sábado, 28 de janeiro de 2012

Desta vez, admita que você também errou!!!

Você só pede desculpas
se o outro pedir primeiro?

Só demonstra o que sente
se a pessoa amada
demonstrar primeiro?

Só expressa seus sentimentos se
tiver certeza de que o
outro gosta de você?

Você não "deixa por menos"
e responde com
grosseria se a pessoa que
você gosta assim lhe tratar?

Jamais engole sapo
e dá o troco quando acha que
ela está te sacaneando?

Você se sente satisfeito por ter
a fama de ser orgulhoso?

Pois eu vou lhe dizer:
só você está perdendo
com isso!

Além de todas as oportunidades
de mostrar a sua grandeza,
a sua capacidade de transformar
as energias e reverter uma
situação negativa para positiva,
você também está correndo
o sério risco de
matar o seu amor!!!

A vaidade,
os pedidos do ego para
que fiquemos sempre
"por cima",
para que nos vinguemos
de todas as pessoas
que nos ofendem e nos
magoam de alguma forma,
mesmo que esta pessoa seja
a que mais acreditamos
que amamos,
não nos faz crescer,
não nos faz,
de forma alguma, felizes!

Precisamos compreender o
verdadeiro significado do amor.
Não quero defender
a idéia de que devemos
aceitar tudo,
mas antes que possamos
ao menos identificar essa voz
avassaladora do ego,
que grita dentro da gente
o tempo todo.

Que aprendamos
a perceber que os impulsos
destrutivos só atrasam
ainda mais o nosso sucesso
e a nossa realização.

Portanto,
quando nos sentirmos
tomados pela mágoa ou
até pela raiva diante de uma
situação que nos fez sentir
muito mal,
diminuído, subjugado ou traído,
que possamos nos voltar
para dentro,
para o coração...
e entender que esse
sentimento vai passar,
que de alguma forma,
certamente
também contribuímos para
que nem tudo desse certo.

Precisamos começar a admitir
mais o quanto nos equivocamos,
o quanto agimos
de forma egoísta,
pequena, vazia,
especialmente quando
"damos o troco na mesma moeda".

Todos nós achamos que
temos razão,
sempre.

Aliás,
todos nós
temos mesmo
nossas razões.

Tanto você,
quanto a pessoa com
quem você está brigando...
e o pior:
esta é a pessoa com quem
você mais gostaria
de estar bem,
de estar feliz,
de estar satisfeito...

Por que tantos casamentos
acabando?
Tantos namoros cheios de brigas,
desentendimentos e ofensas?

Por que tantas relações frias,
distantes, cheias
de mágoas,
ressentimentos e raiva?

Simplesmente porque não
conseguimos enxergar nossos
próprios erros;
porque não conseguimos
perdoar os erros do
outro, porque não aceitamos
o fato de que todos nós erramos,
mas alguém tem
de perdoar primeiro,
tem de admitir seus erros primeiro,
tem de baixar a
guarda e mostrar o
quanto está se sentindo mal
por tantas brigas...

Enfim,
plagiando o filme de
Nancy Meyers,
"alguém tem que ceder"!

E que bom se puder ser você...
porque isso é ser gente,
é ser grande,
é realmente
"estar por cima".

Eu sei, não é fácil,
mas eu lhe garanto que
a sensação de bem-estar que vai
te invadir depois
que você conseguir dar
o primeiro passo,
que você conseguir ceder
em nome do amor
que sente e da paz que
tanto procura,
será tão boa que terá
valido o seu esforço.

Além do mais,
pense um pouquinho:
palavras como humanidade,
honra, evolução,
sensibilidade, afeto,
doçura, querer bem,
entre tantas outras,
nada mais podem
significar do que isso:
superar o ego e agir
com o coração...

Falar com brandura,
propor uma conversa, chorar,
demonstrar o que você está sentindo,
tocar em assuntos tão
delicados como confessar
um erro seu,
um sentimento pequeno
que guiou suas atitudes,
um arrependimento...

Todos nós temos tanto a
confessar para quem amamos...

Experimente,
ao menos desta vez,
falar dos seus defeitos,
dos seus erros,
do quanto você deseja ser
aceito como é,
apesar de reconhecer
que tem tanto a melhorar...
falar de você ao invés
de acusar,
criticar, apontar os erros do outro,
detalhar os defeitos da
pessoa amada tin-tin por tin-tin,
e ainda usar aquele tom trivial de
"eu tenho razão",
"você é quem está errado!",
"é você quem precisa mudar",
etc...

Desta vez, fale de você,
dos seus erros,
do seu desejo de ser feliz,
de recomeçar,
de tentar de novo,
mais um dia...
e amanhã, quem sabe,
errar um
pouco menos...
e amar um pouco mais...

Você nunca sabe
o tamanho da força
que existe dentro de você.

Até que chegue o dia em que
a sua única alternativa
é ser forte.

TEXTO: Rosana Braga
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 03 de Fevereiro de 2.012.

A vida dá voltas...

O maior erro do ser humano,
é tentar tirar da cabeça
aquilo que não sai do coração...

Um dia, um rapaz pobre
que vendia mercadorias
de porta em porta
para pagar seus estudos,
viu que só lhe restava
uma simples moeda de dez centavos
e tinha fome.

Decidiu então que
pediria comida na próxima casa.
Porém,
seus nervos o traíram
quando uma encantadora
mulher jovem
lhe abriu a porta.

Em vez de comida,
pediu um copo de água.
Ela pensou que o jovem
parecia faminto
e assim lhe deu um grande
copo de leite.
O jovem bebeu devagar
e depois lhe perguntou:
- Quanto lhe devo?
- Não me deve nada - respondeu ela.
E continuou:
- Minha mãe sempre nos ensinou
a nunca aceitar pagamento
por uma oferta caridosa.
Ele disse:
- Pois te agradeço de todo coração.
Quando ele saiu daquela casa,
não só se sentiu mais forte fisicamente,
mas também sua fé nos homens
ficou mais forte.

Ele já estava resignado
a se render e deixar tudo.

Anos depois,
essa jovem mulher
ficou gravemente doente.
Os médicos locais nada
conseguiam fazer.
Finalmente a enviaram
à cidade grande,
onde chamaram um especialista
para essa sua rara enfermidade.
Chamaram o médico mais
famoso da cidade.

Quando ele escutou
o nome do povoado de onde ela viera,
uma estranha luz encheu seus olhos.
Imediatamente,
vestido com a sua bata de doutor,
foi ver a paciente.

Reconheceu logo de cara
aquela mulher.
Determinou-se a faze
r
o melhor para salvar aquela vida.
Depois de uma demorada luta,
ganhou a batalha.

O médico pediu
a administração do hospital
que lhe enviasse a fatura total
dos gastos para aprová-la.

Ele a conferiu e depois
escreveu algo
e mandou entregar no quarto
da paciente.

Ela tinha medo de abri-la,
porque sabia que levaria o
resto da sua vida
para pagar todos
os gastos.

Mas, finalmente,
abriu a fatura que lhe
chamou atenção
porque nela estava
escrito o seguinte:

"Totalmente pago há muitos anos
com um copo de leite."

Na vida,
nada acontece por acaso.
O que você faz hoje,
pode fazer toda a diferença
em sua vida amanhã!

OBS.:
Não encontramos a autoria do texto acima,
mas gostaríamos de dar
os creditos merecidos a quem o escreveu.
Fineza nos informar
através do e-mail:
mensagem@toninholima.com.br
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 02 de Fevereiro de 2.012.

Ainda Hoje

Ainda hoje,
um novo vento poderá
trazer a chuva,
e a semente que foi lançada
tempos atrás,
se espreme e se lança ao sol
que surgiu após a chuva,
trazendo a muda tão esperada,
que hoje será fruto...

Ainda hoje o telefone
poderá tocar,
e uma empresa te
convidar para
um novo emprego,
um daqueles "currículos"
que você espalhou,
brotou e o que era
desemprego,
hoje será um recomeço...

Ainda hoje entregarão o
vestido da noiva,
depois de anos de namoro,
de lutas e desafios,
de bons e maus momentos e até
algumas brigas,
o que era apenas um casal
de namorados,
hoje será a base de
uma família...

Ainda hoje o seu bilhete
pode estar premiado,
depois de anos e anos
comprando o mesmo número,
sonhando, desacreditando,
se revoltando,
mas sem desistir uma única vez,
o que era utopia,
hoje será realidade.

Onde você estiver,
na situação que for,
não deixe de plantar boas
sementes,
de cultivar bons pensamentos,
de sonhar os melhores sonhos,
de se ver como gostaria de estar,
e cada dificuldade,
acredite,
é apenas o adubo,
cada lágrima é apenas a chuva que
molha a semente dos seus desejos,
e ainda hoje, o Pai que tudo vê,
poderá te enviar, anjos da realização,
e o que era apenas desejo,
amanhã será aquilo que os homens
sem entenderem,
costumam chamar de milagre,
e Deus chama simplesmente de
"frutos da perseverança".

Não desista dos seus sonhos!

TEXTO: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 01 de Fevereiro de 2.012.

Aprendendo

Quando perdi aquele
emprego que me sustentava,
pensei em tudo acabar,
não haviam mais esperanças,
depois de tantos anos
num só lugar...

Deixei a raiva comandar-me,
o ódio se instalou,
e eu sofri além do necessário,
pois logo a vida me ensinou,
que não era um bom empregado,
mas sim um empresário.

Quando perdi o grande amor
da minha vida,
jurava que a vida não tinha
mais sentido,
andava cabisbaixo,
não queria nem sair de casa,
até que um dia conheci outra pessoa,
que carinhosamente me mostrou
o que era o amor.

Quando me endividei até não
aguentar mais,
passei grande vergonha,
pensei em desistir,
mas o tempo foi passando,
e aos poucos,
fui tudo pagando,
recuperando o crédito,
e aprendi a conviver com a simplicidade,
descobri que a paz não se compra,
se conquista.

As vezes,
só enxugando as lágrimas
que insistem em cair,
para ver a solução tão perto de nós,
tão próximas,
que as lentes da dor não deixam ver,
e na busca de culpados, perdemos
tempo precioso,
para descobrir o mais importante:
podemos perder tudo,
menos nos perder.

O que vale nesta vida,
são as lições que vamos aprendendo
dia a dia e com elas fazer escada
para uma vida melhor.

O Dia está a chamar por nós...
Vamos viver.

De vez em quando surge
um vento mais forte
e fecha as janelas pelo
lado de fora.

Quando acontece,
é bobagem tentar brigar
com o vento.
A gente espera ele passar
e reabre as janelas pelo
lado de dentro.

OBS.:
Não encontramos a autoria do texto acima,
mas gostaríamos de dar
os creditos merecidos a quem o escreveu.
Fineza nos informar
através do e-mail:
mensagem@toninholima.com.br
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 31 de Janeiro de 2.012.

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Inventário de Jesus

Uma das faces menos
reveladas de Jesus
nesses tempos onde as
pessoas andam em busca
de um milagre que as livre das
"besteiras que fizeram"
é a sua "praticidade"
no tocante aos bens materiais.

E ao contrário do que
pregam as
"religiões neopentecostais",
Jesus era muito simples,
não se preocupava com o luxo.

E não se encontra uma
só palavra em seus evangelhos,
nem nos apócrifos,
onde o Mestre pedia algum
dinheiro para
realizar um sonho deste
ou daquele infeliz,
e sempre ressaltou que tudo
era merecimento da própria
pessoa.

Em cada milagre,
Jesus dizia:
- Vá e não peques mais,
a tua fé te curou.

Quando fez um balanço
da sua jornada,
os bens de Jesus eram
apenas os do serviço prestado,
nada carregava com Ele,
e chegou afirmar textualmente:
”O Filho do Homem não tem sequer
uma pedra para declinar a cabeça”
…(Mt 19, 20)

E quando apareceu para
os seus discípulos,
Ele mandou-os evangelizar
com o seguinte recado:
- Não leveis nem ouro e nem prata,
nem mochila para a viagem,
nem duas túnicas,
nem calçados,
nem bastão;
pois o operário merece o seu sustento”.
(Mt 10, 9-10).

Se fosse hoje seria
algo como:
Vá trabalhar meu filho,
não queira viver
da exploração da fé!

Antes que o dia
termine e você fique a
noite em claro,
sem conseguir dormir ou
tomando um calmante
tarja preta,
preocupado(a) com as contas
que não param de chegar
(que tal parar de gastar?),
com a roupa da
moda que precisa comprar
(precisa?),
com o tênis importado que
o filho pediu e você
não pode dar,
com aquele celular de última
geração que não faz nada
diferente do seu além
de baboseiras,
ou com futilidades que só
na sua cabeça tem algum valor,
eu peço-lhe um instante
de reflexão.

Eu não,
o próprio Mestre Jesus
vem com sua pergunta direta,
olho no olho,
mente com mente,
sem palavras bonitas,
sem poesia,
na lata:
"Portanto,
eis que vos digo:
não vos preocupeis por vossa vida,
pelo que comereis,
nem por vosso corpo,
pelo que vestireis.
A vida não é mais do que
o alimento e o corpo não é mais
que as vestes?"

Pare!
Pense!

O que vale mais que a sua vida,
que o seu corpo,
que o seu bem-estar,
que a sua paz?

Que adianta um carro
luxuoso na garagem sem
saúde para dirigir e curtir
uma boa viagem?

Que adianta a viagem
com mil aparelhos que distraem
a sua atenção?

Que adianta 5000 seguidores
no Facebook se você
não tem com quem desabafar
a sua solidão real?

Que adianta os sapatos da moda
se os pés estão cansados
de caminhar pelo vazio
da futilidade?

Para terminar,
antes que você saia correndo
atrás desse ou daquele
"salvador moderno,
do mais poderoso
"vendedor de milagres
instantâneos da moda",
reflita nas suas atitudes
de hoje.

O seu futuro está traçado
pelas suas atitudes.

São os seus atos,
não o diabo,
nem a bruxa do 175 que
vão transformar a sua vida
em céu ou inferno.

E assim, deixo-lhe,
desejando-lhe a verdadeira Paz,
Daquele que há mais de 2000 anos
atrás deixou esse recadinho
para todos nós:
"Não vos preocupeis,
pois,
com o dia de amanhã:
o dia de amanhã terá as suas
preocupações próprias.
A cada dia basta o seu cuidado."
* Jesus *

Cuide do seu dia!

Eu acredito em você.

TEXTO: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 28 de Janeiro de 2.012.

Nossos Sonhos

Não duvide se alguém te disser
que você é do tamanho
dos seus sonhos.

Os grandes feitos da humanidade,
assim como as grandes empresas
e também as grandes conquistas,
todas elas,
com certeza foram sonhadas
antes por seus executores.

Airton Senna da Silva sonhou
em ser um grande campeão na fórmula 1
e lutou bravamente para isso,
tornando-se um belo exemplo brasileiro
de pessoa de sucesso,
a partir de um sonho.

As referências são muitas,
desde grandes nomes,
como Nelson Mandela e “Mahatma” Gandhi,
que se tornaram referências de seus sonhos,
até a humilde mãe que sonhou
com a formatura de seu filho
e conseguiu transformar
isso em realidade.

Um belo exemplo da força de um sonho,
é o de um aluno de 16 anos,
que em 1952,
em uma sala de aula da
cidade de Bauru-SP,
indagou-se com o fato
de termos um brasileiro que
inventou o avião e não fabricarmos
essas máquinas voadoras.

O sonho desse aluno se transformou
na 4a maior fabricante de aeronaves
comerciais do mundo.

Obviamente,
que estamos nos referindo à Embraer
e o sonho de Ozires Silva,
seu fundador.

Claro que os sonhos precisam ganhar
força e isso somente ocorre
quando ele passa da imaginação
para o papel e ganham um
formato mais concreto.

Dê formas, cores, valores,
tamanhos.
Veja se são realmente
importantes para sua vida e principalmente,
defina datas:
para o início e para o término,
mas lembre-se que datas
possuem um dia,
mês e ano.

Nesse momento você acabou
de transformar o sonho em um
objetivo e são eles que nos dão
a força para agirmos e persistirmos,
os nossos motivos para ação,
a motivação que precisamos.

O grande diferencial dos vencedores
e das pessoas de sucesso,
é o sonho que tiveram, a forma
como transformaram esse sonho
em objetivo de vida e a coragem
e a iniciativa para agir.

Os sonhos, sem dúvida,
representam o primeiro passo
das grandes realizações,
portanto fixe bem os pés
no nosso mundo,
mas mantenha sua cabeça nas nuvens.

Sonhe sempre !!!
Sonhe com uma vida melhor para você,
um mundo mais digno e justo
e um Brasil cada vez
mais vencedor.

TEXTO: Adriano Fabri
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 27 de Janeiro de 2.012.

Você define como será o seu dia!

Hoje,
já levantei pensando
no que tenho para fazer antes
que o relógio marque meia-noite
novamente.

Por onde começar?
No banheiro,
hora de acertar os ponteiros.

Agendar aquela visita
ao médico prorrogada há
duas semanas.
Abrir duas dezenas de e-mails
à espera de resposta.
Entender os novos procedimentos
de organização da empresa.
Trabalhar para atingir metas
ainda mais ambiciosas.

Terei energias para
chegar em casa,
no fim do dia,
e brincar com meus filhos?

Fiquei cansado antes mesmo
de botar o pé para fora da cama.

Parei.
Respirei lentamente por
alguns instantes.
Fiquei em silêncio e convenci
a mim mesmo:
é minha função e de mais ninguém,
escolher que “tipo de dia”
eu terei!
Com você acontece a mesma coisa,
esteja certo.

Você pode reclamar que está
chovendo ou agradecer
às águas por lavarem a poluição.

Pode ficar triste por
não ter dinheiro ou se sentir
encorajado para administrar
as finanças,
evitando o desperdício.

Pode reclamar da saúde
ou dar graças por estar vivo.
Pode se queixar
dos seus pais por não terem
lhe dado tudo o que queria
ou pode ser grato por
ter nascido.

Pode reclamar por ter
que ir trabalhar ou agradecer
por ter trabalho.

Pode sentir tédio com
o trabalho doméstico
ou agradecer a Deus.

Pode lamentar decepções
com amigos ou se entusiasmar
com a possibilidade de fazer
novas amizades.

Se as coisas não saem
como planejamos,
podemos ficar felizes por
ter o dia de hoje para recomeçar.

Lembre-se:
o dia está em sua frente,
esperando para ser o
que você quiser.

Aí está você,
o escultor que pode dar
forma a tudo isso.

Escolha sempre o melhor,
nunca o mais fácil.

Algumas soluções de hoje vão
criar os problemas
de amanhã.

Torço para que,
amanhã cedo,
você se levante com alegria
e celebre a oportunidade
que a vida lhe dá para lutar
uma vez mais,
com energia renovada,
por seus sonhos de felicidade e saiba,
com sua energia,
realizar o que se propõe,
mostrando a todos uma incrível
disposição para batalhar
até o fim.

Assuma que você é o dono
da sua vida e pare de esperar
que alguém lhe diga o que fazer.

Seja humilde e escute as pessoas,
sim,
mas tome consciência
de que a decisão da sua vida é
sua e somente sua!

TEXTO: Roberto Shinyashiki
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 26 de Janeiro de 2.012.

O SEGREDO DO SUCESSO ESTÁ EM AGIR

As pessoas dizem que
querer é poder.
Mas só querer é
muito pouco.

Sinto dizer que sem
esforço nada vai acontecer.
O segredo do sucesso
está em agir,
com determinação e persistência.

Um sujeito rezou muito
e pediu para Deus baixar sua
pressão arterial,
porque estava correndo
risco de morrer.

Deus falou com ele e disse:
“Meu filho,
escutei as suas preces e vou ajudá-lo…
A partir de hoje,
retire o sal da sua alimentação
e a sua pressão vai baixar.”
O sujeito, inconformado,
respondeu:
“Mas, Senhor,
confesso que fiquei meio desapontado…

Eu esperava um pouco mais
de Deus Todo Poderoso.
E então o Senhor falou:
“Você não quer a minha ajuda…
Você quer que eu faça as
coisas por você!
Assim a sua vida nunca
vai funcionar!”

Muitas vezes a gente reza,
mas não faz a nossa parte.

Não fazemos com que
nossas orações sejam
acompanhadas por ações.

A verdadeira oração é falar
com Deus e agir.

Não adianta sonhar,
planejar, traçar metas,
rezar.
Se você não der o primeiro
passo para fazer acontecer,
tudo vai ficar só no plano
dos sonhos.

Você quer vender mais?
Visite mais clientes todos os dias,
busque saber
quais são as necessidades e
resolva os problemas deles.

Quer ter mais resultados?
Coloque a mão na massa
junto com sua equipe e motive
a todos com a sua participação
no trabalho.

Quer um novo emprego?
Estude algo novo,
aprenda a cumprir as suas metas,
ajude os outros
a resolverem seus problemas.

E as empresas vão correr
atrás de você!

Você quer valorizar as
suas qualidades profissionais?
Estude,
aprenda com os mestres.

Renove-se e busque ser
o melhor naquilo que faz.

Quer um network poderoso?
Converse com as pessoas,
goste delas,
olhe nos olhos delas,
crie vínculos e tenha interesse
sincero no bem-estar delas.

Quer se tornar um palestrante
sensacional?
Defina o seu posicionamento,
estruture a sua mensagem,
consulte os “gênios do marketing”,
treine como se fosse
um atleta olímpico.

E acima de tudo esteja
comprometido em ajudar
as pessoas.

Construa o seu sucesso
e ajude os outros a construírem
o deles.

Lembre-se:
Parta para a ação sempre.
Porque o maior presente de
Deus foi dar a você a capacidade
de ir além do que a maioria
se atreve a tentar!

TEXTO: Roberto Shinyashiki
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 25 de Janeiro de 2.012.

A diferença que faz a diferença

Imagine que
você está assistindo
a uma corrida de cavalos em
que o primeiro colocado
terá direito a um
prêmio de quinze mil dólares
e o segundo lugar receberá
cinco mil dólares.

A disputa é acirradíssima
na reta final.
Todos torcem com grande
vibração.

Os jóqueis usam toda
sua técnica para que os
cavalos deem tudo de si,
e a diferença na chegada
acaba sendo de
poucos centímetros entre
o primeiro e o segundo.

Já que o prêmio para
o segundo é uma quantia
três vezes menor
do que o prêmio conferido
ao primeiro colocado,
poderíamos supor que é
três vezes menos veloz
do que o outro?

Claro que não!

A diferença entre eles
foi mínima,
porém o nome do vencedor
continuará na lembrança
de todos por muito tempo e dentro
de alguns dias quase
ninguém mais
saberá o nome do segundo
colocado.

A mesma coisa acontece
com o sucesso entre
os seres humanos.
Uma pequena diferença em
desempenho produz uma
diferença enorme nos
resultados.

A diferença é que
o indivíduo bem sucedido
faz pequenas coisas que,
constantemente,
em pontos estratégicos,
serão decisivas.

A distância entre o fracasso e
o sucesso é medida em
centímetros!

Na história dos dois cavalos,
quanto é que o segundo
lugar teria que correr mais
depressa para ganhar
do primeiro?

Quase nada.
Mas é por causa de uma
fração de segundos
de diferença que o primeiro
ganhou um prêmio de quinze
mil dólares e,
o segundo,
apenas a terça parte disso,
sem que o vencedor precise
ser três vezes mais rápido
que o perdedor.

Observe agora sua
própria vida e veja se
não ocorre exatamente
do mesmo jeito...

Pequenos detalhes que você
vier a melhorar
em seu dia-a-dia poderão
fazer uma grande diferença
no resultado.

Quais são esses pequenos
detalhes para você?

Bastam algumas atitudes simples,
que não dependem de
muito sacrifício da sua parte
mas que,
no cômputo do fim do mês,
no balanço do fim do ano,
poderão fazer uma
extraordinária diferença no
seu saldo bancário,
na sua habilidade em pagar
suas contas sem qualquer
problema e principalmente,
na sua capacidade para
ser próspero e feliz.

Lembre-se:
O que você faz hoje determina
o que você será amanhã.

OBS.:
Não encontramos a autoria do texto acima,
mas gostaríamos de dar
os creditos merecidos a quem o escreveu.
Fineza nos informar
através do e-mail:
mensagem@toninholima.com.br
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 24 de Janeiro de 2.012.

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

O topo de nossa vida

Precisamos nos
colocar no topo de
nossa vida.

Quando o podium de nossa vida
está uma outra coisa
que não nós mesmo
(trabalho, idéia, etc.),
pessoas
(filho, marido, esposa, etc.),
acontece a baixa estima.

A alto estima é responsável
pela nossa motivação.
E a motivação
por sua vez é responsável
pelo nosso Sucesso.

Não estou falando
de egoísmo.
O egoísmo é um estagio
de inflamação do ego.

Não estou falando
em agressão às pessoas
que nos cercam.
Estou falando de ocuparmos
naturalmente
o podium de nossa vida
em harmonia,
em paz,
desfazendo os exageros,
com calma,
equilibradamente,
tranquilamente,
ouvindo nosso interior.

É necessário evitarmos
as brigas,
não deixe nada,
nem ninguém,
torturar você.

Quando falo nada nem ninguém
estou incluindo
você mesmo,
seus pensamentos torturantes.

É passar o dia sem julgar
nada do que aconteça,
observar tudo e todos.

Pensamentos vem,
e eu não dou força a ele,
observo ao longe,
também não retiro a força,
apenas observo.

É o silêncio interior agindo,
deixando a água ficar
cristalina no lamaçal
que criamos.

Goste de você,
ame você,
faça o melhor por você.

Treine isto todo dia:
como eu posso me
agradar hoje?

Afaste todas as idéias
de impedimento.

Na hora em que
seu amor próprio estiver
restaurado,
tenho certeza que o amor
pelas pessoas,
pelas coisas,
pelo ambiente também
estará.

O fato de colocarmos uma outra
coisa no nosso podium
demonstra um desequilíbrio.

Fique tranquilo,
porque quem se ama,
ama também tudo
ao seu redor.

Não existe desequilíbrio
na natureza,
a não ser
aqueles que criamos.

TEXTO: Vagner Contrucci
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 21 de Janeiro de 2.012.

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

O AMOR QUE ACABOU

Quando foi que o amor
acabou e o príncipe
virou sapo e a princesa
desencantou?

Provavelmente depois
de tantos beijos não dados,
de tantos momentos deixados
pro lado,
de tanto monólogo de ambas
as partes.

Em geral o amor assiste à própria
morte e resta silencioso.
Ou ele grita por socorro e as
pessoas se fazem de surdas.

O mais difícil no
fim de um relacionamento
é admitir que tudo
acabou.

Há pessoas que insistem
simplesmente porque
não querem admitir o fim.

E caminham vagarosamente
na vida,
vivendo o dia-a-dia como
se não houvesse o depois.

Mas a vida não acaba quando
morre um amor.
Ela simplesmente passa por
uma transição que, como todas,
é freqüentemente dolorida.

Tememos as
mudanças porque tememos
o desconhecido.

Mas o que é o desconhecido?

Mesmo o dia de amanhã,
não podemos tocá-lo até que
ele chegue a nós,
não podemos sabê-lo até que
chegue o momento em que,
mergulhados,
precisamos vivê-lo.

Aceitar a morte,
qualquer que seja,
é reconhecer nossa vulnerabilidade
diante da vida.

E somos seres orgulhosos
por demais para querer
reconhecer nossa fragilidade
ante o que não podemos
controlar.

E a vida não se controla.

Ela se abate sobre nossas
cabeças e tudo
o que podemos fazer é vivê-la
o mais intensamente possível
com todos os riscos e perigos
que ela nos impõe,
com todas as surpresas,
que ela nos reserva.

Precisamos é tirar o melhor
partido do que está
nas nossas mãos e reconhecer
que pra todo fim há sempre
um recomeço.

Uma perda é
quase sempre um ganho,
é muitas vezes a válvula
propulsora para uma nova vida,
uma nova história,
um novo amanhã.

TEXTO: Letícia Thompson
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 18 de Janeiro de 2.012.

Continue andando!

Às vezes,
o caminhar é lento,
mas o importante é
não parar.

Mesmo um pequeno
progresso é um avanço
na direção certa.
E qualquer um é capaz
de fazer um pequeno
progresso.

Se você não pode conquistar
algo importante hoje,
conquiste algo
menor.

Pequenos riachos
se transformam em
rios poderosos.
Continue em frente!

O que de manhã parecia
fora do alcance,
pode ficar mais próximo à
tarde se você continuar
em frente.

O tempo que usar trabalhando com
paixão e intensidade
aproximará você do seu objetivo.

É bem mais difícil
começar de novo
se você para completamente.
Então,
continue em frente.
Não desperdice a chance
que você mesmo criou.
Existe algo que pode
ser feito agora mesmo,
ainda hoje.

Pode não ser muito,
mas fará com que você
continue no jogo.

Caminhe
rápido enquanto puder.
Caminhe lentamente
quando for preciso.

Mas,
seja o que for,
continue andando!

OBS.:
Não encontramos a autoria do texto acima,
mas gostaríamos de dar
os creditos merecidos a quem o escreveu.
Fineza nos informar
através do e-mail:
mensagem@toninholima.com.br
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 17 de Janeiro de 2.012.

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

O luto e as tintas

Chora não!

O que foi dito,
foi dito e ponto final.
O que foi feito,
está feito e não tem jeito.
O que passou,
passou e não volta mais.

Tudo tão simples não é?
Não! Não é.

Para quem vive
uma situação de arrependimento,
para quem está
passando por uma dor profunda
causada por uma perda,
nada é simples,
nada é claro.

Por isso,
quando quiser ajudar,
ou sair de uma fase assim,
viva o seu luto.

Ou seja, chore,
arranque os cabelos,
xingue,
grite, proteste,
fique sem comer,
desabafe,
mas faça tudo com
emoção verdadeira,
com lágrimas de sangue,
sem dó de ninguém,
nem de você.

O único cuidado que você
deverá tomar é com
o tempo.

O seu luto não deve
passar de 7 dias.

Não estou falando
de esquecimento.

Certas pessoas e fatos não
devemos esquecer.
Estou falando da
intensidade da dor.

Eu te garanto que
tem gente de luto a mais
de 10 anos.

Tem gente que já
nasceu de luto.

Tem gente que você olha para
a cara e vê o luto.
Outras que só se aproximam
para deixar você de luto.

Não se prenda ao passado
que não volta!

No arrependimento que
não conserta,
na esperança vazia do que
não vai acontecer.
Pegue a sua malinha de dores
e jogue no rio
(com uma pedra pesada dentro).
O que resta para nós
todos os dias,
é apenas o dia de hoje.

Pegue o seu dia e construa
o seu futuro agora.
Ele vai ter a cor,
o sabor
e as alegrias que você
desejar já.

Qual será a cor da sua
vida amanhã?

É só olhar para as
cores que você está
pintando hoje.

Espero que
seja com aquarela amarela,
cheia de cores lindas.

Porque cinza já basta a
minha meia antiga…

Viva o seu dia!

Viva você!

TEXTO: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 14 de Janeiro de 2.012.

Plenamente

Eis o recado do tempo,
ensinamento da Vida que se declara,
fundamento do bem viver,
sabedoria para não se esquecer:
"Viva plenamente o
instante presente!"

Devemos parar de fazer
projeções mentais.
Programar-se para o futuro é
diferente do "adivinhar".

Como nem sempre
somos generosos com nós mesmos,
evite fazer planos sobre essa
ou aquela situação,
apenas viva.

Da dor que não esperamos,
tiramos profundas lições,
nos armamos,
criamos uma trincheira.

Do amor que tanto buscamos,
nos entregamos,
mas nem sempre nos amamos.
Das negativas e contradições,
um motivo a mais para lutarmos,
para crescermos e amadurecermos.

Nada na vida é inútil!
Tudo tem um fundamento,
uma razão de ser.

Quase tudo é provocado por
nós mesmos.
Seja a sucessão de fatos ruins,
seja o exagero de felicidade,
que não nos deixa parar de sorrir.

Viva a plenitude da Vida.
Não se desespere com nada.

Saiba que tudo passa,
até a dor de dente que mal se suporta.
E se ficar acreditando que tudo
está muito ruim,
atenção: ainda pode ficar pior.

Por isso,
não procure o motivo da queda,
procure uma maneira
de levantar-se.
Coloque-se de pé e encare
os problemas de frente.

Ainda que com medo,
ainda que vacilante,
mas com um desejo
enorme de vencer,
de afirmar-se perante a
Vida como quem diz:

- Eu posso,
eu quero e eu mereço
ser feliz!

Eu acredito em você

TEXTO: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 13 de Janeiro de 2.012.

Você já aprendeu?

Hoje está estampado nos jornais:
"Casal briga,
vizinho aparta e morre".

Na hora vejo a cena,
o vizinho do bem
se sente na obrigação de
socorrer o casal,
quer ajudar, conciliar,
levar a paz,
mas o casal está entretido com
a sua briga particular,
envolvido pelas "sombras"
e nem pensam na paz.

Quanta gente anda assim
pelo mundo,
querendo ajudar sem
nenhum preparo,
as vezes envolvido apenas
pela emoção,
trocando as bolas,
os pés pelas mãos,
e por vezes,
entrando em uma
"roubada",
que às vezes pode ser trágica,
como essa da manchete de
hoje nos jornais.

A regra é simples:
não se envolva onde
não foi chamado!
Fuja de certas companhias,
evite rodinhas,
passe longe das fofocas,
das intrigas,
aprenda a dizer NÃO!

Corra de "amigos",
que querem te contar
um segredo,
dos que só lembram de
você para pedir
"favor".

Se o casal vizinho ta brigando:
chame a polícia,
viu alguém atropelado?
Não mexa,
chame o SAMU.

Aprenda definitivamente
que até para a caridade
existem regras,
não adianta a esmola sem sentido,
vazia,
mais vale a conversa amiga,
oferecer o abraço,
caminhar junto que a moeda
jogada no chapéu.

O recado de hoje e sempre é esse:
-Caridade começa na sua casa!
Depois se estende pelo mundo,
como semente levada ao vento,
espalhando o poder
renovador do amor.

Eu acredito em você.

TEXTO: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 12 de Janeiro de 2.012.

É tempo de amar

Eu quero falar da emoção
que cerca a nossa vida.
E perguntar para o seu coração
se ele ainda dispara,
ao ouvir a voz de alguém e se
ele reconhece a paixão.

Quando uma voz vira melodia,
quando a noite parece dia,
quando o amor envolve e encanta,
e todo mal logo espanta,
deixa no ar perfume de flores.

O amor seca feridas,
alivia as dores.

Mas,
se o coração está amargurado,
se a decepção tomou conta e
formou esse quadro.

O amor quase não tem
chance de se mostrar.

Você fecha a visão da emoção,
entristecido pelo tempo,
seca a paixão.
O medo de amar é couraça,
uma ilusão.

Pois quando o amor insiste,
ele não desiste,
e nos mostra que na vida,
é possível amar muitas
e muitas vezes,
outras pessoas tão diferentes
quanto o nosso humor.

Assim é o amor.

Desejo que o desejo
de amar permaneça em você!

Que não desista
de fazer essa energia vibrar
na sua alma.

Busque o amor com dedicação,
com calma.
Sem pressa e sem medo
de ser feliz.

Se alguém te machucou,
levante a cabeça.
Olhe para a frente,
para o novo tempo.

O coração precisa
enxergar no dia,
os olhos dessa pessoa que
quer te encontrar,
e juntos,
além do tempo e da distância,
não perder mais nada e
simplesmente,
amar.

TEXTO: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 11 de Janeiro de 2.012.

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Você é fato

Você não é um boato.
Você é um fato, é realidade,
é a vida em plenitude,
é a perfeição da natureza,
ainda que traga algum defeito físico,
você é a definição da beleza.

Por isso,
não amplie os seus problemas,
pare de ficar contando desgraças,
carregando
"corvos sinistros"
por onde anda.

Quem olhar para você com
essa carga vai correr.
Entende?

Vire o disco!
Se perguntarem: tudo bem?
Responda que sim,
que a cada dia você vai melhor.

Assim,
você se contagia e contagia as pessoas.
Então você vai começar entender:
porque Banco só empresta
para quem já tem dinheiro,
porque as pessoas querem ficar
ao lado de quem está bem,
porque os hospitais estão cheios
de pessoas enfartadas pelo
"mau-humor".

Hoje é aquele dia em que chutar o
"pau da barraca"
significa acreditar em suas capacidades,
nas possibilidades que o mundo oferece,
para quem vê oportunidades em meio a crise,
prédios onde os outros enxergam
só os destroços,
escolas em terrenos baldios,
lan-house em meio ao bairro pobre,
lavanderia em apenas um tanque,
doceria apenas com alguns
pedaços de bolo.

Os visionários conquistam o mundo
porque não tem tempo para reclamar.
Preferem começar, fazer alguma coisa,
e assim,
vencem a si mesmos.

Eu acredito em você

TEXTO: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 06 de Janeiro de 2.012.

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

* Se quiseres... *

Quando eu confio,
eu sigo,
quando desconfio,
eu paro.

Assim é o ser humano,
que busca segurança em tudo.

Por isso são poucos
os que se arriscam em aventuras.
Poucos são os que
desejam atravessar o
mar revolto,
os que continuam na
escalada da montanha,
os que não
param diante da dor.

Por isso contamos
nos dedos
os que chegaram a Lua,
os que escalaram
o Everest,
que construíram com
suas próprias mãos,
pontes,
viadutos, castelos,
hospitais, empresas, etc.

Poucos ainda são
os que não aceitam o "não",
os que não
melindram diante de
uma ofensa,
os que não se abatem
diante de um puxão
de orelhas.

A maioria ainda tem muito
"orgulho disfarçado",
e chora quando o chefe
chama atenção,
quando a professora fala
dos seus erros,
quando a amiga comenta
sobre o seu cabelo!!!

Então temos de um lado,
os que vivem para chorar,
os que adoram
uma lamentação fácil;
e os que engolem o choro,
levantam a cabeça.
e provam para si mesmos,
que podem muito mais.

São esses que
construíram automóveis,
que fizeram os aviões,
que deram razão para
a Matemática.

Aqueles que
queimaram na fogueira
da ignorância,
mas deixaram um legado
que não morre.

Hoje, mais uma vez,
você tem a oportunidade
de escolher,
se quer ficar mais um dia na
lamentação inútil,
ou arregaçar as mangas e
desafiar tudo e todos,
para mostrar que você
pode recomeçar.

Vencer o medo e sair na rua,
vencer a dor e trabalhar,
vencer a doença e sarar,
vencer o ódio e amar,
vencer a descrença geral e ser,
ser muito feliz por ser você.

E você,
não é POUCA COISA,
você é retrato do criador,
fruto divino de muito amor,
e pode reverter o que quiser,
se desejar,
se simplesmente crer.

Seja então,
a renovação que você
tanto espera.

Seja feliz!
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 04 de Janeiro de 2.012.

Uma reflexão sobre o amor e a vida

Às vezes as pessoas que
amamos nos magoam,
e nada podemos fazer senão
continuar nossa jornada
com nosso coração machucado.

Às vezes nos falta esperança.

Às vezes o amor
nos machuca profundamente,
e vamos nos recuperando
muito lentamente dessa
ferida tão dolorosa.

Às vezes perdemos nossa fé,
então descobrimos que
precisamos acreditar,
tanto quanto precisamos
respirar...

é nossa razão de existir.

Às vezes estamos sem rumo,
mas alguém entra
em nossa vida,
e se torna o nosso destino.

Às vezes estamos no meio de
centenas de pessoas,
e a solidão aperta nosso coração
pela falta de uma única pessoa.

Às vezes a dor nos faz chorar,
nos faz sofrer,
nos faz querer parar de viver,
até que algo toque
nosso coração,
algo simples como a beleza
de um pôr do sol,
a magnitude de uma
noite estrelada,
a simplicidade de uma brisa
batendo em nosso rosto.

É a força da natureza nos
chamando para a vida.

Você descobre que as pessoas
que pareciam ser sinceras e
receberam sua confiança,
te traíram sem qualquer piedade.

Você entende que o que para
você era amizade,
para outros era apenas
conveniência, oportunismo.

Você descobre que algumas
pessoas nunca te disseram te amo,
e por isso nunca fizeram amor,
apenas transaram...

Descobre também que outras
disseram eu te amo
uma única vez.
E agora temem dizer novamente,
e com razão,
mas se o seu sentimento
for sincero poderá ajudá-las
a reconstruir um coração quebrado.

Assim ao conhecer alguém,
preste atenção
no caminho que essa
pessoa percorreu,
são fatores importantes:
a relação com a família,
as condições econômicas nas
quais se desenvolveu.
(dificuldades extremas ou facilidades
excessivas formam um caráter),
os relacionamentos anteriores e as
razões do rompimento,
seus sonhos,
ideais e objetivos.

Não deixe de acreditar
no amor.

Mas certifique-se de estar
entregando seu coração
para alguém que dê valor
aos mesmos sentimentos
que você dá.

Manifeste suas idéias e planos,
para saber se vocês combinam.

E certifique-se de que
quando estão juntos,
aquele abraço vale mais
que qualquer palavra.

Esteja aberto a algumas alterações,
mas jamais abra mão de tudo,
pois se essa pessoa te deixar,
então nada irá lhe restar.

Tenha sempre em mente
que às vezes
tentar salvar um relacionamento,
manter um grande amor,
pode ter um preço muito alto se
esse sentimento não
for recíproco.

Pois em algum outro momento
essa pessoa irá te deixar
e seu sofrimento será ainda
mais intenso,
do que teria sido no passado.

Pode ser difícil fazer
algumas escolhas,
mas muitas vezes isso
é necessário.

Existe uma diferença muito grande
entre conhecer o caminho
e percorrê-lo.

A tristeza pode ser intensa,
mas jamais será eterna.

A felicidade
pode demorar a chegar,
mas o importante é que ela
venha para ficar
e não esteja apenas
de passagem...

TEXTO: François de Bitencourt
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 03 de Janeiro de 2.012.