quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Dias felizes

Não deixe de desejar 
um dia melhor.
Ainda que hoje seja o dia 
mais que perfeito.
Onde tudo se encaixou 
e você encantou.
Onde as pessoas foram amáveis 
e você faturou muito.
Ainda assim, 
tudo pode ser melhor.

Estamos nos acostumando com 
as coisas e notícias ruins.
E quando chega aquele dia gostoso, 
de paz, de coisas boas,
ficamos desconfiados.
Tipo: me belisca para ver
 se eu já acordei!
Pois é, mas o comum, 
não é ter somente dias de dores.
O que deveria ser comum 
é o dia feliz!
Um dia de muita risada, 
muita conversa, 
muitos beijos, 
muitos abraços,
"amassos", 
comidinha quente e gostosa.
Ah! e é claro; 
muitos amigos.

Coisa boa não é?
Pois pense assim, 
pense como criança.
Lembra quando você 
era criança?
O grande barato era acordar para 
brincar mais um pouco.
Havia tanta coisa para fazer...
E se você teve o privilégio de 
crescer em um 
ambiente aberto,
com ruas largas, 
as vezes sem asfalto, 
campinhos, árvores,
ai então, era só alegria...
lembra?

Qual era o segredo 
desse tempo?

Pense...
vou te dar mais uns segundos...
O grande segredo das crianças 
é não fazer planos.
É acordar para viver intensamente
 o dia que começa.
Criança não fica parada 
elaborando planos de vingança,
nem fica pensando como vai fazer 
para fazer uma maldade.
Tudo acontece espontaneamente...

Então, 
acredite que o dia pode 
ser melhor e será.
Deixe-se contagiar pela 
alegria da infância.
Despreocupe-s e um pouco.

Mesmo sendo médico cirurgião 
com uma grande cirurgia 
pela frente.
Deixe-se guiar pelo seu aprendizado, 
e depois do trabalho bem feito,
solte-se numa cadeira e se 
ela for giratória,
aproveite e brinque como se fosse 
um parque de diversões.
Talvez a vida não passe disso, 
um grande parque com 
muitos brinquedos.
Só que muita gente anda com medo 
de se soltar e se divertir.

O dia pode ser muito melhor!
Acredite, lute, 
sonhe e realize.

Eu acredito em você

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 23 de Agosto de 2.013.

Nenhum comentário: