sábado, 12 de abril de 2014

Tempestades Purificadoras

A vida só é possível 
através dos desafios.
A vida só é possível quando 
você tem o tempo bom 
e o mau tempo, 
quando não há prazer e dor.
Quando você tem verão 
e Inverno, 
dia e noite;
Quando há tristeza, 
bem como felicidade, 
desconforto no conforto.
 
Vida passa entre essas 
duas polaridades.
Movendo-se entre essas 
duas polaridades, 
que aprender a equilibrar.
Entre essas duas asas, 
você aprende a voar na estrela 
mais brilhante.
 
Nós nascemos para 
alcançar o êxtase, 
a felicidade é nosso 
direito de nascimento. 
Mas as pessoas são 
tão estúpidas, 
até mesmo exigindo seu
direito de nascimento. 
Eles estão mais preocupados 
com o que outros
têm e começam a correr 
depois destas coisas. 
Não olhe nunca, 
nunca
olhar para suas 
próprias casas.
 
Uma pessoa inteligente vai 
começar a busca de 
seu eu interior. 
Este será o ponto de partida 
para sua exploração, 
porque se você não sabe 
o que está dentro de mim, 
como posso ir para procurar 
ao redor do mundo?
 
O mundo é tão vasto. 
E que ele 
olhou imediatamente 
para encontrar 
o que eles queriam. 
É uma questão 
de progresso gradual, 
é um fenômeno súbito, 
uma iluminação repentina.
 
O amor é algo mais elevado, 
algo maior, 
algo que está perdido e você
não pode controlar, 
você pode ser 
possuído por ele, 
mas ele não pode possuir.
 
Então o ego desaparece, 
e quando o amor não tem 
nenhum ego, 
é a oração.
 
"A vida deve ser uma 
celebração contínua, 
um festival de
luzes durante todo o ano."
 
Só então você 
pode desenvolver, 
você pode prosperar.
 
Transforme pequenas 
coisas em celebração. 
Tudo não deve expressar-se, 
você deve ter sua assinatura. 
Então a vida se torna uma
celebração contínua.
 
TEXTO DE: Osho
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 13 de Abril 2.014.

Nenhum comentário: