domingo, 24 de janeiro de 2016

Qual o sentido da vida?

Um dia,
eu me fiz uma
pergunta.

Qual o sentido da vida?

Digo, o verdadeiro.
Complicado eu sei.

Eu suponho que
você também tenha
se perguntado isso.
Então eu comecei
a observar as coisas
ao me redor.
A natureza, os animais,
mas principalmente
as pessoas.

Cada uma andando
por ai,
indo para o trabalho,
escola,
falando ao celular,
ouvindo música,
ou em momentos
de lazer,
brincando com cachorros,
fazendo algum exercício,
inventando coisas,
namorando...
e pensei...
o que move essa
gente?

Porque fazem todas
essas coisas?

E depois de
muitas observações,
reflexões,
e muitas conclusões...
apenas uma me agradou.
A MORTE.

Sim a MORTE é
o sentido da vida.

É uma palavra forte,
impactante eu sei,
mas define bem muitas
de nossas ações.

Por qual outro
motivo faríamos tudo que
fazemos nessa vida?

É o fato de saber que
um dia morreremos,
que nos faz dar valor
ao que nos cerca,
e a lutar por isso.

É por saber que um
dia morreremos,
que amamos, perdoamos,
sorrimos,
choramos e sonhamos.

É por saber que não
temos todo o tempo
do mundo e por
querer aproveitar
esse precioso tempo
que corremos atrás
de nossos objetivos,
por isso nos
entristecemos tanto,
quando um erro nos
coloca mais distante
de um sonho ou
de alguém.

Há coisas que realmente
não voltam mais.
Nosso tempo é limitado
e curto embora nunca
seja tarde para se
começar algo
ou recomeçar.

Então ame, perdoe,
sorria, chore,
invente e aproveite.

Esteja perto de
quem você ama,
faça algo de bom
para as pessoas,
porque quando tudo
isso acabar
e você se for
o que acabará será
apenas o que você
foi para as pessoas,
a importância que teve
na vida de cada uma
delas e para o mundo.

Suas ações e mesmo
que não esteja em
presença continuará
vivo na memória
de cada um.

PENSE NISSO...

TEXTO DE: Nariz
* * * * *
Texto lido no programa
“Madrugada Viva Liberdade FM"
no quadro
"Momento de Reflexão"
no dia 27 de Janeiro de 2.016.
* * * * *
AJUDE-NOS A AJUDAR
Só de clicar nos links
de propagandas
deste blog você ajuda a
Campanha Natal Solidário
que promovemos
há 22 anos.

Nenhum comentário: