
narrada pelo jesuíta
Anthony de Mello
em seu livro
“O Enigma do Iluminado”:

A história dos dois videntes

Pressentindo que seu país
em breve iria
mergulhar numa guerra civil,
o sultão chamou um
dos seus melhores videntes,
e perguntou-lhe quanto tempo
ainda lhe restava viver?

- “Meu adorado mestre,
o senhor viverá o bastante
para ver todos os seus
filhos mortos”.

Num acesso de fúria,
o sultão mandou
imediatamente enforcar
aquele que proferira
palavras tão aterradoras.
Então,
a guerra civil era realmente
uma ameaça!
Desesperado,
chamou um segundo vidente.

- “Quanto tempo viverei”?
– perguntou,
procurando saber se
ainda seria capaz
de controlar uma situação
potencialmente explosiva.

- “Senhor,
Deus lhe concedeu uma
vida tão longa,
que ultrapassará a geração
dos seus filhos,
e chegará a geração
dos seus netos”.

Agradecido,
o sultão mandou recompensá-lo
com ouro e prata.
Ao sair do palácio,
um conselheiro comentou
com o vidente:

- Você disse a mesma
coisa que o adivinho anterior.
Entretanto,
o primeiro foi executado,
e você recebeu recompensas.
Por quê?

- Porque o segredo não está
no que você diz,
mas na maneira como diz.
Sempre que precisar disparar
a flecha da verdade,
não esqueça de antes molhar sua
ponta num vaso de mel.

TEXTO: Paulo coelho
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 06 de Julho de 2.011.

Quando dói o coração

Quando dói o coração,
todo o corpo dói.

Por que permitimos
que as pessoas entrem
assim tão dentro da gente
a ponto de sairem
carregando um pedaço de
nós quando partem?

Por que nos damos tanto,
nos entregamos tanto,
nos deixamos tanto
em mãos não tão cuidadosas
dos nossos sentimentos?

Deveríamos aprender a
ficar na margem,
olhando de longe a paisagem
calma e nos satisfazer
dessa visão,
como quem se fascina
com uma miragem.

Mas não nos satisfaz olhar.
Humanos que somos,
precisamos absolutamente sentir,
ao risco de nos afogar...
e mergulhamos inteiramente.

E, vida afora,
vamos mergulhando
em promessas de amor eterno,
felicidade infinita e mar
de rosas.

Não nos questionamos
sobre probabilidades
de perdas e decepções,
pois só de pensar já
é doloroso.

Dói... dói... dói e dói!...
Mas isso não vai nos
impedir de continuar,
não vai nos impedir de viver.

Pedaços de nós são
ainda partes de
nós e ninguém disse que
precisamos chegar à velhice
inteiros e sem marcas.

Isso é vida!!!
Não desistir, manter-se de pé,
doendo, mas de pé,
cabeça erguida na direção
do desconhecido
e peito cheio de esperança
que a próxima vez
será diferente.

Grandes artistas obtiveram
o melhor das suas
obras nos grandes momentos
de aflição e dor.

Faça o mesmo:
Mostre o que de grande
há em você tirando partido
das suas decepções!

Construa-se!!!

Tenha em mente que não
é você que não foi digno
daquele amor,
mas aquele amor que não
foi digno de você.
E se faz parte da vida
caminhar entre flores e espinhos,
não se esquive do caminho.

Caminhe!!!

Amanhã talvez seja diferente.
E talvez não.
Mas entre as subidas e descidas,
você vai ter sobrevivido.
E vai ter, sobre tudo,
vivido.

TEXTO: Letícia Thompson
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 05 de Julho de 2.011.