segunda-feira, 25 de maio de 2009

PERGUNTE E NÃO RESPONDEREMOS

Demore na dúvida e descubra a sabedoria
que insiste em esconder na ausência de palavras.
Nem sempre a resposta está pronta.
Há uma beleza na dúvida que vale a pena ser apreciada.
Forjar a resposta antes do tempo é a mesma
coisa que colher frutos verdes.

Responder perguntas é fácil.
Difícil é ensinar a conviver com as dúvidas.
Viver para responder cansa.
Sentimo-nos na obrigação de dar resposta para tudo.
Não sabemos dizer que não sabemos,
insistimos em falar de coisas que não acreditamos,
só para não termos que enfrentar o desconcerto do silêncio.
Falamos porque não suportamos a
ausência de respostas.

Talvez seja daí,
que muitas pessoas vêm buscando respostas como;
“Por que sofremos?
Por que as pessoas boas sofrem tanto?”.

A dor em nossa vida gera muitas perguntas,
principalmente quando a morte bate em nossa porta.
Existem dúvidas que nem mesmo a religião
consegue responder.
Jesus ensinou aos seus discípulos a conviver
com a dúvida criativa,
nem sempre Jesus dava resposta pronta.
Maria também guardava tudo em seu coração,
mesmo sem entender.

Conviver com a dúvida é uma forma
interessante de construir respostas.
O sofrimento de agora,
geram ensinamentos que só poderão
ser recolhidos amanhã.
Nisso consiste a beleza da religião;
ajudar a conviver com a dúvida,
nutrir a esperança que não nos deixa esmorecer,
preparar o coração para os tempos
reservados para o silêncio da existência.
O silêncio faz parte da existência do homem.

A vida não é feita de só de dúvidas,
pois o cristianismo tem respostas belíssimas,
mas há dúvidas que só serão
respondida ao longo da vida,
e ainda outras dúvidas,
que nem a vida responde,
só o Céu poderá responder.

Respostas não caem do Céu,
mas são geradas no processo histórico
que o ser humano realiza.
Viver é maturar,
amadurecer, é superar horizontes,
acolher novas possibilidades e descobrir
respostas onde não imaginamos encontrar.
A dúvida de hoje pode ser a certeza do amanhã.

Trechos do texto
"PERGUNTE E NÃO RESPONDEREMOS"
de Padre Fábio de Melo
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 26 de Maio de 2.009.

Nenhum comentário: