quarta-feira, 8 de julho de 2015

A vida que você escolheu...

Quanta vida pode haver
numa vida só,
já se perguntou alguma vez?

Você vive quando apenas
abre os olhos e respira.
Ou quando não perde
aquela chance.

Vive quando larga tudo
e começa uma nova ideia;
quando consegue
começar de novo.

Vive para ser maior;
e indo mais longe,
vive mais tempo,
porque mais importante
que chegar é a vontade
de partir.

Você vive quando sai de
casa sem blusa e vem o frio.
Quando acha que
vai chover,
e faz calor.

Vive quando desses
pequenos enganos
ainda tira um sorriso
e o dá de presente.

E, assim,
fica mais cheio de
motivos para viver.
Você vive quando
entende que vive melhor
quando vive junto;
e aí compartilha,
divide, cuida.

Você vive quando
conhece aquela pessoa
e por ela cruza as ruas
e os continentes.
Vive quando nunca
cruza os braços.

Você vive quando um se
torna dois e vocês
viram três,
e ficam cheios de uma
vida totalmente nova.
Tem gente que vive só
quando o sapato aperta;
outros só quando os
pés saem do chão.

Tem gente que vive
para mudar o mundo.
E tem aquele que
gostaria de mudar tudo
só para não mudar nada
e viver ali,
quietinho.

Vivemos quando
redescobrimos o amor…
o amor próprio;
o amor ao próximo.

Tem gente que espera
pela vida.
Tem gente que vive
correndo atrás dela.
E tem aqueles que
a criam em cada respiração,
no suor e no sangue,
nos sonhos que jamais
deixam morrer.

Você vive quando entende
que viver é ser este movimento
que nunca para.
Porque afinal,
no dia em que ele,
enfim, parar,
você já não precisa
mais se preocupar
com a vida.”

TEXTO DE: Oruminante
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 15 de Julho de 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos há 20 anos.

Nenhum comentário: