segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Supermercado das desculpas ...

Escolha a sua desculpa
para não ser feliz.
Estamos no
"supermercado das lamentações"
e aqui você encontra prateleiras
recheadas de ofertas,
desculpas e mais desculpas
como as mais vendidas:
-"Sou infeliz porque meu marido
não gosta mais de mim"
- “Não dá para ser feliz com
este chefe que eu tenho”
- "Depois que arrumou uma namorada,
meu filho não me ama mais
como antigamente"
- "Acho que meu namorado não gosta
mais de mim,
já não me trata como antes..."

Em super oferta,
em até 10 x no cartão,
a campeã de vendas:
-"Meus pais não me entendem,
por isso sofro demais"
Mas, tem mais,
aproveite o "bacião de ofertas":
-"Não consigo firmar nenhum relacionamento,
o problema deve ser comigo"
-"Minha saúde vive debilitada
desde que me separei"

Quer levar alguma desculpa em oferta?
Ou quem sabe quer aproveitar
e descobrir o óbvio:
sua felicidade está nas suas mãos.

Ninguém pode decidir por você,
por isso o médico pergunta
para você onde dói,
ao invés de tentar descobrir
por adivinhações.

Vai,
crie coragem e assuma as suas
deficiências apre de jogar
a culpa das suas frustrações
nos outros.

Procure dentro de você a libertação
das possibilidades que habitam
em você e acabe descobrindo
essa verdade:
-Todo mundo tem um dom,
um talento!

Então,
é só aplicar-se naquilo que
você tem de melhor.

Não precisa inventar nada,
nem fantasiar,
nem querer ser o que você não é.
Faça direitinho o básico,
e alimente-se dos bons pensamentos,
das boas energias,
espelhe-se nas pessoas de sucesso,
mas não se compare,
você é único,
e isso é muito bom,
pois o mundo precisa de
pessoas como você,
que sabem fazer o que você faz,
mesmo que você não acredite
que fazer crochê vale a pena,
varrer rua bem varrida é uma maravilha,
aquele bolo de fubá que só você faz,
aquela planilha no Excel que
você simplificou,
aquela cirurgia que você reinventou,
e qualquer coisa que você
faça com amor.

Por falar em amor,
quanto você se ama?

Se você ainda está procurando
culpados pelo seu fracasso,
pela sua infelicidade,
pode apostar que você não
ama o suficiente,
pois aquele que descobre
o amor próprio consegue
amar o próximo,
o distante,
o longínquo e qualquer outra pessoa.

Chega de desculpas,
a vida pede uma atitude,
não uma desculpa.

Ame-se,
encontre-se e seja feliz!

Eu acredito em você

TEXTO: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 15 de Setembro de 2.009.

Nenhum comentário: