segunda-feira, 6 de junho de 2011

O SENTIDO DA VIDA

Ponha a mão no
peito e sinta as batidas
do seu coração.

Esse é o relógio da
sua vida tiquitaqueando
a contagem regressiva do
tempo que lhe resta.
Um dia ele parará.

Isso é cem por
cento garantido e não há
nada que você possa
fazer a respeito.

Portanto,
não dá para perder um
único precioso segundo.
Vá atrás do seu sonho
com energia e paixão,
ou então recue e veja-o
escorrer pelo ralo.

Se você passar o tempo
todo em cima do muro,
acabará não indo
a lugar algum no pouco
tempo que lhe resta.
Como dizem:
"- não se salta uma fenda em dois pulinhos".

É preciso coragem e dedicação para
viver o seus sonhos.

A verdade é que
todos nascemos com potencial
para a grandeza,
abençoados com oportunidade
para alcançar novas
e estonteantes alturas.
Mas, tristemente,
muitos de nós
são preguiçosos demais,
preocupados demais
com o que os outros
possam pensar,
com medo demais de mudanças,
para abrir suas asas e usar
todos os seus talentos.

É importantíssimo
fazer o que deixa feliz -
e da melhor maneira possível.

Não importa que
seja fazer bolas de neve,
prender a respiração debaixo d'água,
cantar,
ou conseguir efeitos
dramáticos com
um secador de cabelos.

Só o que interessa
é que você se sinta bem
com o que esta fazendo...
Tenha sempre em mente que,
faça o que você fizer,
os enganos são parte da vida
e não perca tempo se castigando
por erros do passado.

Não fique ruminando
se está ou não fazendo
a coisa certa.

Você sempre saberá a
resposta no seu coração.

Em vez de desanimar-se,
lembre-se sempre
de que rejeição e resistência
são inevitáveis quando
se faz algo
muito importante
ou especial.

Quando você se
propõe a realizar seus sonhos,
muitos tentarão detê-lo,
incluindo os que mais amam você.

O que não falta neste
mundo são pessimista lamentáveis,
que desistem dos seus sonhos,
para lhe dizer:
"Não perca seu tempo,
você nunca conseguirá".

Você pode muito
bem se ver cercado por
pessoas que,
secretamente,
querem ver você fazer menos,
ou fracassar por completo,
para não se sentir diminuídas.

"Esqueça isso", dirão.
"Não vale a pena".

Por isso é importante compreender
que seguir o seu próprio caminho pode
ser incrivelmente recompensador,
mas não é fácil não.

Como todo mundo
você terá alguns dias
melhores que outros.
De vez em quando,
tudo parecerá uma grande
zona de perigo.

As pessoas olharão para você com
estranheza quando souberem o que
você esta tentando atingir,
e você começará a ouvir seus detratores
e a ter duvidas.

"Porque não continuei vendendo bananas,
meu Deus?".

Mas,
aconteça o que acontecer,
não desista!

Lembre-se de que todos
têm dificuldades.

É incrivelmente cansativo
passar dias
fazendo coisas que não
nos agradam
ou sequer nos interessam.

Mas,
se você perseguir o seu sonho,
pelo menos se cansara
fazendo o que mais gosta.
Você pode achar
que nada disto significa
muito no grande esquema
global das coisas.

Mas, acredite:
significa.

Quando você tirar tudo
que puder da sua vida,
saboreando cada gota,
isto mudará tudo á sua volta,
de ordinário para extraordinário.

Quando estiver fazendo o que ama,
você se levantará de manha cheio de
animação para enfrentar o começo
de cada dia e estará tomado de
uma alegria sincera,
altamente contagiante.

Do mesmo modo que,
ao dar uma boa risada,
faz outro começar a rir,
e outro,
até que estão todos rindo tanto
que começam a lacrimejar,
ter dor de estômago
e dificuldades em respirar.

Mas, melhor do que tudo,
você inspira outros a
irem atrás dos seus sonhos,
e é assim, meu amigo,
que se transforma o mundo!

Sabe de uma coisa?

Mesmo que você
cometa enganos e esteja
errado sobre quase tudo,
ainda assim sua vida será uma
aventura fantástica e divertida;
você dormirá cada noite sabendo que
fez o que podia e isso fez diferença,
e acordar a cada dia antecipando o
futuro tão belo e excitante
quanto puder imaginar.

E sabe de outra coisa?
Se você ouvir seu coração
e usar a cabeça,
nunca estará errado.

TEXTO: Com Colaboração de: Orlleti Madeiras - Vila Velha/ES
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 10 de Maio de 2.011.

Nenhum comentário: