segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Coisas da vida

Devemos pensar até onde
algumas coisas da vida compensam.

É isso mesmo,
às vezes nos esforçamos
tanto para algumas coisas
e às vezes deixamos outras
coisas de lado.

Deveríamos viver mais intensamente,
esquecer nossos medos
e de vez em quando até
nossos princípios,
por que não?,
fazer algo proibido pode ser
muito excitante.

Devemos deixar de lado
a opinião das pessoas e seguir
nosso próprio modelo,
faça o que tiver vontade,
fale o que vier na cabeça
sem pudores,
realize seus sonhos,
pratique seus desejos,
esqueça as conseqüências,
a vida precisa um pouco de
"pimenta",
e até que se prove o
contrário somos livres.

Deixe um pouco de lado
situações aparentemente
sem futuro,
não viva em função de
algo que se espera um
dia dar certo.

A vida é uma só e o tempo
está passando.

Ninguém nesse mundo
está predestinado a ser feliz
para sempre,
a possuir a felicidade eterna.

A felicidade acontece apenas
em alguns momentos da
vida e não integralmente,
e ela depende apenas de
nós mesmos,
nós que a determinamos,
nós que escolhemos ser felizes,
ser tristes ou então esperar
toda uma vida por uma
felicidade que não existe.

A felicidade está sempre nas
coisas mais simples,
provo isso a quem quiser.

Por isso vamos viver
uma vida simples,
vamos ser nós mesmos,
vamos deixar de lado
as mesquinharias,
as frescuras,
as falsas imagens e os
valores pouco construtivos.

Uma pessoa é o que ela é,
e não o que ela tem.

Vamos repensar nossas vidas,
nossos valores e nossas atitudes.

Deixe um pouco de lado
algumas metas,
corra riscos,
provoque-se.

Deixe um pouco a razão de lado,
haja por impulsos de vez em quando.

Contrarie você mesmo,
afinal só se conhece as coisas,
só se aprende sobre a vida
experimentando.

ARRISQUE-SE!

OBS:
Fizemos uma pesquisa profunda na internet
e não encontramos a autoria do texto acima.
caso você saiba e queira colaborar conosco,
fineza enviar um e-mail através do site
www.toninholima.com.br
e nos informar.
Gostaríamos de dar os créditos
merecidos a quem o escreveu.
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 25 de Agosto de 2.011.

Nenhum comentário: