segunda-feira, 3 de maio de 2010

Passeando Nos Ventos Da Aflição

"Os jovens se cansarão e se fatigarão,
e os mancebos cairão,
mas os que esperam no Senhor
renovarão as suas forças;
subirão com asas como águias;
correrão,
e não se cansarão;
andarão,
e não se fatigarão"
(Isaías 40:30, 31).

Uma águia sabe quando a tempestade
se aproxima mesmo antes
de se desencadear.
Voa para algum lugar alto e espera
que os ventos venham.
Diante da tempestade,
deixa que os ventos levantem
suas asas acima da tormenta.
Enquanto a tempestade
cai furiosamente abaixo,
sobe rapidamente acima dela.

A águia não escapa à tempestade,
simplesmente a usa para
erguer-se ao ponto mais alto.
Ela passeia nos ventos que
trazem a tempestade.

O profeta Isaías compara pessoas a águias.
Ele diz, nas Escrituras,
que somos abençoados com a
dádiva de Deus que nos capacita
a montar nos ventos que
trazem aflição,
desespero,
fracassos e decepções para
nossas vidas.

Em Deus podemos subir
rapidamente acima das tempestades.
Lembremos que não são os fardos
da vida que nos sobrecarregam
e sim a maneira como
lidamos com eles.

Sem Deus somos fracos e presas frágeis
sob as tempestades da vida.
Na força do Senhor alçamos
vôo acima delas.
Os ventos e as tormentas
caem sobre todos,
as angústias nos visitam
sem que sejam convidadas,
os fracassos se aproximam até dos
maiores conquistadores,
mas a maneira como
encararemos tudo isso definirá
o nosso êxito ou derrota.

Sabemos que na presença do Senhor
há plenitude de alegria e,
quando esse gozo faz parte
de nosso viver diário,
todos os problemas citados nos
parecem mais amenos.

A graça do Senhor nos envolve,
Seu poder nos protege,
Seu brilho oculta os visitantes indesejados,
Sua mão nos faz flutuar acima das
crises e tempestades.

TEXTO: Paulo Robeto Barbosa
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 05 de Maio de 2.010.

Nenhum comentário: