quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Escolha o Instinto e Repense o Motivo

Há muitas pessoas que necessitam
de vários motivos
para permanecerem vivos.
Para esses não há o instinto,
somente o motivo.
São aqueles que acordam
já com diversas atividades
programadas em mente,
e se por um acaso algo não
sair como o planejado,
pode deixá-lo totalmente
perdido.

Um café da manhã
balanceado para continuar
com o peso adequado,
ter determinada profissão
para manter certa posição social,
ou ainda continuar casado
pelos simples fato
de ser mais fácil.

O que pode ter
sido referido como motivação,
neste caso não passa
de estagnação.
Quando fazer algo de uma
forma diferente passa a ser
tão distante que nem
é mais lembrado,
talvez toda essa falta de
vontade deve ser repensada.

Obviamente é necessário
um mínimo de planejamento,
mas tornar tudo isso como uma prisão,
sem a opção da liberdade
dos pensamentos,
pode ser transformado lá
na frente em arrependimento.
Todos os motivos que
movimentam nossa vida
devem ser sempre alterados
à medida que são alcançados,
mas se no meio do caminho
percebeu que algum já não
é mais válido,
tenha a certeza que mais
vale dispensá-lo.

TEXTO DE: Procura-se
Fineza nos informar através do e-mail:
mensagem@toninholima.com.br
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 21 de Novembro de 2.014.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos ha 20 anos.

Nenhum comentário: