sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Um Novo Olhar Sobre a Vida

Com o tempo, 
com os acontecimentos, 
com o amadurecimento, 
com as vivências... 
Mudamos o nosso jeito 
de ver as coisas.
Me dou conta disso, 
todos os dias.

Cada dia novo, 
temos um novo olhar 
sobre a vida.

Reciclamos sentimentos, 
nos redescobrimos, 
fazemos novas descobertas, 
mergulhamos em construtivos 
ou destrutivos, 
luminosos ou escuros 
acontecimentos da vida, 
inerentes a nossa escolha.

Sonhamos sonhos que 
não são nossos, 
sonhamos os nossos!
Vemos notícias que não 
gostaríamos de ver, 
outras no entanto 
nos fazem bem.

Estamos vulneráveis a doenças, 
estamos vulneráveis ao sofrimento, 
mas, 
estamos vulneráveis 
também a felicidade, 
que essa venha em doses 
gigantescas e nos 
arrebata por inteiro.

Mudamos de opinião, 
deixamos de ter certezas.
Quanto a isso tenho certeza!
Penso que é tão lindo 
deixar de ter certeza de algo, 
ver nossas convicções 
caindo por terra.

Eu mesma tinha uma 
coisa como certa em 
minha vida, 
dizia e pensava: 
isso nunca vai acontecer 
comigo.
E não é que aconteceu, 
e depois de tudo, 
saí disso uma pessoa melhor, 
menos rígida com os sentimentos 
alheios e com o meu próprio sentir.

Se algo triste nos aconteceu, 
não podemos nos entregar as 
velhas mágoas 
e as tristezas sem fim.

Culpar o passado ou o 
destino pela nossa infelicidade 
torna turva nossa visão.

E aí, 
não conseguimos 
enxergar a verdadeira realidade, 
aquela que podemos 
transformar.
Diga sim a tudo que 
tiver vontade!
Diga não sem se sentir 
culpada!
Evite princípios 
e convicções fechadas, 
seja firme mas não rígida.
Ouça o que falam de bom e 
lindo sobre você, 
saiba sim ouvir as críticas, 
mas não dê ouvidos aos 
julgamentos torpes e maledicentes, 
esses são como cupins, 
que destroem as mais 
lindas e sólidas árvores!

Experimente, 
divirta-se, ame muito, 
ame o mais que puder, 
se deixe ser amada!
Se precisar fechar uma porta, 
feche, 
mas abra outra.

Colhamos as bênçãos que 
nos são dadas todos os dias!
Receberemos golpes da vida sim, 
pois somos humanos e sujeito 
a esta condição, 
mas acreditemos que o 
melhor sempre está por vir, 
nem sei se isso é verdade, 
mas viver assim é tão melhor.

Decidir viver plena 
e intensamente tem seus riscos, 
mas vale tanto a pena, 
fazendo o nosso melhor roteiro, 
desta viagem que é tão curta por aqui, 
o nosso melhor papel neste 
teatro que é a vida, 
teremos um único 
e reto caminho : 
o do coração.

EXISTEM MUITOS CAMINHOS, 
MAS O VERDADEIRO É O 
DO CORAÇÃO.

TEXTO DE: Rosane castilhos
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 18 Janeiro de 2.014.

Nenhum comentário: