terça-feira, 30 de outubro de 2012

Esquecemos que Deus é amor


Esquecemos que Deus é amor,
Quando acreditamos
que nascemos para a dor.

Esquecemos que Deus é amor,
Quando paramos de lutar e nos
perdemos no rancor.

Esquecemos que Deus é amor,
Quando caímos e não nos levantamos,
como as pétalas da flor.

Esquecemos que Deus é amor,
Quando acreditamos em inferno
ardente e eterno,
Como se Deus fosse vingativo,
mestre do horror.

Esquecemos que Deus é amor,
Quando queremos vingança,
seja lá pelo que for.

Esquecemos que Deus é amor,
Quando não estendemos a mão
para o próximo.
Quando deixamos o orgulho
virar nossa marca.
Quando nos consideramos um
"ser superior".

Quando o que nos move é a
conquista material,
Quando deixamos a família
em segundo plano,
Quando ferimos a lei natural
e matamos,
Quando perdemos o caráter
e roubamos.

Sim,
Deus é amor!
E todo o seu amor se
espalha de forma generosa
pelo mundo.

Deus está na oportunidade
diária de recomeçar.
Na chance única de compartilhar,
de ajudar.

Deus está presente
nas forças que nos movem,
Na sabedoria dos mais velhos,
na energia do mais jovem.

Na água que insiste em
correr para o mar,
Nos ventos que levam as
impurezas que criamos,
Na chuva que lava o dia e
perfuma a tarde,
No arco-íris que colore
o céu.

Deus está no coração do aflito,
Na esperança do doente,
Na criança que nada lê,
nada sabe, mas sente,
Que Deus existe e está
em toda parte.

Que você seja banhado
pelo seu amor.
Que o seu coração seja tocado,
Que a razão te guie, livre ,
 ao encontro do Criador,
Que te ama sobre todas as coisas,
Porque antes de qualquer coisa,
Deus é amor.

TEXTO: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 01 de Novembro de 2.012.

Nenhum comentário: