domingo, 11 de outubro de 2015

Quero ser criança novamente

Para ter nos olhos
novamente a minha inocência.
Para não perceber
que o mundo muitas vezes
é cheio de violência.

Ah,
como queria voltar
a ser criança.
Para ter de volta,
um pouco de
esperança e poder ver
o mundo sem essa realidade,
que por mais que tentemos,
não podemos mudar
a verdade.
Como dizem:
eu era feliz e não
tinha ideia.
Que a paz que tanto
me disseram,
era falsidade.

Ah,
como queria voltar
a ser criança.
Quando ainda não
tinha noção,
só esperança.

Que um dia eu
caminharia pelo mundo
com um sorriso e
com um pouco de
amor dentro do bolso
para dar para qualquer
pessoa que meu
caminho passar.

Hoje,
muitas mal nos olham
nos olhos,
vem a nos ignorar.

Perdemos a integridade
e toda a esperança
na bondade.

O mundo vai seguindo
para uma terrível calamidade.
Enquanto as crianças
brincam sem suas
cabeças esquentar,
elas estão por aí e
vieram para nos avisar.

Que a maldade muitas
vezes está em nosso
próprio olhar.
Que somos nós que
não sabemos como
a vida levar.

Eles ainda
encontram tempo
para tudo.
Para rir, chorar,
para brincar e
para amar.

Como queria voltar
a ser criança e ter
a paz no olhar,
a esperança andando
ao lado,
sem saber que pode
falhar.

Que o mundo não está
nas mãos daqueles
que não sabem brincar
e que Deus fez todas as
coisas para brincar
e conservar.

Quem me dera ser
criança novamente
e ter no olhar aquela
certeza inocente
que ao abrir os olhos,
todo pesadelo desaparecerá,
certamente.

TEXTO: Adriano Villa
* * * * *
Texto lido no programa
"Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 12 de Outubro 2.015.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos
há 21 anos.

Nenhum comentário: