domingo, 11 de novembro de 2012

As duas faces


Sempre duas estradas,
sempre dois pólos,
sempre uma saída,
sempre uma esperança.
Se os teus olhos forem bons...

Alimente a sua capacidade de enxergar
os dois lados da situação,
existem muitos doces de plástico
nas vitrines das docerias,
enganando os olhos e os desejos,
mostrando que o que parece ser,
nem sempre é verdadeiro.

Assim,
algumas situações
que parecem insolúveis,
mas,
são apenas um ângulo
da nossa visão.

Por isso,
saudade não é apenas a
distância que nos separa,
mas a lembrança gostosa de
quando estivemos juntos.
A dor do rompimento da nossa relação,
não quer dizer que um de nós errou,
É apenas a certeza de que
somos capazes de amar.

O emprego onde nos despediram,
não é um atestado da nossa incapacidade,
mas a falta de compatibilidade
com os nossos talentos.

Aquela prova onde tiramos a pior nota,
não indica burrice,
nem incapacidade,
é um alerta de que não nos
dedicamos bastante ao assunto.

Aquela montanha lá na frente,
que parece alta demais,
vai ser muito pequena depois
que atingirmos a sua metade.

Seus problemas deste dia podem
parecer o fim do mundo,
mas são apenas oportunidades
de um recomeço,
pode ser a sua ressurreição
para nascer de novo,
mais forte,
mais capacitado para a vida.

E a vida,
que hoje pode parecer cinza demais,
tem um céu azul
deslumbrante te esperando,
mandando um recado em
cada nuvem que passa:
"nada como um dia após o outro,
para quem já aprendeu a enxergar
o mundo
com os óculos do amor".

Que o seu dia seja de portas aberta
e janelas escancaradas,
que o sol entre por todas as frestas,
que os anjos digam amém para cada
sonho que brotar em seu coração,
que Deus ilumine seus passos,
te dê confiança,
e confiante siga em frente,
rumo ao futuro,
futuro que começa agora,
quando você diz:
Amém.

E eu acredito em você

TEXTO: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 13 de Novembro de 2.012.

Nenhum comentário: