segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Se houver amanhã...

Sonhar é bom e necessário,
mas é preciso resolver os problemas do dia,
é preciso parar de acumular desilusões,
fazer pilhas de insatisfações,
deixar de lados mágoas bobas,
não ficar escutando boatos,
nem dando valor demais.
para o que não tem.

Importante é viver
o dia de hoje com gosto,
livre de amarras sociais,
mas com responsabilidade,
com a certeza de que este
dia é o seu tesouro,
em suas mãos estão as sementes
do amanhã,
e se houver um amanhã,
ele poderá ser:

da cor que você pintar,
ter as frutas que você plantar,
ter o sabor que você desejar,
ter a felicidade que você já vive hoje,
que será ampliada,
na certeza de que somos,
os Senhores do Anel do Destino,
que está agora mesmo
te pedindo uma decisão:
"ou você se ama e decide o que quer,
ou decidirão por você,
e nem sempre as pessoas sabem
realmente o que você gosta,
quer e precisa."

Decida você mesmo,
ainda hoje,
a cor do seu amanhã,
se houver amanhã,
ele terá exatamente a
cara que você
desenhou nas páginas
do caderno da vida,
na redação que você mesmo
escreveu,
na poesia inacabada
que fala de você.

Não deixe a "vida te levar",
seja dono do seu barco,
reme em favor dos seus ideais,
ser feliz é uma obrigação gostosa,
uma necessidade do ser maravilhoso
que você pode ver agora,
sem medo e sem nenhum receio,
basta olhar para um espelho.

Eu acredito em você.

TEXTO: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 01 de Setembro de 2.011.

Nenhum comentário: