domingo, 14 de junho de 2015

Pare de ser seu próprio algoz...

Ao invés de constranger-se
e empurrar-se para dentro,
empurre os outros
para fora.

Pare de acolher a maldade:
pare com toda condenação,
com todo julgamento,
com toda ideia de que há
algo muito errado em você
que precisa de conserto.

Pare de ser
seu próprio algoz,
desrespeitando
seus limites,
exigindo o que você
não tem maturidade
ainda.

Se as coisas pudessem
ser diferentes,
já estariam diferentes.
Respeite o que dá
para ser por enquanto.
Não deprecie seu
empenho. Você já é
ótimo do jeito que é.

Não se ponha abaixo
de ninguém,
não aceite que te
apontem o dedo,
não aceite críticas.

Não seja vulnerável
a maldade.
Os outros só tem poder
de te atingir se você
der importância a eles.

É impossível controlar
o que as pessoas falam
ou pensam a seu
respeito.

Ao invés de tentar mudar
para se adequar ao que
as pessoas esperam,
negue quem te nega,
a opinião de quem te
põe pra baixo só tem
força se você der
ouvidos.

Deixe cada um viver
do mel ou do fel
que alimentam.
Não se contamine.
Viva na sua verdade,
respeite seu tempo.

Auto estima é um tesouro
construído dentro,
quando aprendemos
a tirar toda importância
do que vem de fora.

TEXTO DE: Meire Espírito Santo
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 15 de Junho de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 20 anos.

Nenhum comentário: