segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Sorte é Merecimento

Nossa vida é tão clara
e transparente quanto
o vidro de uma janela.

Nada aconteçe por um acaso.
Ninguém tem sorte,
ela é puro merecimento.

A sorte nada mais é do
que uma colheita.
Mas, como plantamos sorte?
- Com boas energias.
O que são boas energias?
- Bons pensamentos.

Fica claro, portanto,
que somos verdadeiramente
o que pensamos.
A grande conquista
do ser humano é o controle
emocional e como CRIAMOS os
nossos pensamentos.

O primeiro passo para termos
a dita sorte é nos
posicionarmos como eméritos
pensadores.

É obvio que precisamos dar
qualidade de bons fluídos
aos pensamentos.

Na seqüência,
estes são verbalizados.
Falamos e assim criamos
e produzimos verdadeiras
“sentenças”.

Não é por acaso que as
frases podem ser
assim classificadas.
Logo em seguida aos nossos
pensamentos e palavras
seguem as nossas atitudes.
Evidentemente que há uma
corrente de energia.
Ninguém fala sem pensar,
ninguém tem atitudes sem falar.

Isso posto começamos a
criar o nosso caráter.
Não é valido, portanto,
deixarmos de lado
a afirmação de que nossos
pensamentos emanam uma
seqüência infalível de fatos:
Pensamentos, palavras,
atitudes e logo depois o caráter.
Com eles caminhando conosco,
ao nosso lado, na frente ou atrás,
fica evidenciado que o hábito que
possuímos veio e foi construído antes
em nossos pensamentos.

As pessoas têm o hábito de
falar mal dos outros.
Alguns já mais evoluídos
criam a boa intriga.
Propagam as coisas boas
e as boas atitudes dos outros
ou até mesmo as suas.
Nada havendo para falar...
calam-se.

Jamais propagam fofocas
e desavenças.
Podemos afirmar que eles
possuem o bom hábito de,
nas dificuldades,
se calarem.

Acabamos, desta maneira,
de criar a nossa corrente da sorte:
Pensamentos geram Palavras.
As palavras são precedidas de Atitudes,
nossas ou dos outros.
Mas sempre haverá uma atitude.

Estas, por sua vez,
acabam moldando o
nosso caráter.
Nosso caráter cria os nossos
hábitos e estes, finalmente,
o nosso DESTINO.

É verdadeiro dizermos
que o nosso destino está
em nossas mãos.
Temos o Livre-Arbítrio de
o alterarmos quando bem
entendermos.

Uma coisa é a nossa missão
aqui no planeta;
a outra é:
como a desempenharemos?

Com mais ou menos
sofrimento é nossa
real opção.
Obviamente que o destino
pode ser mudado.
O que não se muda e nem
se altera é o aprendizado.
É com ele que evoluímos.

Desta forma, pergunto:
As pessoas têm sorte?
Não, não têm.
Elas têm merecimento.

Se um dia você comprou
algo de um repassador
e sabe que é roubado...
Acabou de criar energia de perda.
Não importa o preço que
lhe foi oferecido.
É roubado.
Não te serve.

Todos os objetos
possuem energia.
Foram pensamentos que os
contaminaram ou os iluminaram.
Sua vida vai começar a
ficar atrapalhada...

Se você não respeita a
faixa de pedestre,
não para o seu carro para
que alguém
exerça a preferência da faixa...

Ninguém vai parar para você.
Isso é energia de aproveitador.
Portanto,
quer uma boa vida?
Comece a produzir boas
energias e a praticar bons princípios.

Tudo começa e termina
em nós mesmos.
Nada é criado pelos outros.
Nós é que permitimos
que seja assim.

Sabe o que vai acontecer se você
proceder corretamente?

Você vai ter sorte!
Poderá até criar um “Império”.

TEXTO: Saul Brandalise Jr.
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 06 de Setembro de 2.011.

Nenhum comentário: