domingo, 18 de julho de 2010

Palmas ...

O escritor se baseia em fatos,
notícias ou fragmentos de suas observações
para escrever uma história,
onde mistura amor, ódio, desejo, vingança,
inveja, sonhos e realizações,
de gente como a gente.
Assim, misturando emoções,
cria a sua novela.

Assim também a Vida,
a grande escritora de nossas histórias,
vai escrevendo o enredo da
nossa existência,
através das nossas atitudes,
das respostas que damos diante das
dificuldades e das lutas..
Das companhias que buscamos,
das energias que espalhamos,
do nosso verdadeiro "eu"
que se manifesta livremente...

Os dramas que vivemos,
às alegrias que vivificamos,
os desejos que experimentamos,
as decepções e até os desgostos,
são frutos exclusivos da nossa maneira
de interpretar o grande texto que
temos em mãos,
onde cada um coloca maior ou menor
emoção em cada ato,
pois cada ator é diferente na sua
maneira de interpretar,
por isso tanta diversidade no mundo
e tanta igualdade no sofrer,
no comemorar, no adoecer,
na maneira de vivenciar as experiências
pelas quais passamos.

Então,
ao receber o seu texto neste dia,
quando for para amar,
ame muito, solte a sua emoção,
libere a sua melhor porção,
quando for para chorar,
que seja um choro breve,
enxugando às lágrimas e vislumbrando
o futuro,
que sempre traz novos textos,
novas esperanças,
para esse brilhante ator do
teatro da Vida,
que é você.

Nesse momento,
peço para a platéia em silêncio,
ficar em pé e te aplaudir com emoção,
afinal, viver não é fácil,
mas você merece o carinho do mundo,
você é um vencedor.

Palmas para você, sempre,
seja na alegria ou na dor,
Na vitória ou na queda,
na certeza ou na dúvida,
No sorrir ou no chorar,
na continuidade dos dias.

Ninguém melhor que você para decidir
o seu próprio destino,
Interpretar a sua história,
e isso você faz com dedicação,
Buscando sempre o melhor...
Pra você, neste dia de espetáculo:
palmas, palmas e mais palmas.

Eu acredito em você.

TEXTO: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 24 de Julho de 2.010.

Nenhum comentário: