sábado, 2 de junho de 2012

Almas gêmeas

Almas gêmeas não são
duas metades iguais,
mas duas metades diferentes
que se completam.

Existe muita gente sozinha no mundo,
justamente porque essas
pessoas procuram a outra
metade igual a elas,
ou seja,
o reflexo de si.

Ora,
pra achar a outra
metade de si mesmo é
suficiente se olhar
no espelho.

Diz-se de modo carinhoso
que o outro é a metade
da sua maçã.

E eu já percebi que
muitas vezes a outra
metade da maçã é mais tortinha,
sem jeito,
menos bonita...
mas ainda assim
a metade daquela maçã.

E por que na vida não
poderia ser assim?

Que a outra metade seja diferente,
que não tenha exatamente
os mesmos gostos,
nem talvez a mesma formosura,
mas que tenha aquele
quê que nem sabemos explicar
e nenhuma outra metade
vai se encaixar de forma tão
harmosiosa para formar um todo
tão perfeito com a gente.

Quem já não encontrou
casais desencontrados?

Um grande,
o outro pequeno;
um feio, o outro bonito;
um bem mais jovem,
o outro mais vivido;
um tímido,
o outro extrovertido...
e assim pela vida afora.

E nos perguntamos intimamente
o que os mantêm juntos?

Mas se pensarmos mais
profundamente nessa
questão chegaremos a
conclusão que são essas sim,
as almas gêmeas.

Dois seres diferentes,
mas se amando o bastante
para superar as diferenças,
viver e conviver com elas
e apesar delas,
contra todo pensamento,
contra todo questionamento,
contra toda opinião alheia.

O papel da alma gêmea
é completar os vazios,
preencher os vácuos,
enriquecer onde o outro
tem necessidade...
é um dar e receber que
só envolve os dois.

A alma gêmea
é o complemento do outro,
não sua extensão.

Quem corre atrás da
sua sombra vive
eternamente insatisfeito,
eternamente à procura.

Mas aquele que abre os olhos e,
principalmente,
o coração,
pode perceber que sua
alma gêmea
encontra-se do lado.

É preciso se estar atento
aos sinais que não enganam
para o encontro com aquela
pessoa que poderá
ser nossa companheira
na jornada da vida.

Se o amor te acenar,
não diga não de imediato
só porque ele chegou diferente
do que você esperava.

Não se esqueça que
por detrás dessa nossa
capa humana existe
uma alma.

Se no seu caminho
uma outra alma
completar a sua,
independente da
aparência física,
independente até de
tudo aquilo que você sonhou,
você vai ter encontrado
a sua metade,
seu amor,
seu quinhão de felicidade.

Letícia Thompson
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 09 de Junho de 2.012.

Nenhum comentário: