sábado, 29 de junho de 2013

Não se perca de você

Não se perca de você!
Todos nós, um dia,
erramos uma estrada,
pegamos a mão errada e até
perdemos a direção.

Uma palavra que sai
sem pensar,
um gesto perdido
entre os nervos,
um olhar
cheio de sentimentos
ruins...

Todos nós,
temos dias que parecem
intermináveis,
agonias que parecem
não ter fim,
mas mesmo assim:
- não se perca de você!

Ainda que a solidão
pareça com agulhas,
que o medo pareça um
monstro com mil olhos,
que a noite desabe sobre
a sua cabeça,
acusações por todos os lados,
e aquela sensação
de impotência,
ainda assim,
crie um ponto de resistência:
acredite que o dia
vai raiar,
o sol vai brilhar,
as nuvens ficarão mais claras,
e por trás de todas as aparências,
por trás das montanhas
de problemas,
surge o sol da esperança,
aquecendo o seu coração,
mostrando o caminho em flor,
caminho da vida,
caminho do amor.

Por favor,
ainda que deixe de crer,
não se perca de você!

Eu acredito em você

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 02 de Julho de 2.013.

Determine a sua vitória

O milagre existe sim!
O milagre é a concretização 
das sementes de fé e ideais,
que você planta todos os dias.
E o milagre independe 
de qualquer agente externo.

Quando você ouvir dizer 
que ali naquele 
lugar ocorrem milagres,
ou que aquela, 
ou a outra pessoa faz 
milagres toda hora, 
desconfie!

Para responder a sua dúvida, 
convocamos o próprio Mestre Jesus,
que ao 
"realizar os milagres" 
em quem quer que fosse afirmava:
A Tua fé te curou!
Então, 
não se perca em 
desespero por ai, 
batendo de porta em porta.
Antes, 
entre em sintonia com 
o Deus que habita em você,
e através da oração, 
dê o primeiro passo para 
a mudança.

Toda situação difícil carrega 
preciosas lições.
E a vida está cheia de 
exemplos de pessoas que 
saíram da miséria, 
da dor,
da vida destruída 
para um momento de 
glória e conquista,
através da DETERMINAÇÃO.

Determine agora a sua vitória!
Faça planos de conquistas, 
de certezas, de renovação,
independentemente da 
sua situação atual.

Olhe para frente, 
para o alto, 
para o centro da 
sua vida.

É em você, 
na sua renovação que 
se encontra a solução.
Acredite, 
mude e não pare 
de lutar.

Você nasceu para vencer, 
e nada vai te deter.
Só falta você acreditar, 
porque Deus sabe disso faz 
muito tempo.

Eu acredito em você

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 30 de Junho de 2.013.

quinta-feira, 27 de junho de 2013

Resoluções de Vida

Faça de todas as alegrias
uma única lembrança,
e carregue consigo como
se fosse um patuá.

Para os
momentos de tristeza,
agarre-se ela,
e mesmo entre lágrimas,
enxergue a esperança.

Mesmo nos
dias mais sombrios,
veja a luz,
mesmo diante de tantos
"nãos",
espere pelo sim.

Assim é a alegria,
fonte de motivação,
energia inspiradora que
nos move para a frente;
em alto mar é barco seguro;
em pleno deserto é
cantil cheio;
em meio a guerras e batalhas,
é bandeira branca;
em meio a
agitação do mundo,
é refúgio;
em meio ao desamor,
é carinho de mãe.

Faça da sua vida,
uma fonte de boas lembranças,
diante das coisas ruins,
passe como trem bala,
diante das injustiças,
renuncie a vingança,
diante das incertezas,
agarre-se a sua fé,
diante das "pauladas da vida",
mantenha a serenidade,
sem esquecer da alegria
que tudo transforma,
e junto com o amor,
tudo suporta,
tudo leva para uma
única direção,
a sua vitória,
a sua conquista do
bem maior,
a sua própria salvação.

Eu acredito em você

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 29 de Junho de 2.013.

Olhos do amanhã

Para pessoas 
especiais como você!
Exija o respeito, 
mas faça-o por merecer!

Não se entregue as 
lamentações fáceis,
nem atribua culpa dos seus 
erros aos outros.

Não é o governo, 
nem o seu ex-sócio,
nem o ladrão de galinhas, 
nem a religião x ou y,
o problema não está la fora, 
só a desculpa.
O problema sempre 
reside em nós,
na maneira como encaramos 
as dificuldades.
Uma atitude vencedora evita 
mágoas e desgostos,
mesmo quando tudo 
dá errado...

É quando refletimos diante 
das perdas e descobrimos,
que mesmo sem a vitória esperada,
nós não desistimos da luta,
aprendemos novas 
técnicas e táticas,
estamos mais prontos para 
as novas batalhas.

Visão de vencedor é assim:
"sobre os destroços da cidade, 
imaginamos como poderemos 
reconstruir ainda melhor,
como poderemos fazer o 
nosso próprio tempo,
reconstruir nossa história."

Que hoje, 
você tenha a visão do amanhã,
os olhos da águia 
que lá de cima,
enxerga todos os problemas do 
tamanho que realmente são:
pequenos diante da sua grande 
força de vontade.

É tempo de vencer!

Eu acredito em você

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 28 de Junho de 2.013.

quarta-feira, 26 de junho de 2013

A surpresa

A surpresa não é a notícia ruim, 
tampouco o fim do 
relacionamento já desgastado.
A surpresa é o fato de você receber 
tudo como se fosse novidade,
como inesperado...

Mesmo as notícias de morte, 
que acreditamos ser "do nada",
não são surpresas, 
porque a única coisa certa na vida, 
é a morte,
só não sabemos a data, 
por isso, 
não se espante com nada.
Isso não quer dizer que você 
deve ficar insensível.
Nada disso, 
chore seus mortos, 
descabele-se pelos amores findos,
coma as unhas de raiva 
pelo desemprego,
chute pedras na rua (pequenas é claro), 
pelo não que ouviu,
e remoa o seu fígado pelo 
orgulho ferido.

Mas, por favor, 
tenha atitude coerente 
com os vencedores:
- olhe para frente, 
onde está o futuro que 
você almeja.
Ao olhar para trás, 
você dará mais importância para o 
"problema",
e com certeza, 
não enxergará as soluções.

Hoje, exatamente hoje, 
o sol saiu por sua causa,
por acreditar que seus raios 
benditos podem mostrar,
que todos podem, 
de alguma maneira servir a todos,
e se fazendo pequeno, 
crescer de tal maneira,
que você deixe de ser apenas 
esta pessoa especial que você é,
e passe a ser IMPRESCINDÍVEL.

O tempo de chorar, 
já passou,
o tempo de viver, 
recomeçou.
Sorria e olhe para frente,
é tempo de vencer,
tempo de você!

Eu acredito em você

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 27 de Junho de 2.013.

terça-feira, 25 de junho de 2013

Novo tempo

Quando o vento frio passar, 
e tarde deixar seus últimos suspiros,
a noite, renovadora de todas as coisas,
vai chamar pelo seu nome e cobrar, 
ainda que delicadamente,
o que você andou fazendo 
pela sua felicidade.

Uns chamam isso de "consciência", 
outros de "inspiração".
Não, não importa o nome, 
o que realmente importa,
é que você não deve deixar a sua 
história na mão de ninguém.
Não pode, nem deve, 
depender de ninguém.
Sua felicidade é "arca própria", 
é um bau de tesouros,
que não deve ficar em qualquer canto.

Quer saber do seu futuro?

Comece agora a construí-lo 
com novos pensamentos,
que geram novas atitudes.
Que sempre começam com um 
grito de liberdade.
É a sua alma que se revolta 
contra a situação,
de te ver assim tão pra baixo,
se sentindo o "biscoito 
amassado do pacote".
É tempo de dizer: Basta!

Ainda hoje, 
não importa a hora que for,
tudo pode ser melhor na sua vida.
A começar pelo 
seu estado de espírito.
Se você assumir 
o controle da sua vida,
se descobrir o poder que 
habita em você,
não precisará de mais nada, 
nem de ninguém,
para descobrir caminhos, 
oportunidades,
forças restauradoras, amor, 
prosperidade, saúde,
riqueza espiritual que não se vende, 
nem se compra,
mas, se adquire com atitudes 
de VENCEDOR.

O que você quer ser?
Vencedor ou Vencido?
Não jogue a culpa de algum 
fracasso para ninguém.
A escolha é sempre sua, 
na dor ou no amor,
na luta ou na calmaria,
no tempo ou na espera,
sempre será a sua palavra, 
a última palavra,
o que diz sim ou não,
o que aceita ou rejeita,
o que não se cala, ou fica mudo.

É tempo de um novo 
pensamento,
de um novo "você".
Forte como o próprio tempo, 
que é eterno.

Eu acredito em você

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 26 de Junho de 2.013.

sábado, 22 de junho de 2013

Seja Compassivo

Estamos num mundo onde 
ainda convivemos 
com a maldade e a 
insensibilidade de alguns.

Quando Cristo veio até 
nós ensinou-nos 
que somente a caridade 
e o amor nos salvariam.

Jamais julgou, 
sempre buscou ensinar o 
caminho do bem a todos 
que o procuravam.

Hoje podemos ver até mesmo 
dentro de templos religiosos 
a falta da indulgência, 
do amor e do carinho 
ao próximo.

As pessoas de um modo geral 
estão se tornando insensíveis 
e alheias à dor do seu semelhante. 
Estamos na fase do cada um por si. 
Isso é muito triste e desalentador, 
pois já nos foi ensinado há mais 
de dois mil anos que para 
sermos realmente felizes 
devemos amar 
a Deus em primeiro lugar 
e ao próximo como a 
nós mesmos.

E o que temos feito?

Justamente o oposto dos 
ensinamentos do 
Mestre Jesus. 
Por essa 
razão hoje encontramos 
tantas pessoas 
acometidas de doenças inexplicáveis, 
depressão e tantos outros males. 
Enquanto não aprendermos a 
nos amarmos verdadeiramente 
e agirmos com solidariedade 
e fraternidade haverá muito choro 
e ranger de dentes.

Acordemos enquanto há tempo. 
Para quê prolongarmos 
tanta dor e sofrimento, 
quando temos a receita para 
vivermos em paz e felizes?

Iniciemos essa nova era 
vivendo pelo bem, 
e criando ao nosso redor um 
mundo onde prevalecerão 
os sentimentos 
de o amor, bondade, 
amizade e fraternidade.

Comecemos por nós mesmos 
e em nossos lares.

Esse panorama triste em que 
vivemos pode mudar. 
Só depende de nós. 
Jesus espera por isso!!!

OBS.: 
Não encontramos fonte
ou autoria deste 
texto em nossos arquivos
e na internet.
Caso saiba e queira nos ajudar,
fineza nos informar através do e-mail
mensagem@toninholima.com.br,
para darmos os créditos merecidos a
quem o escreveu.
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 25 de Junho de 2.013.

Nada sei…

Quando a vida apresenta 
um problema ele nunca 
vem sozinho.
Além de uma ou outra 
solução que nem sempre 
enxergamos,
outros problemas desabrocham, 
surgem da nossa incapacidade 
de lidar com eles.
 
Assim, 
quem deve muito acaba 
pedindo empréstimos e por 
conseguinte:
ficam devendo mais.
 
Quem se apaixona por pessoas 
“problemáticas”, 
acabam sofrendo duplamente:
pela frustração de querer 
mudar quem não muda,
e por ver seus esforços 
perdidos na vala do “nada”.
 
Quem trabalha onde não 
gosta perde o sossego, 
a alegria e os amigos.
Corrói o fígado e adoece 
sem causas aparentes.
 
E assim, 
vamos empurrando 
nossos problemas com 
a barriga.
Com aquela falsa ilusão de 
que estamos resolvendo-os.
 
Medo de assumir a realidade, 
de conversarmos com nós mesmos.
De olhar nos nossos olhos 
no espelho e dizer:
-Estou errado!
 
Vou recomeçar, 
vou pedir ajuda, 
vou falar com amigos, 
vou falar com Deus.
 
É tão difícil reconhecer 
que estamos errados!
O orgulho, esse “chip” 
que está instalado em nosso 
“hardware” de fábrica,
cresce sempre a medida 
que vamos ficando “adultos” 
e achamos 
que já sabemos tanto.
 
A dor, 
essa Sábia Professora, 
não se cansa de visitar 
aqueles que acreditam 
saber tudo.
Depois da visita dela, 
acabam descobrindo o que 
o filósofo Sócrates declarou 
milhares de anos atrás:
- Quanto a mim, 
tudo que eu sei é que nada sei!

Antes de agir, pense.
Depois de pensar, reflita.
Depois de refletir, questione-se.
Depois de questionar-se, 
sorria e acredite na 
sua capacidade de crescer, 
ser e vencer.
 
TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke 
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 23 de Junho de 2.013.

sexta-feira, 21 de junho de 2013

Vencerei!

Pediu um novo sonho 
e esqueceu-se de tantos 
que nem realizou.

Olhou para o dia de hoje e 
pensou no dia de ontem.
Acreditou que o 
passado foi melhor e 
nele se enterrou.

Não viu a noite chegar, 
não aspirou o perfume das flores.
Ficou como se fosse um 
retrato em cima de uma mesa.

Parado no tempo, 
vítima de si mesmo, 
fruto da sua 
falta de vontade de lutar.
Acomodado no tempo e 
no esquecimento.

Quanta gente anda 
vivendo assim?

Os pés estão aqui, 
mas o pensamento está 
lá no passado.
Naquele tempo que não 
volta mais e que a pessoa 
jura que foi melhor.

Como saber o que é o 
melhor se só conhecemos 
uma parte do tudo?

Como saber qual é o melhor 
mel se só provamos 
um tipo?

A vida pede engajamento 
e no meio das lutas e até 
do sofrimento,
a força que tanto precisamos 
está dentro de cada um de
 nós mesmos.

Não espere o céu derramar nada.
Nem o mar se abrir para você passar.
Faça você mesmo o seu milagre, 
seja o próprio milagre.

Aquele que se abre para o dia e diz:
- Hoje eu vou conquistar!
- Hoje eu vou arrebentar!
- Hoje eu serei abençoado pelo 
esforço que carrego comigo.
- Não me faltarão amigos, 
saúde, paciência, 
amor e esperança.

E se faltar qualquer um 
dos itens acima, ainda assim, 
Deus é comigo e eu vencerei!

Eu acredito em você

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke 
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 22 de Junho de 2.013.

quinta-feira, 20 de junho de 2013

Porque é amor

Há dias em 
que nem nos reparamos, 
de tão preocupados com 
os outros.

Há dias em 
que não nos encontramos, 
diante das dificuldades, 
por vezes fugimos, 
e para isso bebemos, 
fumamos, nos dopamos...

Há dias em que não 
nos entendemos, 
saímos de casa para 
falar sim, 
e no meio do nada 
dizemos não.

Há dias em estamos 
insuportáveis, 
nem nós mesmos nos 
aguentamos são dias de cobranças 
de todas às partes, 
até de nossos entes mais 
queridos.

Explodimos, gritamos, 
ficamos de mal...

Felizmente, 
há dias em que nos amamos, 
estamos de bem com as 
pessoas e com a vida, 
principalmente quando estamos 
apaixonados.

E assim, 
 dia de chuva tem seus 
encantos, 
o calor exagerado é perfeito, 
as pessoas chatas, 
são apenas pessoas chatas, 
os problemas são dificuldades 
que vamos resolver,
a doença é apenas um 
dia de cama, 
a esperança é o nosso motor, 
o mundo tem flores, 
perfume e uma razão de ser,
e nós, 
nós somos apenas a certeza 
de que amar é bom, 
de que a vida vale a pena 
em cada novo dia,
porque o amor 
nos torna melhores, 
quase perfeitos, 
serenos, delicados, 
com um brilho no olhar 
que não esconde, 
antes, revela, 
porque é amor, 
o que temos de melhor, 
a infinita capacidade de 
amar e recomeçar, 
sempre!

Eu acredito em você

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke 
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 21 de Junho de 2.013.

quarta-feira, 19 de junho de 2013

Quando é que nos amamos de verdade? Difícil não é?

Achamos que nos amamos 
quando tudo está bem.
Quando tudo parece rosas 
e tudo dá certo.

Mas, não é bem assim, 
pois quanta gente anda por ai 
em depressão tendo tudo o que você 
acha que é necessário 
para viver bem?

Gente morando de frente para 
o mar e vendo a vida cinza.
Gente com muitos bens e sem o 
"meu bem" para chamar de seu.
Gente cheia de conquistas e 
vazia de satisfação.

Por isso, 
eu acredito que nos 
amamos de verdade quando 
descemos ao fundo do poço sem 
nenhuma corda e assim assim, 
olhamos para o 
alto e enxergamos a Luz. 
Porque muitos andam pela 
vida de cabeça baixa, 
mirando o chão.

Ame-se do jeito que você é!
Você é parte integrante do 
Universo e extremamente 
necessário(a) 
para o equilíbrio do mundo.

Sem você, 
sem a sua confiança, 
a balança fica capenga, 
e o mundo mais triste.
Não deixe que nada abale 
a sua confiança.
Deixe-se amar e ser amado(a).

Ah! 
e se alguém pisar no seu calo, 
perdoe. 
O mundo é muito mais do 
que uma pessoa mal amada 
tentando te incomodar.

Seja Feliz.

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke 
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 20 de Junho de 2.013.

terça-feira, 18 de junho de 2013

Pensamentos às avessas

Quando imaginamos 
um dia de sol, 
a chuva vem refrescar 
nossas idéias.
Quando pensamos em 
muita gente, 
a solidão aparece como 
única visita.
E nos lembra que 
precisamos de atenção 
para com nós mesmos.

É importante definir metas, 
mas viver o dia.
É importante ter uma agenda, 
mas marcar este momento.
Esta é a nossa única certeza: 
a experiência deste momento.
Que é o único presente que não 
podemos demorar em abrir.

O tempo, o momento, 
não é como o vinho.
Não precisamos 
maturar as horas.

Precisamos sim, 
degustá-lo como néctar 
dos deuses.

Viver este momento 
independentemente de 
qualquer situação.

Pois a Vida espera de nós 
uma atitude única:
- Vivê-la intensamente.

Viva o seu dia!

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke 
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 19 de Junho de 2.013.

sábado, 15 de junho de 2013

Já fez algum agradecimento hoje?

Costumamos pensar que nada 
nessa vida é gratuito e, 
portanto, 
quanta beleza não recebemos 
gratuitamente cada dia e acolhemos 
isso com uma naturalidade tão 
grande que até nos esquecemos 
de agradecer.

O céu não nos cobra nada para 
nos mostrar as estrelas; 
o nascer e o pôr-do-sol 
são espetáculos onde o número 
de lugares é ilimitado e 
acessível a todos; 
os pássaros nunca cobram 
pelas lindas canções; 
as flores se oferecem voluntariamente 
com todas as suas variantes de cores, 
tamanhos e formas. 

E quanto tempo gastamos 
da nossa vida para dizermos, 
nem que seja por uma vez, 
"graças, Senhor, 
por nos ter dado tanta beleza."

A verdade é que pedimos muito 
e agradecemos pouco da vida. 

Somos capazes de gastar horas, 
mesmo dias, em lamentações, 
mas somos muitas vezes 
incapazes de gastar um minuto 
para agradecimento. 

Faz parte da natureza egoísta 
de todo ser humano de pensar 
que tudo deve ser a ele.

Isso é uma balança muito 
desigual nos ombros de Deus. 

As pessoas jogam pedras 
demais e flores de menos. 
É tremendamente injusto!

Talvez se pudéssemos 
achar mais equilíbrio entre 
aquilo que pedimos e aquilo 
que agradecemos por ter, 
teríamos muito mais para agradecer.

Deus deu ao homem 
a terra e tudo o que nela há; 
se não podemos desfrutar disso, 
é porque ao longo dos anos 
os homens se esqueceram 
que o que se recebe de graça, 
de graça se dá. 

Tudo então ficou transformado 
e chegamos ao caos 
onde estamos.
Mas ainda é tempo de agradecer.

Se começarmos a fazer 
um exercício diário de agradecimento 
pelas inúmeras bênçãos que recebemos 
(e que passam quase sempre despercebidas!); 
se trocarmos isso por tudo o que 
queremos reclamar, 
tenho certeza que vamos ver a vida 
de uma outra maneira 
daqui pra frente.

Agradeço, Senhor, 
pelo dia de hoje!
Agradeço porque mais um dia 
que passa e continuamos de pé!
Agradeço porque ainda resta 
um pouco do paraíso e que ainda 
podemos desfrutar disso.

E agradeço porque meus amigos 
fazem parte desse 
resto de paraíso!

FELIZ DIA!

TEXTO: Letícia Thompson
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 18 de Junho de 2.013.

A mão de Deus

Pediram para você confiar 
e segurar na mão de Deus,
mas onde está a mão de 
Deus que você procura e não vê?

E eu lhe digo, 
que ela está tão próxima que 
você pode tocar:
a mão de Deus é a mão do 
amigo dedicado, 
que liga preocupado,
é a mãe aflita que com carinho 
lhe dá novas esperanças,
para as mães, 
seremos eternas crianças.

A mão de Deus é o novo emprego, 
a oportunidade de trabalho,
a caixa de engraxar ou o 
bisturi que vai operar,
tudo é permissão do Pai.

A mão de Deus é a sua humildade, 
em recomeçar,
seja por baixo, seja de novo, 
seja a primeira vez,
Deus não se importa com cargos, 
nem com ocupações,
Deus vê a qualidade do trabalho, 
pede disposição EM servir.

A mão de Deus é a carta 
ou e-mail que chega, 
com uma palavra de conforto,
é a visita de um evangelizador 
no seu portão,
um desconhecido que 
indica o caminho,
um sorriso de alguém que 
lhe faz lembrar,
que além do destino, 
Deus é contigo!

É a brisa da tarde tocando 
seus cabelos,
a lembrar que tudo passa, 
como o arco-íris avisando que 
a tempestade terminou,
e no ar, 
Deus em sua infinita misericórdia,
deixa o cheiro da terra molhada,
para fazer lembrar aos homens 
que tudo recomeça,
sementes vão germinar e brotar,
novos frutos vão cobrir a Terra,
a mão de Deus nos alcança,
em Graça, 
misericórdia e Amor.

Que ela te alcance hoje, 
que ela te transforme em um novo ser,
que as conquistas comecem agora,
que a saúde se restabeleça,
que volte a andar, enxergar, amar,
pleno de paz, alegria e amor,
pois sem amor, 
a mão de Deus não nos alcança.

Eu acredito em você.

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 16 de Junho de 2.013.

sexta-feira, 14 de junho de 2013

Fim de semana

Neste final de semana, 
liberte a sua melhor porção 
e leve-a para onde você for. 
Você tem dentro de si uma pessoa 
de grande energia, 
que sonha e deseja ser feliz, 
como criança que deseja o doce 
mais simples da padaria, 
cujos olhinhos brilham quando 
ganham esse presente.

Não se deixe abater pelo 
peso dos problemas, 
eles não são nem maiores, 
nem piores do que os que já 
passaram e os que ainda virão, 
cada problema tem um impacto 
na sua vida dependendo 
da sua disposição de resolvê-los.

Não deixe essa criatura mal humorada, 
tímida, medrosa, rancorosa, 
angustiada que quer tomar 
conta da sua vida, 
ser a sua personalidade, 
porque você não é assim, 
você é Luz, 
por menos que ela esteja 
brilhando hoje, 
a sua Luz é capaz de iluminar 
estradas de muita gente boa 
que anda nas trevas.

Mas, lembre-se, 
Jesus foi um Mestre tão positivo 
que até na hora de ir para 
o calvário foi sereno, 
com a certeza da sua vitória.

É nessa serenidade do Cristo 
que habita em você, 
e na certeza que Ele nos legou 
através dos seus passos, 
do Cristo que te espera 
de braços abertos, 
não pela morte, 
não pregado em uma cruz, 
mas vivo, como eu, 
como você, 
ansioso para  te abraçar, 
fazer festinha nos seus cabelos, 
te chamar de amigo, 
te abraçar como irmão.

Você é Luz, 
e neste final de semana, 
eu desejo que você brilhe 
intensamente e que assim seja 
para todo o sempre,

Amém...

Eu acredito em você.

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 15 de Junho de 2.013.

quinta-feira, 13 de junho de 2013

Iluminado

Muitos lhe desejarão 
um bom dia!
Outros, mais próximos, 
vão lhe abraçar e desejar sorte.
Mas, 
eu quero desejar-lhe 
um dia especial,
por isso, 
desejo-lhe que o seu dia seja 
ILUMINADO.

E banhado pela luz, 
você possa dizer sim;
para as possibilidades de 
mudança que te cercam,
para a visão do novo que aparece,
para a certeza do 
bem que não se esquece,
que você esteja Iluminado pela 
certeza de dias melhores, 
que começa agora com a sua 
nova motivação.

Não é tempo de pensar 
no que deu errado,
nem é tempo de se ligar 
nas pessoas erradas.
É tempo de iluminar 
o seu rosto,
de deixar o brilho desta manhã 
te convidar para a vida.

Vida que passa muito 
rápido na porta de cada um,
lembrando que 
o grande barato está 
dentro de nós,
na certeza de que podemos 
ser felizes,
com o pouco ou o muito 
que temos.

Basta ser Iluminado 
pela certeza,
não acreditar em mesquinharias,
não dar bola para quem não 
quer te ver bem,
se afastar de quem te faz mal,
acreditar que o bem é a maioria,
e finalmente, 
ter em mente o seguinte:
- Tudo passa, 
tudo passará, 
- Tudo se renova, 
tudo se renovará.

Eterno mesmo, 
é você, 
é você, 
com todos os seus problemas,
com qualidades e defeitos,
que é a pessoa mais 
importante para o seu dia.

E eu desejo, 
que ele seja ILUMINADO,
banhado pela alegria 
e pela doçura,
da força que vem do alto 
e dessa Luz,
que é a companhia querida, 
do Mestre Jesus.

Que o seu dia seja ILUMINADO!

Eu acredito em você

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 14 de Junho de 2.013.

quarta-feira, 12 de junho de 2013

Vai rever as rosas...

Quando o amor bate às portas 
do nosso coração 
nos sentimos importantes.

Amar e saber-se amado da 
mesma pessoa é o sonho 
de todo mundo. 

Ser único, 
sentir-se único e ter 
para si o tesouro único que 
a terra tinha escondido.

Quando amamos sempre 
somos únicos, 
pois ninguém sente como nós, 
ninguém espera, deseja, 
sonha e dói como nós. 
Ninguém se alegra tanto, 
se desepera tanto, 
comete tantos 
erros e tantos acertos. 

O amor nos torna seres 
extraordinários.

Ah! E a pessoa amada, 
essa então!!!

O coração apaixonado possui 
essa capacidade 
extraordinária de ignorar os 
pequenos defeitos 
(e até apreciá-los!), 
moldar carinhosamente as 
pequenas diferenças e fazer de 
conta que não está vendo, 
não está sentindo, 
não está doendo.

Ele perdoa sem que perdão
 seja carecido e continua 
o eterno caminho das promessas 
dos que amam para sempre.
E de tanto amar, 
tanto aperfeiçoar e fechar os olhos, 
ele se esquece que o ser 
perfeito não existe.

Então, 
quando amanhece o 
dia do dia-a-dia, 
os defeitos, 
ou o que a pessoa é, 
em si, realmente, 
aponta e desaponta. 
Já não parece no fim da tarde 
da convivência que a pessoa de 
antes e a de depois são a mesma. 
Já não parece assim tão 
única e tão especial. 
Já tudo parece tão igual, 
tão simples e tão normal. 
Tanto, 
que causa desencanto.

E é então que vem a lição 
de um principezinho 
que teve a ousadia de 
amar uma rosa. 
Foi preciso caminhos e encontros 
para que alguém lhe dissesse, 
enfim: 
"vai rever as rosas!... 
tu compreenderás que a tua 
é única no mundo!..."

Ah! 
Como as rosas se parecem 
e como cada qual é sem igual! 
Como tantos se parecem com 
o que amamos e como são 
diferentes!

 Única é aquela pessoa que 
fez vibrar nosso coração um dia, 
aquela pela qual sofremos,
 lutamos, 
jogamos tudo pro ar e 
nossos olhos viram estrelas 
até nas noites mais escuras.

Sim... 
quando o coração 
achar-se demasiado descontente 
e desencantado, 
que ele passeie pelo jardim 
do passado, 
onde reinava a magia e 
a esperança, 
onde o amor tinha cheiro da 
pessoa amada e transformava 
tudo o mais no mundo 
em nada!

Que ele redescubra que entre 
tantas e tantas pessoas iguais,
 a que amamos é e sempre será 
única na vida da gente!

TEXTO DE: Letícia Thompson
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 13 de Junho de 2.013.

terça-feira, 11 de junho de 2013

Saber receber o amor

Não basta dar amor. 
Não basta amar. 
É igualmente enigmático 
saber receber o amor.

Há pessoas absolutamente 
incapazes de receber o amor. 
Outras há que
filtram o amor recebido 
segundo a sua maneira de ser, 
reduzindo ou ampliando
o afeto ganho através de suas 
lentes existenciais de aumento 
ou diminuição.

Quem pode dizer com segurança 
que sabe avaliar o amor recebido?

Há, ainda, 
as que só conseguem amar 
quando recebem amor, 
não admitindo dar
sem receber.

Há, também, 
o tipo que não dará amor jamais, 
pois só sabe receber. 
E existe a que dá e precisa receber, 
porém não sabe o que fazer quando 
(e quanto) recebe; 
transforma-se, então, 
numa carência 
viva a mendigar afetos, 
em todos despertando 
(por insuspeitadas habilidades) 
o desejo de algo lhe dar.

Receber o amor 
é como saber gastar (gostar?). 
Há pessoas que não sabem gastar! 
Muitas sabem ganhar; 
depois, 
não sabem gastar 
(gastar o amor de quem está lhe dando). 

É necessário fazer com que 
o investimento amoroso recebido
renda frutos, 
juros e dividendos em 
quem o recebe.

Há quem o saiba receber.
Há quem não o saiba e gaste 
(o amor) recebido de uma só vez, 
sem noção de
quanto custou para quem o doou.
Saber como receber o 
amor é fundamental, 
porque determina o prosseguimento
ou não da doação.

Aqui está o núcleo do enigma 
das relações humanas no 
campo afetivo: 
a forma pela qual cada 
pessoa recebe o amor, 
modela-o.

De que valerá um amor 
maior que o mundo, 
se a forma pelo qual se o 
recebe é diminuta?

Um amor de pequena estatura 
doado a alguém pode ser recebido 
como a dádiva suprema. 
Será (soará), então, enorme!

Amar é também, 
além do dar, 
saber receber. 
Saber receber, 
embora pareça passivo, 
é ativo pois melhor 
dimensiona e até amplia o amor.

Receber, 
se possível avaliando 
a intensidade com que é 
dado e retribuir, 
na exata medida, 
oxalá superando a doação.

Saber receber é tanto amar 
quanto doar um amor.

Quem, 
por causa da insegurança, 
precisa de testes constantes 
e não se satisfaz nem acredita 
no que tem, 
acaba por infernizar a vida 
do seu amor.

Esse tipo de pessoa ama 
intensamente, 
com loucura até, 
todavia não sabe receber. 
Só pensa no que não tem 
em vez de se bastar com o 
muito que tem.
Desvaloriza o que recebe, 
porque supervaloriza o que 
deixou de receber. 
E na vida sempre deixamos 
de receber algo em cada 
dádiva recebida.

Todo amor é dotado de voracidade. 
Em estado puro, 
o sentimento de amor é 
dotado de intensa fome, 
possessividade e voracidade. 
Sem controle, 
tal voracidade se torna tão 
exigente que impede o 
amente de saber receber. 
Ela a tudo devora,
até o amor.

Saber receber, portanto, 
é arte. 
É a capacidade de fazer 
belo e importante o
que se tenha. 
É a arte de bastar-se com o 
real em vez de chorar o impossível. 
É saber fazer feliz quem dá o amor 
pois este se sentirá capaz 
de dar muito.

É arte para poucos.

TEXTO DE: Artur da Távola
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 12 de Junho de 2.013.

domingo, 9 de junho de 2013

Deus lhe quer vencedor

Como é que você 
reage às quedas que 
sofre na vida?

Como é que você 
administra os fracassos?

Não há receitas mágicas 
que nos façam vencer 
os obstáculos.

Mas ouso dizer que há 
um jeito interessante de olhar 
para as quedas que sofremos.
É só não permitir que elas 
sejam definitivas.

É só NÃO PERDER DE VISTA 
A PRIMAVERA QUE O OUTONO 
PREPARA...

Administre bem os 
problemas que você tem, 
não permita que 
o contrário aconteça.

Se você não administrá-los, 
eles administrarão você.

Deus lhe quer vencedor, 
a vitória já está 
preparada feito o presente 
que está embrulhado
e que precisa ser aberto. 
Não perca tempo!

JÁ COMEÇOU VENCER 
AQUELE QUE SE LEVANTOU PARA 
RECOMEÇAR O CAMINHO.

TEXTO DE: Padre Fábio de Melo
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 11 de Junho de 2.013.

sábado, 8 de junho de 2013

POR ONDE ANDA A MINHA ALMA ?

Como saber por onde anda 
a minha ALMA, 
se estou sempre com pressa e presa 
a tantos compromissos?

Somos seres que vivemos 
inebriados pela ação, 
intoxicados pelo tempo, 
preenchido em constante atividade, 
pressão, agitação...

Parar e pensar em ALMA?
Tá louco?
Onde poderia me 
levar momentos de passividade 
e quietude com tanta coisa 
que tenho para pensar, 
fazer, resolver?
Exatamente ao encontro 
de nossa ALMA.

O silêncio depois do barulho, 
a reflexão depois do movimento, 
a paz depois da agitação 
é altamente importante, 
vital e benéfica.

Quem de nós realiza 
serenamente a maioria de 
nossas tarefas?
Estamos fazendo aqui, 
pensando no que faremos ali, 
daqui há 1 hora, 
logo mais, 
o dia seguinte, 
a semana que vem...

Ufa! Quem aguenta?

Oprimidos 
pela realidade do tempo, 
não percebemos a vida, 
por debaixo da vida.
Preocupados em nos servir 
da autocultura intelectual 
desprezamos a vida 
contemplativa e espiritual, 
como se a primeira nos 
bastasse.

Sim, 
é claro que agrada 
a mentalidade materialista, 
que ainda vê as experiências 
espirituais como 
desperdício de tempo.
Ainda alguns relegam devotos 
da passividade, 
ao asilo da esquisitice, 
do embuste, 
da insanidade mental.
Pois é exatamente neste asilo 
da quietude que nos encontramos 
com a nossa verdadeira face.
Onde somos apresentados 
ao nosso maior companheiro 
de jornada. 

Aquele que nos dá o alimento 
espiritual, 
a paz e as respostas as 
nossas indagações.
A realidade se esquiva, 
em busca de uma simples posse, 
nas conquistas materiais, 
no ter, 
e ter e ter ainda mais, 
e nos distancia 
cada vez mais desse encontro 
profundo da divindade 
do nosso EU.

Somos pobres peregrinos, 
desperdiçando nossa preciosa 
existência nesta vida, 
perseguindo um poder que os olhos 
possam contemplar, 
e não nos damos conta que é 
através do que não tocamos, 
nem cheiramos,
nem vemos ou ouvimos que 
se encontra a riqueza 
que buscamos.

A busca do sagrado, 
do profundo, 
do eterno...
No silêncio de nossa ALMA, 
bebemos o elixir da 
sabedoria e saboreamos o néctar 
da verdade da vida.
Acalmar o pensamento e tentar 
superar a tendência excessiva 
ao materialismo, 
são passos decisivos na direção 
de um encontro efetivo com o nosso 
âmago companheiro.

É por aí que anda a nossa ALMA!

TEXTO: Silvana Giudice
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 09 de Junho de 2.013.

sexta-feira, 7 de junho de 2013

Sofremos

Sofremos pelo que não temos, 
e muitas vezes,
pelo que acreditamos que era nosso,
e na verdade, nunca foi.

Sofremos, 
pela incerteza do amanhã
que não nos pertence,
mas que tentamos controlar.

Sofremos pelas amizades 
e afinidades
que tentamos dominar, 
possuir sem medidas,
e que se afastam de nós.

Sofremos pela doença que 
podemos ter,
pela gripe que pode virar 
bronquite,
e nos abatemos.

Sofremos pelo medo do 
imponderável,
pelo que não podemos medir,
pelo que não vemos, 
mas as vezes, podemos ouvir,
e nos trancamos.

Sofremos pelas nossas faltas,
e nos abatemos com as 
dificuldades que criamos,
e estagnamos.

Por isso,
as notas que não tiramos, 
as provas que não passamos,
os amores que não vivemos, 
o abraço que perdemos,
os cadernos amarelados, 
os cheiros da infância,
a velha chupeta guardada 
ou perdida,
são doces lembranças, 
mas até nelas, sofremos.

Sofremos, 
porque não queremos 
nada simples,
nem simplesmente viver,
nem simplesmente amar.
Temos medo de nos entregarmos
definitivamente ao amor,
medo de sofrer uma dor maior,
por isso, sofremos,
até pelo que não sabemos.

E, hoje,
sabendo que o sofrer 
é uma antecipação da dor 
que nem sempre viveremos,
vou procurar conquistar 
aquilo que realmente me cabe,
e se a dor me visitar, 
vai me encontrar mais forte,
porque tenho a exata medida 
de tudo o que já passei,
e sou o fruto maduro 
dessa árvore chamada, 
vida.

Eu acredito em você

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 08 de Junho de 2.013.

quinta-feira, 6 de junho de 2013

Pense e ame sem medo

Pense...
e dos desafetos dessa vida, 
faça um buquê de lições,
das tristezas mais marcantes, 
um arranjo de saudade,
das desilusões provocadas 
pelos outros,
uma coroa de esquecimento.

Dos sentimentos que sofreram 
o abalo do tempo,
um maço de cravos perfumados,
e de tudo o que viveu até aqui,
faça um jardim de sentimentos,
guardados apenas 
pela fechadura do amor,
que tudo perdoa, 
tudo releva,
com a vantagem, 
de não precisar de vigia na porta,
pois o amor, tudo convence, 
tudo guarda...

Pense...

o amor sempre vale a pena,
ainda que a alma aflita 
por sofrimentos do passado,
se agite em mil 
pensamentos de derrota, 
de medo e dor,
ainda assim, 
nada é mais misericordioso 
e libertador que o amor...

Pense...

Doe o seu melhor!
No trânsito, 
no ônibus, nas ruas,
nas favelas ou nas mansões,
por baixo de tudo ou por 
"cima da carne-seca",
rindo muito ou chorando 
feito criança,
a vida é uma música, 
uma dança,
que nos convida para um baile 
que nunca se repete,
nada, nenhum dia é igual, 
só o seu pensamento,
se estiver parado no tempo,
esse sim, 
será sempre o mesmo...
que pena!

Pense!

Viva a vida que nos convida,
viva o tempo de vencer a dor,
viva a possibilidade de 
um novo tempo, 
viva um novo amor,
 ainda que seja o mesmo 
de sempre,
com nova vida e nova cor.

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 07 de Junho de 2.013.

quarta-feira, 5 de junho de 2013

Algumas gotas de perfume

Os retornos da vida nem 
sempre são visíveis, 
nem sempre são caminhos 
previsíveis ou nem sempre 
estão ali na frente. 

E o fato de se ter que viver 
nessa incógnita do dia seguinte faz 
com que alguns fechem-se, 
como conhas que escondem 
em si pérolas 
de inestimável valor.

Muitos hesitam em dar 
de si porque 
acham que oferecendo-se, 
perdem-se. 
Constroem muros 
em torno de si, 
ilham-se.

Certas pessoas não se 
entregam a amores, 
ficam reticentes 
ante abraços e à ternura 
de abrir-se inteiramente, 
desfolhar o coração e 
desnudar a alma, 
como fazem as flores, 
sem querer saber o 
porquê e se 
haverá algum retorno.

Aqueles que se doam 
incessantemente, 
totalmente e integralmente 
desgastam-se 
sem olhar para trás 
e sem querer ver 
longe demais, 
crescem em estatura 
da alma, 
mesmo se em alguns 
momentos o cansaço e o 
desânimo atingem levemente 
o coração.

Mas amar incondicionalmente 
é amar de olhos fechados, 
é transformar através 
das nossas vivências a visão 
que outros têm da vida, 
é contribuir para a 
escalada na busca do eterno.

Algumas gotas de 
perfume recaem 
sobre nós quando 
somos bons, 
quando nosso 
prazer maior está 
em servir e nosso eu e 
nosso ego ficam de lado.

Não é possível dar de si 
sem que um pouco 
do gesto não recaia 
dentro do coração,
 sem que Olhos atentos 
e agradecidos estejam 
pousem-se sobre nós, 
abençoando-nos.

TEXTO: Letícia Thompson 
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 06 de Junho de 2.013.

terça-feira, 4 de junho de 2013

Nada fica parado!

Num indo e vindo infinito...
Observe a natureza!
Diante do mar, 
veja as ondas num indo 
e vindo sem fim,
isto é aprendizado, 
uma forma do mar se reciclar,
despejar o que tem 
que ser despejado e recolher 
o que espera.

Observe as árvores, 
parecem paradas,
mas estão trabalhando 
incessantemente, 
reciclando o ar,
na fotossíntese, 
uma troca fundamental 
para os seres vivos.

Até as pedras gigantescas 
estão sendo aparadas 
pelos ventos,
cortadas pelas minúsculas 
gotas da chuva.

Nada está parado!

Porque temos tanta dificuldade 
em mudar nossos hábitos?

Parece que o fator principal é a 
“insegurança”,
o medo de sair da nossa 
“zona de conforto”.
Lembranças que povoam 
nossa mente,
como chorar e receber o 
peito para mamar,
nos fazem “pedintes”, 
emotivos e muitas vezes 
“fracos”.

Sentimentos que não 
queremos largar,
muletas que nos levam, 
ainda que meio tortos,
para algum lugar, 
mesmo que não seja 
o desejado,
são guardadas com 
“7 chaves” 
em nossa mente.

Aprenda com o passado, 
mas desgrude-se dele.
Projete o futuro, 
mas construa-o ainda hoje.
Não há como pular etapas, 
nem voltar atrás,
é só hoje, 
este dia que pode até 
estar chuvoso,
mas é o que te cabe nesta 
parte do latifúndio.

Não tenha medo de mudar, 
de quebrar cara,
mas, principalmente, 
não tenha medo de 
“experimentar-se”,
e se errar, se falhar, 
se não der para prosseguir, 
pare.
Respire, pense, 
analise e recomece.

Não há porque ter medo 
e nem vergonha de 
recomeçar.

Neste instante, 
o mar já está voltando 
a praia,
e vai levar o que estiver 
na areia,
num eterno recomeçar, 
sem medo de acertar.

Que você seja assim, 
como o mar que vai e vem,
num infinito aprendizado, 
ser melhor a cada dia.

Você, 
você e mais você, 
o que pode transformar vidas,
começando pela sua.

Eu acredito em você

TEXTO: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 05 de Junho de 2.013.

segunda-feira, 3 de junho de 2013

Discurso da dor

Quanto mais andamos,
quanto mais observamos o mundo,
percebemos que todos,
sem exceção,
tem problemas na vida.

É aquele parente difícil
ou intolerante,
é o emprego que não satisfaz
as expectativas,
o dinheiro que sempre
pede cuidados,
seja pela falta,
seja pelo excesso,
a saúde,
ora frágil e delicada,
aquela amizade,
as vezes difícil e complicada...

Todos nós temos problemas,
maiores ou menores.
Em cada lugar,
em cada país,
em cada família,
eles se apresentam de
forma diferente.
O que não muda é a importância
que damos a eles.

Para nós,
como não poderia
deixar de ser,
os nossos problemas são
sempre os maiores,
os mais difíceis,
os mais angustiantes.

Para a criança
que agora quer os doces
que a mãe colocou lá em cima
do armário mais alto,
a vida apresenta um
grande problema,
e dos seus olhinhos
saem lágrimas...

Para a menina
ou menino que acabou
de sofrer
a primeira grande decepção
com o amor,
a vida parece que não tem
mais sentido.
E nessa idade,
tudo parece maior ainda,
até a espinha que mal
percebemos...

Sofrer não é
ato condicional da vida.

Não é necessário viver
uma vida de dor para
ser feliz.

Alias,
este é um conceito
que trazemos na alma.

Há filosofias que ensinam
que só a dor purifica.

Há histórias e estórias de mártires,
santos e líderes,
que valorizamos pela dor
que eles viveram.

Não valorize a dor!

Valorize apenas
a experiência da dor.
Não queira dar
mais força para a dor.

Antes,
pergunte para si mesmo:
- O que será que a vida quer
me ensinar com essa dor?

Se por apendicite,
melhor não filosofar muito
e correr para o Hospital.

Mas,
se for uma dor provocada
por uma "perda",
uma dor emocional,
podemos e devemos sim,
refletir.

Com certeza você encontrará
mais respostas na experiência
da dor que na experiência
maravilhosa do amor.

Por isso recordamos
mais facilmente os momentos
de tragédia,
que os momentos de
plena felicidade.

Pare, pense,
analise e busque a porta
da saída.
Não fique procurando culpados
pela sua dor.
Procure a solução e
seja objetivo.

A Vida oferece mil portas.

Escolha uma e siga determinado
para a vitória pessoal.

A vida não é feita só de dor,
pelo contrário,
viver é um ato de amor.

Eu acredito em você.

TEXTO: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 04 de Junho de 2.013.

sábado, 1 de junho de 2013

É preciso saber calar

Existem momentos que 
não conseguimos apagar 
da memória.

Para o bem, 
quando são pedaços da 
nossa felicidade. 
Para o mal, 
quando retratam a nossa 
dor e incapacidade.

Existem coisas inexplicáveis, 
que parecem fora da ordem.
Olhamos e não acreditamos 
que aquilo esteja acontecendo.

Sentimos na pele, 
vivemos o momento e não 
entendemos.
Fizemos tudo certinho, 
e tudo deu errado.
E nos questionamos, 
nos acusamos...

Existem situações onde 
palavras não conseguem 
alcançar.
Nada consegue acalmar 
ou consolar.
Talvez um pequeno gesto, 
um abraço apertado, 
um olhar.
Por isso, é 
preciso saber calar.

O silêncio é uma benção 
onde a agitação perturba.
Aprenda a criar 
momentos de silêncio e 
reflexão na sua vida.
Para guardar boas emoções e 
aprender com os nossos erros.
Tempo de desligar 
o som que esconde 
os fatos.

Deixar as palavras que não 
revelam nossos atos.
Ouvir no silêncio 
de nós mesmos o coração 
bater,
E do amor que devemos 
nutrir por nós mesmos, 
aprender.

Que a vida é um breve instante, 
onde o silêncio é o espelho
do nosso interior, 
da nossa alma, 
que por vezes pede aflita.
Que você pare, 
que pense e reflita.
Que não há alegria 
na vingança, 
e nem consolo em achar 
culpados.

Isso é coisa de criança.

O único caminho é o tempo, 
que é o "secador de feridas",
que pede passagem 
para seguir com você 
rumo ao novo.

Se for preciso, 
não fique esperando 
respostas, 
é preciso caminhar,
pois quando 
tudo parece perdido, 
só nos resta o Recomeçar.

TEXTO: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 02 de Junho de 2.013.