segunda-feira, 17 de maio de 2010

Capacidade

"Todos nós temos dentro de nós
forças que desconhecemos"
até que o momento
"certo"
aparece para usarmos,
e só depois que utilizamos essa
força é que nos damos conta de
"o quanto nós podemos realizar"
e quanto deixamos de construir
coisas para o nosso benefício
simplesmente por que
colocamos na nossa
"cachola"
que nós
"não podemos".

Um exemplo claro disso são
as mães amorosas,
essas mães quando tem um
filho doente por exemplo,
são capazes de carregá-los
em seus braços
por quilômetros a pé,
sob chuva ou sob sol,
com fome,
com preocupações,
elas se transformam em "leoas",
são capazes de esforços e
provas de coragem que
até os "homens duvidam".

Não mexa com uma mãe que
está defendendo seu(s) filho(s).

Outro exemplo é quando somos
ameaçados pelo medo,
como um cachorro muito bravo
vindo em nossa direção,
tem gente que corre mais que os
campeões da última São Silvestre,
vira uma "bala"de tão
rápido que corre,
outra cena interessante é quando
somos desafiados e
aceitamos o desafio,
o nosso orgulho que as vezes
é maior que o Planeta Terra,
nos transforma em feras
de resistência.

Nossa capacidade de realização
só desaparece quando assumimos a
postura de vítimas da vida,
de coitadinhos do mundo,
quando todo mundo erra,
todo mundo esta errado,
só nós,
os belezinhas da vila que
estamos certos.

Pode apostar,
quando você começar a
arrumar desculpas para
todas as coisas
que acontecem na sua vida,
e quando essas desculpas
começarem pelo nome de
alguém, pode escrever,
sua vida vai desandar,
desandar e desandar cada
vez mais.

Quando você tem na ponta
da língua uma desculpa
para sua derrota,
para a perda do amor,
do dinheiro,
do trabalho ou daquela
vaga que estava
"quase certa",
começam os verdadeiros
problemas,
e ai nem anjo da guarda,
nem promessa e nem santo
de plantão vai poder ajudá-lo.

Seja arrojado,
jogue com a vida,
mas jogue com cartas altas,
aposte alto,
pare de sonhar baixinho de fazer
"beicinho de dodói",
você não é vítima coisa nenhuma,
você é parte da vida e
dos problemas,
você é responsável até pelo
que te fazem.

Se te fizeram algum mal,
se te roubaram,
se te abandonaram foi
porque você,
com seus atos,
atitudes ou pensamentos,
quem permitiu que isso
acontecesse.

Por isso,
assuma seu lugar no mundo
e bola pra frente.

O que você quer de bom
para sua vida hoje?

Eu to falando hoje,
não é amanhã,
viva esse dia como
o seu melhor dia,
vista seu melhor sorriso
e acredite no seu poder
de conquistar.

Nossa,
até eu já tô acreditando
que você é o máximo,
me dá um autógrafo?

Eu acredito em você.

TEXTO: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 22 de Maio de 2.010.

Nenhum comentário: