segunda-feira, 5 de julho de 2010

Ilusões, verdades e você...

"Na vida,
sempre temos em alguma época
a felicidade nas mãos.
É que ela vem
submetida ao preço da
dedicação e da renúncia,
do dever cumprido e da honestidade,
que nós nem sempre desejamos pagar,
perdidos nas ilusões absorventes do mundo,
para acordar na colheita da nossa
semeadura entre o
arrependimento e a desilusão,
o desencanto e a dor."
(Marcus Vinicius)

Se é a sua casa que é humilde demais,
e isso lhe constrange a alma,
sossegue,
coloque nela a "santa limpeza",
espalhe flores simples,
e em cada cantinho,
preces de agradecimento por
ter onde se abrigar,
e quando você menos esperar,
da casa simples farás um lar.

É o emprego que lhe cansa,
ou cobranças que não
param de chegar?
Talvez seja a vida cobrando
disciplina e metas,
e sábio é aquele que aprende
a viver com o que tem,
não compra o que não precisa,
e não precisa do que não pode comprar.

É o relacionamento que lhe deixa triste,
sente que o amor
esfriou e só tem reclamações?
Faça a sua parte, se desdobre em amor,
não caia na tentação
fácil da traição,
essa é uma faca afiada,
que fere dois lados,
quem é traído, se sente enganado,
menor, quem trai,
se sente fraco, impotente,
quebrando valores e por vezes,
buscando e não encontrando lá fora,
o que já tinha em seu lar e
não soube valorizar.

Não se deixe enganar
pelo brilho do mundo,
a felicidade é simples, está onde você está,
onde você coloca o seu coração,
o seu desejo,
está em você a chave que abre essa porta,
"entre a realidade que ás vezes é cinza,
e a ilusão que sempre vem com muita cor,
prefira a primeira,
pois essa você pode pintar,
a segunda quase sempre,
desbota logo,
perde o brilho e entristece a alma",
engana os tolos e apenas espalha dor.
e tudo o que você precisa,
é apenas semear o amor,
por onde você for.

Eu acredito em você.

TEXTO: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 10 de Julho de 2.010.

Nenhum comentário: