domingo, 3 de agosto de 2014

VIVENDO MAL

Eu acho que a gente
vive tão mal que às vezes a
gente precisa perder pessoas
para descobrir o valor
que elas têm.

Às vezes as pessoas
precisam morrer pra gente
saber o valor que elas tinham.
E isso aconteceu uma vez
na minha vida.

Estava eu na minha casa
quando recebi uma ligação
dizendo que minha irmã
estava morta.

Tão nova,
e cheia de vida,
de repente não existia mais.

Fico pensando assim,
que às vezes,
na vida o inferno seja esse;
a impossibilidade de mudar
alguma situação.

Eu me lembro da última
vez que nos falamos,
ela me ligou
e eu estava com pressa,
deliguei rapido.

Mas se eu soubesse
que era a última vez que
falaria com ela certamente
eu esqueceria a pressa
para ouvir a voz dela,
eu a olharia nos olhos e
diria tantas coisas.

Por que a vida é assim,
quando a gente sabe que
é a última oportunidade você
não tem mais pressa pra nada.

E então eis a questão mais
importante que eu aprendi,
não temos o direito
de esperar o amanhã
para dizer que amamos,
para perdoar,
para abraçar,
dizer que é importante.

Viva como se fosse
o ultimo dia de sua vida.
como se fosse a ultima
oportunidade de amar
quem você ama,
de olhar nos olhos de quem
é realmente especial
pra você.

TEXTO DE: Padre Fábio de Melo
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 06 de Agosto de 2.014.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos ha 20 anos.

Nenhum comentário: