segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Preocupações

As vezes nos ligamos em coisas tão pequenas,
que perdemos a direção das coisas importantes.
São situações corriqueiras que nos
incomodam demais,
levam à discussões inúteis que por
vezes chega a machucar.
Guardamos mágoas, levamos rancores,
ficamos de mal,
tudo em nome de um "orgulho besta"
que nem sempre,
admitimos,
pois "nos achamos" superiores,
livres dos males do mundo.
Quanta pretensão,
não é mesmo?

Por isso,
é importante assumir as nossas fraquezas,
sentimos tudo o que os outros
também sentem,
raiva, ódio, inveja, desprezo,
nojo, tristeza,
alegria, orgulho,
certezas e dúvidas,
tudo que é próprio do ser humano.
E isso é natural.

Lógico que estamos aqui para evoluir,
e aprendemos, seja pelo amor,
ou pela dor,
que os sentimentos mesquinhos,
nos levam ao isolamento,
ao sofrimento inútil.

Por isso:
concentre-se no bem que possa ser feito,
na palavra que pode ser bem-dita,
no abraço fraterno que consola
e encerra discussões,
no amor que podemos desenvolver
por qualquer pessoa,
na admiração que podemos
ter por nós mesmos,
na certeza de que somos espelhos,
evangelizadores através dos
nossos atos e atitudes.

Por isso,
preocupe-se com você!
Não se descabele por situações
que não mudam.

Mude você!

Eu acredito em você

TEXTO: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 10 de Fevereiro de 2.009.

Nenhum comentário: