terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Permita-se

Se há uma hora
pra mudar,
com certeza a hora
é essa.

Chega de persistir
nos mesmos erros
do passado,
por mais que mudanças
sejam difíceis,
muitas vezes
são necessárias,
não importa
o quanto isso doa
em você,
nunca é fácil,
eu sei.

Pode ser até mais
difícil do que
você imagina,
e sim vai doer
no começo,
mas vai passar.

Tudo na vida é
passageiro,
com o tempo se
vão mágoas,
angustias, sofrimentos,
e até mesmo lembranças...
sejam elas boas
ou ruins.

Eu costumava dizer,
“espero que as coisas mudem”,
então eu aprendi que
a mudança é algo que
você permite,
se você quer que
as coisas sejam
diferentes,
torne diferente
você mesmo.

Tudo muda quando
você muda,
só depende de você.

A dor é inevitável,
o sofrimento é opcional,
na maioria das vezes
nossa dor não advém
das coisas vividas,
mas das coisas que
foram sonhadas e
não se cumpriram,
então como aliviar
a dor daquilo que
não foi vivido?

A resposta é simples.
Se iludindo menos
e vivendo mais,
nunca se prenda a
um amor cercado
de indecisões,
ele pode fazer com
que você não perceba
que a felicidade está
bem longe dele.

Por isso viva, mude,
se reinvente quantas
vezes preciso for...
se algo não te agrada...
mude,
se algo te incomoda...
mude,
se algo te perturba...
mude.

Mas mude por você
e não pelos outros.
Não mude para agradar,
mude para crescer,
evoluir e se encontrar.
O mundo é grande
o suficiente,
e as pessoas saberão
entender e compreender
sua mudança,
aos que isso não façam,
só resta a submissão
e ignorância!
To mudando por mim,
pra mim..

TEXTO: Juliana Sousa (27/04/10)
* * * * *
Texto lido no programa
“Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 13 de Janeiro de 2.016.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos
há 22 anos.

Nenhum comentário: