sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Aprendizagem

A distância pode 
causar saudades,
mas nunca 
o esquecimento...

De uma forma positiva,
aprendi que não importa 
o que aconteça ou
quão ruim pareça 
o dia de hoje,
a vida continua,
e amanhã será melhor.

Aprendi que se pode 
conhecer bem uma pessoa,
pela forma como ela lida 
com três coisas:
um dia chuvoso,
uma bagagem perdida e
os fios das luzes de uma 
árvore de Natal que 
se embaraçam.

Aprendi que não
 importa o tipo de 
relacionamento que se 
tenha com seus pais,
você sentirá falta 
deles quando partirem.

Aprendi que “saber ganhar”
 a vida não é a mesma 
coisa que “saber viver”.

Aprendi que a vida, 
às vezes, 
nos dá uma segunda 
chance.

Aprendi que viver 
não é só receber, 
é também dar.

Aprendi que se você 
procurar a felicidade, 
vai se iludir.
Mas, 
se focalizar a atenção 
na família,
nos amigos, 
nas necessidades dos outros,
no trabalho e procurar 
fazer o melhor,
a felicidade vai 
encontrá-lo.

Aprendi que sempre 
que decido algo com o 
coração aberto,
geralmente acerto.

Aprendi que diariamente 
preciso alcançar e 
tocar alguém. 
As pessoas gostam de um 
toque humano, 
de segurar na mão,
de receber um abraço 
afetuoso ou
simplesmente de um 
tapinha amigável 
nas costas.

Aprendi que ainda tenho 
muito que aprender.

As pessoas se esquecerão 
do que você disse...
Esquecerão o que você fez...
Mas nunca esquecerão 
como você as tratou...

TEXTO: OBS.: Não encontramos fonte
ou autoria deste texto em nossos arquivos
e na internet.
Caso saiba e queira nos ajudar,
fineza nos informar através do e-mail
mensagem@toninholima.com.br,
para darmos os créditos merecidos a
quem o escreveu.
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 22 Fevereiro de 2.014.

Nenhum comentário: