domingo, 27 de junho de 2010

O que te falta

" Existem poucas coisas que nós desejaríamos
de forma intensa se nós soubéssemos
realmente o que queremos."
* La Rochefoucauld *

Não se desespere com esse problema que te aflige,
antes, sereniza a alma e busca a essência do mesmo,
se são dividas que te roubam o sono,
o problema pode ser a forma de gastar,
enquanto você não aprender a poupar
não vai resolver "o como pagar".

Se a doença te abala,
procure antes mudar a forma de alimentar-se,
disciplina e qualidade contra a ansiedade,
comer para viver e nunca viver para comer.
Dormir bem, e descobrir o que é essencial,
ter espaço para trabalhar e divertir-se,
equilíbrio é fundamental.

Solidão é o mal que te aflige?
Descubra como empregar o seu tempo,
em ajudar quem menos tem, quem mais precisa,
e sendo solidário, encontre motivos para sorrir,
para deitar e dormir, sereno e tranqüilo,
sem lembrar do vazio, preenchido pela gratidão,
de quem recebeu um pouco de pão da tua mão.

E assim,
a vida quer te recompensar,
como mãe carinhosa com saudades do filho,
que quer abraçar, beijar e fazer um carinho,
não importa se tem 50 anos ou ainda é menino,
para a mãe, filho será sempre carente,
e para a vida, quem doa de si,
será sempre credor,
de paz, alegria e amor.

Eu acredito em você.

TEXTO: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 29 de Junho de 2.010.

Nenhum comentário: