segunda-feira, 6 de julho de 2015

A vida é como um livro

A vida é como um livro
e é preciso que se
aprenda a dividi-lo
em seus capítulos.
Uma boa história em
cada capítulo:
é assim que se escreve
um bom livro.

Vivo, intenso,
verdadeiro e bem
dividido.

Não tenha medo
do ponto final.
Os capítulos tem
início e fim e cabe
a você perceber o
momento de
cada um terminar.

Se permita uma
página em branco.
Dê a si mesmo
a oportunidade
de recomeçar.

Uma nova história
só tem início quando
você vira a página.

Por melhor ou pior
que tenha sido
determinada história,
ela precisa ter um
fim para que outra
possa começar.

Não existe hora certa
de se iniciar um
capítulo.

Não precisa
ser pela manhã,
no início do ano
ou na segunda-feira.

Ele simplesmente
começa quando você
decidir escrevê-lo.

Personagens entram
e saem da história.
Aceite:
alguns chegam
pra ficar,
outros fazem o seu
papel e se vão.

Pode ser que algum
retorne em um capítulo
mais a frente,
nunca se sabe.

Não se prenda aos
personagens secundários.
O único personagem
vitalício nesse livro
é você.
Todos os outros
vão passar,
cedo ou tarde.

Você é o autor,
diretor,
roteirista e personagem
principal dessa
história.

É a sua história.
Lápis e papel na mão.
Uma página em branco.

Que tal um novo
capítulo?

TEXTO DE: Procura-se
Fineza nos informar através do e-mail:
mensagem@toninholima.com.br
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 09 de Julho de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 20 anos.

Nenhum comentário: