terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Dia Internacional dos Deficientes Físicos "Uma Reflexão"

Hoje Dia Internacional
dos Deficientes Físicos
(03 de dezembro),
estive lendo e pensando
a respeito,
então descobri que:
Deficiente Físico,
não é aquele que apresenta
uma deficiência num
de seus membros,
e por isso não anda,
ou não tem as pernas
e os braços,
mas é aquele que não
faz nenhum esforço para
ajudar seu próximo,
ou para diminuir
o sofrimento de alguém.

Percebi que Deficiente Auditivo,
não é aquele que não
consegue ouvir,
e sim,
aquele que não
se importa quando alguém
lhe fala que não é feliz,
simplesmente
porque não pára,
e dá um pouco de atenção
e ouve aquele que o
está solicitando,
ou apenas lhe alertando
para algo que está a fazer,
que o afasta dos outros,
tornando-o só e amargurado.

Pude ver na minha reflexão,
que Deficiente Visual,
não é aquele que não enxerga,
mas aquele que finge,
ou não quer ver,
um filho pequeno implorando
sua atenção,
ou o filho adolescente
que se encontra envolvido
com drogas e com o vício
do álcool pedindo socorro.

Deficiente Mental,
não é aquele que tem seu QI
(Quociente de Inteligência)
muito aquém de sua idade
cronológica e não consegue
perceber as pessoas e o mundo,
da mesma forma que
as pessoas ditas “normais”.

Não!
O Deficiente Mental,
é aquele que fala e age
sem pensar,
magoando sempre as
pessoas que lhe são
mais próximas e importantes,
e que mais os amam.

Deficiente Mental ou Intelectual,
é aquele que vive uma
vida fútil e não reflete,
e muito menos,
usa de empatia para
com os outros,
passando por cima dos
sentimentos
e do sofrimento alheio.

Que neste dia Internacional
dos Deficientes Físicos,
quando a mídia está divulgando
todos os avanços
conquistados nesta área,
como as leis que já existem
para proteger os direitos
destas pessoas;
os avanços no quesito acessibilidade;
e quando se faz tanto apelo
às pessoas quanto ao respeito
que devemos ter com
o nosso irmão “deficiente”,
possamos fazer uma reflexão,
para quem sabe,
descobrirmos alguma
dessas deficiências em nós
e procurarmos com
urgência um socorro,
um gesto ou uma palavra
que nos possibilite adentrar
este mundo dos “especiais”,
com mais dignidade.

AUTORIA: Wanusa Pinto
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 03 de Dezembro de 2.014.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos ha 20 anos.

Nenhum comentário: