quarta-feira, 31 de julho de 2013

CAMINHO

Não há caminho novo. 
O que há de novo é o jeito 
de caminhar.

Existe uma coisa difícil 
de ser ensinada e que,
talvez por isso, 
esteja cada vez mais rara:
a elegância do comportamento.

É um dom que vai 
muito além do 
uso correto dos talheres
e que abrange bem mais 
do que dizer um simples 
obrigado
diante de uma gentileza.

É a elegância que nos acompanha
da primeira hora da manhã
até a hora de dormir
e que se manifesta nas situações 
mais prosaicas,
quando não há festa alguma
nem fotógrafos por perto.
É uma elegância desobrigada.

É possível detectá-la
nas pessoas que elogiam
mais do que criticam.
Nas pessoas que escutam
mais do que falam.

E quando falam, 
passam longe da fofoca,
das pequenas maldades ampliadas 
no boca a boca.
É possível detectá-la
nas pessoas que não usam 
um tom superior de voz
ao se dirigir a frentistas.

Nas pessoas que 
evitam assuntos constrangedores
porque não sentem 
prazer em humilhar os outros.

É possível detectá-la
em pessoas pontuais.
Elegante é quem demonstra 
interesse
por assuntos que desconhece,
é quem presenteia fora das 
datas festivas,
é quem cumpre o que promete e,
ao receber uma ligação,
não recomenda à secretária
que pergunte antes quem 
está falando
e só depois manda dizer se está 
ou não está.
Oferecer flores é sempre 
elegante.

É elegante não 
ficar espaçoso demais.
É elegante não mudar 
seu estilo
apenas para se adaptar 
ao de outro.

É muito elegante não falar 
de dinheiro
em bate-papos informais.
É elegante retribuir carinho 
e solidariedade.
Sobrenome,
 jóias e nariz empinado
não substituem a elegância 
do gesto.

Não há livro que ensine 
alguém a ter uma visão 
generosa do mundo,
a estar nele de uma forma 
não arrogante.

Pode-se tentar capturar esta 
delicadeza natural
através da observação,
mas tentar imitá-la é 
improdutivo.

A saída é desenvolver 
em si mesmo a arte 
de conviver,
que independe de status social:
é só pedir licencinha para 
o nosso lado brucutu,
que acha que "com amigo não tem 
que ter estas frescuras".

Se os amigos não 
merecem uma certa 
cordialidade,
os inimigos é que não 
irão desfrutá-la.

Educação enferruja por 
falta de uso.
E, detalhe: 
não é frescura.
É a elegância do comportamento.

TEXTO DE: Thiago de Melo
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 01 de Agosto de 2.013.

terça-feira, 30 de julho de 2013

A importância de ser você mesmo

Certo dia, um samurai, 
que era um guerreiro muito orgulhoso, 
veio ver um Mestre Zen.

Embora fosse muito famoso, 
ao olhar o Mestre, 
sua beleza e o encanto daquele momento, 
o samurai sentiu-se repentinamente inferior. 
Ele então disse ao Mestre:
 -"Pôr que estou me sentindo inferior? 
Apenas um momento atrás, 
tudo estava bem.

Quando aqui entrei, 
subitamente me senti inferior 
e jamais me sentira assim antes. 

Encarei a morte muitas vezes, 
mas nunca experimentei medo algum. 
Pôr que estou me sentindo assustado agora?" 
O Mestre falou: 
-"Espere. 
Quando todos tiverem partido, 
responderei".

Durante todo o dia, 
pessoas chegavam para ver o Mestre, 
e o samurai estava ficando mais e mais 
cansado de esperar.

Ao anoitecer, 
quando o quarto estava vazio, 
o samurai perguntou novamente: 
-"Agora você pode me responder 
pôr que me sinto inferior?". 
O Mestre o levou para fora. 
Era um noite de lua cheia e a lua 
estava justamente surgindo no horizonte. 
Então o Mestre disse: 
-"Olhe para estas duas árvores: 
a árvore alta e a árvore pequena 
ao seu lado. 
Ambas estiveram juntas ao 
lado de minha janela durante anos 
e nunca houve problema algum".

A árvore menor jamais disse à maior: 
-"Pôr que me sinto inferior diante de você?" 
Esta árvore é pequena e aquela 
é grande - este é o fato, 
e nunca ouvi sussurro algum sobre isso". 

O samurai então argumentou: 
-"Isto se dá porque elas não podem se comparar". 
E o Mestre replicou: 
-Então não precisa me perguntar. 
Você sabe a resposta.

Quando você não compara, 
toda a inferioridade e superioridade 
desaparecem. 
Você é o que é e simplesmente existe. 
Um pequeno arbusto ou uma 
grande e alta árvore, 
não importa, 
você é você mesmo.

Uma folhinha da relva é tão 
necessária quanto a maior das estrelas. 
O canto de um pássaro é tão 
necessário quanto nós, 
pois o mundo será menos rico se 
este canto desaparecer.

Simplesmente olhe à sua volta. 
Tudo é necessário e tudo se encaixa. 
É uma unidade orgânica: 
ninguém é mais alto ou mais baixo, 
ninguém é superior ou inferior. 
Cada um é incomparavelmente único. 
Você é necessário e basta.

Na natureza, 
tamanho não é diferença. 
Tudo é expressão igual de vida!

TEXTO DE:
Não encontramos fonte
ou autoria deste texto em nossos 
arquivos e na internet.
Caso saiba e queira nos ajudar,
fineza nos informar através do e-mail
mensagem@toninholima.com.br,
para darmos os créditos merecidos a
quem o escreveu.
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 31 de Julho de 2.013.

sábado, 27 de julho de 2013

O T da vida

Quantos planos cabem nos 
seus sonhos?
Qual é a ousadia que você pode 
fazer neste dia?
Qual é a coisa mais louca que 
passou pela sua cabeça?
Qual o desejo que mexeu 
com sua estrutura?
Qual o prato te fez salivar 
no meio da rua?
Qual a pessoa que 
te fez virar o rosto para seguir 
com os olhos?
Quem você desejou 
estar numa ilha deserta 
nesta tarde?
O que você achou possível 
e a realidade disse não?

Não, não pare de sonhar.
A hora que essas coisas 
não acontecerem mais,
pode procurar o analista, 
deitar no divã ou no caixão,
ou você anda 
vivendo no estresse, 
na depressão,
ou pior, 
morreu e esqueceu de deitar,
não pare de sonhar.

A vida pede desejos, 
sonhos, 
interesses pessoais,
e por mais que 
falem para buscarmos 
a simplicidade,
até a simplicidade tem um custo, 
um preço diferenciado,
a sua casinha branca no 
campo custa caro,
a horta pede trabalho forçado,
a hora do rush na cidade 
é um inferno,
mas, em qualquer lugar, 
podemos sonhar.

Sonhe, 
mas não deixe de correr atrás,
não desista de você, 
das suas idéias,
coloque paixão em tudo, 
até na hora incerta,
no medo de errar, 
na hora de falar, 
na gagueira nervosa,
tudo isso passa, 
a hora passa, 
o trem passa, 
ihhh...o ônibus passou. 
"tem problema não",
logo vem outro, 
o que importa é você.
O ônibus, o trem, 
o carro, 
o amor que passou, 
tudo é passageiro, vai um, 
vem outro.
Você não, você é especial,
podemos perder tudo, 
menos você.
Você é essencial.

Eu acredito em você.

TEXTO: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 30 de Julho de 2.013.

A Poesia Suave de Jesus

O Evangelho de Jesus é um 
poema à simplicidade. 
Não requer explicações metafísicas 
nem elasticidade filosófica 
para entendê-lo.

Olhai as aves do céu; 
não semeiam nem ceifam, 
mas nosso Pai celestial as alimenta. 
É a lição do desprendimento.

Aquele que põe a mão no arado 
e olha para trás não está apto 
ao reino de Deus. 
É a lição da perseverança.

Aquele que estiver sem 
pecado que atire a primeira pedra. 
É a lição da auto-análise.

Quando fordes convidados 
para um banquete senta 
no último lugar. 
É a lição da humildade.

Aquele que quer ser o maior, 
que seja o que mais serve.
É a lição da caridade.

Vinde a mim todos vós que 
estás aflitos e sobrecarregados 
e eu vos aliviarei.
É a lição do acolhimento.

Aprendei de mim que sou 
manso e humilde de coração. 
É a lição da delicadeza.

Reconcilia-te com o 
teu inimigo enquanto estás 
a caminho com ele.

Saiu o semeador a semear 
sua semente. 
É a lição do trabalho.

Para entrar no reino do 
céu é necessário nascer de novo. 
É a lição da volta.

O filho do homem veio para servir 
e não para ser servido. 
É a lição da nobreza.

Seja o vosso falar sim, 
sim e não, não.

Tratai a todos como 
gostarias de ser tratado. 
É a lição da justiça.

Vai e não peques mais! 
É a lição da resistência.

Lázaro, 
levanta-te e anda! 
É a lição da fé.

Procure Jesus nas 
coisas simples; 
na lágrima, no afago, 
na alegria pura, 
no trabalho honesto, 
no gesto fraterno, 
no poema à vida, 
enfim, 
em tudo que eleva 
e ilumina.

Por isso é tão dificil 
para a ciência e para 
a filosofia encontrá-Lo.

TEXTO DE: Luiz Gonzaga Pinheiro
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 28 Julho de 2.013.

sexta-feira, 26 de julho de 2013

As formigas

Observando algumas formigas 
no jardim aqui de casa, 
percebi que todas seguiam 
uma mesma rota 
carregando folhas maiores 
que elas mesmas, 
mas, 
seguiam firme em 
direção ao formigueiro, 
que descobri, 
estar poucos passos adiante, 
o que para elas deveria representar 
uma grande viagem.
 
De repente percebo que uma 
delas está com uma folha 
exageradamente grande nas costas, 
deveria ser pelo menos vinte 
vezes maior que ela, 
e seu esforço era notado 
a distância.
 
Fiquei ali imaginando 
o orgulho dessa formiga presunçosa, 
carregando aquela folha gigantesca 
e como ela deveria estar 
ansiosa em mostrar a formiga 
rainha como ela era forte, 
como ela era capaz, 
quem sabe até ganharia uma promoção.???
 
Enquanto a fila de formigas 
seguia em direção ao formigueiro, 
essa formiga girava em volta de si mesma, 
sem conseguir sair do lugar, 
seu esforço era tão grande que 
mal avançava um passo, 
voltava dois para trás, 
estava tão cega, 
tao entretida na sua luta de 
carregar aquele mundão nas 
costas que nem percebeu que todas 
as formigas largaram as folhas 
para escapar do pé de um menino 
que vinha correndo atrás de uma bola.
 
As formigas escaparam por pouco, 
mas nossa amiguinha não 
teve a mesma sorte, 
morreu esmagada, 
agarrada a sua folha gigante.
 
Assim como a formiga, 
nós seres humanos inteligentes 
e sensíveis, 
vez em quando queremos 
carregar mais coisas em nossas 
costas que podemos suportar, 
os problemas dos outros, 
as dores do mundo e a ganância 
de querer sempre mais, 
de ser mais e melhor e quando 
acordamos para a realidade 
estamos esmagados pelo peso 
de nossa insensatez.
 
Cuide mais de você, 
o dia passa, 
as pessoas passam, 
o tempo passa, 
mas você fica, 
você será a sua eterna companhia, 
todos podem até fugir de você, 
mas você não pode fugir 
desse encontro com você mesmo, 
com a sua paz interior, 
com a sua felicidade.
 
Por amor a você, 
carregue apenas a sua mala, 
e de preferência, 
o mais vazia possível!
 
Eu acredito em você!
 
TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 27 Julho de 2.013.

quarta-feira, 24 de julho de 2013

A Sabedoria

Dizem que a idade de uma árvore 
conta-se pelas marcas que vão 
se formando no tronco. 
Conosco não é bem assim.

Há pequenos com muito 
mais marcas na alma que adultos, 
por que a vida não 
lhes ofereceu presentes. 
Há idosos que atravessam 
os anos e partem, 
sem que tenham tirado da vida 
os ensinamentos que ela ofereceu.
Uma pessoa que vive muito 
não é aquela que chega a uma 
idade avançada, 
mas a que aproveita as experiências 
da vida para seu aprendizado e vai 
tirando o melhor de cada coisa 
que encontra pela frente.

A sabedoria não está nas 
rugas da pele, 
nem nos cabelos brancos, 
nem nos anos que passam. 
Ela não está também nos 
conhecimentos que já possuímos, 
mas na sede dos mesmos.

Muitas vezes 
pensamos que sabemos 
alguma coisa e na realidade 
não sabemos muito, 
pois olhamos tudo de maneira 
superficial, 
sem ir a fundo, 
sem ver o outro lado.

Aos 12 anos de idade, 
Jesus discutia com os doutores da 
época e aos 33 partiu, 
deixando todos os ensinamentos 
necessários a nós.

Não importa a nossa idade, 
nem nossa condição, 
estamos aprendendo a
cada instante. 
Os sábios nutrem-se desses 
aprendizados, 
colocam-os em prática, 
fazem uso deles e os repassam.

Outros apenas engolem quente, 
depressa demais, 
sem sentir o sabor. 
Isso diferencia muito umas 
pessoas das outras.

Só o sábio busca compreender, 
aceita o não, aceita estar errado, 
pede perdão, perdoa, 
deixa-se de lado um pouco para 
ver o lado do outro, 
mesmo que isso lhe 
exija sacrifício.

Só o sábio quer ser melhor, 
não por si, 
mas para se aproximar ainda 
mais da perfeição que estava no 
coração de Deus quando Este 
fez nascer o homem.

TEXTO DE: Letícia Thompson
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 26 Julho de 2.013.

Onde está você

Onde está você?
O seu eu real, 
aquele que não esconde 
os sentimentos,
que chora, que quer rir, 
as vezes ficar, as vezes ir.

Onde está você?
escondido nessa casca social, 
sorrindo amarelo,
no trabalho que castiga, 
na escola que massacra,
no relacionamento já tão 
ultrapassado, 
gasto.

Onde está você?
Bota pra fora essa pessoa 
que habita ai dentro.
Assuma a direção desse 
“caminhão” 
que é a sua vida.
Dirija sem medo de 
chegar ao destino,
sem medo de amar, 
de errar, 
acertar e fazer
da experiência da vida, 
o “experimentar”.
Saber o sabor do que é 
doce e do que é amargo,
para decidir qual é o 
melhor sabor.

Onde está você?
Quero ser teu espelho, 
e mostrar por inteiro,
esse ser maravilhoso que está 
escondido nas mágoas,
perdido em desapontamentos, 
frustrações.
Somos apenas uma família!

Apesar de tão diferentes, 
somos tão iguais,
com nossos medos, desejos, 
sonhos, pesadelos…
Amamos, desprezamos, 
rimos, gozamos,
e as vezes somos gozados…

Mas não fuja, 
descubra-se,
encontre-se no calendário 
da vida,
marque este dia como o 
dia da descoberta:
você se achou e deseja 
só uma coisa,
ter tempo para viver os 
teus sonhos,
e simplesmente ser feliz,
do seu jeitinho, 
no seu cantinho,
com os olhos de menino,
cheios de esperança.
um adulto com alma 
de criança.

Descobri você!

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 25 Julho de 2.013.

terça-feira, 23 de julho de 2013

Um pedaço de você

Um pedaço de você já ficou no tempo,
quando você deixou de ler um bom livro,
quando não acreditou naquele amigo,
quando não aproveitou aquele 
instante para falar de amor,
quando não abraçou seu pai 
e nem beijou a mãe.

Um pedaço de você se 
perdeu na curva,
quando abandonou o seu 
sonho sem tentar,
quando aceitou trabalhar 
onde não gostava,
quando fazia o que não suportava,
quando disse sim, quando 
queria dizer não,
quando deixou o amor morrer 
antes de nascer,
por medo de sofrer…

Um pedaço de você ficou parado,
quando você não quis fazer 
um novo percurso,
quando se conformou com o velho,
quando ficou parado vendo 
o povo correr,
quando votou em branco, 
se podia escolher,
quando não apareceu quando 
era esperado.

A vida pede atitude 
em cada instante,
e passa por cima de quem se cala, 
de quem aceita,
de quem acredita que tudo está 
irremediavelmente perdido.

A vida desacata quem 
não se aceita,
humilha quem não 
se valoriza,
ensina com amor os que 
amam sem medidas,
ensina com dor, 
os que fogem das lições.
Um pedaço de você quer tudo,
outro quer se esconder.

Assim, 
cabe a você, só a você,
dosar ansiedade e apatia,
ter um tempo para criar e 
outro para executar,
falar e ouvir,
ensinar e aprender,
caminhar e correr,
amar e ser amado,
falar baixo e gritar.
ter um tempo para refletir…

Só não vale cruzar os braços,
só não vale não ser você,
só não vale esquecer:
que nada é mais 
importante que você.

Eu acredito em você

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 24 Julho de 2.013.

domingo, 21 de julho de 2013

Plenitude

Plenitude de tudo!
É impossível viver a 
plenitude da alegria,
ou mesmo gozar a 
eternidade do momento,
se você não se fixar no 
instante que está vivendo.

É como uma prova de 
matemática,
se você não se concentrar
vai ter que ler e reler diversas 
vezes o problema,
e pior, 
não vai conseguir fazer…

Já notou que gravamos 
as piores coisas que nos 
acontecem,
levamos anos e anos para 
perdoar alguém,
demoramos uma eternidade para 
esquecer o que doeu,
o relacionamento que não deu certo, 
o emprego frustrado,
o amigo que não fez o que 
esperávamos,
tudo que é ruim fica com ares 
de eternidade!

Já ás alegrias, 
aqueles momentos 
gostosos da vida,
são apagados pelos dias 
que se sucedem,
no máximo viram uma 
foto na sala.

O que comemos na última 
ceia de Natal?
O que vestimos naquele 
encontro tão especial?
Quando foi a sua última 
gargalhada?

Jogue fora tudo que não 
te traz contentamento,
se encha de esperança, 
de novos e belos sonhos.
E nesse dia que começa com 
sol ou com chuva,
é na verdade, 
um convite para despertar,
vestir a sua melhor roupa, 
estampar um sorriso,
esquecer velhas mágoas 
e renovar-se.

Você é o sol, 
e o dia é a praia,
a sua vontade de ser 
feliz é o mar,
que passa na areia 
das mágoas,
levando embora dores 
e recordações,
trazendo tudo novo: 
amor, vida e esperança,
pra você recomeçar, 
para um novo tempo:
em você, 
por você e pra você!

Eu acredito em você

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 23 Julho de 2.013.

sábado, 20 de julho de 2013

A Felicidade habita em mim

Deu medo!
E com medo, 
a vontade de desistir.
De parar com tudo, 
de nunca mais dar 
oportunidade para nada 
e nem ninguém.
 
Ai vem a vida e mostra que 
"nunca mais" 
é muito tempo,
e as vezes, 
mesmo sem querer, 
somos empurrados para 
uma nova experiência. 
Como ondas 
fortes na praia que 
nos empurram de volta 
para a areia.
 
Olhe para o mundo 
e veja quantas 
oportunidades!
Somente os cegos da 
alma continuam presos ao 
"mundinho" 
que criaram.
Acreditando que existem 
culpados por 
acreditarem em tudo.
 
Olhe para o mundo 
como quem chega 
pela primeira vez na 
sua rua, 
na sua cidade, 
diante das montanhas, 
diante do mar, 
diante da praça,
ou mesmo na favela 
onde você pode estar 
morando agora.
 
Tudo é transitório, 
nossa fase, 
nosso ânimo, 
nossa alegria, 
nossas tristezas.
Tudo passa e isso 
é tão certo que nesse 
exato momento, 
deixamos mais um 
tempo para trás.
 
Não se perca no medo 
de nada.
Se é para amar, 
ame, 
entregue-se gostosamente 
a paixão.
 
Se é para comer, 
coma prazerosamente, 
sentindo os gostos e texturas.
Se é para ser feliz, 
seja por completo, 
sem esperar nada em troca.
Se é para viver, 
viva para o bem, 
para servir, 
para doar-se.
 
Porque a vida tem essa 
estranha mania de 
enriquecer quem nada quer.
E dar muito para quem 
espera tão pouco.
Olhe para o mundo 
e apresente-se:
- Eu sou aquela pessoa que 
descobriu que a felicidade 
habita em mim.
E nada e nem ninguém 
pode roubá-la.
 
TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 21 Julho de 2.013.

sexta-feira, 19 de julho de 2013

Porque os verdadeiros amigos nos fazem chorar

Antes eu pensava que 
os verdadeiros amigos 
jamais deveriam nos fazer chorar. 
Sim, 
deveria ser proibido. 
Até porque, 
ver um amigo chorar, 
nos faz chorar também e a 
vida é feita pra ser vivida 
com alegria.

Mas vou aprendendo no 
dia-a-dia que ainda tenho 
um longo caminho 
de aprendizado pela frente. 
E então vou descobrindo 
devagarinho, 
tal qual a madrugada 
vai descobrindo o dia, 
porque os verdadeiros amigos 
nos causam lágrimas.

Eles são, 
nessa forma de amor 
universal e múltipla, 
as pessoas que conseguem 
entrar dentro do nosso
 coração e tocá-lo. 
E tocam assim, 
com tanta sutilidade e fineza, 
que é nossa alma que atingem, 
é nossa sensibilidade que 
vem recebê-los.

Daí as lágrimas... 
porque tudo o que é grande, 
inestimável e incompreensível 
no mundo arranca 
de nós esse sentimento
 de espanto.

Ah, sim... 
eles nos fazem chorar
 quando a saudade é tão 
grande que não encontramos 
palavras para explicá-la. 
Ou ainda, 
quando queremos 
imensamente estar na sua 
presença e tudo o que 
encontramos são as 
lembranças do passado. 
Ou quando nos 
arrancam bruscamente 
risos e lágrimas ao mesmo 
tempo lembrando 
do tempo bom e do 
que a vida carregou. 

Os verdadeiros 
amigos distanciam-se, 
mudam-se, casam-se, 
mas continuam insistentemente 
e maravilhosamente, 
diria eu, 
a habitar nosso coração. 

E as lágrimas que nos 
invadem como 
chuvas repentinas não 
são de tristeza, 
elas são a forma como 
nosso coração se expressa 
para mostrar o quanto o outro 
ainda está vivo e 
eternamente apegado 
à nossa alma.

Lágrimas que nascem 
assim são benditas. 
São parte da nossa oração 
de agradecimento a Deus por 
ter transformado em amigos 
esses anjos que vêm iluminar 
nossa existência.

TEXTO: Letícia Thompson 
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 20 Julho de 2.013.

quinta-feira, 18 de julho de 2013

Mentiras - Mendacium)

Quem enuncia um fato
que lhe parece digno de crença
ou acerca do qual forma opinião
de que é verdadeiro,
não mente,
mesmo que o fato seja falso”.
* Santo Agostinho *

A mentira é
como uma corrente
cheia de elos soltos.

Quem a conta,
tem que ir soldando elos,
contando mais mentiras,
remendando a sua vida,
para dar força
a primeira mentira
e quando uma delas
se quebra,
a corrente se desfaz,
e o que resta é a vergonha.

Por isso,
quanto maior for a explicação,
maior a possibilidade de existir
uma mentira.

E a mentira cria raízes.

Vai se enrolando
na pessoa que mente,
criando uma falsa idéia
de facilidade,
ou seja,
uma “mentirinha”
aqui não faz mal,
essa outra mentira ali,
é para ajudar a pessoa,
esta,
é para não perder isso,
e aquela outra,
é porque a pessoa
não vai suportar a
verdade!

Ampliamos as desculpas
para mentir.
E nos enrolamos nas
suas raízes.
E já não sabemos o que é
verdade e o que é mentira.
E um dia,
quando menos se espera,
escorregamos na verdade,
e caímos na humilhação de
sermos declarados falsos,
perdemos amigos,
magoamos parentes,
destruímos relações…

E o pior,
fazemos mal a nós mesmos.
O que era boa intenção,
virou pesadelo,
e o que era uma forma de aliviar,
virou dor profunda.

Corte essa raiz antes
que ela se firme.
Antes que ela se estabeleça
no seu canteiro,
e de simples planta no terreno.
passe á ser a dona do
jardim da sua vida,
matando as belas flores
que existem em você.

Eu acredito em você

TEXTO: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 19 Julho de 2.013.

quarta-feira, 17 de julho de 2013

Doe-se


Ninguém perde tempo 
quando ajuda outro 
alguém!
Pode ser com uma 
palavra de conforto,
um abraço no silêncio da 
emoção mais forte.
Pode ser um sorriso 
que alegra,
ou chorar junto em momento 
de pura tristeza.

Ajudar quem a gente gosta 
é maravilhoso,
ajudar os desconhecidos 
é fantástico,
e ajudar quem a gente não gosta, 
é divino!

Por isso, 
antes de ficar parado 
olhando o tempo,
esperando a mega-sena 
que nunca chega, 
vá fazendo o que é possível,
o que está no seu alcance.
Antes de querer salvar o mundo, 
salve a sua casa,
salve seu cachorro, 
salve seu gatinho...
Doe aquilo que não vai 
te fazer falta:
doe amor!

É simples, 
barato e quanto mais 
você doa, 
mais recebe de volta!
Este é o verdadeiro significado da 
lição que o Mestre Jesus deixou:
- É dando que se recebe!

Doe-se!

Pode ser na gentileza 
no ônibus,
ao ceder o seu lugar para 
outra pessoa.

Na escola, 
ao fazer silêncio e 
colaborar com a aula.
No trabalho, 
ao cumprir seu horário 
com dedicação.

O doar-se é fazer algo a mais, 
é colocar o seu toque.
Que o seu toque seja generoso,
 bom de se lembrar,
que as pessoas quando 
pensarem em você,
lembrem-se de alguém 
"especial".
Porque talvez você 
não saiba, 
mas é uma pessoa 
especial.

Talvez, 
falte apenas uma oportunidade 
de demonstrar-se,
de exibir essas qualidades 
que andam escondidas.

Doe-se!

Ainda que seja no 
silencio da cadeira da 
doação de sangue,
no corredor escuro das 
celas da prisão,
no leito do hospital aos pés
 do desconhecido,
na oração fraterna que 
sai dos seus lábios,
e alcança Deus, 
que na sua infinita misericórdia,
derrama agora, 
sobre todos nós,
a sua paz!

Que esta paz te alcance agora...

Eu acredito em você

TEXTO: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 18 Julho de 2.013.

terça-feira, 16 de julho de 2013

TEMPO DE RECOMEÇAR ...

As vezes não é fácil recomeçar!
Ao olhar o monte de cinzas que restou,
ao ver os destroços do terremoto,
ou a lama deixada pela inundação,
o ser humano sente um desânimo até natural,
pois além de imaginar o trabalho que terá,
pensa em tudo o que perdeu,
o que ficou para trás...

Com as perdas do coração, parece pior,
ficam os cacos dos sonhos,
os pedaços de ilusões,
trincas de desejos,
restos de emoções,
e um sentimento de vazio tão grande,
um gosto amargo na boca, que lembra fel,
e aquela sensação de ter feito tudo errado...

Mas, assim como nas grandes tragédias,
o ser humano precisa encontrar forças,
seja na visão do futuro que o aguarda,
seja na solidariedade dos amigos,
seja na certeza de que não estamos sós.
ou na convicção de uma fé que desperta.

Fundamental mesmo, é gostar da vida,
acreditar que podemos mudar,
que somos capazes de construir castelos.
E reconstruir quantas vezes for necessário,
casas, sonhos e sentimentos,
porque somos frutos do amor,
que nos empurra para a vitória,
ainda que reste apenas o nosso sonho,
sempre é tempo de recomeçar...

Eu acredito em você

TEXTO: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 17 Julho de 2.013.

segunda-feira, 15 de julho de 2013

PACIÊNCIA

Ah! 
Se vendessem paciência 
nas farmácias e supermercados 
muita gente iria 
gastar boa parte do salário 
nessa mercadoria tão rara 
hoje em dia.

Por muito pouco a madame 
que parece uma "lady" 
solta palavrões e berros que 
lembram as antigas 
"trabalhadoras do cais"...

E o bem comportado executivo? 
O "cavalheiro" 
se transforma numa 
"besta selvagem" 
no trânsito que ele mesmo
ajuda a tumultuar...

Os filhos atrapalham, 
os idosos incomodam, 
a voz da vizinha é um tormento, 
o jeito do chefe é demais 
para sua cabeça, 
a esposa virou uma chata, 
o marido uma 
"mala sem alça".

Aquela velha amiga uma 
"alça sem mala", 
o emprego uma tortura, 
a escola uma chatice.

O cinema se arrasta, 
o teatro nem pensar, 
até o passeio virou novela.

Outro dia, 
vi um jovem reclamando 
que o banco dele pela 
internet estava 
demorando a dar o saldo, 
eu me lembrei da fila dos
 bancos e balancei a cabeça, 
inconformado...

Vi uma moça abrindo
 um e-mail com um texto 
maravilhoso e ela 
deletou sem sequer
 ler o título, 
dizendo que era longo demais.

Pobres de nós, 
meninos e meninas sem paciência, 
sem tempo para a vida, 
sem tempo para Deus.

A paciência está em 
falta no mercado, 
e pelo jeito, 
a paciência sintética 
dos calmantes está cada 
vez mais em alta.

Pergunte para alguém, 
que você saiba que é 
"ansioso demais" 
onde ele quer chegar? 
Qual é a finalidade 
de sua vida?

Surpreenda-se com a 
falta de metas, 
com o vago de sua resposta.

E você? 
Onde você quer chegar? 
Está correndo tanto para quê? 
Por quem? 
Seu coração vai agüentar? 
Se você morrer hoje 
de infarto agudo do miocárdio 
o mundo vai parar? 
A empresa que você trabalha 
vai acabar? 
As pessoas que você ama 
vão parar? 
Será que você conseguiu 
ler até aqui?

Respire... Acalme-se...

O mundo está apenas na 
sua primeira volta e, 
com certeza, 
no final do dia vai completar 
o seu giro ao redor do sol, 
com ou sem a sua paciência...

NÃO SOMOS SERES 
HUMANOS PASSANDO POR UMA 
EXPERIÊNCIA ESPIRITUAL...

SOMOS SERES ESPIRITUAIS 
PASSANDO POR 
UMA EXPERIÊNCIA HUMANA...

Eu acredito em você

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 16 de Julho de 2.013.

quinta-feira, 11 de julho de 2013

Vida que passa

Haverá dias em que você 
estará tão feliz,
que vai rir de tudo, 
até da situação ruim.
Vai dormir como passarinho 
e acordar cantando.

Todos vão perceber 
a sua alegria,
e até o que era para dar errado, 
vai dar certo.

Mas, 
também haverão dias 
em que a tristeza vai
te pegar.
Se bobear, 
não vai ter coragem nem 
para levantar.
Seu rosto vai estampar a dor, 
seu hálito será um terror.

E até o que era para dar 
certo vai dar errado.
Aumentando a sensação 
de infelicidade.
Parece que está numa tumba, 
ou vítima de uma macumba...
Mas, 
a maioria dos nossos dias, 
passam por passar.

Não prestamos atenção e nos 
deixamos nos levar.
Dias onde nos 
surpreendemos com a 
velocidade do tempo, 
que passa...
E nos 
pegamos no fim do mês, 
acreditando que ainda 
estamos no meio dele.
E se mal pulamos 
a semana do Carnaval,
acordamos assustados com 
os sinos do Natal.

Não deixe os dias escorrer 
pelos dedos!
Valorize a vida.
Valorize suas conquistas 
diárias.
Acordar é uma vitória.
Trabalhar é uma honra 
pessoal.
Estudar é progredir.
Servir é oportunidade 
de crescimento.
Amar, 
necessidade urgente.
E a Vida, 
o seu maior presente.

Eu acredito em você

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 14 de Julho de 2.013.

Transformações

Tudo está em constante 
transformação,
até a unha do seu dedão 
aumentou nesta manhã. 
Milhares de fios de cabelos caíram 
no ralo do banheiro,
outros tantos surgiram 
na sua cabeça.

Todas as situações são passageiras,
sabendo disso, acalme-se…
Respire fundo e lembre-se:
de tudo o que vai ficar, 
após a tempestade de problemas,
o mais importante é você.
Todo mundo pode ir embora, 
podem te trair,
podem te abandonar sem 
desculpas,
você pode até perder tudo,
o nome, a casa, o carro, 
a família,
mas ninguém vai tirar 
o seu caráter,
o seu 
conhecimento adquirido,
a sua alma.

Por isso, 
preserve-se!

Você não se trai, 
não se vende, 
não se troca a toa.
e por saber 
que caminho seguir, 
você decide!
Já pensou nisso?

Você decide qual o 
caminho seguir,
pode até quebrar a cara, 
mas é uma decisão sua!

Pronto, 
eis ai o segredo do sucesso, 
do amor e da vida:
você decide o que é bom 
para você, 
descobre o seu valor,
e parte para a vida de 
braços abertos, 
sem medo de ser feliz.

Pois a vida acolhe 
quem se ama,
se respeita e quer 
ser feliz!

Eu acredito em você

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 13 de Julho de 2.013.

A vida é um campeonato permanente

A vida é um campeonato 
permanente.
Assim que uma partida termina, 
começa outra.

O prazer não está mais 
no descanso, 
e sim na preparação e na 
próxima partida.

É assim tanto nos campos 
de futebol ...
Nas quadras esportivas....
Nas empresas
Nas casas...
(ou até na dança)...

Certamente, 
você lutou muito para 
montar a sua empresa...
Mas esse foi só 
o início de uma aventura 
como empreendedor.
Agora é preciso que ela 
permaneça competitiva.

A vida, para quem evolui, 
apresenta desafios cada 
vez maiores, 
e é bobagem imaginar 
que esse ritmo vá 
diminuir.

As equipes das empresas 
muitas vezes se iludem 
pensando que, 
depois de terminar um projeto, 
haverá um período tranqüilo.

No momento seguinte já 
aparece outro, 
que exige ainda mais 
de todos.
(é assim aqui com a gente...) 
aí você pergunta:
"Quando é que a tranqüilidade do 
passado vai voltar?"
Jamais, 
porque o tempo não volta.
Está sempre avançando em 
direção ao futuro.

Calmaria, atualmente, 
é sinal de que os negócios 
vão mal.
Ou que a vida está 
estagnada...
Mas não se aflija...
Faça tudo no seu ritmo, 
sem sofrimento.

E você chegará lá!
O importante é não ter 
medo de prosseguir...
Só uma coisa torna o 
sonho impossível:
O medo de fracassar!

Pense nisso!

"Os grandes campeões treinam 
de forma intensa porque 
têm prazer tanto na preparação 
quanto na realização de
 seus sonhos".

TEXTO DE: Roberto Shinyashiki
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 12 de Julho de 2.013.

quarta-feira, 10 de julho de 2013

Chuva de bençãos - Let it rain

Quando Michael W. Smith, 
um dos mais famosos 
cantores Gospel do mundo 
chegou a África pela 
primeira vez em visita humanitária, 
viu tanta miséria, 
tanta pobreza e tanta secura 
que exclamou aos céus: 
Este povo 
precisa mais do que chuva, 
mais do que água, 
este povo precisa é de uma 
Chuva de Bençãos”.

Talvez, neste dia, 
você esteja ressecado por dentro, 
ainda cheio de ressentimentos 
com alguém, 
com a vida ou mesmo com Deus, 
pois as frustrações acabam 
nos levando numa atitude de 
“revanche”, 
de afronta ao Criador.

A descrença toma 
conta da nossa vida, 
por isso, hoje, 
eu peço ao Criador, 
que derrame uma chuva 
de bençãos sem 
medidas sobre a sua vida.

Que você, 
mesmo não acreditando, 
possa sentir o gosto, 
o sabor da vitória na 
sua vida.

Que a alegria se instale 
e que você sorria,
e sorrindo abra portas 
universais.

Amigos que se aproximam 
sem interesse,
o emprego que chama 
na sua porta,
a miséria que desce a rua 
e se perde no bueiro.

A família que se refaz, 
a paz que é selada,
o amor que se redobra 
e te emociona.

Um rio de lágrimas quentes 
inundam seus olhos,
lavando a alma com a mais 
pura felicidade.

Isto é a Presença de Deus,
é a Chuva de Bençãos sem fim.

Tudo que eu espero que 
aconteça na sua vida,
porque você importa sim!

Tanto para Deus, 
quanto para mim.

Eu acredito em você

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 11 de Julho de 2.013.

terça-feira, 9 de julho de 2013

Perdas

Para quem perdeu alguma 
coisa irrecuperável,
que haja o ganho da 
redescoberta de si mesmo.
Uma nova visão sobre 
seus próprios dons.
Para os que perderam 
o poder de falar,
que encontrem o poder 
do olhar revelador,
que tudo fala 
sem nenhuma palavra,
ainda que expressem a dor…

Para os que perderam 
o poder de andar,
que encontrem a possibilidade 
de locomoverem-se,
seja com cadeira de rodas, 
pernas mecânicas, 
ou o que for,
é preciso encontrar antes 
de mais nada,
o desejo de não ficar parado, 
ser um lutador.

Para os que perderam 
alguém especial,
que descubram 
a eternidade da vida.

Não aquela 
promessa infantil de 
“paraíso” 
que nunca chega,
mas a certeza da 
continuidade e da marcha 
do progresso.

Da vida 
que nasce e renasce, 
como semente,
como mar, 
num indo e vindo infinito, 
permanente.

Para os 
que perderam a paz, 
um amor,
ou a própria esperança,
fica aqui um recado, 
uma lembrança:
Só perdemos o que ainda 
não conquistamos!

Quem conquista a paz 
jamais a perderá,
quem conquista um amor, 
jamais se apagará.

Por isso, 
não queira ter ou 
possuir algo,
conquiste, 
esforce-se pelo que 
deseja realmente,
e assim, 
descobrirá por fim, 
que a perda,
faz parte do processo da 
conquista permanente.

Só para reforçar:
perca tudo, 
menos a capacidade 
de amar.
Não desista de nada!

Eu acredito em você

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 09 de Julho de 2.013.

segunda-feira, 8 de julho de 2013

Contrários

Imagine um inimigo 
como um benfeitor!
Ele vê em você qualidades 
que nem você vê!
É como o invejoso, 
ele sonha com coisas 
que você tem e 
nem sempre dá valor.
Por isso, 
leve a vida com mais alegria,
saboreando cada pedaço 
das conquistas,
sejam elas morais, 
fisicas ou materiais.

Muita gente enxerga em 
você qualidades, 
defeitos, histórias, 
casos e até calúnias que 
não lhe pertencem,
mas é a imagem que você deixa, 
porque as vezes fala demais,
outras vezes fala de menos, 
ou anda sempre com 
a cara fechada,
ou ri demais...
Tudo é motivo paara 
te julgarem, 
e isso não é horrível?

Então, 
se você acha que 
é um horror ser julgado 
pelo que aparenta,
ser invejado até pelo 
que não tem,
examine-se, 
e veja se você também 
não anda fazendo a 
mesma coisa.

Será que você não anda 
valorizando demais, 
algo que nem merece 
a sua atenção?

Será que esse problema 
que você julga ser um 
"problemão",
não é apenas uma 
preocupação que você 
queria evitar?

Será que essa montanha 
que você enxerga 
não é apenas um montinho 
metido a besta?

Examine-se rapidamente 
e descubra-se!
Você tem muito mais 
para dar,
tem mais para aprender,
tem muito para ensinar,
mas tem que se gostar!
Tem que se valorizar,
não se comparar,
ser um pouco melhor 
a cada dia,
crescendo na certeza de 
que você é do bem.

Você acaba sendo espelho 
para muita gente,
por isso, 
capriche na fisionomia,
arrume o seu melhor sorriso, 
ajeite os cabelos,
e diga para a vida:
Com licença que eu vou passar!
Afinal de contas,
você nasceu para brilhar!

Eu acredito em você

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 09 de Julho de 2.013.

sábado, 6 de julho de 2013

Inútil pranto

É inútil!
Inútil o pranto derramado 
depois do ato desastroso.
Inútil a reclamação vazia 
sem avaliar os próprios erros.
Inútil buscar culpados 
sem olhar para o espelho.
Inútil acusar o mundo 
sem fazer a própria parte.
Inútil virar as costas para 
Deus em atitude infantil.
Inútil o grito de injustiça se 
não lutamos pela justiça.
 
Inútil querer salvar o mundo,
 se o seu mundo está desabando.
Inútil querer amar, 
carregando o ódio no peito.
Inútil querer viver em paz, 
sem a bênção do perdão.
 
Antes que a noite termine 
e vire o dia,
reveja suas atitudes, 
seus atos para com 
as pessoas.
Reveja seu relacionamento 
com a natureza, 
com as regras do mundo.
Reveja a sua dedicação 
para o convívio no lar, 
no trabalho, na escola.
 
Você não é aquela pessoa 
difícil que muitos comentam?
Você não anda 
com posições muito 
"enraizadas" 
e contrárias ao mundo?
 
É tempo de ser e viver o amor.
Ainda que o mundo insista 
em violências, 
ódio e guerras sem fim.
Ainda assim, 
você deve insistir na gentileza, 
na delicadeza do ser.
Pois só assim, 
o lixo inútil do planeta 
poderá virar adubo,
e no meio dessa montanha suja, 
brotar uma flor, e por fim,
transformar o planeta, 
num belo jardim.
 
TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 07 de Julho de 2.013.

quinta-feira, 4 de julho de 2013

“Devagar se vai ao longe.”

Os filósofos de todas 
as culturas, de todos 
os tempos e civilizações, 
chamam-nos a atenção 
para a virtude da paciência 
na conquista daquilo 
que almejamos, 
seja de ordem material, 
intelectual ou 
moral-espiritual.

Tudo que é conquistado pela 
força e de momento, 
de uma hora para outra, 
desvanece sem que 
tenhamos como impedir 
a perda.

Em se tratando 
da caminhada espiritual, 
tanto mais compreensão 
e paciência deveremos ter, 
por essa caminhada é infinita 
e a meta é Deus.

Tudo o que fizer parte de 
nosso cotidiano, 
coisas e pessoas, 
hoje, 
poderão não fazer 
mais no futuro.

Só há uma coisa 
permanente no Universo, 
ensinava o 
filósofo grego Heráclito, 
a mudança.

Por isso, 
é sábio desenvolver 
a paciência para com tudo 
aquilo que só o tempo resolve, 
e onde nossa vontade 
é impotente.

TEXTO DE: Paulo R. Santos
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 06 de Julho de 2.013.

Daquele tempo

É daquele tempo,
em que você sorria mais 
que eu quero falar.
Das lembranças que não 
querem calar.
dos sonhos que de tão infantis, 
eram fáceis de realizar.

Quero falar de um tempo,
em que o próprio tempo, 
não tinha tanto peso,
ele não passava simplesmente, 
ele era preenchido…
Cada dia era esperado,
desejado, cheio de novidades,
ainda que as mesmas…
as mesmas pessoas amigas,
as mesmas brincadeiras,
e até as brigas, 
eram as mesmas,
por isso mesmo eram 
tão simples de serem 
resolvidas.

Quando foi que 
você deixou de ser 
feliz?

Quando foi que a amargura 
entrou no seu coração e 
fechou portas?

Quando foi a primeira 
vez que você não teve 
vontande de sair?

Quando foi que você 
deixou de se olhar no espelho 
e se admirar?

Quando foi que 
o amor te fez mal?

Quando alguém te magoou 
e você se 
deixou magoar?

É o mesmo tempo 
que te espera!
O tempo onde tudo pode 
ser mais simples.

Liberte-se do que 
te oprime.
se tem o que perdoar 
perdoe,
mas perdoe esquecendo 
seja la o que for.

A vida é uma estrada 
comprida...
Não dá para seguir 
viagem carregando 
fardos inúteis.

E o rancor, as desilusões, 
o que era para ter 
sido e não foi,
pesam demais, 
para qualquer pessoa.

Liberte-se!
é tempo de seguir viagem:
você é o tempo de ser feliz.
Sorria!
O dia está nascendo 
mais uma vez,
e é todinho seu,
se você acreditar,
se não duvidar, 
e se deixar amar.
O dia é todo seu.

Sorria!

Eu acredito em você

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 05 de Julho de 2.013.

quarta-feira, 3 de julho de 2013

A alegria é moça fina e educada

Só entra em uma casa 
quando é convidada.
Por isso, 
não espere encontrar a 
alegria sentada na porta 
da sua casa.
Esperando você abrir a 
porta para invadir a 
sua morada.

A alegria é livre 
e só procura quem 
a deseja.
Então, 
movimente o dia para
 buscar pela alegria.
Distribua elogios sinceros, 
palavras gentis para todos.
Ofereça o seu melhor 
para cada um,
e quando uma pessoa 
estúpida devolver-lhe 
"falta de educação",
imagine um jumento ou uma 
égua pastando, 
e sorria.

Cada um realmente só 
pode oferecer o que possui.
E olha que tem muita gente 
que não possui um pingo 
de educação.

Vai!
Convide a alegria para um 
almoço tranquilo,
ou um jantar romântico 
a luz de velas,
você, a pessoa amada, 
a família querida,
ou apenas você que é uma 
companhia tão agradável.

A alegria só é recatada 
até ser convidada.
Depois que entra na sua 
vida fica íntima.
Ri das decepções e te 
dá a maior força.
Sabe que tudo é passageiro, 
e que até ônibus atrasado 
uma hora vem.
E já que já vem, 
não se espante com uma 
vontade louca de rir.

A alegria, 
quando aceita o nosso 
convite de visita,
manda sempre o seu 
cartão pessoal,
uma vontade louca 
de ser feliz.

Convide a alegria para 
visitar a sua vida.
E quando ela entrar, 
não a deixe mais sair.
Case-se com ela e 
seja feliz!

Eu acredito em você

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 04 de Julho de 2.013.

terça-feira, 2 de julho de 2013

Deus te ama

Não perca o seu rumo, 
nem a direção dos sonhos.
Insista na felicidade 
que as vezes parece fugir.
Não se esconda da alegria, 
que por vezes,
parece bater só na porta do vizinho.
Não se arrependa do que fez, 
ainda que lhe aborreça.
Arrependa-se de não ter 
pelo menos tentado,
de não ter dado uma 
chance para alguém,
para um antigo amor, 
para um emprego desafiador.

Não se esconda na noite escura,
ainda que a dor pareça tão dura.
Os anjos estão por ai, 
e aparecem em formas diferentes,
pode ser o 
senhor quase centenário,
que pega na sua mão e 
conforta com uma palavra,
como pode ser a criança, 
que em meio a inocência,
te abraça bem apertado 
e revela que gosta de você,
assim, de graça, 
sem te conhecer.

Deus age em meio ao turbilhão,
no meio do deserto que atravessamos,
na rua cheia de galhos e água,
no meio do oceano varrido pelas ondas.
Onde estiver o seu coração, 
Deus estará também.

Ainda que distante Dele,
ainda que cheio 
de mágoas e descrédito.
Deus não deixa de agir 
em seu favor.
Deus é o manifesto do Amor.
Por isso, 
não escolhe e nem seleciona 
as pessoas,
por essa ou aquela qualidade,
apenas age, para que um dia,
a sua visão seja tão limpa,
que a presença Dele se faça visível.

Então, o "cego" verá,
que Deus permanece na sua vida,
ainda que não seja reconhecido,
pois você é tão especial, 
que jamais será esquecido.

Deus te ama profundamente.

Eu acredito em você

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 03 de Julho de 2.013.