sábado, 14 de julho de 2012

Acordar


Quando abrimos os olhos de manhã,
não sabemos quanto
tempo temos pela frente.

Não sabemos se chegaremos
até a hora do almoço,
por exemplo.

Não sabemos se veremos
a pessoa de quem gostamos..

Não sabemos se o projeto
do nosso dia será realizado.

Não sabemos, infelizmente.

O perigo nos
ronda por todos os lados.

E então?

Então,
quando abrimos os olhos,
de manhã,
já recebemos uma
graça de Deus!

O que devemos fazer?

Viver cada minuto,
cada pedaço do tempo,
cada instante e cada parcela
da nossa respiração
como se fosse o último tempo,
o último dia que nos
foi concedido.

Viver esse momento
com intensidade de quem
ama de modo profundo,
de modo apaixonado,
entregando-se totalmente.

Respirar esse momento
como se fosse a última bolha
de ar que nos
resta num deserto ardente.

Viver esse momento
com o melhor
que a vida já nos deu -
o amor.

É, isso mesmo,
com amor,
com um imenso amor,
com aquele amor
que nos faz profundamente felizes,
mesmo com tantos
problemas à nossa volta.

Com amor, só com amor,
é assim que vale
a pena viver em
qualquer circunstância,
em qualquer momento,
com qualquer dificuldade..

As grandes almas
viveram sempre assim.
E é com esse espírito
e com esse desejo que
nós somos
convidados a amanhecer e
viver a grandeza do
nosso dia,
do nosso momento.

TEXTO: Crislaine Brum Goulart
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 16 de Julho de 2.012.

Nenhum comentário: