quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Onde erramos?

Nos últimos dias temos assistido a tristes
e cruéis fatos de nossa atual sociedade,
são mortes e assassinatos,
tragédias e bestialidades que poderiam
ser evitadas facilmente,
se houvesse um pouco de amor
no coração das pessoas.

Hoje enquanto as pessoas se questionam
por que um rapaz mata brutalmente
uma menina de quinze anos proponho
outra pergunta mais objetiva,
aonde erramos?

Sim, aonde erramos?

Em que momento deixamos
de lado o valor a vida,
para nos preocuparmos única e exclusivamente
com nosso individualismo,
com nossas ambições e vaidades,
quando passamos realmente a acreditar
que absolutamente tudo vale à pena,
mesmo que isso seja machucar,
humilhar,
enganar ou até matar pessoas?

E triste notar o atual estado
de nossa sociedade,
políticos baixos e corruptos,
uma mídia preocupada apenas
com dinheiro e traços no ibope,
que manobra as massas
e faz apologia constante ao crime,
consumismo exagerado,
religiosos com suas ganâncias e vaidades,
como se tudo fosse aceito e plenamente permitido,
mesmo que esta permissão seja
à custa de tantas vidas.

Deveríamos hoje nós contestar
não só por uma menina,
mas como deixamos que
os valores de outrora fossem
perdidos e tão banalizados.

Valores estes como o amor,
a tolerância,
o respeito ao próximo,
o perdão ao semelhante e finalmente
a paz que só pode ser atingida
quando entendemos que não cabe a
um estado ou governo esta responsabilidade,
mas sim, a cada um de nós.

Acredito que se todos pudessem por alguns
segundos ouvir a voz do seu coração,
e assim livres de preconceitos,
prejulgamentos e vaidades,
ajudassem as pessoas seja com um abraço,
um sorriso ou apenas um prato de comida,
esquecendo-se um pouco do ‘eu’,
e lembrando-se mais do ‘nós’,
certamente viveríamos em um mundo
mais justo e fraterno.

Afinal a cada dia temos a chance de
mudar o mundo onde vivemos,
através da paz, respeito ao próximo,
tolerância, humildade,
perdão e principalmente
Amor dentro do coração.

Paz profunda.

TEXTO: Dos Santos
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 26 de Setembro 2.013.

Nenhum comentário: