sábado, 25 de fevereiro de 2012

QUANDO TUDO DÁ ERRADO

O que se faz naquele dia em que
tudo parece dar errado?

Há quem diga:
Levantei com o pé esquerdo.

Entende-se que quem assim fala,
acredita que um pé é mais
valioso do que outro.

Esquece-se de que
ambos os pés são preciosos,
pois que a base sobre a qual
recai o peso do corpo,
sustentado pelas pernas.

De toda forma,
nesse dia em que tudo deve dar errado,
porque começou errado,
o que fazer?

Primeiro:
repelir a idéia de uma
perseguição de Deus aos
Seus filhos.

As coisas não dão errado
porque Deus quer.

Dão errado porque nós,
os Seus filhos,
agimos errado.

Vejamos.
Você levantou pela manhã atrasado?
De quem é a culpa?

Não é do despertador,
que não soou o alarme,
ou soou mais tarde.

A questão é sua,
porque quem programa as funções
do aparelho é você.

Portanto,
não há porque se zangar.
O que acontece,
em seguida,
para o melhor ou para o pior,
é sua decisão.

Você pode levantar de um pulo,
pôr-se em pé,
sair às tontas do quarto e...
se bater na porta,
em um móvel.

Pensasse que nada traria
de volta os minutos passados,
levantaria com calma e faria
tudo com mais vagar.

Quando você está
com pressa e tenta fazer várias
coisas ao mesmo tempo,
tem muita probabilidade de algo
desagradável acontecer.

O leite transborda,
sujando o fogão,
você se corta ao fazer a barba,
o botão da camisa cai,
pela violência que você usa,
tentando abotoá-lo.

Enfim,
a lista é quase interminável.
E a culpa,
com certeza,
não é de Deus.

Faça tudo com calma.
O carro não dá partida?

Verifique o porquê e resolva,
se possível,
sem se estressar.

Perdeu o horário do ônibus?

Lembre que a sua ansiedade ou
a sua irritação não fará o
próximo se adiantar.
Espere.

Se preciso,
avise seu superior,
sua chefia, seu cliente,
do atraso.

Se perderá uma aula,
uma prova, já perdeu.
De que adianta gritar,
se zangar?
Nada trará de volta os
minutos perdidos.

A palavra já diz: perdidos.

O trânsito está congestionado?
Não faça tolices,
não viole as regras do
bom motorista.

Tenha sempre à mão um livro,
uma revista e aproveite o tempo.

A chuva o surpreendeu no caminho?
Aguarde um pouco.
Tudo passa.
A chuva também passa.

Aguardar um pouco não lhe
deve causar maior preocupação.

Enfim,
em tudo seja responsável e p
ense que em suas mãos está
permitir que tudo ande nos eixos,
ou não ande.

Tudo se resolva,
a pouco e pouco,
ou não.

Por fim, pense:
não vale a pena perder minutos
preciosos da vida por estresse,
irritação ou impaciência.

Deus quer a sua felicidade.
Colabore com Ele nesta conquista.

TEXTO: Redação do Momento Espírita.
Disponível no Cd Momento Espírita,
v. 13, ed. Fep.
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 03 de Março de 2.012.

Nenhum comentário: