sábado, 28 de janeiro de 2012

Ainda Hoje

Ainda hoje,
um novo vento poderá
trazer a chuva,
e a semente que foi lançada
tempos atrás,
se espreme e se lança ao sol
que surgiu após a chuva,
trazendo a muda tão esperada,
que hoje será fruto...

Ainda hoje o telefone
poderá tocar,
e uma empresa te
convidar para
um novo emprego,
um daqueles "currículos"
que você espalhou,
brotou e o que era
desemprego,
hoje será um recomeço...

Ainda hoje entregarão o
vestido da noiva,
depois de anos de namoro,
de lutas e desafios,
de bons e maus momentos e até
algumas brigas,
o que era apenas um casal
de namorados,
hoje será a base de
uma família...

Ainda hoje o seu bilhete
pode estar premiado,
depois de anos e anos
comprando o mesmo número,
sonhando, desacreditando,
se revoltando,
mas sem desistir uma única vez,
o que era utopia,
hoje será realidade.

Onde você estiver,
na situação que for,
não deixe de plantar boas
sementes,
de cultivar bons pensamentos,
de sonhar os melhores sonhos,
de se ver como gostaria de estar,
e cada dificuldade,
acredite,
é apenas o adubo,
cada lágrima é apenas a chuva que
molha a semente dos seus desejos,
e ainda hoje, o Pai que tudo vê,
poderá te enviar, anjos da realização,
e o que era apenas desejo,
amanhã será aquilo que os homens
sem entenderem,
costumam chamar de milagre,
e Deus chama simplesmente de
"frutos da perseverança".

Não desista dos seus sonhos!

TEXTO: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 01 de Fevereiro de 2.012.

Nenhum comentário: