terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

Sempre existe uma janela

No final do túnel existe uma janela. Talvez você precise antes passar por uma sequência interminável de portas fechadas e treinar seus ouvidos para som da batida de cada uma delas, mas não deixe de caminhar.

Eu sei que não tem a menor graça andar no escuro, e por não saber nada sobre o caminho, algumas vezes você irá tropeçar. 

Mas lembre-se, que é justamente essa coragem de andar por um lugar desconhecido e adquirir habilidade para se curar de cada tombo, que fará você começar a enxergar aos poucos frestas de luz. 

E pode não parecer, mas o som de cada porta se fechando um dia irá soar como música aos seus ouvidos. 

A canção de quem aprendeu a ler as esperas. De quem aceitou a partitura da fé e aprendeu a tocar as notas no momento adequado, na afinação de Deus.

TEXTO DE: Fernanda Gaona
* * * * * * * * * * * * * * *
Texto lido no programa "Madrugada Viva Liberdade FM" no quadro "Momento de Reflexão" no dia 02 de Março de 2.017.
* * * * * * * * * * * * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links de propagandas deste blog você ajuda a Campanha Natal Solidário que promovemos há 23 anos.

QUARTA-FEIRA DE CINZAS

Em sua liturgia da
Quarta-feira de Cinzas
a Igreja nos convida a
uma reflexão com
esta serena e crua advertência:
"Lembra-te homem
que és pó e ao pó retornarás".

Com estas palavras
nos lembra a nossa
condição de matéria perecível,
convidando-nos a
refletir sobre o
que verdadeiramente
importa nesta
passagem pelo mundo
onde tudo o que a ele
se liga é fugaz.

Convida-nos à prática
e ao cultivo da humildade,
virtude que tanto dignifica
e engrandece o ser
humano.

Lembra-nos que
não passamos de
mísero pó,
frágil argila que se
desfará com o tempo.

Faz com que lembremos
que bem pouco valem
as conquistas terrenas,
as honrarias adquiridas,
a fortuna e o poder,
já que são limitados a
uma vida que,
por longa que seja,
nada significa ante
o insondável mistério
da eternidade.

Lutamos tanto em busca
de glória,
de dinheiro e de poder,
consumindo nesse afã
a maior parte das
nossas vidas,
para terminarmos
um dia na rasa
igualdade que é o
destino de todos,
voltando ao pó de
nossa origem.

Os homens passam
e com eles aquilo
que obtenham no
terreno material onde
tudo é finito.

Valerá apenas o que
tenham obtido no
terreno espiritual,
o bem que praticaram,
a utilidade que tiveram
na coletividade em
que viveram,
as virtudes que cultivaram,
o aperfeiçoamento
que atingiram para
as suas almas,
estas sim libertas
da inexorável lei da
morte e do fim.

E é bem numa
Quarta-feira de Cinzas,
após o carnaval,
que a Igreja nos faz
essa advertência.

Após a diversão,
a alegria, a festa,
a folia,
vem a dura chamada
à realidade:
"Lembra-te homem
que és pó e ao pó retornarás".

É um convite à reflexão
neste início de Quaresma,
período cristão de recolhimento,
penitência e oração.

O carnaval passou.
Festa popular que cada
vez mais se transforma
em reinado da licenciosidade,
deve ter servido para
aliviar tensões,
expulsar traumas,
enxotar fantasmas
de recalques tão
comuns hoje em dia.

Os abusos, os exageros,
sem que tenham a
aprovação das pessoas
de bom senso,
devem ter servido
para alguma lição a
quem os praticou.

Agora,
o retorno à realidade,
ao trabalho,
à disciplina.

E quem sabe a gente
se esforça um pouco
mais na busca do
nosso verdadeiro
destino que não se
limita a este mundo
em que somos apenas pó,
mas na vida eterna
por Cristo prometida.

TEXTO DE: Ubiratan Lustosa
* * * * * * * * * * * * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 01 de Março de 2.017.
* * * * * * * * * * * * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links de
propagandas deste blog você
ajuda a Campanha Natal Solidário
que promovemos há 23 anos.

domingo, 26 de fevereiro de 2017

LIBERDADE PRA QUEM?

Liberdade é o que você sente, não o que você faz. Por mais que tente vender uma imagem, que viaje o mundo, que aja como único proprietário do seu nariz, ainda assim você não será verdadeiramente livre. Ou melhor, não será “por causa” disso. O que vai te fazer desprendido, aberto, dono dos seus passos está no que ninguém pode ver. Nas pequenas ações. 

Você é livre no corriqueiro. No trivial. No arroz com feijão de todo dia e sempre. Sua independência está nas pequenas decisões desimportantes, em como vê o mundo – uns veem só uma rua, outros observam o comportamento das pessoas. Alguns recebem um agrado como um ato bonito, outros leem o que está por trás, mas não foi dito em palavras.

Livre pra mim é quem é capaz de perceber com os próprios olhos, sem ter ninguém ditando o que ele deve ou não pensar. Liberdade pra mim é ser o que se é desconectado, e não o que se vende nas “redes e rodas” sociais. 

Você é livre quando é capaz de viajar, mesmo que só tenha ido até a esquina. Quando tem um grande ato, mesmo que ninguém esteja por perto para dizer o quanto é brilhante. Quando age sem roteiro pré-determinado e executa o seu melhor papel: ser você mesmo. 

TEXTO DE: Fernanda Gaona
* * * * * * * * * * * * * * *
Texto lido no programa "Madrugada Viva Liberdade FM" no quadro "Momento de Reflexão" no dia 28 de Fevereiro de 2.017.
* * * * * * * * * * * * * * * 
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links de propagandas deste blog você ajuda a Campanha Natal Solidário que promovemos há 23 anos.

Oração do amor próprio...

Que eu saiba primeiro me encontrar, antes de me doar.

Que eu possa respeitar os meus próprios limites e aprender a dizer não quando essa é a minha real vontade e direção.

Nos erros que cometo, que eu possa me olhar com todo amor e compaixão, pois sei que faço e dou o meu melhor, que eu aprecie a auto gratidão.

Em cada alegria celebro a grandeza de ser quem sou, sem querer ser uma imagem que pintaram de mim, esse tempo acabou.

Com carinho eu me cuido e me amparo a cada passo, a cada queda. Sei que minha força se refaz no meu tempo, e nele meu coração celebra.

Que eu não me critique ou me culpe, drenando assim minha própria energia. Que eu saiba respeitar o meu tempo de florescer a cada dor, que eu possa também me permitir a alegria.

Que antes de eu cuidar do outro, eu olhe para a minha vida, regue o meu jardim para que a doação não me deixe um buraco e eu me sinta depois dolorida.

Que eu não abandone a mim mesma, esperando que alguém venha me salvar, ao invés disso que eu saiba me olhar com amor e me curar.

Amém!

TEXTO DE: Meire Oliveira
* * * * * * * * * * * * * * *
Texto lido no programa "Madrugada Viva Liberdade FM" no quadro "Momento de Reflexão" no dia 27 de Fevereiro de 2.017.
* * * * * * * * * * * * * * * 
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links de propagandas deste blog você ajuda a Campanha Natal Solidário que promovemos há 23 anos.

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Sim, a traição é uma escolha, o perdão também...

Ninguém que quebra a cara em um dia acorda do mesmo jeito no outro, por mais que queira a dor não deixa, a ferida arde e as lembranças as tocam repetidas vezes. Eu queria dizer o contrário mas não dá para enganar o coração, não da para camuflar uma decepção, não tem como a gente fingir que nada aconteceu quando nos encaramos no espelho, e até que os ossos(sentimentos) cheguem no lugar o processo de reconstrução é demorado. 

A confiança é uma caixinha que protege o amor,  que fortalece os bons relacionamentos, que faz com que amizades bonitas floresçam, com que duas pessoas que se amam tenham segurança naquilo que se oferecem e uma vez quebrada a distância fica maior e as chances de reconciliação são pequenas. 

Porém, eu jamais vou dizer que eu não perdoaria uma traição, até mesmo porque já perdoei, e embora não ter tido sucesso, eu tive a alma liberta de um peso que não sei explicar e  não me arrependo do que fiz, não me arrependo de ter dado mais uma chance, não me arrependo de ter me permitido, porque perdoar é se cuidar, não quer dizer que tudo será como antes, talvez não seja, mas a alam da gente sempre irá nos agradecer. 

Há quem diga que não, por ser uma escolha, concordo, quem trai sabe o que esta fazendo e tem consciência das consequências, assim como quem comete outros erros, outros deslizes que ninguém vê, que ninguém sabe, o tal "o melhor se faz em off, mas ninguém merece passar uma vida inteira sendo culpado pelos desacertos que já cometeu, e se houver um arrependimento sincero, o que é raríssimo, se houver uma oportunidade de recomeço, isso cabe a quem foi traído decidir e não a quem esta de fora da situação. 

Há casos e casos, que devem ser analisados, pensados, resolvidos com sensatez. Certas decisões em um relacionamento são complicadas e requer da gente muito mais que um simples "sim, ou não, requer segurança, responsabilidade, certezas, e um coração  disposto a ser trabalhado sem viver remexendo no passado. Particularmente digo que uma traição dói sim e muito, mas o orgulho e o ressentimento machuca também, e muito. 

Que Deus te dê a direção certa e que as coisas se ajeitem pra você de uma maneira correta e sem pesos, frustrações, julgamentos ou acusações. Cada um sabe o que guarda dentro de si e o que lhe faz bem também.

TEXTO DE: Cecília Sfalsin
* * * * * * * * * * * * * * *
Texto lido no programa "Madrugada Viva Liberdade FM" no quadro "Momento de Reflexão" no dia 25 de Fevereiro de 2.017.
* * * * * * * * * * * * * * * 
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links de propagandas deste blog você ajuda a Campanha Natal Solidário que promovemos há 23 anos.

VALORIZANDO A SUA VIDA!

Às vezes na vida é difícil tomar decisões e mais difícil ainda aceitá-las. Mas pra isso tudo precisa que você tenha plena consciência de seus atos. 

Para ver o que está acontecendo ao seu redor. Seja firme e forte. E quando mais pancadas você levar da vida, mais forte você ficará, não se preocupe que no fim tudo que se perde você ganha em dobro com ensinamentos e vivência.

Não basta você tentar. Você tem que lutar para se ter o que quer. Então vá e não desista nunca. A vida traz várias barreiras e obstáculos pra você passar. Mais cada barreira vencida, cada obstáculo passado é uma conquista sua.

Todo dia você pode se considerar um vencedor por um simples fato: O fato que você estar vivo e essa á a nossa melhor recompensa!

Não diminua seu próprio valor, comparando-se com outras pessoas. Somos todos diferentes. Cada um de nós é um ser especial. 

Não fixem seus objetivos com base no que os outros acham importante. Só vocês estão em condições de escolher o que é melhor para vocês próprios.

Deem valor e respeitem as coisas mais queridas ao seus corações. Apeguem-se a elas como a própria vida. Sem elas a vida carece de sentido. 

Não deixem que a vida escorra entre os dedos por viverem no passado ou no futuro. Se viverem um dia de cada vez, viverão todos os dias de suas vidas.

Não desistam quando ainda são capazes de um esforço a mais. Nada termina até o momento em que se deixa de tentar. Não temam admitir que não são perfeitos. Não temam enfrentar riscos. Correndo riscos é que aprendemos a ser valentes.

Não excluam o amor de suas vidas dizendo que não se pode encontrá-lo. A melhor forma de receber amor é dá-lo. A forma mais rápida de ficar sem amor é apegar-se demasiado a si próprio. A melhor forma de manter o amor é dar-lhe asas.

Não corram tanto pela vida a ponto de esquecerem onde estiveram e para onde vão.

Não tenham medo de aprender. O conhecimento é leve, um tesouro que se carrega facilmente. Não usem imprudentemente o tempo ou as palavras. Não se podem recuperar. A vida não é uma corrida, mas sim uma viagem que deve ser desfrutada a cada passo.

Lembrem-se: ontem é história, amanhã é mistério e hoje é uma dádiva. Por 
isso se chama “presente”. Vivam o presente com muita energia!.

TEXTO DE: Autoria não encontrada. Fineza nos informar através do e-mail mensagem@toninholima.com.br
* * * * * * * * * * * * * * *
Texto lido no programa "Madrugada Viva Liberdade FM" no quadro "Momento de Reflexão" no dia 24 de Fevereiro de 2.017.
* * * * * * * * * * * * * * * 
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links de propagandas deste blog você ajuda a Campanha Natal Solidário que promovemos há 23 anos.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Se você é do tipo que confia em todo mundo...

Se você é do tipo que confia em todo mundo, então esta na hora de mudar a sua conduta e começar a olhar para o seu coração com mais cautela e a ser mais seletiva(o) com quem você permite entrar em sua vida, para que a maldade de alguns não te surpreenda no caminho. Existem pessoas boas, más, enganadoras, falsas, capazes de tudo que beneficie a si mesmo, e que conseguem muito bem serem o que não são.

Algumas já se apresentam pela ruindade que praticam, outras não. 

Chegam como quem não quer nada, sondam tudo ao nosso redor, procuram conhecer mais sobre nós, pesquisam o baú das nossas qualidades e se acharem que somos interessantes e úteis, acreditem, nos manterão por um bom tempo do seu lado, acariciando a nossa alma, ganhando a nossa confiança, nos estendendo os seus tapetes mais nobres e nos fazendo acreditar que são anjos de luz quando na verdade estão super preparados para puxarem o nosso tapete e nos jogar no chão. Não podemos ser tão ingênuos a ponto de pensarmos que todos tem bom coração, infelizmente não e são nessas andanças desenfreadas que a gente faz com os nossos sentimentos que nos envolvemos com essas pessoas interesseiras e caímos no laço da decepção.

Seja mais prudente e aprenda a discernir quem realmente chega para te fazer bem, apesar de que hoje em dia é tão difícil conseguirmos separar o joio do trigo, mas uma coisa que eu aprendi é que o trigo é sujeito a mudanças e suas raízes obedecem o seu espaço, já o joio permanece do jeito que é e suas raízes se alastram prejudicando o espaço dos outros, não amadurecem, não viram nada. Só existem para Confundir os que não se protegem.

TEXTO DE: Cecília Sfalsin
* * * * * * * * * * * * * * *
Texto lido no programa "Madrugada Viva Liberdade FM" no quadro "Momento de Reflexão" no dia 23 de Fevereiro de 2.017.
* * * * * * * * * * * * * * * 
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links de propagandas deste blog você ajuda a Campanha Natal Solidário que promovemos há 23 anos.

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Hoje é o seu melhor dia

Não! Não é apenas mais um dia, não. Hoje é um novo dia, o seu dia.

Dia em que as oportunidades aparecem, a vida se renova. Observe a natureza e a sua intensa beleza. Tudo é novo a cada dia, seja no calor da tarde, ou no frescor da manhã fria.

Este é o dia em que você pode mudar. Vestir amarelo ou quem sabe grená. Seguir por uma nova rua, caminhar... 

Quem sabe um novo jeito de ganhar seu sustento, que te renderá mais que o antigo emprego. E se sobrar um tempo, poderá voltar a estudar.

Só não dá para se lamentar, e nem deixar passar, a bendita oportunidade de se renovar, de acreditar que hoje é o seu dia, dia especial, dia de fazer festa com a esperança, que se reveste de alegria e brinca como criança.

Tocando no fundo da sua alma, nos sonhos tão seus. Para te lembrar que alguém te ama e te entrega o dia. O presente mais lindo, mais poderoso direto das mãos de Deus.

Aproveite o dia, o seu dia.

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * * * * * * * * * * * *
Texto lido no programa "Madrugada Viva Liberdade FM" no quadro "Momento de Reflexão" no dia 22 de Fevereiro de 2.017.
* * * * * * * * * * * * * * * 
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links de propagandas deste blog você ajuda a Campanha Natal Solidário que promovemos há 23 anos.

sábado, 18 de fevereiro de 2017

Pratique...

Eu já errei muito e por isso ainda me sinto engatinhando no percurso da evolução da vida. Confesso que não sei muita coisa, mas uma das poucas coisas que aprendi de verdade, com base na minha existência até hoje, é que tudo o que vai, volta. 

Todos os erros que cometi, intencionais ou não, voltaram como forma de aprendizado, embalados com lágrimas e arrependimento. 

Da mesma forma, tudo o que fiz de bom e edificante principalmente para as outras pessoas, voltou para mim como alento, me fazendo perceber continuamente o poder da gratidão. Este ciclo não tem fim.

O mistério da fé. O mistério do amor. O mistério da morte... Quem somos nós diante de tantos mistérios que a vida nos apresenta, sem respostas? Por isso, pratique bondade, pratique gratidão, pratique o desapego. Tente fazer o bem, mas se não fizer nada de bom por ninguém, pelo menos não faça mal, isso já é muito!

Tudo o que vai, volta. E não importa o tamanho do verbo ou do voo, seja bom para você e para os outros. Seja bom, porque o mundo precisa e porque a bondade floresce com pequenos gestos diários.

TEXTO DE: Autoria não encontrada. Fineza nos informar via email mensagem@toninholima.com.br
* * * * * * * * * * * * * * *
Texto lido no programa "Madrugada Viva Liberdade FM" no quadro "Momento de Reflexão" no dia 21 de Fevereiro de 2.017.
* * * * * * * * * * * * * * * 
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links de propagandas deste blog você ajuda a Campanha Natal Solidário que promovemos há 23 anos.

Não se esqueça: tudo acontece por um motivo...

Não se esqueça: tudo acontece por um motivo. Não se deixe levar pelas ilusões do mundo manifestado: tudo está sempre em seu perfeito lugar, mesmo que sua mente física não seja capaz de compreender.

Acalenta as dores do seu coração, ora pelo bem maior e vigia seus pensamentos e palavras, pois eles se tornarão seus sentimentos e ações e irão, em última análise, determinar o seu destino. Respire fundo e se aquiete.

Inúmeras vezes você vai enfrentar situações que vão te colocar frente a frente com sua frustração, decepção, dor e com o lado sombrio que existe em você. Não se esqueça de que cada uma destas situações é uma ocasião de aprendizado e suas atitudes mostram quem você é e o que existe dentro de você. 

Portanto, se sua ação não puder demonstrar amor pelo maior número de seres possível, repense-a. Nós não viemos a este plano para matarmos-nos uns aos outros. Não precisamos concordar com o que nosso próximo diz, pensa ou faz. Mas o "ama ao próximo como a ti mesmo" continua valendo, em qualquer situação.

Faça a sua parte. Ajude outras pessoas em seus processos de despertar. Leve paz onde houver guerra e seja luz onde só há a escuridão. Porte bandeiras, solte sua voz e mostre ao mundo a sua verdade, mas lembre-se de que nunca, em tempo nenhum, alguém se arrependeu de respirar fundo antes de reagir a um incômodo.

TEXTO DE: Flávia Melissa
* * * * * * * * * * * * * * *
Texto lido no programa "Madrugada Viva Liberdade FM" no quadro "Momento de Reflexão" no dia 20 de Fevereiro de 2.017.
* * * * * * * * * * * * * * * 
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links de propagandas deste blog você ajuda a Campanha Natal Solidário que promovemos há 23 anos.

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Os mentirosos

Eu minto, tu mentes, ele mente... todos nós mentimos, ainda bem. Caso contrário não haveria a menor possibilidade de convívio social. Mas o que eu quero falar hoje é sobre as mentiras que contamos para nós mesmos. Aquelas verdades que escondemos de tudo, de todos e da gente. Quero falar sobre todas as vezes que preferimos inventar histórias porque encarar a verdade era dolorido demais. Quem nunca?

Acho que a mentira mais comum que nos contamos é a de que "está tudo bem". Temos uma enorme dificuldade em admitir que algo vai mal porque não fomos educados para isso. Somos ensinados, desde a infância, a reprimir nossos sentimentos, a engolir o choro e a entender que "não foi nada".

Falar das emoções é difícil pra caramba porque não aprendemos a pensar sobre elas. Porque dói, porque balança as estruturas, porque nem sempre sabemos o que fazer com a sensação que vem. Então inventamos lindamente as nossas verdades a fim de sublimar qualquer tipo de desconforto.

Acho que o perigo do auto engano mora em ficar muito tempo sem contato com a própria realidade. Mentir pra si pode até ser uma auto defesa útil em um primeiro momento, mas ela precisa ser desmascarada para haver a cura do que te machuca.

Tem gente capaz de viver uma vida inteira se enganando, se declarando "bem resolvida", quando no fundo seria muito mais importante reconhecer que não é possível bancar tudo. É humano. Nem sempre vamos sustentar todas as circunstâncias com leveza e isso faz parte do nosso aprendizado.

Mentimos também quando escolhemos não enxergar. Quando preferimos acreditar, por exemplo, que alguém gosta muito de nós, pois seria muito doloroso admitir que não. Passamos a enxergar sinais que comprovem nossa teoria e nos agarramos a eles com esperança juvenil. Fazemos isso, precisamos admitir.

Ser verdadeiro é uma virtude a ser conquistada. Se não puder ser com os outros, seja pelo menos com você mesmo. Tire as lentes do auto julgamento, que fica mais fácil admitir as nossas verdades. Por mais dolorosas ou embaraçosas que elas sejam.

TEXTO DE: Stéphanie Waknin 
* * * * * * * * * * * * * * *
Texto lido no programa "Madrugada Viva Liberdade FM" no quadro "Momento de Reflexão" no dia 18 de Fevereiro de 2.017.
* * * * * * * * * * * * * * * 
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links de propagandas deste blog você ajuda a Campanha Natal Solidário que promovemos há 23 anos.

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Ando seguindo esses bons conselhos e me espalhando em amor por onde eu for

Sim, ando seguindo esses bons conselhos e me espalhando em amor por onde eu for. Estou me atrevendo na vida, fazendo novos amigos e tentando deixar para trás o que realmente não valeu, e isso tem me custado tempo, coragem e muitas certezas no coração.

Algumas pessoas eu deixei de lado que eram até importante pra mim, mas que nunca deram valor a isso, algumas obrigações criadas por mim eu deixei pra lá também, por serem pesos ao invés de descanso e paz. Decidi seguir em frente com um só objetivo, abraçar as oportunidade que Deus tem me dado e me colocar no centro da sua vontade para que os milagres que tanto espero me aconteçam.

Se você me perguntar se me sinto bem com essas escolhas que fiz eu direi que: algumas renuncias são doídas pra gente quando envolve sentimentos e pessoas queridas, mas quando não estamos no caminho certo, quando estamos perdendo a nossa identidade, é necessário darmos um salto a distância e pegarmos o primeiro lugar no pódio do merecimento, do amor próprio e da fé que a gente carrega fervorosamente e que poucos acreditam.

Hoje eu sei o quanto é importante nos cuidarmos do lado de dentro e do lado de fora da gente também, o quanto é interessante acordarmos todas as manhãs e recebermos de Deus possibilidades, o quanto é interessante essa liberdade que a gente adquire quando deixamos de ser pedintes emocionais e passamos a nos saciar das grandezas que o Senhor prepara pra gente.

Nem tudo esta do jeito que eu planejei, nem esta conforme eu imaginei, mas eu sei que quando confiamos naquEle que nos ama, nos assume, nos cuida, nos protege, nos livra de todo mal e nos abençoa, tudo da certo pra gente, mesmo que alguns ventos tentem impedir. Confesso a você que estou bem assim, e o que for pra ser meu Deus se encarrega de fazer chegar a mim.

TEXTO DE: Cecilia Sfalsin
* * * * * * * * * * * * * * *
Texto lido no programa "Madrugada Viva Liberdade FM" no quadro "Momento de Reflexão" no dia 17 de Fevereiro de 2.017.
* * * * * * * * * * * * * * * 
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links de propagandas deste blog você ajuda a Campanha Natal Solidário que promovemos há 23 anos.

Decidi interpretar a vida

Então eu decidi interpretar a vida, assumir as consequências dos meus erros, deixar de lado minhas insanidades, apostar no coração , dar uma chance para as certezas e voltar de uma forma interessante para o meu eu. 

Talvez eu tenha tentado fugir de decepções, talvez eu tenha tentado não ver a realidade , talvez eu tenha tentado de tudo , e nada seria tão mais preciso se eu tivesse tentado apenas ser feliz. 

Ninguém é tão grande em mim quanto meu Deus e ninguém é tão superior a dor do que o meu próprio amor. Eu cá fico na espera, daquilo que a gente chama de presente, daquilo que a gente chama de inesperado, daquilo que a gente chama de felicidade. 

Nem sempre gosto de viver sonhando e se neste momento eu tricotasse com Martha Medeiros eu usaria de suas palavras pra dizer: "Se você for uma garota boba como eu fui, acorde. Ninguém é muito areia pra ninguém. Pessoas aparentemente especiais se apaixonam por outras aparentemente banais ". E eu afirmo, ninguém é tão ninguém que não consiga fazer parte do mundo de um tão interessante alguém. Se cuida ai, que eu me cuido aqui.

TEXTO DE: Cecilia Sfalsin
* * * * * * * * * * * * * * *
Texto lido no programa "Madrugada Viva Liberdade FM" no quadro "Momento de Reflexão" no dia 16 de Fevereiro de 2.017.
* * * * * * * * * * * * * * * 
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links de propagandas deste blog você ajuda a Campanha Natal Solidário que promovemos há 23 anos.

domingo, 12 de fevereiro de 2017

Nem se fosse apenas dentro de mim...

Quando eu saí de uma importante depressão, eu disse a mim mesmo que o mundo no qual eu acreditava deveria existir em algum lugar do planeta. 

Nem se fosse apenas dentro de mim... 

Mesmo se ele não existisse em canto algum, se eu, pelo menos, pudesse construí-lo em mim, como um templo das coisas mais bonitas em que eu acredito, o mundo seria sim bonito e doce, o mundo seria cheio de amor, e eu nunca mais ficaria doente. 

E, nesse mundo, ninguém precisa trocar amor por coisa alguma porque ele brota sozinho (...). 

Nesse mundo, as pessoas nunca se abandonam. Elas nunca vão embora porque a gente não foi um bom menino. 

Ou porque a gente ficou com os braços tão fraquinhos que não consegue mais abraçar e estar perto. 

Mesmo quando o outro vai embora, a gente não vai. A gente fica e faz um jardim (...)

TEXTO DE: Ria Apoema
* * * * * * * * * * * * * * *
Texto lido no programa "Madrugada Viva Liberdade FM" no quadro "Momento de Reflexão" no dia 15 de Fevereiro de 2.017.
* * * * * * * * * * * * * * * 
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links de propagandas deste blog você ajuda a Campanha Natal Solidário que promovemos há 23 anos.

sábado, 11 de fevereiro de 2017

Deus sabe do aperto que nos destrói por dentro vez em quando

Deus sabe do que a gente precisa e sabe muito bem quando a nossa alma esta aflita e o nosso coração esta inquieto. Mesmo que tenha um sorriso meio que de lado estampado em nosso rosto, Deus sabe do aperto que nos destrói por dentro vez em quando. Ele sabe exatamente o que se passa com a gente e não vira as costas para as nossas dores, nem rejeita a nossa oração, Ele não ignora de maneira alguma os nossos sonhos e jamais, jamais mesmo Ele deixa de nos responder em qualquer situação.

A palavra bíblica escrita no livro de (2 Reis 4, 17:37)  nos relata a história de uma Sunamita que deixou o seu filho morto em casa e foi buscar ajuda  do profeta Elizeu, ela sabia que o filho não respirava mais, ela sabia que aos olhos humanos não havia mais recurso, porém no caminho, quando todos lhe perguntavam como ela estava, talvez por perceberem a sua tamanha aflição, a resposta daquela mulher era: "Tudo me vai bem", não que ela quisesse esconder a sua dor daqueles que estavam a sua volta, mas ela sabia bem no seu intimo que nem todos compreenderiam a sua atitude, ela sabia que precisava ir na pessoa certa e quando ela se viu diante de Eliseu, quando ele da parte de Deus lhe perguntou o que havia acontecido ela chorou a sua dor.

Tem certas coisas em nossa vida que por mais que a gente sofra por dentro, nem todos estão aptos a nos ouvir, nem todos estão crescidos o bastante para nos aconselhar, nos emprestar um ombro amigo, nos dar colo sem questionar, julgar, nem todos estão preparados para nos fortalecer e precisamos acima de tudo erguer a cabeça e exercermos a nossa fé diante das circunstâncias para que um milagre aconteça sem que as desistências e o desespero nos abrace primeiro.

Eliseu orou e o filho da Sulamita ressuscitou. E é isso que eu quero que você entenda, que nessa vida você não esta sozinha(o) e que por mais difícil ou impossível que pareça qualquer situação, Deus esta na direção, disposto a te ouvir, e a colocar no seu caminho aqueles que serão apoio, consolo, instrumentos dEle agindo a seu favor. Ele esta no controle, Fique bem.

TEXTO DE: Cecilia Sfalsin
* * * * * * * * * * * * * * *
Texto lido no programa "Madrugada Viva Liberdade FM" no quadro "Momento de Reflexão" no dia 14 de Fevereiro de 2.017.
* * * * * * * * * * * * * * * 
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links de propagandas deste blog você ajuda a Campanha Natal Solidário que promovemos há 23 anos.

Dois cavalos

No caminho da minha casa há um pasto. Dois cavalos vivem lá. De longe, parecem cavalos normais, mas, quando se olha bem, percebe-se que um deles é cego. Contudo, o dono não se desfez dele e arranjou-lhe um amigo, um cavalo mais jovem. Mas, se observares, ouvirás um sino.

Procurando de onde vem o som, verás que há um pequeno sino no pescoço do cavalo novo. Assim, o cavalo cego sabe onde está o seu companheiro e vai para junto dele.

Ambos passam os dias a comer e no final do dia, o cavalo cego segue o companheiro até ao estábulo.

Tu percebes que o cavalo com o sino está sempre a ver se o outro o acompanha e, às vezes para, dando tempo para que o outro possa alcançá-lo?

E o cavalo cego guia-se pelo som do sino, confiante que o outro o está levando para o caminho certo.

Como o dono desses dois cavalos, DEUS não se desfaz de nós só porque não somos perfeitos, ou porque temos problemas ou desafios. Ele cuida de nós e faz com que outras pessoas venham em nosso auxílio quando precisamos.

Às vezes somos o cavalo cego, guiado pelo som do sino daqueles que Deus coloca em nossas vidas.
Outras vezes, somos o cavalo que guia, ajudando outros a encontrar o seu caminho.

E assim são os bons amigos. Não precisas de os ver, mas eles estão lá.

Ouçam o meu sino… Eu também ouvirei os seus. Vivam de maneira simples, ame generosamente, cuidem com devoção, falem com bondade… E confiem, deixando o resto por conta de Deus.

TEXTO DE: Autoria não encontrada. Fineza nos informar através do email: mensagem@toninholima.com.br
* * * * * * * * * * * * * * *
Texto lido no programa "Madrugada Viva Liberdade FM" no quadro "Momento de Reflexão" no dia 13 de Fevereiro de 2.017.
* * * * * * * * * * * * * * * 
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links de propagandas deste blog você ajuda a Campanha Natal Solidário que promovemos há 23 anos.

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

O Paradoxo do Nosso Tempo

Nós bebemos demais, fumamos demais, gastamos sem critérios, dirigimos rápido demais, ficamos acordados até muito mais tarde, acordamos muito cansados, lemos muito pouco, assistimos TV demais e rezamos raramente.

Multiplicamos nossos bens, mas reduzimos nossos valores. Nós falamos demais, amamos raramente, odiamos frequentemente. Aprendemos a sobreviver, mas não a viver; adicionamos anos à nossa vida e não vida aos nossos anos.

Fomos e voltamos à Lua, mas temos dificuldade em cruzar a rua e encontrar um novo vizinho. Conquistamos o espaço, mas não o nosso próprio.

Fizemos muitas coisas maiores, mas pouquíssimas melhores.

Limpamos o ar, mas poluímos a alma; dominamos o átomo, mas não nosso preconceito; escrevemos mais, mas aprendemos menos; planejamos mais, mas realizamos menos.

Aprendemos a nos apressar e não, a esperar.

Construímos mais computadores para armazenar mais informação, produzir mais cópias do que nunca, mas nos comunicamos menos.

Estamos na era do 'fast-food' e da digestão lenta; do homem grande de caráter pequeno; lucros acentuados e relações vazias.

Essa é a era de dois empregos, vários divórcios, casas chiques e lares despedaçados.

Essa é a era das viagens rápidas, fraldas e moral descartáveis, das rapidinhas, dos cérebros ocos e das pílulas "mágicas".

Um momento de muita coisa na vitrine e muito pouco na dispensa.

Uma era que leva essa carta a você, e uma era que te permite dividir essa reflexão ou simplesmente clicar 'delete'.

Lembre-se de passar tempo com as pessoas que ama, pois elas não estarão por aqui para sempre. Por isso, valorize o que você tem e as pessoas que estão ao seu lado.

TEXTO DE: Bob Moorehead , Words Aptly Spoken.
* * * * * * * * * * * * * * *
Texto lido no programa "Madrugada Viva Liberdade FM" no quadro "Momento de Reflexão" no dia 11 de Fevereiro de 2.017.
* * * * * * * * * * * * * * * 
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links de propagandas deste blog você ajuda a Campanha Natal Solidário que promovemos há 23 anos.

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Não pare no meio do caminho

Gosto daquela canção que diz que cada vez que a minha fé é provada Deus me da uma chance de crescer um pouco mais, porque na verdade as minhas lutas se tornam desafios, se tornam batalhas a serem vencidas por mim, mesmo em dores, lágrimas, sofrimentos é algo que eu tenho que vencer, é algo que eu tenho que romper em fé , que eu tenho que me vestir de força, e encarar como uma guerreira que luta pela sua pátria e cresce mediante a todos os desafios . 

Eu tenho que lutar pelo que quero, tendo como arma a minha coragem e como escudo a minha fé em Deus.

Quanto mais obstáculos, mais chance de vitórias, quanto mais o inimigo tenta me parar , mais eu devo prosseguir e quanto mais forte forem os ventos, mais próxima a minha benção. 

A vontade de desistir só chega na gente, quando estamos cansados, e só cansamos depois de termos caminhado uma longa estrada e se caminhamos uma longa estrada é porque já estamos perto de uma imensa vitória.

Portanto não pare no meio do caminho, não deixem de sonhar, porque o que há vir em sua vida virá e jamais tardará assim diz o Senhor.

TEXTO DE: Cecilia Sfalsin
* * * * * * * * * * * * * * *
Texto lido no programa "Madrugada Viva Liberdade FM" no quadro "Momento de Reflexão" no dia 10 de Fevereiro de 2.017.
* * * * * * * * * * * * * * * 
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links de propagandas deste blog você ajuda a Campanha Natal Solidário que promovemos há 23 anos.

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Não deu pra planejar o título


A gente quase sempre acha que está controlando a própria vida. Gostamos muito de nos imaginar como donos do próprio nariz, coisa que até poderíamos ser, se o destino - esse espertinho - não tivesse uma vontade muito maior.

Durante esse tempo em que eu existo, durante os meus naufrágios, renascimentos ou voos livres, só pude constatar que não. dá. para. planejar. muito. Dizendo assim mesmo, pausada e diretamente. É que a gente cria todo um planejamento para nosso futuro, se imagina feliz acima de tudo, happy ending sem curvas. É difícil planejar desapontamentos ou erros, eu sei. Mas é preciso considerar que a vida também tem um fluxo no qual não temos muito controle. E nadar contra a maré será exaustivo.

Com isso, comecei a ver as coisas de forma diferente. Mais suave, talvez. Tomei um certo horror a gente que escolhe a roupa uma semana antes, que sofre antecipadamente com o que só vai acontecer em 3 dias e sim, não consigo confirmar presença num show daqui a 4 meses. É que eu entendi que só tenho - realmente - o Agora. Ontem já foi e amanhã eu nem sei se chega. Não é que eu não tenha metas, planos ou desejos. Mas eles só acontecerão se eu viver um dia de cada vez e há de se considerar alguns desvios de percurso. 

Fluir com a vida não significa ficar ao léu. Mas sim, entender que algumas vezes não temos o controle de tudo. E ainda bem, porque se tivéssemos, daria muito trabalho se responsabilizar por todas as vezes que não demos certo.

Temos uma certa tendência a sofrer com mudanças. É desconfortável, é algo novo, dá um medo desgraçado. E pra que sofrer mais ainda pensando no que está ficando pra trás ou no "que-poderia-ter-sido-se-eu-fizesse-de-outro-jeito?".

A gente passa a vida tendo escolher que porta abrir, tendo que tomar decisões para o futuro, definir na adolescência o que - teoricamente - faremos pro resto da vida. Somos pressionados onstantemente para tomar uma posição, quando muitas vezes o que queremos é dizer "Eu não sei. Tenho que saber agora?". Nem sempre.

Depois de alguns anos eu percebi que a vida permite pausas. Um respiro, um fôlego. E se você não se permitir, ela vai se encarregar de te dar. Como eu já disse, ela é cheia de vontades e tem seu próprio fluxo. Fazer as pazes e embarcar nas suas águas seria a melhor das opções. Ninguém nunca chegou em lugar algum ficando ancorado no porto. Carpe Diem(Aproveite o seu dia)! 

TEXTO DE: Stéphanie Waknin
* * * * * * * * * * * * * * *
Texto lido no programa "Madrugada Viva Liberdade FM" no quadro "Momento de Reflexão" no dia 09 de Fevereiro de 2.017.
* * * * * * * * * * * * * * * 
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links de propagandas deste blog você ajuda a Campanha Natal Solidário que promovemos há 23 anos.

domingo, 5 de fevereiro de 2017

Aquilo que estamos não é o que somos

Ao que me parece,a pior guerra que existe é aquela que travamos todos os dias conosco mesmo, sendo movidos pelo ego.

É aquele azedume interno que espalhamos para o mundo quando estamos infelizes com a vida.

É a ingratidão, o pessimismo,a reatividade, o mau humor, a desesperança que exala um odor fétido capaz de contaminar a todos ao nosso redor, disseminando nosso esgoto interno.
É o comentário maldoso que fazemos para o outro, projetando nele as nossas frustrações, por sermos incapazes de olhar para dentro.

É a piada sarcástica que fazemos com quem julgamos ser inferior a nós para termos a ilusão efêmera de superioridade.

É, acima de tudo, o profundo sentimento de baixa autoestima que sentimos quando estamos identificados com o ego: nos cobramos, nos massacramos, nos punimos, nos execramos.

Somos terroristas de nós mesmos sempre que implodimos e explodimos as bombas do nosso egoísmo, da raiva, da inveja, do ciúmes, do medo, do julgamento, por sermos ainda incapazes de reconhecer o Deus que habita em nós.

Sugestão amorosa de hoje : Queremos mudar o mundo ?
A meu ver,isso é vaidade do ego para fugirmos de nós mesmos. Para projetarmos fora o que ainda não resolvemos dentro.

Para encontrarmos um bode expiatório para ser torturado em nome das nossas limitações.Ao que me parece, só podemos realmente mudar nosso mundo interno. Mudemos então a nossa consciência, expandindo-a, espalhando o amor que há em nós, nossa luz . A melhor e talvez única forma de se diminuir a violência é através do aumento da consciência.

Ninguém diminui a violência impondo medo.Ninguém impõem percepção a ninguém. A percepção muda sempre de dentro para fora.
Claro, é comum termos indignação diante da heterogeneidade de consciências, mas que essa também seja a mola propulsora para o desenvolvimento da compaixão.

Como fazemos isso ?

Meditemos, espalhemos amor e luz, não por ignorar a sombra, mas por compreendermos que ela pode ser integrada à consciência através da meditação. Assim, podemos transcender a dualidade ilusória da 3D, pois aquilo que é real é a nossa essência, o resto é transitório.Estamos aqui de passagem. Já diria um autor, por mim, desconhecido : ” Estamos no mundo, mas não somos do mundo.”

Não nos apeguemos ao efêmero. Aquilo que está não é o que somos. Nós é que escolhemos no que queremos focar.

Minha sugestão é : Foco na luz !

Mais meditação e menos alienação de nós mesmos,

Com amor, leveza e alegria,

TEXTO DE: Gisela Vallin
* * * * * * * * * * * * * * *
Texto lido no programa "Madrugada Viva Liberdade FM" no quadro "Momento de Reflexão" no dia 08 de Fevereiro de 2.017.
* * * * * * * * * * * * * * * 
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links de propagandas deste blog você ajuda a Campanha Natal Solidário que promovemos há 23 anos.

Ninguém tem tempo para o que não está interessado

Às vezes tenho a sensação que estou vivendo cercado por uma redoma de compromissos mais importantes ou talvez desculpas que se sobressaiam como uma esquiva infalível diante de mim. As pessoas andam muito ocupadas. E a impressão que elas deixam é de que não sobra tempo para nada. Nem ninguém.

Mas isso é apenas uma impressão tola mesmo. Apesar de saber que o mundo nos obriga correr feito loucos em meio a multidão, a verdade é que todos temos tempo para aquelas coisas que nos são realmente indispensáveis. Ou você vai dizer que não?

Cada pessoa guarda mentalmente uma espécie de lista onde elenca tudo que é essencial. Que seja seu relacionamento, trabalho, estudo, lazer, família, amigos ou Deus… e ao longo dos dias vai criando espaço para encaixar suas necessidades e torná-las possíveis de viver.

Acredito piamente que quando nos questionamos se somos ou não prioridade na vida de alguém, já temos a resposta para isso. Não podemos nos contentar com desculpas disfarçadas de indisponibilidade. Pois no fundo sabemos que quem quer, sempre arranja um tempo.

A vida é muito curta para ser desperdiçada valorizando e correndo atrás de quem você nunca vai alcançar. Abandone os velhos hábitos de estar sempre disponível para pessoas que não te priorizam. Ninguém está o tempo todo sem tempo. Talvez falte tempo só para você. E se falta tempo para você, então sobram razões para ir embora. Seja sua prioridade absoluta.

TEXTO DE: Jey Leonardo
* * * * * * * * * * * * * * *
Texto lido no programa "Madrugada Viva Liberdade FM" no quadro "Momento de Reflexão" no dia 07 de Fevereiro de 2.017.
* * * * * * * * * * * * * * * 
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links de propagandas deste blog você ajuda a Campanha Natal Solidário que promovemos há 23 anos.

sábado, 4 de fevereiro de 2017

A mesma dor que atropela o nosso peito, é a mesma que reconstrói a nossa alma.

O tempo vai passar, e aquele amor que cura vai chegar em sua vida. Se a dor apertar, aumenta o som e chore, mas chore todas as suas inquietações, chore todas as suas mágoas e ressentimentos, chore todas as palavras duras que você ouviu de quem se foi, chore todos os medos que ele(a) te deixou, mas não guarde nada de ruim dentro de você, não permita nenhuma saudade te aprisionar, não se embarace em lembranças sem sentido, não fique de luto por tanto tempo. 

Sabe moça, sabe moço, quando algo nos destrói por dentro, Deus trata de nos reconstruir, quando alguém não nos cuida devidamente, Deus nos assume, quando nada tem explicação para tantas tristezas, Deus nos traz respostas, e nos leva a fazer descobertas. Os dias, os meses, os anos podem até passar, mas a verdade dEle chega, e as coisas que antes só nos maltratavam, passam a ser parte da nossa história, e experiências para as nossas batalhas futuras. 

Não desista de você, não se entregue tão fácil assim, não olhe para os outros como culpados de suas frustrações, não aponte o dedo para quem só quis te ajudar, perdoe e se perdoe também, porque um dia, a vida vai te surpreender, e você entenderá com muita delicadeza que, a mesma dor que atropela o nosso peito, é a mesma que reconstrói a nossa alma.

TEXTO DE: Cecilia Sfalsin
* * * * * * * * * * * * * * *
Texto lido no programa "Madrugada Viva Liberdade FM" no quadro "Momento de Reflexão" no dia 06 de Fevereiro de 2.017.
* * * * * * * * * * * * * * * 
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links de propagandas deste blog você ajuda a Campanha Natal Solidário que promovemos há 23 anos.

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

O valor de um like

Nossa sociedade se modernizou e com ela, a nossa comunicação. O impacto da era virtual nas nossas relações é, de fato, assunto que ainda precisa ser muito analisado. Só que as coisas acontecem muito rápido e precisamos aprendê-las por conta própria. Não há quem nos ensine como se relacionar virtualmente, pois a cada dia há mais uma novidade.

A verdade é que nossos relacionamentos se tornaram extremamente online. Existe uma nova linguagem e formas de interagir e, se não me engano, estamos todos muito confusos. A comunicação textual abre precedentes para diversas interpretações, as mensagens visualizadas e sem resposta são a nova forma de rejeição e o verbo "curtir" ganhou conotação bem diferente de sua raíz etimológica.

Em tempos de "likes" e "views", as pessoas passaram a interagir por botões, por um simples "touch" na tela. Ninguém mais troca telefone, trocam-se redes sociais. Precisamos ver a forma que o outro se apresenta e todo seu investimento em marketing pessoal, para de fato, curti-lo. Quem aqui nunca ficou feliz com a curtida de alguém, que se manifeste. Quem não interpretou as constantes visualizações como um interesse do outro? Só que alguém já parou para se perguntar qual é o valor do like na sua foto? Por que interpretamos essa interação como uma forma de atenção? Como uma forma de presença, só que uma presença tão ausente, que em nada nos nutre.

Acho muito importante olharmos para isso. Essa necessidade da validação do outro em relação a nós, essa popularidade virtual de gente que nem se conhece (as trocas de likes ainda me perturbam) e principalmente, achar que as curtidas de quem gostamos são o suficiente para nos fazer feliz. Desde quando passamos a nos contentar com tão pouco?

O nosso valor, aquilo que pensamos de nós, não pode ser pautado por uma ferramenta virtual. A interação com os outros precisa ser muito mais próxima do que temos feito. De nada adianta aparecer uma curtida em em cada uma das suas fotos e a pessoa não aparecer na sua vida. É básico, simples assim. Adaptando então o ditado: em terra de likes, quem vê o outro, é rei.

TEXTO DE: Stéphanie Waknin 
* * * * * * * * * * * * * * *
Texto lido no programa "Madrugada Viva Liberdade FM" no quadro "Momento de Reflexão" no dia 04 de Fevereiro de 2.017.
* * * * * * * * * * * * * * * 
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links de propagandas deste blog você ajuda a Campanha Natal Solidário que promovemos há 23 anos.

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Falência Motivacional

O Presidente mundial da Renault, o Brasileiro Carlos Ghosn, o homem que tirou a Nissan da falência e é considerado o Henry Ford do século 21 diz o seguinte: "A única coisa que faz a diferença é a motivação. Se você perder a motivação, aos poucos você perde tudo." 

O próprio pensamento de Henry Ford nos traz a tona a importância do caminho que escolhemos com foco em motivação e atitude quando disse: "Se você pensa que pode ou pensa que não pode, de qualquer forma você estará certo".

Uma empresa nunca quebra hoje. Quebra cinco anos antes. Não é falência financeira é falência motivacional. Os motivados enxergam oportunidades nas dificuldades... Os desmotivados enxergam dificuldades nas oportunidades! Os positivos fazem... Os negativos reclamam.

A escolha entre ser otimista ou pessimista é de cada ser humano e construirá toda uma estrada em que ele irá trilhar. 82% das maiores empresas do mundo vieram do "absolutamente nada", vieram da garra de seus fundadores e do compromisso de suas equipes de trabalho que acreditam no seu talento.

A questão é: O que eu estou fazendo com minhas ideias?

O que eu faço com meus pensamentos? 

Como andam os meus planejamentos de vida e de meu trabalho?

Devo olhar para dentro mim e perguntar: quanto valho?

Qual é o meu real valor?

Se eu fosse me auto leiloar, qual seria o meu "lance"?

Te Desejo dias ricos de motivação!!!.

TEXTO DE: Autoria não encontrada. Fineza nos informar através do e-mail mensagem@toninholima.com.br
* * * * * * * * * * * * * * *
Texto lido no programa "Madrugada Viva Liberdade FM" no quadro "Momento de Reflexão" no dia 03 de Fevereiro de 2.017.
* * * * * * * * * * * * * * * 
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links de propagandas deste blog você ajuda a Campanha Natal Solidário que promovemos há 23 anos.

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Status... Em um relacionamento sério com a vida, comigo e com Deus.

Quanto ao meu status de relacionamento não se assustem, mudei para RELACIONAMENTO sério, e coloquei alguns coraçõezinhos na alma para que todos a minha volta compreendam que da minha vida cuido eu e dos meus sentimentos também. 

Não me disponho mais a viver  esperando um oi, um telefonema, um ola, um elogio ou um muito obrigado de quem não assume compromissos, de quem não sabe o que é fazer valer a presença de gente importante, no caso eu, claro, que me valorizo mais do que tudo e que me aceito todos os dias, nem me submeto mais a opiniões desenfreadas de quem não sabe nada sobre mim. 

Estou vivendo um romance comigo, a intimidade é grande e a vida tem me mostrado o que vale a pena e o que não vale nem a pena nem a minha preocupação, e isso tem me levado a novas ideias e a novas estradas também.

Ultimamente o sim e o não estão sendo contínuos em minhas respostas e quanto ao que vão pensar realmente estou pouco me importando, uma vez que a voz de Deus e o que ele sabe a meu respeito tem sido minhas maiores motivações, clichê isso né gente, mas uma verdade absoluta também. 

Quando a gente se da uma chance, quando a gente se coloca no centro da vontade do Senhor, quando a gente espera dEle o melhor e deixa pra lá tudo que não deu, parece que a nossa visão fica mais nítida, os nossos pensamentos mudam em relação a algumas pessoas e a algumas escolhas que até então achávamos que estavam nos fazendo bem. 

Se você puder fazer um minuto de silêncio por você, faça, se você puder fechar os seus olhos e rever as tamanhas decisões erradas que já fez por querer demais o que não era pra ser ou por pensar que na pressa tudo seria perfeito, feche, se você puder se entender, se perdoar, se compreender e aprender que ninguém pode te mudar ou fazer algo de bonito por você a não ser você mesmo então se permita e não espere nada de ninguém, nem amor nem valor. 

As pessoas sempre vão ter uma certa  impressão sobre você (boa ou ruim), o que você não deve de maneira alguma é se deixar levar pelo que elas insistem em criar, desenhar, imaginar ou espalhar a seu respeito. A arte é delas, mas a  realidade será sempre sua.

TEXTO DE: Cecilia sfalsin
* * * * * * * * * * * * * * *
Texto lido no programa "Madrugada Viva Liberdade FM" no quadro "Momento de Reflexão" no dia 02 de Fevereiro de 2.017.
* * * * * * * * * * * * * * * 
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links de propagandas deste blog você ajuda a Campanha Natal Solidário que promovemos há 23 anos.