quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Natal abençoado

Passado o Natal pode-se
perceber que foi dos
melhores já vistos em termos
de demonstração de solidariedade,
abundância de votos de Boas Festas,
celebrações envolventes nas igrejas,
dentre outros.

Esse período é propício
para que as pessoas revejam
suas atitudes e se
aproximem dos
ensinamentos do Senhor,
habilitando-se à salvação,
não só para
depois desta vida,
mas a experimentando
no dia-a-dia, aqui na terra,
como anuncia o Salmo 96 (95):
"Dia após dia anunciai sua salvação".

Além da participação
nas celebrações grande
parte das pessoas exercitou
também a partilha de bens
materiais como presentes,
brinquedos, roupas,
cestas básicas etc.
Os beneficiados retribuíam
com agradecimento,
gestos de satisfação
e sentimentos de dignidade.
"o céu se rejubile e exulte
a terra".

Na Carta de São Paulo
a Tito evidencia-se o
que Jesus ensina que é viver
neste mundo com equilíbrio,
justiça e piedade,
três qualidades a serem
cultivadas por todo aquele
 que deseja conhecer a
salvação e se tornar
participante
da obra salvadora do Pai.

Muita movimentação
se viu nos dias que
antecediam o Natal,
várias delas de
pessoas que levavam
para o irmão o fruto da
arrecadação de bens para os
menos favorecidos.
"O menino nascido no meio
dos pobres significa um Deus
protetor dos pobres"...

Diante de tantas atitudes
merecedoras de aplauso
 e que podem ter um efeito
multiplicador,
levando outros
a aderirem à ideia,
lembremo-nos de que tem
mais sentido toda a nossa vida,
ao repartir a graça recebida.

TEXTO: Heldo Armond
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 27 de Dezembro de 2.014.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos ha 20 anos.

Nenhum comentário: