sábado, 31 de agosto de 2013

O VALIOSO TEMPO DOS MADUROS...

Contei meus anos e descobri 
que terei menos tempo 
para viver daqui para a frente 
do que já vivi até agora.

Tenho muito mais 
passado do que futuro.
Sinto-me como aquele 
menino que recebeu uma 
bacia de cerejas.

As primeiras, 
ele chupou displicente, 
mas percebendo que 
faltam poucas, 
rói o caroço.
Já não tenho tempo 
para lidar 
com mediocridades.

Não quero estar em 
reuniões onde desfilam 
egos inflamados.
Inquieto-me com invejosos 
tentando destruir quem 
eles admiram, 
cobiçando seus lugares, 
talentos e sorte.

Já não tenho tempo 
para conversas intermináveis, 
para discutir assuntos 
inúteis sobre vidas alheias 
que nem fazem parte da minha.

Já não tenho tempo 
para administrar 
melindres de pessoas, 
que apesar 
da idade cronológica, 
são imaturos.

Detesto fazer acareação 
de desafectos que 
brigaram pelo majestoso 
cargo de 
secretário-geral do coral.

'As pessoas não 
debatem conteúdos, 
apenas os rótulos'.

Meu tempo tornou-se 
escasso para debater rótulos, 
quero a essência, 
minha alma tem pressa...

Sem muitas cerejas na bacia, 
quero viver ao 
lado de gente humana, 
muito humana; 
que sabe rir de seus tropeços, 
não se encanta com triunfos, 
não se considera eleita 
antes da hora, 
não foge de sua mortalidade, 
caminhar perto de coisas e 
pessoas de verdade, 
o essencial faz a vida 
valer a pena.

E para mim, 
basta o essencial!

TEXTO DE: Mário de Andrade 
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 01 de Setembro de 2.013.

sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Mudança Interior

Se eu não me respeito, 
abro portas em mim,
deixo entrar quem quiser, 
deixo que façam o que quiserem,
e nessa permissão, 
recebo críticas que destroem,
perco tempo com quem 
não interessa,
sofro por aceitar opiniões,
me perco em desilusões...

Se eu não me valorizo, 
fecho portas para mim,
o emprego fica pior, 
o desemprego ronda o meu dia,
a esperança vira utopia, 
os sonhos morrem.
Não acredito nem em mim, 
nem em ninguém,
é uma vida cinza, 
cheia de inveja, 
medo e sem sabor,
experimento o amargo do
 fel e do desamor.

Se eu não tenho 
mais fé em ninguém, 
me esvazio,
tento vencer com a 
força do braço, 
perco a sutileza,
deixo de insistir na 
primeira derrota,
perco batalha e perco 
a guerra, 
o desânimo vive em mim.
Sem a fé vagueio pela Terra,
sem rumo e sem fim.

Se eu não me amo, 
entristeço-me,
não vejo as rosas, 
só os seus espinhos.
Na boca um gosto ruim 
de contradição,
vontade de brigar com o mundo, 
falta de humor.

As pessoas se distanciam, 
se afastam com razão,
sem amor somos frios, 
perdemos até a noção,
somos frutos verdes, 
que o vento lança ao chão,
pobre de quem nunca amou, 
de quem secou o coração,
é como zumbi sem rumo, 
é viajante sem direção.

Respeito, valorização, 
admiração, fé e amor,
tudo começa em você, 
se você quer ter, 
precisa oferecer,
e só se pode oferecer aquilo 
que se tem.
Comece a mudança, 
comece em você!

Eu acredito em você

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 31 de Agosto de 2.013.

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Se quiseres...

Quando eu confio, eu sigo,
quando desconfio, eu paro.
Assim é o ser humano, 
que busca segurança 
em tudo.
 
Por isso são poucos os 
que se arriscam em 
aventuras.
Poucos são os que desejam 
atravessar o mar revolto,
os que continuam na 
escalada da montanha,
os que não param 
diante da dor.
 
Por isso contamos 
nos dedos os 
que chegaram a Lua,
os que escalaram 
o Everest,
que construíram com suas 
próprias mãos pontes,
viadutos, castelos, 
hospitais, empresas, 
etc.
 
Poucos ainda são 
os que não aceitam 
o "não",
os que não melindram
 diante de uma ofensa,
os que não se 
abatem diante de um 
puxão de orelhas.
A maioria ainda tem muito 
"orgulho disfarçado",
e chora quando o chefe 
chama atenção,
quando a professora fala 
dos seus erros,
quando a amiga comenta 
sobre o seu cabelo!!!
 
Então temos de um lado, 
os que vivem para chorar,
os que adoram uma 
lamentação fácil,
e os que engolem o choro, 
levantam a cabeça.
e provam para si mesmos, 
que podem muito mais.
São esses que 
construíram automóveis,
que fizeram os aviões, 
que deram razão para 
a Matemática.
Aqueles que queimaram na 
fogueira da ignorância,
mas deixaram um legado 
que não morre.
 
Hoje, mais uma vez, 
você tem a oportunidade 
de escolher,
se quer ficar mais um 
dia na lamentação inútil,
ou arregaçar as mangas 
e desafiar tudo e todos,
para mostrar que você 
pode recomeçar.
vencer o medo e sair na rua,
vencer a dor e trabalhar,
vencer a doença e sarar,
vencer o ódio e amar,
vencer a descrença geral e ser,
ser muito feliz por ser você.
 
E você, não é POUCA COISA,
você é retrato do criador,
fruto divino de muito amor,
e pode reverter o que quiser,
se desejar, 
se simplesmente crer.
 
Seja então, 
a renovação que você 
tanto espera.
 
Seja feliz!
 
Eu acredito em você
 
TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 30 de Agosto de 2.013.

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Minha Oração

Hoje e sempre, 
eu quero:
Tempo para pensar 
antes de falar;
serenidade para agir 
depois de falar;
perseverança para continuar 
agindo depois de começar;
humildade para reconhecer que 
preciso de outras pessoas;
sinceridade para falar o 
"não" 
que preciso falar;
lealdade comigo mesmo,
para não me comparar 
com ninguém;
e fé na medida da razão, 
para eu continuar fazendo,
sem esperar que qualquer coisa 
caia do céu sem o meu esforço.

"Assim, 
podemos seguir confiantes, 
certos da vitória sobre 
nós mesmos,
sobre as nossas dificuldades
 em entender,
o porque de certas situações."

Quando não há resposta,
devemos seguir trabalhando,
certos de que, 
no devido tempo,
tudo será esclarecido, 
elucidado e concluído.

Assim, 
compreender que a felicidade
é a recompensa natural,
dos que insistem em 
fazer tudo direito,
mesmo quando todos insistem 
em fazer errado.

"Somos os construtores 
dos nossos sonhos,
responsáveis pelos nossos passos."
O que semeia, 
o que planta e o que vai colher.
Por isso, 
semeie amor, 
por onde você for.

Eu acredito em você

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 29 de Agosto de 2.013.

terça-feira, 27 de agosto de 2013

O Plantio

Se eu não me esforço, 
não adianta esperar!
O mundo é pura física: 
"ação e reação".
Colhemos exatamente 
o que plantamos,
por isso, 
se as lágrimas de hoje 
são um mistério,
basta vasculhar lá atrás as 
sementes que espalhamos.

Mas, 
assim como na 
horta que cultivamos,
podemos arrancar as ervas 
daninhas a qualquer hora,
e preparar o terreno para 
outra semeadura.
também em nossas vidas, 
podemos plantar as nossas 
melhores sementes,
podemos cuidar dos 
nossos sentimentos,
elevando a qualidade dos 
nossos pensamentos,
regando carinhosa e 
pacientemente nossas 
atitudes.

Não espere milagres! 
Comece agora a sua horta.
Mãos na terra 
removendo a ilusão,
enxada do amor próprio para 
remover velhas dores, 
que estão fixas como 
"raízes em nós mesmos".
E tenha paciência, 
esperar faz parte da sabedoria,
um pé de abacate pode demorar 
5 anos para dar frutos,
mas quando começa a produzir 
pode durar um século.

Que a sua felicidade 
seja uma árvore centenária,
ainda que demore para 
começar a dar frutos,
que seja perene e se 
espalhe pelo vento,
como pólen amoroso 
da própria vida.
Vida que convida: 
alma querida, 
vem plantar amor!

Eu acredito em você

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 28 de Agosto de 2.013.

domingo, 25 de agosto de 2013

O QUE VAI EM VOCÊ?

O que fala o seu coração?
Estou feliz e preenchido, 
ou vazio e carente, 
todo mexido?

O que reflete o seu rosto?
Alegria e contentamento, 
ou preocupação e tormento?

O que sai da sua boca, 
palavras doces que aproximam, 
ou reclamações que não terminam, 
que afastam até os que 
te admiram?

Vigie-se!
As vezes entramos 
em uma rotina de lamentações, 
começamos acreditar em 
azar e assombrações, 
sendo que o que nos 
leva para baixo, 
são sempre os nossos pés, 
os nossos pensamentos, 
uma mistura de desgosto 
com ressentimentos.

Se o momento é bom, 
curta, 
aproveite ao máximo.
Distribua sorrisos 
e faça o bem sem 
olhar a quem.

Mas, 
se o momento é ruim, 
levante a cabeça, 
enxugue ás lágrimas 
e olhe para o céu.

Se está azul, 
é sinal de confiança, 
se está cinza e chuvoso, 
sinal de esperança.

Lembre-se: 
precisamos do sol 
para aquecer, 
e da chuva 
para germinar e florir.

Tudo feito para você 
se alegrar e sorrir.

Acreditar que 
tudo é possível, 
e assim, vencer.
Acreditar em tudo, 
sobretudo em você.

Você vai vencer!

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 26 de Agosto de 2.013.

sábado, 24 de agosto de 2013

Os Degraus da Vida

As vezes, 
tudo o que precisamos 
é subir um degrau acima 
da mediocridade,
dos que acreditam apenas 
na maldade humana, 
na necessidade da dor e 
do sofrimento.

Subir um 
degrau na escada 
da evolução da vida, 
é ver o mundo 
com outros olhos.
É ver possibilidades 
no impossível, 
soluções na ausência 
de respostas, 
possibilidades onde 
todos pararam. 
remover barreiras 
que paralisam.

Não se detenha diante 
dos problemas. 
Olhe por cima deles. 
Busque um novo rumo.

Você pode 
ser um engenheiro 
frustrado que adora 
fazer cupcakes.

Um médico desanimado 
que adora jardinagem.
Uma servente que sabe fazer 
o melhor café do mundo.

Invista no seu 
talento e suba um degrau além 
das suas expectativas.
O mundo precisa 
de gente bem resolvida, 
que se ama e acredita 
na Conquista.

O mundo precisa de 
você motivado, 
de bem com a Vida.

Eu acredito em você

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 25 de Agosto de 2.013.

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

O á s i s

“O que torna belo 
o deserto é que ele 
esconde um poço em 
algum lugar.”
(Saint-Exupéry)

Há dias em que nada 
parece dar certo,
já acordamos sem saber 
direito porque levantar,
a luta entre o nosso querer 
e o dever é enorme,
a fé se perde no desânimo, 
a dor se espalha,
e viver é como subir uma 
montanha com pouco ar,
cada passo é um peso, 
cada dia uma luta.

Ouve alma querida:
mesmo no deserto mais 
terrível existem oásis,
lugares onde as árvores 
crescem frondosas,
onde a água tão rara 
é abundante,
e os homens podem se refazer 
da longa jornada.

Por que na nossa vida 
seria diferente?

Não se fixe no problema, 
existem mil portas,
mil caminhos para buscar, 
mil lugares para conhecer,
milhares de pessoas para 
“reconhecer”,
novos amigos, novo amor, 
novos sabores,
descobrir “oásis”, 
novos poços, 
eis a sua missão,
sair da tristeza e da decepção 
e enfrentar o caminho.

Vem, 
vamos juntos nessa estrada,
que pode parecer deserta e seca,
mas logo ali, 
logo a frente,
um oásis te espera, 
para fazer uma festa,
transformar a sua vida 
em um jardim,
onde a mais bela flor, 
ainda é você.

Eu acredito em você

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 24 de Agosto de 2.013.

Dias felizes

Não deixe de desejar 
um dia melhor.
Ainda que hoje seja o dia 
mais que perfeito.
Onde tudo se encaixou 
e você encantou.
Onde as pessoas foram amáveis 
e você faturou muito.
Ainda assim, 
tudo pode ser melhor.

Estamos nos acostumando com 
as coisas e notícias ruins.
E quando chega aquele dia gostoso, 
de paz, de coisas boas,
ficamos desconfiados.
Tipo: me belisca para ver
 se eu já acordei!
Pois é, mas o comum, 
não é ter somente dias de dores.
O que deveria ser comum 
é o dia feliz!
Um dia de muita risada, 
muita conversa, 
muitos beijos, 
muitos abraços,
"amassos", 
comidinha quente e gostosa.
Ah! e é claro; 
muitos amigos.

Coisa boa não é?
Pois pense assim, 
pense como criança.
Lembra quando você 
era criança?
O grande barato era acordar para 
brincar mais um pouco.
Havia tanta coisa para fazer...
E se você teve o privilégio de 
crescer em um 
ambiente aberto,
com ruas largas, 
as vezes sem asfalto, 
campinhos, árvores,
ai então, era só alegria...
lembra?

Qual era o segredo 
desse tempo?

Pense...
vou te dar mais uns segundos...
O grande segredo das crianças 
é não fazer planos.
É acordar para viver intensamente
 o dia que começa.
Criança não fica parada 
elaborando planos de vingança,
nem fica pensando como vai fazer 
para fazer uma maldade.
Tudo acontece espontaneamente...

Então, 
acredite que o dia pode 
ser melhor e será.
Deixe-se contagiar pela 
alegria da infância.
Despreocupe-s e um pouco.

Mesmo sendo médico cirurgião 
com uma grande cirurgia 
pela frente.
Deixe-se guiar pelo seu aprendizado, 
e depois do trabalho bem feito,
solte-se numa cadeira e se 
ela for giratória,
aproveite e brinque como se fosse 
um parque de diversões.
Talvez a vida não passe disso, 
um grande parque com 
muitos brinquedos.
Só que muita gente anda com medo 
de se soltar e se divertir.

O dia pode ser muito melhor!
Acredite, lute, 
sonhe e realize.

Eu acredito em você

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 23 de Agosto de 2.013.

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

O seu olhar

Fala agora para o tempo que 
você quer dar um tempo.
Parar com a 
mania de perseguição, 
de incapacidade,
e modificar a maneira de 
como você vê a vida,
não importa a sua idade.
 
A vida é bela e 
pede uma fita amarela.
Alias, 
a vida tem mil 
cores possíveis.
Depende apenas do 
seu estado, 
da maneira que vê 
essa vida.
 
Há quem veja beleza 
diante do mar,
e há quem tem fobia 
de tanta água.
Há quem ande 
pela areia e sente 
"energias",
outros, apenas "alergias".
 
Tudo depende do seu olhar.
É ele, o seu olhar,
 que muda caminhos,
aceita provocações, 
se acalma ou se agita.
O mundo continua o mesmo,
o tempo, 
anda da mesma maneira.
E isso fica claro, 
quando você vai para o campo,
deita na rede e espera 
o tempo passar.
 
Fala agora para o tempo 
que você quer amar.
Que você precisa 
receber o amor.
Que você quer mudar e perceber 
a mudança nos outros.
 
Fala agora 
para o tempo que o 
desejo não pode esperar.
É tempo de encontros 
e de reencontrar.
 
A fórmula da felicidade 
não é o conquistar,
nem pense que é o "ter".
A felicidade 
passa antes pelo "ser".
Seja então, mais você.
 
Fala para o tempo agora 
que é hora de encantar,
e dele poder roubar o melhor 
que a vida pode lhe dar.
Ser feliz, 
agora e sempre, 
com o tempo que lhe restar...
 
Eu acredito em você
 
TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 22 de Agosto de 2.013.

terça-feira, 20 de agosto de 2013

Solte as amarras

Você já teve a impressão 
que a vida de todo mundo 
vai pra frente e a sua não?

Já se perguntou por que você 
não consegue isso ou aquilo?

Alguma vez já 
pensou que você anda, 
anda e parece estar sempre 
no mesmo lugar?

Há muita 
e muita gente assim, 
que dá passos e mais 
passos e não avança. 
São pessoas atracadas a 
algum porto e que ainda não 
conseguiram se libertar.

Não adianta, 
se estamos amarrados 
a alguma coisa, 
não dá pra ir adiante.

A corrente pode até nos levar 
de um lado para o outro, 
as tempestades nos atingirem 
e até mesmo o sol e lindas 
noites de lua, 
mas não saímos do lugar.

São as amarras da vida, 
problemas mal ou não resolvidos. 
Coisinhas que julgamos 
pequenas e que deixamos 
pra depois, 
mas que, 
estando no nosso 
caminho ainda, 
acabam nos atrapalhando.

Muitas vezes pensamos que 
"deixar pra lá" 
resolve e acabamos deixando.

Nós dizemos que o tempo 
é o melhor remédio e não 
digo que não seja. 
Mas não há remédio que 
possa funcionar se a raiz do 
mal continua intacta.

As feridas que 
carregamos no nosso ser, 
os relacionamentos doentes, 
mas deixados para o amanhã, 
os empregos que não nos dão 
nenhuma satisfação, 
fazem com que nossa 
vida ande devagar, 
mesmo se o tempo passa e 
envelhecemos com ele.

Falta-nos 
coragem para tomar 
atitudes e é a vida quem 
decide do nosso destino.

Se você quer, realmente, 
que sua vida ande enquanto 
você é jovem o bastante para bem viver, 
solte as amarras. 
Lave a alma do que te atormenta, 
converse sobre seus problemas 
com as pessoas envolvidas; 
no trabalho, 
se você acha que é seu 
único meio de sobrevivência e 
que não pode ficar sem ele, 
então, 
mude sua maneira de trabalhar, 
procure encontrar satisfação 
naquilo que você faz.

Os horizontes existem para 
que não percamos a fé, 
para que possamos sonhar com 
o que há do outro lado e, 
quem sabe, 
seguir nesse rumo.

Ninguém pode evoluir 
se está aprisionado a 
alguma coisa. 
Se tiver que se apegar, 
que seja então à vontade 
de construir algo positivo
 da sua vida.

Nunca espere pelos outros, 
nunca olhe para os outros se 
dizendo por que eles 
conseguem e você não.

Evite comparar-se com 
este ou aquele, 
pois você é uma pessoa 
única e de qualquer maneira 
não existe ninguém perfeito, 
com vida perfeita.

Dando o melhor de si, 
você vai perceber que seu 
potencial é muito maior do 
que você pensa.

Dando o primeiro passo, 
que geralmente é o mais difícil,  
os outros se seguirão.
E se você acha que sozinho 
não vai conseguir, 
há um Libertador que pode 
ouvir seu pranto, 
segurar sua mão e te ajudar.
"Cristo é a verdade que liberta."

Solte as amarras da sua vida, 
sejam elas quais forem, 
uma a uma, 
devagarinho. 
Depois navegue...e seja muito, 
muito feliz!

TEXTO DE: Letícia Thompson
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 21 de Agosto de 2.013.

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Persistir

Antes que o dia termine, 
cuide para não deixar seus 
sonhos encostados no canto 
das lamentações,
abandonados ao parecer do impossível.
Não sem ao menos tentar,
não sem ao menos idealizar 
um plano de metas.
Triste não é o "não realizar",
triste é o abandonar do barco,
é nem começar a corrida,
é o medo de ter medo,
é o não tentar...

Persiste!
Ainda que as lágrimas 
impeçam a boa visão,
ainda que as pessoas digam não,
ainda que o tempo mude e o vento 
sopre para outra direção,
ainda assim, 
o ponto final ainda pode 
ser reescrito,
e é assim que os vitoriosos 
conseguem conquistar:
quando vencem a si mesmos.

Não há segredo, 
nem mistério,
há sim, 
uma força além do normal,
um estado de confiança que 
ultrapassa as dificuldades,
pois quem espera que a vida 
seja feita de pétalas,
acaba se espetando no
 primeiro espinho,
e sangrando desiste, 
e chorando se lamenta.

Persiste!
Segue esse caminho 
que você traçou,
sabendo que toda montanha 
tem duas faces,
logo depois da cansativa 
subida vem a descida,
se está muito calor, 
logo vem a chuva,
e depois do longo inverno,
a Primavera traz o 
renascer.

O Sol ainda brilha lá fora,
mas é preciso sair de 
casa para senti-lo!
Tenha coragem, 
persiste, 
ainda que seja noite,
amanhã será o seu 
dia de brilhar!

Eu acredito em você

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 17 de Agosto de 2.013.

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

O dono do tempo

Os homens desse planeta 
sabem que um dia irão morrer,
que a sua geração vai 
passar e uma nova lhe sucederá,
mas, mesmo assim, 
vivem como se tivessem 
a eternidade dos dias,
como se fossem imortais 
na carne,
deixando o seu bem mais precioso, 
o tempo,
escorrer por entre os dedos.

Fazem isso, 
quando vivem amargurados pelos 
problemas que eles mesmos criam,
quando transformam pequenos 
contratempos em grossos espinhos 
que ferem a alma.

Fazem isso, 
quando não resistem a 
tentação de ir pelo caminho 
“mais fácil”, 
quando se entregam nas mãos dos vícios, 
ou de pessoas que consomem a alma.

Fazem isso, 
quando se agarram no passado, 
em velhas fotografias, 
em pessoas que partiram, 
em amores que não deram certo, 
ou velhas desculpas
para não enfrentar a vida.

Não deixe o tempo se perder no 
emaranhado das suas dificuldades,
transforme cada decepção 
em pedras que se assentam no 
caminho e fazem um solo 
forte para seus passos.

Transforme os erros em 
adubo para as suas novas 
investidas, 
arrisque-se mais e crie 
um jardim florido.

Não se deixe abater, 
nem o tempo passar por passar, 
vago, vazio, 
perdido e inútil…

O tempo é o presente que o Criador 
lhe oferece a cada dia, 
e cada segundo tem seu custo 
anotado no Livro da Vida, 
onde prestaremos contas, 
do atraso, do descaso, 
do cuidado e de tudo o que 
fizermos com esse bem que
nós chamamos de Tempo, 
e que Deus chama de Presente.

É hoje!

O melhor dia para sua virada, 
para recomeçar, 
para ser mais feliz, 
para fazer valer os seus direitos, 
para ter o que deseja.

A montanha está lá longe, 
é alta e parece que nunca
 será alcançada,
mas, 
se o seu passo for firme, 
em breve,
ela estará embaixo dos 
seus pés e você sentirá o gosto 
bom da vitória.

Eu acredito em você

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 16 de Agosto de 2.013.

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Há tempo

Há tempo para dizer 
que ama,
e até tempo para pedir 
um tempo.

Há tempo para fazer 
planos 
e tempo para construir 
sonhos.

Há tempo para correr 
sem parar,
e tempo de parar para 
pensar.

Há tempo para o nascer 
e comemorar,
e tempo para o morrer 
e chorar.

Há tempo de vigiar 
a noite,
e tempo para dormir sem 
se preocupar.

Há tempo de saúde que 
se esbanja,
e tempo de doenças 
que paralisam.

Há tempo para orar 
e adorar,
outro para trabalhar 
sem cessar.

Há tempo de admiração 
e desejos,
e há tempo para ouvir 
críticas e agir.

Há tempo para contar 
histórias e fazer rir,
e tem que haver tempo, 
para ouvir e refletir.

Há tempo para o trânsito 
e para o trabalho,
mas devemos buscar tempo 
para o invisível.

Há tempo para plantar e 
outro para colher,
tempo de escolher novas sementes, 
mudar rumos,
tempos de chuva e tempos de 
secas absurdas.

Em tudo o tempo é neutro,
 nós é quem julgamos
se o tempo é bom ou ruim de 
acordo com a nossa métrica.
Se estamos bem, 
o tempo está bom, 
mesmo no maior dilúvio.
Se estamos mal, 
nem o dia de sol nos conforta.

Que haja tempo para viver 
os dias que lhe cabem,
de maneira harmoniosa, 
corpo, mente e espírito.
Buscando a união do que 
é natural e visível,
com que chamamos de 
sobrenatural e invisível,
pois só assim, 
escreveremos o nosso tempo,
com letras que não se apagam, 
marcando-o como único,
rico e cheio de boas lembranças,
como as brincadeiras dos 
tempos de criança.

Porque somos eternos,
mas devemos ser muito mais,
fazendo todo o bem possível,
sem deixar de ser eterno, 
torne-se INESQUECÍVEL!

Eu acredito em você

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 15 de Agosto de 2.013.

terça-feira, 13 de agosto de 2013

O melhor amigo

Entre na porta que 
se abre para a alegria.
A passagem é o “bom ânimo“,
o convite: um sorriso!
Tão simples assim!

Quem se dispõem 
a vencer os obstáculos,
segue mais sereno, 
mesmo no barco coberto 
pelas ondas,
sabe o valor da oração, 
da prece sentida,
sabe o valor de uma amizade, 
e é um bom amigo.

Ser, 
antes de querer que 
os outros sejam.
Fazer, 
antes de esperar que 
façam por você.
Amar, 
antes que que te amem.
Doar-se, 
antes de receber a doação.
Mostrar o coração, 
perdoar sempre,
seguir confiante, 
mudar o que precisa 
ser mudado.

Será tão difícil assim 
deixar de lado o orgulho,
e abraçar demoradamente 
quem você gosta?

Será tão difícil pensar 
no próximo e fazer 
alguma coisa?

Qual é a força você 
quer que te modifique:
o amor ou a dor?

A escolha é sua, não do inimigo.

Encontre-se, 
voe mais alto.
Seja o seu melhor amigo,
e quando precisar, 
terá ombros para te apoiar,
e se mesmo assim, 
faltar um amparo,
eleve os olhos para o céu, 
eu te falo,
em busca do amor que 
não se traduz,
você encontrará o seu 
melhor amigo,
Ele, 
o próprio Mestre Jesus.

Eu acredito em você

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 14 de Agosto de 2.013.

sábado, 10 de agosto de 2013

LEMBRANÇAS DE UM PAI ...

Pai que aos olhos da
criança é herói.
Pai que aos olhos do
jovem é vilão.
Pai que aos olhos do
adulto é um amigo.
Pai que aos olhos do
velho é saudade.

Quando eu
te via como herói
não sabia
quase nada da vida.
Sentia-me seguro
ao seu lado.

Eu só queria ser seu filho.

Quando eu
te vi como vilão,
pensava que já sabia tudo
sobre a vida.
Não queria proteção,
eu só queria ser herói.

Quando eu
te vi como amigo,
pude me dar conta dos
erros cometidos.

Foi quando realmente te conheci.

Que entendi
o sentido da vida.
Quando me dei conta
de sua falta
A idade já havia me
alcançado.

Você já
não era mais herói,
nem vilão, nem amigo
e nem solidão.

Você virou soma
de tudo aquilo
que foi.
De tudo aquilo que
eu pensei que fosse
A síntese da vida que
hoje eu vivo.
A minha definição da
palavra PAI!

TEXTO DE: Luis Alves
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 11 de Agosto de 2.013.

sexta-feira, 9 de agosto de 2013

O seu valor

"Não dá para ver o caminho 
com os olhos cheios de lágrimas.
nem para enxergar o futuro, 
preso no passado."

A depressão, a angústia, 
o medo e a incerteza,
são fugas de nós mesmos, 
do nosso desamor.

Quem se ama, 
se redescobre todos os dias.
Está sempre buscando, 
sempre encontrando,
não carrega mágoas permanentes,
não se deixa levar pela 
emoção do agora,
prefere a serenidade do tempo,
que tudo responde, 
tudo resolve.

Não fuja de você, 
não se furte!
Ao olhar no espelho 
descubra-se!
Há uma imensidão de 
oportunidades no dia,
há pelo menos 10 bilhões de 
pessoas no mundo,
10 bilhões de oportunidades, 
de encontros,
de união, esperança, 
recomeço e possibilidades.

O que você vai fazer a mais 
por você neste dia?

Pergunte-se, 
questione-se e realize.
Ame-se profundamente, 
tenha orgulho de você,
não espere ninguém dizer 
o quanto você vale,
a sua etiqueta de preço alto, 
deve estar estampada
no alto da sua cabeça, 
para que todos saibam;
que você merece respeito, 
pois se respeita,
e está aqui, 
pronto para ser feliz,
e se é a própria vida quem diz,
quem vai duvidar?
É tempo de se abraçar, 
se respeitar, 
se aceitar e se amar.

Eu acredito em você

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 10 de Agosto de 2.013.

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Da humildade

Ah! é tão simples perceber a verdade,
o mais poderoso deve ser o mais humilde.
Basta ver o exemplo de Jesus,
não houve ser tão grandioso ma Terra,
e ao mesmo tempo, tão humilde,
indo de encontro aos necessitados,
olhando todos nos olhos,
 na mesma direção,
sem aquele olhar por cima.

Por isso, 
a sabedoria as vezes é tão ignorante.
O acumulo de títulos de conhecimento empírico,
não traduz e não conduz a nada,
a não ser a capacidade de recitar fórmulas gastas,
que nem sempre são o que dizem ser.

É nesse olhar do Cristo de Deus, 
que eu desejo que você olhe neste dia,
descendo da árvore que Zaqueu estava,
e ouvindo a voz de Jesus chamando,
abra às portas da sua casa "coração",
para causar uma revolução, 
para a humildade de Jesus te contagiar,
te fazer simples, mas importante,
e descobrir de verdade, 
que o que importa, não é ter, 
é ser.

E você é muito mais do que imagina!
Você importa sim, e Jesus te 
chama pelo nome e convida:
"vem caminhar comigo, 
pois onde você não puder andar,
minhas mãos te sustentarão, 
e você vai passar."

Segue firme, forte e confiante, 
pois quem conhece o Cristo,
não se abate, 
antes se agiganta diante dos problemas,
pois sabe que eles são passageiros, 
um dia deixarão de existir, de incomodar,
e você vai passar, vai ficar, vai ser feliz,
na eternidade do dia que começa hoje, agora,
na aposta que você faz no seu potencial,
cresça, se agigante e vença,
porque onde você desistir, 
Deus vai te guiar.

Eu acredito em você

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 09 de Agosto de 2.013.

quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Antecipação

Não sofra antes da hora,
pare de tentar prever o futuro, 
não espere respostas 
das cartomantes,
nem mesmo o "grande guru" 
vai te responder,
sobre o que só você pode mudar,
pois em tudo que colocares 
verdadeira dedicação,
ainda que pareça perdido, 
poderá ser recuperado.

Não se deixe levar 
pela correnteza,
mesmo na pior Tsunami, 
quem se manteve
na fé e na certeza de viver,
 sobreviveu,
então não serão essas pequenas 
ondas que vão te abalar.

Olhe para o alto, 
veja o céu que Deus te presenteou,
é um grande espelho onde se 
reflete a gloria do Pai,
se esse mundo é apenas uma 
fração do Universo,
que tamanho terá esse Deus 
que o construiu?

Esse Deus que 
construiu o Universo,
é o mesmo que criou 
a sua vida,
e se em tudo vemos 
a perfeição,
não seria diferente 
em você.

Por isso:
na doença, 
enxergue a saúde te revestindo,
na tristeza, 
sinta a alegria de estar aqui,
na pobreza, 
veja as possibilidades que se abrem,
na dor, deixe-se envolver pelo 
"Espírito Consolador",
e diante do impossível, 
use a fé que vê além do visível,
e o que não era, será,
o que não existia, existirá,
e o alivio para a 
alma será para sempre,
eterno como o Pai Criador,
como você mesmo, 
eterno filho do amor.

Eu acredito em você

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 08 de Agosto de 2.013.

terça-feira, 6 de agosto de 2013

Onde está Jesus?

Quando pergunto onde 
está Jesus, 
é porque a minha insatisfação 
está maior que a fé.

A minha insatisfação é reflexo 
direto das expectativas 
que eu criei, 
e a frustração de não ver 
as coisas se realizando, 
como eu gostaria, 
me levam a duvidar, 
a me revoltar.

Jesus está cada dia 
mais ativo, 
nos braços dos que 
acolhem os caídos, 
na boca dos que levam uma 
palavra de conforto, 
nos olhos dos que olham para 
os mais necessitados, 
nos ouvidos de quem ouve quem 
precisa desabafar, 
nas mãos que seguram as 
mãos desesperadas, 
nos que visitam os presidiários, 
lavam feridas, 
cozinham para os famintos, 
receitam para os doentes, 
nos pés daqueles 
que andam léguas para 
atender o aflito.

E eu, 
na minha insatisfação, 
no meu egoísmo, 
cego pela frustração de não ver 
meus desejos atendidos, 
me revolto contra Deus, 
que não vejo, 
e nem posso ver, 
estou com a venda 
nos olhos.

Venda da minha ignorância, 
que procura e não acha, 
que olha e não vê, 
que sabe, 
mas não entende, 
que machuca a alma aflita, 
que chora, 
que anseia, 
que pede para ser este Jesus, 
que tudo confia, 
e ser, 
depoimento vivo de 
que Ele vive, 
vive em mim, 
em você e em todo aquele 
que entendeu, 
que ser cristão não é seguir 
normas e regulamentos, 
é ser Jesus em cada gesto, 
atitude e movimento, 
na simplicidade de ser bondade, 
justiça e amor, 
e de tudo isso, 
o amor é o que mais 
representa o Cristo, 
e amar é deitar na cama 
do doente que não 
entendemos, 
vestir o sapato do familiar 
que não compreendemos, 
estar na fome do 
pedinte que pede um 
pedaço de pão, 
encontrar e ser Jesus, 
aquele que não morreu, 
está vivo em cada um daqueles 
que o descobriram, 
e quem encontra Jesus, 
jamais o esquece.

Eu acredito em você

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 07 de Agosto de 2.013.

segunda-feira, 5 de agosto de 2013

De tudo enfrentei

De tudo o que já passei na vida,
e olha que não foi pouco, 
apesar da pouca idade.
Enfrentei cada situação 
com uma reação,
em alguns casos, 
com muita "razão",
e em outros, 
excessiva emoção.

Parece que só o tempo traz 
esse amadurecimento.
E até hoje, 
sigo buscando o equilíbrio,
entre o "adolescente" 
que vê tragédia em tudo,
e o "adulto" que se julga 
conhecedor do mundo.
Sempre tento trazer 
para a minha vida,
a criança que ainda 
existe dentro de mim,
e que se esconde de 
vergonha de se exibir.

Somos assim, meio tolos, 
fingindo ser o que gostaríamos de ser,
vestindo sapatos apertados, 
jóias horrorosas,
perfumes que estão na moda 
e entopem o nariz.
Moramos bem, 
mas sempre queremos um 
quarto a mais.

Se amamos, 
queremos declarações a 
todo o momento.
Se um relacionamento termina, 
achamos que é o fim do mundo.
Que "nunca mais" 
teremos alguém assim,
apesar de saber que essa última pessoa, 
nem era assim "uma Brastemp".

E o tempo vai passando, 
a vida vai acertando os passos,
e os que conseguem vencer 
a barreira da idade,
buscam o sossego de um 
ombro amigo,
o encanto de palavras gentis,
amigos para um jogo de cartas, 
uma viagem.
Descobrimos a felicidade 
como ela é:
simples, sem muitos adereços, 
sem frescura.

Se você quer seguir sem 
muitos sustos pela vida,
equilibre-se com a criança 
que habita em você,
deixando escapar de vez em 
quando o eterno adolescente 
que grita,
e colocando o adulto 
que você se transformou, 
como um observador.
E assim, 
usando a razão dosada 
com emoção,
possamos ser melhores do 
que fomos ontem, 
neste dia que convida 
para a vida.

Seja feliz.

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 06 de Agosto de 2.013.

domingo, 4 de agosto de 2013

CONCORDAR EM DISCORDAR SEM BRIGAR

Eis uma fórmula de se viver em paz; 
concordar em discordar sem brigar.
Quando concordarmos em que as 
pessoas discordem de nós, 
e aceitamos ouvir com naturalidade 
os motivos que as levam a não 
estarem de acordo conosco, 
é bem possível que aprendamos 
muita coisa. 

Podemos também ensinar, 
pois quando duas pessoas se 
dispõem a conversar, 
falando e ouvindo, 
com isenção de ânimo, 
naturalmente, 
dessa troca de opiniões e 
experiências, 
muita luz se fará para ambas 
as partes.

Convenhamos que não damos 
um passo à frente, 
quando nos fixamos num ponto 
e ali permanecemos obstinados, 
não admitindo que possamos 
estar errados.

Da troca de ideias com outros, 
poderíamos reformular nossos 
pontos de vista, 
ou reafirmá-los na convicção 
de que estamos certos.
Não cristalizemos nossos 
conhecimentos!

Através do diálogo amigo, 
racional, 
educado e sem pretensão, 
melhoraríamos nossa visão da 
vida e das coisas, 
e também ajudaríamos a enriquecer 
o patrimônio de outrem.

Aquele que se fecha e não admite o 
diálogo de pontos de vista, 
revidando ofensivamente qualquer 
aproximação, 
qualquer discordância relativa 
a seu modo de pensar, 
ainda não se capacitou de que 
ninguém evolui sozinho; 
não compreendeu a própria observação 
consciente dos desequilíbrios, 
que nos leva ao esforço retificador e 
promove o reequilíbrio. 

Portanto, 
sejamos compreensivos e não 
esperemos que batam palmas a 
tudo o que fizermos ou dissermos. 
Aceitemos como amigos os que 
discordarem de nós, 
amigos que nos vêm oferecer 
algo muito valioso — a oportunidade 
de entendermos que todos 
têm sua maneira particular de ser 
e cada pessoa é a mensagem de sua vida, 
e que tudo é válido, 
entre acertos e desacertos, 
no concerto de valores.

Procuremos ser simples, 
humildes, 
autênticos e deixemos que 
os outros também ajam 
da mesma forma, 
dizendo o que pensam das nossas 
palavras e dos nossos atos.

Não mudaremos o nosso modo de ser, 
não trocaremos nossa personalidade; 
mas poderemos aprimorar 
o que somos e o que sabemos, 
se concordarmos em discordar 
sem brigar.

TEXTO DE: Cenyra Pinto
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 05 de Agosto de 2.013.

sábado, 3 de agosto de 2013

Estação Saudade

Tem gente que viajou na 
sua saudade,
só com um bilhete de ida,
e não consegue voltar,
imergir das próprias 
lembranças para a vida.
 
Parece que a saudade é 
uma vila distante,
um país que não 
conseguimos alcançar,
mas que insistimos em 
procurar...
 
E viajamos por esses 
caminhos
quase sempre sombrios 
do reviver,
do desejar o que já 
não é mais...
o que já não existe...
 
Se você sente que 
o trem partiu
e ficou na estação 
dos desejos,
com a mala na mão e um 
gosto estranho na boca,
um estranho sentimento de perda,
acredite: está na hora de voltar,
embarcar no trem da vida,
que apita apenas uma vez 
a cada chegada,
e te espera para novas viagens,
com novas paisagens,
novos sentimentos, 
e, quem sabe,
um novo amor na vida 
que recomeça,
que se refaz na 
estação do tempo,
que te cobra apenas o 
desejo de ser feliz...
 
TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 04 de Agosto de 2.013.

sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Porque é Amor

Há dias em que nem 
nos reparamos,
de tão preocupados 
com os outros.

Há dias em que não 
nos encontramos,
diante das dificuldades, 
por vezes fugimos…

Há dias em que não 
nos entendemos,
saímos de casa para 
falar sim,
e no meio do nada 
dizemos não.

Há dias em que estamos 
insuportáveis,
nem nós mesmos nos 
aguentamos
são dias de cobranças de 
todas às partes,
até de nossos entes 
mais queridos. 
Explodimos, gritamos, 
ficamos de mal…

Felizmente, 
há dias em que nos amamos,
estamos de bem com 
as pessoas e com a vida,
principalmente quando 
estamos apaixonados.
E assim, 
o dia de chuva tem 
seus encantos,
o calor exagerado é perfeito,
as pessoas chatas, 
são apenas pessoas chatas,
os problemas são dificuldades 
que vamos resolver,
a doença é apenas um 
dia de cama,
a esperança é o nosso motor,
o mundo tem flores, 
perfume e uma razão de ser,
e nós, 
nós somos apenas a certeza
de que amar é bom,
de que a vida vale a pena 
em cada novo dia,
porque o amor 
nos torna melhores,
quase perfeitos, serenos, 
delicados,
com um brilho no olhar 
que não esconde, 
antes,
revela, 
porque é amor,
o que temos de melhor,
a infinita capacidade 
de amar
e recomeçar, 
sempre!

Eu acredito em você.

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 03 de Agosto de 2.013.

quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Praticando o auto-perdão

Pessoas que foram 
magoadas demais pela vida.
Pessoas que viveram 
o abandono ou a frustração 
dos seus sonhos mais caros,
se perdem em total falta 
de autoestima,
caindo na depressão mais profunda, 
sem forças para reagir...

Para todas estas pessoas, 
o caminho mais rápido para a 
"luz no final do túnel"
é a o auto-perdão.
É a prática diária e recorrente 
do perdão pelas ilusões 
que criaram.

Perdão pelas vezes em 
que acreditou demais 
nas pessoas.
Perdão pela falta de atenção 
para com as próprias emoções.
Perdão pelas derrapadas 
emocionais que viveu.

Nessa fase de auto-perdoar-se, 
devemos começar a perdoar 
as pessoas.
Aquelas que levaram parte 
do seu coração, 
da sua emoção.
Perdoar nesse caso é jogar 
para fora o que de 
ruim ficou.
Aquele nó na garganta 
que não sai,
aquela lágrima que insiste 
em ficar no canto dos olhos...

E por fim, 
na prática do auto perdão, 
levantar-se.
Olhar para a frente e projetar 
um passo de cada vez.
De volta a caminhada rumo 
a felicidade,
que não tem tempo, 
nem idade.

Por isso não se avexe, 
nem se culpe, perdoe-se.

O sol continua saindo pelas 
manhãs bem cedinho,
espiando pelas frestas da sua casa, 
para ver se você se levantou.
Sorrindo espera que você venha ver 
como ele está lindo.

Pronto para aquecer o seu coração, 
cheio de esperança pelo porvir.
Afirmando que é tempo de 
reconstruir o castelo, 
pedra por pedra.
E para começar, 
é só sorrir.

Eu acredito em você

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 02 de Agosto de 2.013.