quinta-feira, 7 de agosto de 2014

Uma coisa é certa

Uma coisa é certa:
Não vou morrer de amores 
por quem nem vive por mim.
Não vou correr atrás de 
quem não ta nem ai.
Nem vou trabalhar para quem 
não valoriza o que eu faço.
Não quero saber de "amigos" 
que só querem a minha doação,
nem espero muito de 
conhecidos que falam demais, 
e fazem de menos.

Nada disso.
Eu quero um amor comprometido.
Amigos conhecidos.
Conhecidos que se tornem amigos.
E se é para trabalhar, 
que seja em harmonia,
desempenho e salário em dia.

Ora, 
se a vida nem é tão longa, 
porque ter só a metade?
Porque me contentar com 
as sobras se eu posso 
ter por inteiro.
Valorizo-me sim!
E quem gostar, 
que goste assim.
Fica mais fácil seguir 
comigo até o fim.

Não aceito mais nada 
que não seja muito bom.
Pedaço de bolo sem açúcar, 
chocolate barato e ruim,
comida sem gosto, 
amor sem "calor" to fora!
Quero sentir a delícia de 
experimentar o melhor.
Só assim, 
vou deitar e me sentir bem.
Ouço no ar essa 
certeza que me diz,
eu nasci mesmo é 
para ser feliz!

TEXTO DE: Paulo Roberto Gaefke
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM" 
no quadro 
"Momento de Reflexão" 
no dia 08 de Agosto de 2.014.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links 
de propagandas 
deste blog você ajuda a 
Campanha Natal Solidário 
que promovemos ha 20 anos.

Nenhum comentário: