sexta-feira, 30 de outubro de 2015

O BAMBU

Às vezes na nossa vida 
temos que ser como 
o bambu. 

Sabe o bambu? 

Aquele tronco fininho 
verde que nem sempre 
agrada pela ausência 
da copa surpreendente 
que muitas árvores têm.

Lembrou?

Então, o bambu, 
por mais simples que 
ele possa parecer 
perto das grandes árvores, 
ele tem uma propriedade 
muito admirável: 
flexibilidade. 
Em uma tempestade 
com vendaval você 
pode ter certeza que 
muitas árvores podem cair, 
mas o bambu fica ali. 

Ele balança, balança, 
mas não sai do lugar 
porque a sua raiz está 
muito firme no chão.

Justamente por causa 
das raízes é que 
temos que ser 
como o bambu. 

Existem momentos 
em nossa vida que 
tudo parece que está 
dando errado, 
certezas viram dúvidas, 
sonhos viram angústias 
e nos vemos perdidos 
em uma tempestade. 

Faça como o bambu, 
mantenha suas raízes, 
seus princípios firmes, 
por mais que o 
mundo queira te derrubar.

Não se diminua por 
não ser grandioso 
como você pensa 
que algumas 
pessoas são. 

Às vezes, 
viver na discrição, 
do nosso tamanho 
mesmo é muito mais 
seguro do que querer 
ser igual ao vizinho 
que despenca em 
qualquer tempestade. 

Seja esperto como 
o bambu, 
ele pode até demorar 
para crescer, 
mas isso acontece 
porque ele cria raízes 
firmes e profundas. 

O bambu cresce apenas 
para cima, 
sem galhos e o efeito 
do vento é pequeno 
quando bate nele. 

Então, 
vamos parar de querer 
olhar para o galho 
do vizinho e se 
concentrar em subir, 
crescer. 

Vamos ser mais como 
o bambu.

AUTORIA: Lívia Di Bartolomeo
* * * * *
Texto lido no programa 
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 31 de Outubro 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos
há 21 anos.

Nenhum comentário: