segunda-feira, 16 de março de 2015

Pessoas mornas...

Por que tantas pessoas
parecem tão obtusas,
tão entediadas,
simplesmente levando a
vida de qualquer jeito?

Desperdiçando um tempo
imensamente valioso que nunca
serão capazes de
recuperar e desperdiçando
com tal tédio,
como se estivessem
esperando a morte.

O que aconteceu com essas
tantas pessoas?
Por que elas não têm o mesmo
frescor que as árvores?
Por que o ser humano não
tem a mesma canção que
os pássaros?
O que aconteceu com
os seres humanos?

Aconteceu uma coisa:
o ser humano imita
os outros,
tenta ser como outra
pessoa.

Ninguém está em casa;
todos estão batendo
à porta de uma outra pessoa;
daí o descontentamento,
o tédio, o embotamento,
a angústia.

Uma pessoa inteligente
tentará ser apenas
ela mesma, seja qual
for o custo.
Ela nunca copiará,
nunca imitará,
nunca será como um
papagaio;
ela escutará sua
própria chamada
intrínseca,
sentirá seu próprio ser e
caminhará de acordo com ele,
seja qual for o risco.

Há risco!

Quando você copia
os outros,
há menos riscos.
Quando você não
copia ninguém,
você está sozinho - há risco!

Mas a vida acontece somente
para aqueles que
vivem perigosamente,
para aqueles que são aventureiros,
corajosos, atrevidos -
a vida acontece somente a eles.
A vida não acontece para
pessoas mornas.

TEXTO DE: Osho,
em "Inteligência - A Resposta Criativa ao Agora"
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 18 de Março de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos ha 20 anos.

Nenhum comentário: