segunda-feira, 30 de março de 2009

VENDE-SE TUDO

No mural do colégio da minha filha
encontrei um cartaz escrito por uma mãe,
avisando que estava vendendo tudo
o que ela tinha em casa,
pois a família voltaria a morar
nos Estados Unidos.

O cartaz dava o endereço
do bazar e o horário de atendimento.
Uma outra mãe, ao meu lado,
comentou:
- Que coisa triste ter que vender
tudo que se tem.
- Não é não, respondi,
já passei por isso e é uma lição de vida.

Morei uma época no Chile e,
na hora de voltar ao Brasil,
trouxe comigo apenas umas poucas gravuras,
uns livros e uns tapetes.
O resto vendi tudo,
e por tudo entenda-se:
fogão, camas, louça, liquidificador,
sala de jantar, aparelho de som,
tudo o que compõe uma casa.

Como eu não conhecia muita gente na cidade,
meu marido anunciou o bazar
no seu local de trabalho e esperamos
sentados que alguém aparecesse.
Sentados no chão.

O sofá foi o primeiro que se foi.
Às vezes o interfone tocava
às 11 da noite e era alguém que tinha
ouvido comentar que ali estava
se vendendo uma estante.
Eu convidava pra subir e em dez minutos
negociávamos um belo desconto.

Além disso,
eu sempre dava um abridor
de vinho ou um saleiro de brinde,
e lá se iam meus móveis
e minhas bugigangas.

Um troço maluco:
estranhos entravam na minha casa
e desfalcavam o meu lar,
que a cada dia ficava mais nu,
mais sem alma.

No penúltimo dia,
ficamos só com o colchão no chão,
a geladeira e a tevê.
No último, só com o colchão,
que o zelador comprou e,
compreensivo,
topou esperar a gente ir
embora antes de buscar.
Ganhou de brinde os travesseiros.

Guardo esses últimos dias no Chile
como o momento da minha vida
em que aprendi a irrelevância de
quase tudo o que é material.

Nunca mais me apeguei a nada que
não tivesse valor afetivo.

Deixei de lado o zelo excessivo
por coisas que foram feitas
apenas para se usar,
e não para se amar.

Hoje me desfaço com facilidade de objetos,
enquanto que torna-se cada
vez mais difícil me afastar de pessoas
que são ou foram importantes,
não importa o tempo que estiveram
presentes na minha vida...

Desejo para essa mulher que está
vendendo suas coisas para voltar
aos Estados Unidos a mesma emoção
que tive na minha última noite no Chile.

Dormimos no mesmo colchão,
eu, meu marido e minha filha,
que na época tinha 2 anos de idade.
As roupas já estavam guardadas nas malas.
Fazia muito frio.

Ao acordarmos,
uma vizinha simpática nos
ofereceu o café da manhã,
já que não tínhamos nem
uma xícara em casa.

Fomos embora carregando apenas
o que havíamos vivido,
levando as emoções todas:
nenhuma recordação foi vendida
ou entregue como brinde.

Não pagamos excesso de bagagem e chegamos
aqui com outro tipo de leveza.

... E se só possuímos na vida o que dela
pudermos levar ao partir,
é melhor refletir,
e começar a trabalhar o DESAPEGO JÁ!

TEXTO: Martha Medeiros
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 01 de Abril de 2.009.

segunda-feira, 23 de março de 2009

Indecisão

Onde é que você vai colocar a sua indecisão?
Porque se você colocar na frente dos seus sonhos,
você não vai chegar a lugar nenhum.
Imagine uma perna querendo ir para a esquerda,
e a outra querendo ir para a direita, no máximo,
vão te levar ao tombo, a frustração.

"É isso que tem impedido muita gente de ser feliz:
indecisão, que gera a falta de foco,
que gera frustração, desânimo..."

Muita gente sonha em gravar um disco,
mas mal sabe cantar, e ao invés de ir estudar canto,
vai se lamentar da sorte no ouvido dos outros.

Primeiro ponto: descubra a sua vocação.
Dedique-se a fazer bem,
o que todos já dizem que você faz bem.
Eu disse "todos", no sentido de que muita gente,
muitas pessoas reconhecem o seu talento.
Tem gente que cisma que faz bem uma coisa,
e vai perguntar para a mamãe se é ou não é,
e é claro que, para a mãe coruja,
as corujinhas horrorosas no ninho, são lindos.

Descobriu seu talento?
Não importa se é fazer bolo, café ou extrair dentes.
Dedique-se a o ofício com dedicação, determinação e amor,
pois amor é fundamental em tudo,
até no tempero do arroz, na cama arrumada,
na programação do novo software.
Depois de bem feito, descubra que:
"tudo que é bom, pode ficar melhor",
até você, não é mesmo?

Então, comece agora mesmo a sua transformação,
tem tanta coisa para ser vista, feita e consertada,
não há tempo a perder, o mundo te espera.
Decida-se e vença!

Eu acredito em você

Paulo Roberto Gaefke

* * * * *

Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 24 de Março de 2.009.

quarta-feira, 18 de março de 2009

Sementes Divinas

Não pense em desistir!
Alias, desista dessa idéia,
Deus tem um plano para você.
E não estou falando de religiões,
nem de promessas,
estou falando de um destino,
de um motivo para estar aqui.
Basta observar a natureza, e perceber:
nada é feito ao acaso,
nem sem uma serventia.
O verme minúsculo livra o mundo de dejetos,
e reunidos acabam com a podridão.
A mina d'água minúscula desce
a montanha e forma um rio,
o rio segue o curso e desagua no mar,
o mar segue até a costa e regula as marés,
fornece alimento, é caminho,
é saída e é chegada.

Você é fruto abençoado do amor,
obra prima da engenharia celeste,
onde cada célula responde por uma função.
Organismos que
respondem ao comando do cérebro,
que se molda com a sua emoção,
que se reveste da razão,
e forma esse ser maravilhoso.

Você é a esperança
de Deus de dias melhores!
é com você que os anjos contam,
é com a sua perseverança,
a sua humildade,
com os seus erros que te
levam ao aprendizado.

Filho querido, alma amada,
a vida é o seu maior tesouro!
Não a deixe escorrer pelos dedos,
não a perca em reclamações inúteis,
não esvazie a esperança,
porque tú és uma criança,
perdida na areia da eternidade.

Você tem a semente
divina nos teus genes.
Deus resplandece no teu rosto,
e quando você vence, é a vitória de Deus,
e quando perde, quando chora,
quando desanima,
Deus se compadece,
e envia um presente,
é o novo dia, inteirinho para você,
para recomeçar, para fazer de novo,
para ser novidade de vida,
vida que te entrega agora
a melhor parte:
o dia de hoje.
Aproveite-o bem!

Eu acredito em você

TEXTO: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 19 de Março de 2.009.

segunda-feira, 9 de março de 2009

A sua parte

Qual é o esforço que você está disposto
a fazer para mudar a sua vida?
O ser humano adora reclamar,
e se encontrar uma "muleta",
para de caminhar para andar apoiado...
Por isso é importante saber qual é o esforço
que você vai fazer para viver mais e melhor?

Se você bebe demais, fuma,
usa algum tipo de droga,
está pronto para abandonar os vícios?
Se tem relacionamentos extra-conjugais,
está disposto a deixá-los
e fixar-se na sua família?
Se tem dívidas
e dificuldades em parar de gastar,
já quebrou os cartões e cancelou
os limites especiais?
Se tem mania de consumir roupas,
sapatos, jóias e isso tem trazido problemas,
já pensou em procurar ajuda?
Se você não consegue manter
um segredo na boca,
se conta tudo da sua vida para os outros,
já pensou em mudar de hábito?
Se morre de raiva de alguém e
carrega um rancor na vida,
já pensou em perdoar e seguir livre?
Se parou no tempo e vive daquele
amor que não aconteceu,
já pensou em se amar e recomeçar?

A vida, por vezes,
lembra uma maratona,
onde poucos se prepararam para ir até o fim.
Muitos até começam animados,
lançam projetos,
criam expectativas do bom e do melhor,
mas vem a primeira subida,
a primeira dificuldade,
e param, desistem, se entregam.

Mas,
há aqueles que tem um objetivo maior,
e que não desistem até chegarem ao destino.
Objetivo é diferente de sonho.

Sonhos todo mundo tem,
todo mundo quer do bom e do o melhor
e da boca pra fora,
todo mundo acredita em Deus.
Até ladrão se benze antes de sair
de casa para o seu "trabalho",
mas e dai?

Qual é a sua atitude hoje perante a vida,
a sua família, a sociedade?
Qual é a sua atitude diante de Deus?

Qual é o seu OBJETIVO?
onde você quer chegar?
Seja ele qual for,
uma coisa eu lhe garanto:
NÃO ADIANTA FICAR AI PARADO
RECLAMANDO OU ESPERANDO.
Tem que ter e tomar uma ATITUDE DE FÉ,
de PERSEVERANÇA, de DETERMINAÇÃO.
Ninguém te segura com
um objetivo na alma.

Vai,
comece ou recomece agora,
o limite é o ponto de chegada,
jamais o ponto de partida!

Eu acredito em você

TEXTO: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 10 de Março de 2.009.

quarta-feira, 4 de março de 2009

Criamos...

A cura, a dor, a doença, a raiva ou o amor,
tudo está dentro do seu universo pessoal.
Somos seres de Luz, maravilhosas máquinas de criação.
Criamos o nosso céu, e nele o paraíso,
ou o inferno, e nele nos consumimos.
É em nós que habitam os fantasmas que criamos,
através do ciúme, da inveja, do desrespeito que nos tratamos,
daquelas certezas de que coisas ruins vão nos acontecer,
quando deveríamos nos concentrar no que queremos.

Assim, o endividado só consegue falar e ver dívidas,
como o depressivo, que só consegue ver tudo cinza,
ou o pessimista, que em meio ao sol do verão,
leva a blusa de frio, esperando uma mudança a tarde.
Os materialistas, os que só acreditam vendo,
os que odeiam sem motivo concreto,
os que maldizem a vida, desconhecem Deus,
nem imaginam o que seja a fé.
Gente que não faz, que espera, reclama, não participa.

Hoje ainda, através da mudança de hábitos e pensamentos,
você pode transformar o espinho da rosa em beleza,
iluminar o vaso da sua vida com certezas de dias melhores,
amar sem distinção, fazer mais do que reclamar,
descruzar os braços da insatisfação
e buscar o prazer de fazer bem feito,
seja lá o que você for fazer.

É assim que os "milagres" acontecem,
quando o homem sai da sua casca de infelicidade ,
quando decide ser feliz haja o que houver,
descobrindo suas capacidades,
valorizando seu potencial, tomando as rédeas da vida,
conduzindo o seu carro nessa estrada da verdade,
rumo a simplicidade, rumo a felicidade.

Eu acredito em você

TEXTO: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 05 de Março de 2.009.

segunda-feira, 2 de março de 2009

Onde anda Jesus

Quando pergunto onde está Jesus,
é porque a minha
insatisfação está maior que a fé.
A minha insatisfação é reflexo direto
das expectativas que eu criei,
e a frustração de não ver as coisas se realizando,
como eu gostaria,
me levam a duvidar, a me revoltar...

Jesus está cada dia mais ativo,
nos braços dos que acolhem os caídos,
na boca dos que levam uma
palavra de conforto,
nos olhos dos que olham para os
mais necessitados,
nos ouvidos de quem ouve quem
precisa desabafar,
nas mãos que seguram as mãos desesperadas,
nos que visitam os presidiários,
lavam feridas,
cozinham para os famintos,
receitam para os doentes,
nos pés daqueles que andam léguas
para atender o aflito.

E eu, na minha insatisfação,
no meu egoísmo,
cego pela frustração de não ver meus
desejos atendidos,
me revolto contra Deus, que não vejo,
e nem posso ver,
estou com a venda nos olhos.

Venda da minha ignorância,
que procura e não acha,
que olha e não vê, que sabe, mas não entende,
que machuca a alma aflita,
que chora, que anseia,
que pede para ser este Jesus,
que tudo confia,
e ser,
depoimento vivo de que Ele vive,
vive em mim,
em você e em todo aquele que entendeu,
que ser cristão não é seguir normas e regulamentos,
é ser Jesus em cada gesto,
atitude e movimento,
na simplicidade de ser bondade,
justiça e amor, e de tudo isso,
o amor é o que mais representa o Cristo,
e amar é deitar na cama do
doente que não entendemos,
vestir o sapato do familiar
que não compreendemos,
estar na fome do pedinte que
pede um pedaço de pão,
encontrar e ser Jesus,
aquele que não morreu,
está vivo em cada um daqueles
que o descobriram,
e quem encontra Jesus,
jamais o esquece.

Eu acredito em você

TEXTO: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 03 de Março de 2.009.